CABO DE TIROLESA ROMPE E TURISTA CAI DURANTE PASSEIO EM PRAIA

Foto: Reprodução

O cabo de aço de uma tirolesa rompeu e derrubou um visitante que realizava o passeio em comemoração ao aniversário na Praia de Tatajuba, em Camocim, no litoral Oeste do Ceará, nesta segunda-feira (17). Apesar do susto, o homem não se feriu e caiu em uma lagoa formada entre dunas.

O momento do rompimento do cabo e da queda do homem natural de Fortaleza foi gravado por um amigo da vítima, que registrava o passeio. O vídeo mostra o homem descendo de uma duna no equipamento, ele chega a acenar para o amigo e segundos depois o cabo se rompe.

Conforme os bombeiros, o fato de a vítima estar em uma altura baixa e ter caído na água contribuiu para que o homem não tivesse ferimentos. Após a ocorrência, o local suspendeu as atividades.

g1

MORAES AUTORIZA JEFFERSON A DEIXAR PRISÃO PARA FAZER EXAMES

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

O ministro Alexandre de Moraes, do STF, autorizou nesta 3ª feira (18.jan.2022) que o ex-deputado Roberto Jefferson (PTB) deixe o presídio de Bangu 8 para fazer exames médicos.

De acordo com a defesa do político, Jefferson está com sintomas compatíveis com a covid-19. Também apresenta inchaços nas pernas, o que poderia ter relação com uma cirurgia anterior.

Moraes havia mandado o presídio informar se tem condições de tratar o político. A resposta foi negativa. Por causa disso, o magistrado autorizou a ida de Jefferson ao hospital.

“Considerando as novas alegações da defesa em relação ao quadro de saúde do preso e a necessidade de exames específicos de saúde em unidades hospitalar adequada […], é possível a autorização para a saída do custodiado”, disse o ministro.

Eis a íntegra da decisão (133 KB).

Jefersson terá que voltar ao presídio depois de realizar os exames. Deverá ser escoltado até o Hospital Samaritano de Botafogo, no Rio de Janeiro, e só poderá ter contato com a equipe médica e de enfermagem.

É a 2ª vez que o político deixa o presídio para ir ao hospital. Em setembro de 2021, Moraes autorizou a transferência de Jefferson para tratar um quadro de infecção urinária e dores lombares.

Poder360

ALRN SUPERA PRODUÇÃO E REGISTRA MAIOR NÚMERO DE LEIS SANCIONADAS NOS ÚLTIMOS 20 ANOS

Foto: Reprodução

A atuação do Poder Legislativo estadual no ano de 2021 foi definida pela superação. No segundo ano de pandemia e depois da fase de adaptação às novas ferramentas, condições de trabalho, implantação dos sistemas necessários para a realização do teletrabalho e das sessões por deliberação híbrida, os 24 deputados ouviram os anseios da sociedade potiguar e traduziram-nas em leis.

O resultado é que, até o final do mês de novembro de 2021, o Poder Executivo do RN sancionou um total de 9 leis complementares e 215 leis ordinárias, todas apresentadas pelo Parlamento Potiguar. Esse é o maior número de leis sancionadas desde o ano de 2000, período no qual o Governo do Estado começou a reunir e disponibilizar na internet os documentos com os textos de todas as leis sancionadas na íntegra.

“Estes números, mais que quantidade, demonstram a capacidade produtiva da atual legislatura empenhada em promover mudanças na vida dos que mais precisam. Vale salientar que estamos enfrentando um período de pandemia, totalmente atípico para todos os setores. E, ainda assim, os deputados do Rio Grande do Norte focaram no compromisso de servir a sociedade e legislar em prol da coletividade”, destaca Ezequiel Ferreira, presidente da Assembleia Legislativa.

Covid-19 em pauta

Desse total, ecoando o principal anseio da sociedade na atualidade, mais de 20 leis contemplaram aspectos diversos relacionados à Covid-19 no Rio Grande do Norte. De normas que incluíram profissionais da educação e pessoas com deficiências e outras condições especiais como prioritários na fila de vacinação, passando pela atenção a familiares que perderam entes queridos e pela criação de uma política de sanitização de ambientes, culminando na suspensão de todos os prazos relativos aos concursos públicos em razão da pandemia do novo coronavírus.

“Essa matéria é fruto de esforço e entendimento político de vários deputados e repara uma injustiça garantindo que os concursados não sejam mais punidos pela pandemia. Muitos lidam com perdas e ainda com o luto coletivo que estamos na sociedade. O projeto garante, para essas pessoas, a esperança de ser chamado por um concurso”, destaca a deputada Isolda Dantas (PT), autora do Projeto de Lei.

Mulher

O combate à violência contra as mulheres foi o segundo tema que mais apareceu no escopo das propostas apresentadas pelos deputados da Assembleia do RN em 2021. Um exemplo é a lei, de autoria da deputada Cristiane Dantas (SDD), que implementa a “Campanha Sinal Vermelho para a Violência Doméstica” no RN, que consiste na oferta de um canal silencioso, para que mulheres vítimas de violência se identifiquem em todos os estabelecimentos comerciais do Estado. As mulheres identificadas com um “X” vermelho na palma da mão estão sinalizando uma situação de violência.

Também de autoria de Cristiane, foi aprovada a proposta que institui o Programa “Tempo de Prevenir”, que dispõe sobre a educação, reflexão, conscientização da população para a transformação social das comunidades por meio da desconstrução do machismo estrutural, apresentação da Lei Maria da Penha e construção de projetos capazes de garantir renda às mulheres em situação de risco.

Outras leis sancionadas focam na educação da população sobre temas ligados à temática das lutas das mulheres e formação de redes de apoio a esse público em bares e outros estabelecimentos. “Essas leis vêm somar e complementar leis já existentes”, explica Cristiane Dantas.

Saúde

Apesar de ser o assunto dominante, as demandas relacionadas à pandemia não foram as únicas preocupações para a saúde pública do povo potiguar. Por isso, os parlamentares ampliaram suas ações para outras áreas, à exemplo da saúde mental. O caso mais emblemático culminou na sanção da Lei Lucas Santos para prevenção do suicídio.

De autoria do deputado Kleber Rodrigues (PL), a lei faz referência ao jovem filho da cantora Walkyria Santos, morto no dia 3 de agosto, e também tem como foco combater o cyberbullying entre os jovens. “Essa lei é um importante instrumento de proteção à juventude potiguar”, observa Kleber Rodrigues.

A atenção à pessoa idosa, a criação do Registro de Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA) e de uma política estadual de proteção dos direitos da pessoa com Transtorno do Espectro Autista (TEA) também se tornaram leis em 2021.

Economia

A área que jamais pode parar também recebeu atenção dos parlamentares potiguares. Entre as leis sancionadas, destaque para a que regulamentou todas as etapas da cadeia produtiva da meliponicultura, que é a criação de abelhas nativas sem ferrão. “A lei cria condições para os produtores expandirem a extração desse tipo de mel, possibilitando uma renda digna para essas famílias”, afirma o propositor, deputado Souza (PSB).

Outra lei sancionada foi a que criou a Política Estadual de Sementes de Cultivares e Mudas Crioulas voltadas para a seleção, produção, conservação, armazenamento, resgate e troca de variedades locais tradicionais ou crioulas. Para a deputada Isolda Dantas (PT), autora do projeto, esse é o momento de cobrar implementação por parte do governo, mas também de celebrar a conquista.

“Essa lei tem um significado imenso para o semiárido e garantia da agrobiodiversidade, além de fortalecer as organizações da agricultura familiar no RN. Como também, a preservação por gerações, que chamamos os guardiões de sementes fortalecendo a agroecologia”, comemora a parlamentar.

A preservação e recuperação da Palmeira Carnaúba, assim como o estímulo às atividades produtivas dela derivadas, também foram contempladas em lei de autoria do deputado George Soares (PL).

Outros

Amplo e plural. É assim que podemos definir os debates promovidos dentro da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte. De origens e realidades distintas, os deputados estaduais pautam discussões que atualizam as normas da sociedade, fazendo com que a legislação esteja sempre viva.

O aumento do uso da internet para as mais variadas atividades cotidianas, levou o presidente da Casa, deputado Ezequiel Ferreira, a apresentar a lei, posteriormente sancionada, que obriga operadoras a garantirem pelo menos 80% da velocidade de internet contratada.

“Infelizmente, é prática comum no mercado que os provedores anunciem uma velocidade de conexão grande, mas, quando o serviço é contratado, constata-se que o serviço fornecido é muito inferior ao acordado e, até mesmo, ao valor mínimo estipulado pela Anatel. Em tais casos, a prestadora acaba se justificando com o fato de que o contrato trata da velocidade máxima, e não média, e assim o problema permanece sem nenhuma solução devido a ausência de penalidades objetivas, problema agora solucionado”, justifica Ezequiel Ferreira.

Outro assunto amplamente debatido no plenário da Casa e que virou lei, dispõe sobre a proibição de apreensão e remoção de motocicletas, motonetas ou ciclomotores de até 155 cilindradas em função da não identificação de pagamento do IPVA. “É possível recorrer a outras formas de cobrança do imposto, sem precisar ofender o direito à propriedade, garantido pela Constituição Federal”, explica o autor, o deputado Dr. Bernardo (MDB). A lei, porém, não impede apreensão ou recolhimento se a fiscalização identificar ocorrência de outras hipóteses previstas na legislação vigente.

 

Foto: Reprodução

PODEMOS BUSCA CIDADANIA PARA FORMAR FEDERAÇÃO E PRIMEIRA ALIANÇA PRÓ-MORO

Foto: Dida Sampaio

Em busca de alianças políticas que possam turbinar a campanha do ex-ministro Sérgio Moro (Podemos), a presidente do partido, deputada Renata Abreu (SP), se reuniu no fim de semana com o Cidadania para discutir a formação de uma federação partidária, uma das novidades desta eleição.

Caso confirmada, a união garantiria a primeira legenda na coligação de Moro, ampliando recursos e tempo de TV. O Podemos é considerada uma sigla pequena, com apenas a 12ª maior fatia do fundo eleitoral neste ano, de R$ 229 milhões.

O movimento do Podemos acontece depois de o Cidadania também abrir conversa para formar federação com o PSDB, que tem o governador de São Paulo, João Doria, como pré-candidato a presidente.

Diferentemente das coligações – proibidas nas eleições proporcionais já em 2020 -, as federações vão muito além da disputa eleitoral: criam uma “fusão” temporária entre as siglas envolvidas, que precisam permanecer unidas por pelo menos quatro anos. Os partidos têm até 2 de abril para registrar as alianças.

O presidente do Cidadania, Roberto Freire, afirmou que no encontro com Renata Abreu, no último sábado (15), os dois ficaram de discutir a ideia de uma união internamente nas legendas.

De acordo com o dirigente do Cidadania, se a aliança for confirmada, a sigla retiraria a pré-candidatura do senador Alessandro Vieira ao Palácio do Planalto.

“Na possibilidade de uma federação com um partido que tem candidato a presidente, você está assumindo que aquela será a candidatura sua também se você aprovar”, afirmou.

Tanto o Cidadania, com sete deputados, e o Podemos, com 11, estão ameaçados de ficarem sem o fundo partidário e o tempo de propaganda de rádio e televisão.

A cláusula de desempenho determina que os partidos precisarão eleger pelo menos 11 deputados federais em 2022 para ter acesso aos recursos.

Segundo o dirigente partidário do Cidadania, a sigla precisa decidir se vai formar federação com o PSDB, com o Podemos ou se não vai formar com nenhum partido. Nas últimas semanas, Freire também tem conversado com o presidente do PSDB, Bruno Araújo.

Alessandro Vieira evitou se posicionar e disse que vai aguardar o assunto ser debatido pela Executiva Nacional do Cidadania. De acordo com ele, uma reunião está prevista para amanhã. “É preciso definir as condições, em especial nos palanques regionais”, declarou.

No Distrito Federal, os senadores Reguffe (Podemos) e Leila Barros (Cidadania) são pré-candidatos ao governo. Já em relação à união com os tucanos, na Paraíba o PSDB faz oposição ao governador João Azevedo (Cidadania).

Para ser chancelada, a federação precisa ser aprovada pelas executivas e diretórios nacionais das legendas envolvidas. O processo também envolve a elaboração de um programa partidário comum. O novo instrumento foi aprovado pelo Congresso no ano passado e virou uma alternativa às coligações, que deixaram de existir.

A modalidade é mais rigorosa que a regra anterior porque exige que a união permaneça por no mínimo quatro anos e seja reproduzida também nos estados.

Nas coligações, as alianças poderiam ser desfeitas a qualquer momento e não havia exigência de unidade em todos os estados.

Além do Cidadania, outro partido que Doria e Moro disputam é o União Brasil, que é a fusão do DEM com o PSL. Em entrevista a uma rádio da Bahia ontem, Moro confirmou que busca alianças com Cidadania, Novo, União Brasil e PSDB, mas deixou claro que ainda não há definições.

“Não existe governo de um partido só. A gente quer fazer uma grande aliança nacional entre partidos, mas também com a sociedade civil, em cima de um projeto que faça sentido”, afirmou.

Estadão

GOVERNO DO RN RECOMENDA SUSPENSÃO DE FESTAS E EVENTOS PÚBLICOS; SUPERMERCADOS NÃO VÃO EXIGIR PASSAPORTE VACINAL

Foto: Divulgação

O Governo do Rio Grande do Norte publicou, na edição do Diário Oficial do Estado desta terça-feira (18), o decreto determinando a obrigatoriedade do passaporte vacinal em diversos estabelecimentos. Sem especificação clara, a regra passa a vigorar na sexta-feira (21), mas não valerá para os supermercados. Por outro lado, o Poder Executivo recomendou que municípios suspendam as festas e eventos públicos.

Pelo decreto, a comprovação de vacinação vale para os “segmentos socioeconômicos de alimentação, a exemplo de bares e restaurantes, bem como centros comerciais, galerias e shopping centers que utilizem sistema artificial de circulação de ar”. Esses locais deverão realizar o controle de entrada de cada indivíduo nas suas dependências, mediante comprovação do esquema vacinal em conformidade ao calendário de imunização. Pela norma, ficam dispensados da obrigatoriedade os estabelecimentos de alimentação em locais abertos com capacidade máxima de 100 pessoas.

Uma dúvida que havia no início do dia seria se os supermercados estariam inclusos na determinação do decreto estadual. A própria Associação dos Supermercados do Rio Grande do Norte tinha a dúvida, que foi sanada após consulta ao setor jurídico do órgão. A Secretaria Estadual de Saúde também confirmou que a determinação da comprovação vacinal não se aplica aos supermercados.

Eventos

Com relação aos eventos de massa, sociais, recreativos e similares, deverão exigir o comprovante de vacinação, com exceção dos eventos realizados em locais abertos, com ventilação natural e limitados a 100 pessoas.

Sobre as aglomerações, o Governo do Estado recomendou como ação de contingência à disseminação do novo coronavírus a busca ativa da população que não esteja em conformidade ao calendário de imunização. Além disso, o Executivo também recomendou, entre outras coisas, suspender a realização de festas e eventos públicos de qualquer natureza.

Além dessa recomendação, o Governo também quer que os municípios disciplinem o acesso do público às praias, lagoas, cachoeiras, açudes, rios e similares, assim como tome medidas para evitar aglomerações e demanda concentrada em determinados horários nos transportes públicos. No decreto, inclusive, há a recomendação de que o Município impeça o acesso de passageiros sem utilização de máscara em transportes públicos ou privados de passageiros.

Confira íntegra do decreto aqui.

Tribuna do Norte

MULHER MOSTRA BO PARA COMPROVAR QUE “NÃO TINHA MAIS NADA” PARA NOVO ASSALTANTE ROUBAR

Foto: Reprodução

A rotina de assaltos está tão alta no Rio Grande do Norte que uma mulher precisou mostrar um boletim de ocorrência para mostrar que já havia sido, recentemente, vítima do crime. Detalhe: ela mostrou o BO durante um novo assalto no ônibus em que ela estava.

O crime aconteceu na noite desta segunda-feira (17), na zona Norte de Natal. Os bandidos subiram na parada da Ponte Newton Navarro por volta das 20h30 e, após poucos minutos, anunciaram o assalto, recolhendo os celulares de todos os passageiros.

Segundo o relato de uma das vítimas, para mostrar que não tinha “mais nada o que roubar”. Um dos bandidos ainda parou e leu o documento antes de “liberar” a vítima.

Ela, inclusive, não foi a única. Outro passageiro relatou que já havia sido assaltado por um dos envolvidos no grupo. Vários celulares, carteiras e uma bolsa foram levados. Além deles, o motorista relatou em depoimento a Polícia Civil que já foi assaltado outras 4 vezes e sofreu três tentativas de roubo.

96FM

PIRANGI: AGLOMERAÇÕES E FESTAS NO PARRACHO MARCAM A NOITE DESTA SEGUNDA (17)

Foto: Reprodução

Vídeos divulgados nas redes sociais mostram uma intensa aglomeração durante um luau que aconteceu nos parrachos da praia de Pirangi, em meio às piscinas naturais, na noite dessa segunda-feira (17).

Nas imagens, é possível observar que ninguém usa máscara ou respeita o distanciamento social, mesmo com o recente aumento do número de casos da doença.

Durante a festa, houve até um show musical com uso de amplificadores de uso. Os participantes foram até ao local em lanchas.

A Prefeitura de Parnamirim informou, por meio da Secretaria Municipal de Segurança, Defesa Social e Mobilidade Urbana (Sesdem), que “o patrulhamento e a fiscalização das atividades marítimas bem como eventos dessa natureza, são de responsabilidade e competência da Capitania dos Portos, órgão pertencente à Marinha do Brasil”.

Novo Notícias

ESLOVÊNIA E NATÁLIA PROTAGONIZAM 1ª TRETA DO BBB22: “NÃO SOU FALSA”

Foto: Reprodução/ Globoplay

Poucas horas após a estreia do BBB22, Eslovênia e Natália já foram responsáveis pela primeira treta da temporada. A modelo abordou a pernambucana durante a festa no gramado e citou seu incômodo durante a separação dos quartos.

“Vou falar na sua cara, não sou falsa. Fiquei chateada porque achei que você não me queria no quarto”, disparou Natália. “Quando estávamos no quarto, eu, Vyni e os outros, você falou assim: ‘Estou sentindo uma coisa nesse quarto e tal’, até aí tudo bem”, afirmou.

Natália logo interrompeu a discussão e disparou: Eu não ligo para o que você pensa, porque eu sei quem eu sou. Mas eu quero ouvir, porque eu posso estar errada.” Em seguida, a estudante de marketing comentou: “Se eu te passei uma impressão ruim, desculpa. Somos [do lado] pipoca, eles têm público, a gente não tem ninguém”.

Horas depois, Tiago Abravanel questionou as sisters sobre o desentendimento. “Ei, primeira treta e primeira resolução de treta”, afirmou a estudante de marketing enquanto abraçava a modelo. Com informações do Metrópoles.

 

SPRAY CONTRA INFLUENZA E COVID CHEGA AO BRASIL NO PRÓXIMO MÊS

Foto: Reprodução / Pixabay

O primeiro lote de  spray nasal contra o coronavírus e influenza tem previsão de chegada ao Brasil em fevereiro deste ano. O produto promete proteção de 99% contra os vírus que entram nas células do nariz, e a expectativa é que esteja disponível nas farmácias de todo o país a partir da última semana de fevereiro.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou a solicitação da Belcher Farmacêutica no início de janeiro, autorizando o registro e distribuição do Spray Nasal Taffix. O medicamento é fabricado pela biofarmacêutica israelense Nasus Pharma.

De acordo com a fabricante, a camada protetora é formada 50 segundos após a inalação e garante uma proteção contra os vírus respiratórios durante um período de 5 horas. As evidências de proteção foram comprovadas por meio de vários estudos laboratoriais, entre eles os realizados na Universidade da Virgínia e pelo Ministério da Saúde de Israel. Entretanto, o remédio não substitui a vacina contra a covid-19 e a utilização das máscaras de proteção também devem continuar.

O tratamento preventivo pode ser útil para pessoas cuja proteção vacinal é insuficiente. Dependendo da situação da epidemia, também pode beneficiar indivíduos totalmente vacinados quando administrado antes de qualquer situação de alto risco.

IG

HOMEM COLOCA ESPUMA EXPANSIVA NO PÊNIS DURANTE RELAÇÃO SEXUAL E ACABA NO HOSPITAL

Foto 1 : Pitiphothivichit, Istock/ Foto 2:Reprodução

Um acidente sexual pode fazer com que um americano de 45 anos se torne permanentemente incapaz de usar o pênis até mesmo para urinar. O homem, que não teve o nome revelado pelos médicos, teve espuma expansiva injetada acidentalmente por seu parceiro dentro do órgão.

O caso foi relatado por urologistas do Northport VA Medical Center, de Nova York, e da Penn State Health Milton S. Hershey Medical Center, na Pensilvânia, na plataforma Science Direct, em novembro de 2020 e ganhou notoriedade nesta segunda-feira (17/1).

De acordo com os médicos que cuidaram do caso, o paciente sofria de impotência sexual e tinha o hábito de inserir objetos na abertura do pênis durante as relações sexuais como uma tentativa desesperada de manter o órgão ereto.

Na última aventura, seu parceiro tentou usar o canudo de uma lata de spray de espuma de isolamento domiciliar, mas ele acabou apertando o botão acidentalmente e o conteúdo preencheu todo o comprimento de sua uretra, chegando à bexiga.

Os médicos contaram que o homem demorou três semanas para procurar ajuda, depois de sentir muita dor e dificuldade para urinar. Uma tomografia computadorizada mostrou pedaços da espuma endurecida espalhados pelo pênis e na bexiga. Alguns mediam até 11cm de comprimento e 4,3cm de largura.

Parte da espuma foi removida pela bexiga, em um procedimento cirúrgico, mas os pedaços localizados no pênis foram mais trabalhosos. Em uma das tentativas, os médicos se esforçaram para puxar a espuma pela abertura do pênis, mas não tiveram sucesso porque o paciente sofria de estenose uretral, uma doença que faz com que a uretra – o tubo que conduz a urina da bexiga para fora do pênis – seja parcialmente ou totalmente obstruída, dificultando ainda mais a passagem da espuma.

Assim, os urologistas optaram por fazer uma uretrostomia perineal, um corte na área entre o escroto e o ânus para retirar a espuma e desviar o fluxo da urina. É esperado que ele passe por uma nova cirurgia para reparar a uretra, mas apenas após uma avaliação psiquiátrica.

Metrópoles

BLOCO SUVACO DO CARECA COMEMORA 12 ANOS COM RODA DE SAMBA NO CASTELO EM PONTA NEGRA

Foto: Ilustrativa/Reprodução/TN

Um dos blocos mais animados do carnaval de Natal, Suvaco do Careca está completando 12 anos, e para festejar a data, irá realizar prévias carnavalescas durante os domingos até o período do carnaval com a sua “Roda de Samba Ducareca” fazendo o esquenta dos foliões no Espaço Avalon do Castelo da Taverna Pub (Rua Manoel A. B. de Araújo, 500, Ponta Negra). Os portões serão abertos a partir das 17h, no domingo (23).

“Será uma grande celebração dos 12 anos do nosso bloco reunindo muita gente bacana que sempre acompanha o Suvaco do Careca, onde quer que a gente vá, com muita alegria, energia e vontade de ser feliz”, prometeu Leonardo Nunes, diretor do bloco.

A Roda de Samba Ducareca é formada por 7 (sete) instrumentistas: Raphael Almeida, no cavaquinho, Alexandre Moreira, no violão, Jane Eyre, na flauta, Bruno Pessoa, no pandeiro, Aluízio Pisão, no surdo, Zezinho Baracho e David Silva na percussão.

Enquanto os músicos garantem o batuque e o gingado do samba, um quinteto de vozes cheias de suingue comandam a festa no castelo com as participações mais que especiais de Josi Ribeiro, Analuh Soares, Eri balanço e Bruno Pessoa.

Lembrando que o evento será realizado atendendo as exigências sanitárias e, por isso, será necessária a apresentação do comprovante de vacinação contra a Covid-19.

O Bloco

O bloco surgiu a partir da necessidade de trabalhadores do turismo, como bugueiros, recepcionistas, guias de turismo, camareiras, cozinheiros, comerciantes, entre outros profissionais que buscavam diversão durante o período de carnaval, com qualidade, sem precisar sair de Natal.

Atrelado à folia, o bloco ressalta a importância da preservação ambiental ao reverenciar o Morro do Careca e a praia de Ponta Negra, um dos principais cartões postais de Natal.

Em 2022, o Bloco, mesmo com as limitações impostas pela pandemia, irá realizar diversos eventos, inclusive durante o período do Carnaval em formato híbrido, em locais fechados para público limitado e com transmissão pela Internet, para ninguém ficar de fora da folia mesmo com o distanciamento/isolamento social.

POR ENGANO, MÃE LEVA BROWNIE DE MACONHA DO FILHO PARA JOGO DE CARTAS EM CENTRO DE IDOSOS, NOS EUA

Foto: Bon Homme County Sheriff’s Office

Uma mulher de 73 anos viu um brownie feito pelo filho em casa e pensou que seria um bom quitute para dividir com seus colegas de jogo de cartas num centro de idosos na Dakota do Sul, nos EUA. No entanto, pouco após o grupo comer o bolo, todos que o consumiram começaram a apresentar os mesmos sintomas, deixando-os com medo de terem sido envenenados. Uma investigação policial verificou, por fim, que o brownie era de maconha, e o que os idosos sentiram foram os efeitos da droga.

Como tal consumo não é legalizado no estado da Dakota do Sul, o filho que preparou o doce foi preso por posse de substância controlada. Segundo a emissora “KCRG”, Michael Koranda, de 46 anos, contou ter comprado cerca de 450 gramas de manteiga de maconha numa viagem que havia acabado de fazer ao Colorado — onde o uso recreacional é permitido. Ele disse que assou o brownie com metade do produto. O restante, de acordo com a mídia local, foi entregue à polícia para constar como evidência.

A prisão ocorreu em 5 de janeiro, um dia após o consumo no centro de idosos. Michael, que trabalha como diretor de um coral escolar, foi mais tarde solto mediante pagamento de fiança, cujo valor não foi divulgado. A mãe dele, Irene Koranda, não foi acusada pois levou o bolo aos colegas por engano, conforme relatou. Michael, por sua vez, tem uma audiência marcada para o dia 25 de janeiro.

O Globo

 

 

SEM CRISE: PROCURADORES DA REPÚBLICA NO RN RECEBERAM VENCIMENTOS DE MAIS DE R$ 360 MIL EM DEZEMBRO; 8 RECEBERAM ACIMA DE R$ 100 MIL

Foto: Reprodução

Segundo o Portal da Transparência do Ministério Público Federal procuradores da República do Rio Grande do Norte receberam contracheques inflados por vultuosas verbas indenizatórias que somadas ao rendimento bruto do mês passaram da marca dos R$ 360 mil no mês de dezembro.

O levantamento realizado pelo Justiça Potiguar junto à Transparência do órgão apontou que um procurador da República, recebeu somente em verbas indenizatórias o montante de R$ 286. 680,30 somadas ao rendimento bruto que inclui salário e outras vantagens chega ao contracheque no valor de R$ 363. 208,62. Na lista em seguida aparece outro procurador com verbas indenizatórias R$ 199.837,27 e o rendimento bruto de pouco mais de R$ 131 mil que somados chegam à casa dos R$ 330.000,00.

Outos seis procuradores da República com atuação no RN receberam entre verbas indenizatórias e rendimento bruto contracheques acima de R$ 100 mil.

O MPF aponta que os pagamentos estão previstos em lei. Entre as verbas está a licença-prêmio que é um benefício por tempo de serviço, estabelecido na Lei Complementar número 75 de 1993, de organização do Ministério Público da União. A cada período de cinco anos de exercício, há direito de três meses de licença, com autorização para pagamento caso não seja gozada. Para os servidores federais do Poder Executivo, o benefício foi extinto na década de 1990. Junto com a licença, estão também na rubrica de “verba indenizatória” do MPF abonos pecuniários e indenizações por férias. Os procuradores têm direito a 60 dias de férias anuais, além de recesso no período de fim de ano. Mas também há opção por vendê-las. Por serem verbas indenizatórias não sofrem corte de teto.

Confira os dados de remuneração no link  / remuneracao-membros-ativos_2021_DezembroBaixar

Justiça Potiguar

GOVERNO DO RN PUBLICA DECRETO QUE EXIGE PASSAPORTE VACINAL EM SHOPPINGS, CINEMAS, BARES E RESTAURANTES; VEJA O QUE DIZ

Foto: Adriano Abreu

 Medida passa a valer a partir da próxima sexta-feira (21) e cobra vacinação contra Covid para acessar qualquer estabelecimento fechado e ambientes abertos com mais de 100 pessoas.

O governo do Rio Grande do Norte publicou na manhã desta terça-feira (18) o decreto que exige o passaporte vacinal para entrada em shoppings, cinemas, bares e restaurantes. O documento determina que todos os ambientes fechados devem exigir a comprovação da vacina contra a Covid, assim como ambientes abertos com capacidade superior a 100 pessoas.

O anúncio do novo decreto com a medida foi anunciado em um coletiva de imprensa com representantes do governo do RN na noite de segunda-feira (17). Ele passa a valer a partir de sexta-feira (21).

Veja o que diz o decreto

Segmentos socioeconômicos

De acordo com o decreto, “os segmentos socioeconômicos de alimentação, a exemplo de bares e restaurantes, bem como centros comerciais, galerias e shopping centers que utilizem sistema artificial de circulação de ar deverão realizar o controle de entrada de cada indivíduo nas suas dependências, mediante comprovação do esquema vacinal em conformidade ao calendário de imunização”.

O decreto reforça que ficam dispensados da obrigatoriedade os estabelecimentos de alimentação em locais abertos com capacidade máxima de 100 pessoas.

Eventos de massa

Segundo o texto, “os eventos de massa, sociais, recreativos e similares, inclusive aqueles sem assento para o público, deverão exigir, para acesso ao local, a comprovação do esquema vacinal”. A exceção fica para eventos de massa com no máximo 100 pessoas e ventilação natural.

“O descumprimento aos protocolos previamente aprovados pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) ensejará na suspensão imediata do evento”.

O documento diz ainda que os municípios poderão definir medidas e protocolos específicos, prevendo medidas mais protetivas, para eventos de menor porte.

Serviço público estadual

Os órgãos e entidades da Administração Pública Direta e Indireta do Estado deverão regulamentar “a forma de atendimento ao seu público-alvo, recomendando-se, neste sentido, a adoção da obrigatoriedade de comprovação do esquema vacinal em conformidade ao calendário de imunização”.

Recomendação aos municípios

Entre as recomendações, estão fiscalizar o cumprimento de medida sanitária; implantar medidas de restrição coordenada, simultânea e regionalizada; esclarecer situação da pandemia à população; realizar busca ativa da população não-vacinada; suspender realização de festas e eventos públicos de qualquer natureza; disciplinar acesso às praias, lagoas, cachoeiras, açudes, rios e similares; disciplinar funcionamento do transporte público e impedir acesso de passageiros sem utilização das máscaras em transporte público ou privado.

O texto cita ainda que se deve esclarecer sobre a situação pandêmica atual, inclusive sobre o surto de Influenza; reorganizar as feiras e similares de modo a assegurar o distanciamento social, evitando-se aglomeração de pessoas, mantendo as condições de higiene dos respectivos ambientes.

Fiscalização pelo município

“Os municípios deverão intensificar a fiscalização do cumprimento das medidas sanitárias de enfrentamento e prevenção ao novo coronavírus estabelecidas por este Decreto e nos protocolos setoriais, coibindo aglomerações, seja em espaços públicos ou privados, abertos ou fechados, sem prejuízo da possibilidade de, no âmbito de sua competência, editar medidas mais restritivas”.

Como vai ser cobrado

O secretário de Saúde do RN, Cipriano Maia, explicou na coletiva de segunda (17) do governo que a exigência vai ser feita considerando comprovantes oficiais como o ConecteSUS, o RN+ Vacina e a própria carteira de vacinação, de papel. “Se você já era pra ter tomado a terceira dose, vai ser exigida a terceira dose”, explicou.

“É preciso que lá na porta o restaurante, o bar cobrem a vacina, porque se não nós vamos estar jogando aqui todo esse trabalho em parceria com os municípios fora”, reforçou o secretário estadual de Gestão de Projetos e Metas, Fernando Mineiro, que disse ainda que o governo vai disponibilizar as forças de segurança para agir no cumprimento da medida.

“A sociedade precisa entender que é necessário ter o passaporte de vacina pra acessar qualquer local. E as forças de segurança vão estar à disposição do município”, pontuou.

Alto contágio e necessidade da vacinação

O secretário de Saúde explicou que a vacinação segue como fundamental para evitar o agravamento pela doença.

“No Brasil é o momento de alerta, da gente mobilizar a sociedade e os sistemas de saúde para que a gente possa conter a transmissão. Segundo avançar na vacinação, porque as pessoas que estão se internando em grande maioria são não vacinados ou com vacinação incompleta”, explicou.

Segundo ele, a situação “é de extrema alerta”.

“Nós estamos vivendo uma sobreposição de duas epidemias. A epidemia da Covid, que tem uma terceira onda em função da ômicron, que tem se mostrado muito mais transmissível que as outras, a proporção de testes positivos muito elevada. E a epidemia Influenza (gripe), que tem levado muita gente pra cama, afastado do trabalho, superlotado as UPAs trazendo também um quadro de muita preocupação, até porque muitos profissionais da saúde têm se afastado. É um quadro extremamente preocupante”.

g1/RN

DINHEIRO SOBRANDO: MPF PAGOU ATÉ R$ 545 MIL A PROCURADORES EM DEZEMBRO; MAIS DE 70 RECEBERAM ACIMA DE R$ 300 MIL

Foto: Reprodução

A folha de dezembro de 2021 do Ministério Público Federal (MPF) aponta remuneração de R$ 545,8 mil a um procurador e outros 70 que receberam mais de R$ 300 mil, considerando rendimentos brutos e verba indenizatória. Os altos valores têm a ver principalmente com venda de licenças-prêmio e férias não usufruídas. Ao total, os pagamentos somam R$ 156,8 milhões.

Ao longo de todo o ano de 2021, o MPF gastou R$ 123 milhões com a rubrica, segundo dados do Portal da Transparência do MPF. Na comparação com 2020, houve salto de 25%. Uma lista com os nomes de 51 procuradores com maiores vencimentos, filtrados nos dados do Portal da Transparência, tem circulado nas redes sociais com críticas sobre os altos valores pagos durante a pandemia.

“Prefiro acreditar que seja fake news. Não é possível servidores públicos receberem 500, 400, 300 mil reais num mês em plena pandemia”, postou o defensor público do Estado da Paraíba Philippe Figueiredo.

O terceiro colocado na lista de maior remuneração recebida em dezembro é o procurador de Goiás Mário Lúcio de Avelar, que recebeu a maior quantia do
País em indenizações: R$ 362 mil de licença-prêmio. Com mais R$ 104 mil de remuneração bruta, foram R$ 466 mil.

No topo do ranking está o procurador-chefe da 1ª Região, José Robalinho Cavalcanti: R$ 352,4 mil de verbas indenizatórias e R$ 193,4 mil de
rendimentos brutos, totalizando R$ 545 mil.

Justiça Potiguar

 

Topo