Professores da UFRN decidem permanecer em greve por tempo indeterminado

Foto: Gustavo Brendo/Inter TV Cabugi

Os professores da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) decidiram nesta sexta-feira (31) continuar em greve por tempo indeterminado. A categoria se posicionou nos últimos dias 29, 30 e 31 de maio, por meio de plebiscito realizado através do site do Sindicato dos Docentes da UFRN (ADURN).

Participaram da consulta 1.826 docentes, dos quais 56,95% votaram pela continuidade do movimento grevista, 40,58% pelo retorno das atividades e 2,47% se abstiveram.

O presidente do ADURN-Sindicato, Oswaldo Negrão, afirmou que “mais uma vez o plebiscito expressa a sua importância como um instrumento que referenda a vontade da maioria” e destacou que a consulta aconteceu em concordância com os pilares democráticos que regem quaisquer decisão da categoria docente.

Na próxima segunda-feira (3), o Conselho de Representantes do ADURN-Sindicato e o comando de greve devem se reunir para discutir os próximos passos da mobilização.

98 FM Natal

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Topo