Isabel Veloso, influenciadora de 17 anos com cânc3r terminal, deixa mensagem para quando partir

A jovem Isabel Veloso, de 17 anos, participou do podcast Inteligência Ltda, nesta terça-feira (9/4), e contou a sua história. A influenciadora vive com um cânc3r  em estado terminal e, segundo os médicos, tem apenas 4 a 6 meses de vida.  Nas redes sociais, ela compartilha sua rotina diária de combate à d0ença e conquistas, como a aprovação na universidade, o noivado e os preparativos para o casamento.

O anfitrião do programa, Rogério Vilela, se emocionou ao questionar o que ela deixaria como mensagem para as pessoas depois que ‘partisse’.

“Respirem por mim o que eu não pude respirar. Viva por mim o que eu não pude viver. Ame o que eu não pude amar. Aproveite seu filho da forma que eu não vou ter experiência”, disse a jovem emocionada.

 

Na entrevista, Isabel Veloso também respondeu sobre como os pais e a família lidam com a situação. “Foi um choque pra todo mundo. Apesar de eu estar muito tempo doente, quando veio o diagnóstico foi um choque pra todo mundo. Quando me falaram, eu dei risada, mas minha risada é de nervoso, de desespero”, disse ela.

“Foi um choque muito grande. Minha família foi a minha base, se não fosse o amor da minha família, eu não estaria aqui. Minha mãe abriu mão do trabalho dela pra ficar comigo no hospital, minha irmã me dando apoio também, meu pai… Você ver que a sua família tá ali por você é o que mais vale”, completou.

Isabel também falou sobre como se sente com o diagnóstico. “Agora, foi muito pior que na primeira vez. Por um lado, eu fico um pouco aliviada com o diagnóstico por saber que não vou ficar sofrendo e nem me sentindo um rato de laboratório”, disparou.

A jovem contou que a família não gosta de exposição, mas sabe o quanto eles sofrem.

“As pessoas perguntam porque eu não mostro a minha família. Minha família não gosta de exposição, e eu respeito. Eu posto foto, os vejo todo dia, mas se eles não gostam, não vou ficar forçando. Mas a minha família sofre muito. Sei que na minha frente não, mas nas costas sim. Não conseguem imaginar a filha deles morrendo”, disse ela.

 

Metrópoles/Jovem Pan News/Vídeo: Reprodução / Youtube Inteligência Ltda

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Topo