México vai às urnas em eleição histórica e pode eleger 1ª presidente mulher

Foto: Reprodução/Rede Social

Os mexicanos votarão neste domingo (2) para escolher o seu próximo presidente, numa corrida histórica que poderá ver uma mulher assumir o cargo mais alto do país pela primeira vez.

Além da presidência, há mais de 20.000 cargos a preencher e cerca de 70.000 candidatos disputando esses cargos, incluindo 128 cadeiras no Senado e 500 cadeiras de deputado; a prefeitura da Cidade do México; e gabinetes de governadores em Chiapas, Guanajuato, Jalisco, Morelos, Puebla, Tabasco, Veracruz e Yucatán.

Os principais candidatos são Claudia Sheinbaum, da coligação Sigamos Haciendo Historia (centro-esquerda), Xóchitl Gálvez, da coligação Fuerza y Corazón por México (centro) e Jorge Álvarez Máynez, do partido Movimiento Ciudadano (centro-esquerda).

As duas candidatas lideram as pesquisas de intenção de voto. No levantamento realizado de 21 a 24 de maio pela empresa mexicana Mitofsky, Sheinbaum aparece com 56,9% das intenções de voto válidos, ou seja, que não considera os entrevistados que não declararam seus votos. Gálvez tem 31,2% e Máynez, 11,9%.

Com informações de CNN Brasil e Poder360

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Topo