Caso Ana Bruna: Polícia confirma motivação da morte de jovem de 22 anos dentro da loja onde trabalhava no RN; vídeo

Foto: Reprodução

Perto de completar dois anos do assassinato da jovem Ana Bruna, 22 anos, a investigação da Polícia Civil conseguiu confirmar a motivação do crime. O material que estava no celular da vítima apontou o que teria motivado a morte.

Ana Bruna foi brutalmente assassinada dentro da loja onde trabalhava no município de Parnamirim, Região Metropolitana de Natal (RN), no dia 29 de abril de 2022.

De acordo com uma fonte da polícia para o programa Patrulha da Cidade, da TV Ponta Negra, a morte da vendedora foi encomendada por uma facção criminosa do estado. Entretanto, segundo a fonte da polícia, o motivo da morte da jovem ainda não ter sido divulgado é porque o inquérito sobre o assassianto está em andamento.

Memória do caso

Um homem suspeito entra no estabelecimento usando boné e máscara que cobria boa parte do rosto. Ele segue até a parte final da loja. Ana Bruna estava agachada ao lado do balcão. O homem coloca as mãos no balcão e Ana Bruna levanta e parece reconhecer o rapaz.

Ela chega a mexer no celular e como se aceitasse a morte, abaixa a cabeça e é atingida várias vezes, à queima-roupa. Após a execução, o suspeito deixa o local sem levar nada.

Ponta Negra News

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Topo