Mulher morre após receber contraste para fazer exame de tomografia

Uma mulher de 47 anos morreu após receber contraste para fazer tomografia em hospital situado na capital goiana. Segundo a Polícia Civil (PC), a mulher chegou ao local por volta das 21h, passando mal. Ela deu entrada na emergência para os primeiros socorros e, após fazer o exame com uso de contraste, teve uma parada cardíaca.

O caso aconteceu na noite do último domingo (25/2). A vítima foi identificada como Joana da Conceição Ribeiro. Apesar da tentativa dos médicos, a saúde de Joana piorou e ela m0rreu horas depois.

O corpo da vítima foi levado para o IML, onde passou por necropsia e exames complementares para identificar a causa da m0rte, que ainda não foi confirmada.

De acordo com familiares de Joana, ela estava na igreja quando começou a sentir dores na barriga e eles chegaram a suspeitar de uma infecção urinária ou dores nos rins. A mulher, então, deixou a celebração religiosa antes de acabar e foi para o hospital.

Joana era gerente de uma empresa de costura, casada e tinha duas filhas. As cerimônias de velório e sepultamento aconteceram na segunda-feira (26/2).

Familiares cobram que a causa da morte da vítima seja investigada. O caso será investigado pelo 1º Distrito Policial (DP) de Goiânia. Com informações do Metrópoles.

2 responses to “Mulher morre após receber contraste para fazer exame de tomografia

  1. Esses burros que fazem esse procedimento. São desqualificado. Fizeram a mesma coisa com minha irmã no hospital em campo grande MS. Mataram minha irmã. Os idiotas põe muita dosagem de iodo. Tem que processar todos. Não sei como contrata um açougueiro desses. Péssima qualidade. mete um processo neles.

  2. Esses burros que fazem esse procedimento. São desqualificado. Fizeram a mesma coisa com minha irmã no hospital em campo grande MS. Mataram minha irmã. Os idiotas põe muita dosagem de iodo. Tem que processar todos. Não sei como contrata um açougueiro desses. Péssima qualidade. mete um processo neles.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Topo