Vídeo: Conheça a “pastora do Pix” que cobra por orações e leva vida de luxo

Foto: Reprodução

Nas redes sociais, onde soma muitos seguidores, Renálida Lima, de 39 anos, se autodeclara como cantora, pastora e profeta. Nos últimos dias, os conteúdos compartilhados por ela na web foram criticados pelo cunho teológico e também por envolverem ostentação.

Viagens, roupas de grife, joias e procedimentos estéticos estão entre as publicações da mulher, que, atualmente, é conhecida como “pastora do Pix”, já que pede transferências aos seguidores em troca de orações.

Ela costuma começar os vídeos com as frases:  “Deixa eu ser a boca de Deus na sua vida?” ou ainda “você tem um minuto?”.

CNPJ da igreja é chave do Pix

Renálida realiza transmissões diárias em que faz orações e exposições da Bíblia. Em uma delas, ela desafiou os seguidores a fazerem um Pix, dando como chave o próprio CPF, assim como o do ex-marido. Com o passar do tempo, houve uma mudança e, agora, a chave é o CNPJ da igreja, a Comunidade Profética Atos 2.

Trechos e recortes dos vídeos viralizaram nas redes sociais, assim como prints que mostravam a cobrança de ingresso no valor de R$ 50 para participar dos cultos da pastora. “Gretchen gospel”, “profeta sensual”, “Jezabel gospel”, foram alguns dos nomes que chamaram Renálida, além das críticas à ostentação apresentada.

Estelionatária da fé”

Após ser criticada pelos pedidos de Pix pelo pastor Anderson Silva, 43, que lidera o movimento “Machonaria”, em Brasília (DF), Renálida o processou. Ela foi chamada de “estelionatária da fé” em uma publicação do religioso nas redes sociais.

Durante audiência judicial, Anderson afirmou que “a pastora Renálida representa uma geração de falsos sacerdotes, principalmente no ambiente virtual, que, por causa da baixa educação, principalmente do meu Nordeste, sou nordestino, usurpam da boa fé de pessoas, prometendo aquilo que Deus não prometeu em benefício próprio.”

Metrópoles

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Topo