Morre a cantora Dani Li aos 35 anos, após cirurgia estética

Morreu nesta quarta-feira (24), a cantora Dani Li, conhecida pela canção “Eu sou da Amazônia”. A artista foi a óbito por complicações após uma cirurgia estética. A notícia foi confirmada pelo marido da cantora, Marcelo Mira.

O companheiro da artista que entoava bregas marcantes contou que ela estava internada há seis dias, em Curitiba, no Paraná, cidade onde realizou o procedimento cirúrgico.

A confirmação do falecimento deixou muitos fãs e políticos em choque: “Meus sentimentos, que Dani Li brilhe para sempre na memória e no coração de todos nós.” informou o senador Davi Alcolumbre, que defende o estado da moça.

O nome real da cantora era Maria Danielle Fonseca Machado e ela nasceu no município de Afuá, no Pará. Logo na infância, Dani Li já mostrou desejos de seguir na vida artística. Aos 5 anos, ela começou a cantar, se apresentando em shows de calouros por sua cidade natal.

Quando completou 15 anos, a loira se mudou para o Macapá e resolveu formar sua primeira banda, com o nome de Valores da Terra. O grupo também contava com a participação de seu pai e tios. Com isso, eles começaram a cantar em festas de aniversário e eventos da família. Dois anos depois, aos 17, surgiu o Sensação, segundo grupo criado por Dani Li.

Em 2008, a cantora resolveu se arriscar em carreira solo, usando o nome de Dani Furacão. Somente em 2011 ela adotou o nome artístico atual e, com muito trabalho e uma equipe cuidando de sua imagem, se destacou no Amapá.

Metrópoles

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Topo