Ministro de Lula se recusa a responder perguntas da PF e depoimento dura 15 minutos

Foto: José Cruz/Agência Brasil

O ministro das Comunicações, Juscelino Filho (União Brasil), foi intimado a prestar depoimento nesta sexta-feira, 17, à Polícia Federal, mas o interrogatório durou apenas 15 minutos. Segundo a assessoria do próprio ministro, ele avisou ao delegado que só aceitaria responder perguntas que tivessem relação com a operação autorizada pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Ele é investigado por usar emenda parlamentar para asfaltar uma estrada que corta a própria fazenda em Vitorino Freire, no Maranhão. Juscelino Filho se recusou a responder sobre outros assuntos.

Diante da imposição de limites feita pelo ministro das Comunicações, o delegado do caso encerrou antecipadamente o interrogatório.

A investigação ocorre após o Estadão revelar que Juscelino destinou R$ 5 milhões do orçamento secreto para asfaltar a estrada. O dinheiro foi repassado pela Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco (Codevasf). A obra é tocada pela Construservice, empresa investigada por supostamente pagar propina a servidores para obter obras no estado.

Estadão

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Topo