COM MAIS DE 12 MILHÕES DE CASOS DE CORONAVÍRUS, EUA APROVAM TRATAMENTO EXPERIMENTAL USADO POR TRUMP

Em meio a uma nova escalada das contaminações por coronavírus em seu território, os EUA concederam no sábado autorização de emergência para o tratamento experimental com anticorpos dado ao presidente Donald Trump no mês passado, quando ele desenvolveu o Covid-19.

O medicamento, fabricado pela farmacêutica Regeneron, é projetado para evitar que pessoas infectadas desenvolvam doenças graves. Em vez de esperar que o corpo desenvolva sua própria resposta imune protetora, a droga imita as defesas naturais do corpo. É a segunda droga desse tipo — chamada de anticorpo monoclonal — a ser liberada para o tratamento de Covid-19. A Agência de Medicamentos dos EUA (FDA) autorizou o medicamento da Eli Lilly em 9 de novembro.

Os EUA são de longe o país com o maior número de óbitos por coronavírus no mundo, com 255.800 mortes. A epidemia está fora de controle e o número de novos casos diários está disparando (quase 164 mil só no sábado) e já ultrapassa 12 milhões de infecções, de acordo com a Universidade Johns Hopkins.

De acordo com o FDA, o tratamento com REGEN-COV2, um coquetel de dois anticorpos monoclonais produzidos em laboratório, demonstrou reduzir hospitalizações e atendimentos emergenciais de pacientes com Covid-19, doenças secundárias ou “comorbidades”. A agência disse ainda que o medicamento pode ser eficaz no tratamento de Covid-19 leve a moderado em adultos e crianças com 12 anos ou mais, e é indicado para pessoas com alto risco de desenvolver doenças graves.

— O licenciamento dessas terapias de anticorpos monoclonais pode ajudar os pacientes ambulatoriais a evitar a hospitalização e aliviar o fardo em nosso sistema de saúde — disse Stephen Hahn, comissário da FDA.

Entretanto, como acontece com o tratamento da Lily, a produção do Regeneron é complicada e demorada, por isso o medicamento estará em falta inicialmente, segundo o Washington Post. Além disso, as complexidades da administração da medicação intravenosa levantaram preocupação se as pessoas com maior necessidade serão capazes de obtê-la, acrescentou o jornal americano.

Executivos da Regeneron disseram na teleconferência de resultados da empresa no início de novembro que projetam doses suficientes para 80 mil pacientes até o final de novembro e 300 mil doses totais até o final de janeiro, informou o Post.

‘Terapia promissora’

O presidente da Regeneron, Leonard Schleifer, acrescentou que essa decisão representa “um passo importante na luta contra a Covid-19, pois os pacientes de alto risco nos Estados Unidos terão acesso a uma terapia promissora em um estágio inicial da infecção.”

Esses anticorpos imitam o que o sistema imunológico faz após contrair o coronavírus, bloqueando a ponta do vírus que permite que ele adira e penetre nas células humanas.

Este tratamento é mais eficaz durante a fase inicial de contágio, quando os anticorpos ainda têm a possibilidade de controlar o invasor, e não durante a segunda fase da Covid-19, quando o perigo não é mais o vírus, mas a reação exagerada do sistema imunológico que ataca os pulmões e outros órgãos.

A Regeneron recebeu mais de 450 milhões de dólares do governo americano para o desenvolvimento de tratamentos de combate à Covid-19 dentro da Operação Warp Speed (Velocidade da Dobra), criada por Trump para imunizar a população americana.

A Casa Branca também anunciou no final de outubro a compra de 300 mil doses do tratamento da Lilly por US$ 375 milhões, a US$ 1.250 por dose.

A autorização concedida ao Regeneron é a última novidade promissora na luta contra o coronavírus, depois que os projetos de vacinas Pfizer/BioNTech e Moderna anunciaram eficiências próximas a 95%.

O Globo

NATAL: PREFEITO ÁLVARO DIAS PARTICIPA DE MISSA QUE MARCA 267ª DA FESTA DE NOSSA SENHORA DA APRESENTAÇÃO

A Arquidiocese de Natal comemorou, neste sábado (21), a 267ª edição da Festa de Nossa Senhora da Apresentação, padroeira da capital potiguar. Ao longo do dia, os fiéis, devotos e o clero realizam diversas missas e celebrações em honra à Santa. O prefeito Álvaro Dias e a primeira dama, Amanda Dias, participaram da missa realizada no período da manhã na Catedral Metropolitana, que foi presidida pelo arcebispo, Dom Jaime Vieira Rocha. Os festejos contam com o apoio da Prefeitura de Natal.

Na oportunidade, o chefe do executivo municipal participou do descerramento da placa em homenagem ao centenário de nascimento do cardeal potiguar Dom Eugênio de Araújo Sales. Em seu pronunciamento, ao final da missa, Álvaro Dias homenageou as vítimas do coronavírus e alertou a população para se manter vigilante e alerta quanto ao cumprimento dos protocolos sanitários e medidas de distanciamento social para evitar uma segunda onda da doença. O prefeito lembrou que a gestão municipal segue com uma fiscalização rígida e não vai permitir o descumprimento dos decretos que flexibilizaram as atividades.

Por fim, Álvaro Dias parabenizou a arquidiocese pela organização de mais uma bonita festa em honra à Nossa Senhora da Apresentação e elevou suas preces, pedindo a intercessão da padroeira para que a cidade possa sair o mais breve possível da pandemia e a população retome a sua vida normal.

“Hoje, saudamos e celebramos esta bonita festa da fé e devoção do povo de Natal. São 267 anos de proteção e bençãos por meio da intercessão de Nossa Senhora da Apresentação. Como prefeito, renovo as preces para que a nossa padroeira siga iluminando, intercedendo e abençoando a nossa cidade”, disse Álvaro. 

A 267ª edição da Festa de Nossa Senhora da Apresentação se encerrou no final da tarde deste sábado com uma procissão motorizada que  percorreu as quatro regiões de Natal e terminou na Catedral Metropolitana com a benção do Santíssimo Sacramento feita pelo arcebispo Dom Jaime Vieira Rocha. 

HOMEM FOI ASFIXIADO POR 4 MINUTOS DIANTE DE 15 TESTEMUNHAS EM CARREFOUR; VEJA VÍDEO

Agência GBC/Divulgação

Imagens obtidas pela Folha revelam que Beto Freitas, 40, foi asfixiado por quase quatro minutos, diante de 15 testemunhas, após ser espancado por pelo menos dois minutos por seguranças do Carrefour em Porto Alegre na última quinta (19).

O vídeo mostra, ainda, que Freitas agrediu um dos vigilantes. Devido à qualidade do vídeo não é possível ver com clareza se um dos seguranças, Giovane Gaspar, disse algo que teria desencadeado a primeira agressão. A gravação mostra que, antes de agredir Giovane, Freitas para por um segundo e olha para o vigia.

Além dos dois seguranças, é possível ver uma fiscal do hipermercado filmando e observando o espancamento sem interferir na agressão.

Um homem tenta ajudar Beto Freitas mas é afastado pela fiscal enquanto outros dois seguranças de terno se aproximam.

Durante as agressões, diversas pessoas passaram pelo local e não intervieram. Quando Beto Freitas se mexe pela última vez, há em volta dele pelo menos 17 pessoas no local, sendo 15 testemunhas e os dois seguranças que sufocaram Freitas. É possível que haja mais testemunhas fora do alcance da câmera.

[ x ]

Uma das testemunhas é a fiscal, Adriana Alves Dutra, que aparece também em um vídeo obtido pela Folha intimidando testemunhas.

Ao homem que filma o sufocamento de Beto Freitas a fiscal diz: “não faz isso [filmar] que eu vou te queimar na loja”. A funcionária afirma, então, que Freitas “deu em uma mulher lá em cima”.

​Ao ser questionada sobre por que os funcionários o agrediram com tanta brutalidade e sobre o motivo de estarem sobre ele, ela diz: “Se você conseguir acalmar ele, eu tiro todo mundo de cima dele [Beto Freitas]”.

Beto Freitas foi velado e sepultado neste sábado (20) no cemitério São João, em Porto Alegre, sob pedidos de justiça e fim do racismo.

Beto era o segundo filho de um casal dedicado à família. Após a morte da mãe, há cerca de três anos, Beto se aproximou ainda mais do pai, aposentado e pastor há cerca de quatro anos. “Eu acordava e ligava para ele todo dia. A gente se falava duas vezes por dia e nos víamos sempre”, conta o pastor João Batista Rodrigues Freitas, 65 –leia a entrevista no texto ‘Beto Freitas foi pai precoce, filho presente e marido errático’.

De acordo com o Atlas da Violência, feito pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, em 2018, 43.890 negros foram assassinados no Brasil, o equivalente a 120 pessoas por dia ou 5 por hora. Na prática, a cada 12 minutos uma pessoa negra foi assassinada naquele ano. ​

Folha de São Paulo

PASTA DE DENTE E ENXAGUANTE MATAM CORONAVÍRUS, DIZ COLGATE

Colgate: Produtos neutralizam o coronavírus presente na saliva (Susana Gonzalez/Bloomberg)

Esses produtos de higiene podem matar o vírus na boca de pessoas já infectadas e reduzir a transmissão para outras pessoas.

Estudos de laboratório mostram que cremes dentais com fórmulas contendo zinco e enxaguantes bucais com cloreto de cetilpiridínio (CPC) neutralizam em até 99,9% o coronavírus, diz a Colgate. Esses produtos de higiene podem matar o vírus na boca de pessoas já infectadas e reduzir a transmissão para outras pessoas.

Os estudos fazem parte de um programa de pesquisa da Colgate-Palmolive que inclui estudos clínicos entre pessoas infectadas, para avaliar a eficácia dos produtos de higiene bucal na redução da quantidade do coronavírus na boca, potencialmente retardando a transmissão do vírus.

Esses testes são pioneiros em incluir cremes dentais. Os cremes dentais Colgate Total 12® neutralizaram 99,9% do vírus após dois minutos de contato. Os enxaguantes bucais Colgate Total 12®, Colgate Plax® e Colgate PerioGard® tiveram nível de eficácia semelhante após 30 segundos. Os estudos, concluídos em outubro, foram conduzidos em parceria com o Instituto de Pesquisa em Saúde Pública da Universidade de Medicina Rutgers, em Nova Jersey (NJMS) e o Regional Biosafety Laboratories.

Os resultados ainda não foram publicados em revistas científicas e pesquisadores planejam compartilhar os resultados no início de dezembro. Estudos clínicos adicionais patrocinados pela Colgate em cremes dentais e enxaguantes bucais estão em estágios iniciais na Rutgers, no Instituto Albert Einstein e na Universidade da Carolina do Norte, Escola de Odontologia Chapel Hill Adams, com a participação de cerca de 260 pessoas infectadas.

“Estamos nos estágios iniciais de nossas pesquisas clínicas, mas nossos resultados preliminares, laboratoriais e clínicos, são muito promissores”, explica Maria Ryan, diretora clínica da Colgate. “Embora a escovação e o enxágue não sejam um tratamento ou uma forma de proteger totalmente um indivíduo da infecção, podem ajudar a reduzir a transmissão e retardar a disseminação do vírus, complementando o benefício que obtemos com o uso de máscaras, distanciamento social e lavagem frequente das mãos”.

“Levando em consideração que a saliva contém quantidades do vírus comparáveis às encontradas no nariz e na garganta, ao parecer o coronavírus originado na boca contribui para a transmissão da doença, especialmente em pessoas assintomáticas que não possuem quadro de tosse. Isso indica que reduzindo o vírus na boca poderia ajudar a prevenir a transmissão durante o tempo em que os produtos de higiene oral estiverem ativos”, diz  David Alland, chefe do Departamento de Doenças Infecciosas e diretor do Centro de Enfrentamento da covid-19 e Prontidão para a Pandemia, que liderou o estudo da Rutgers NJMS.

Por Karin Salomão /Exame

PAGAMENTO DE NOVO CICLO DO AUXÍLIO EMERGENCIAL COMEÇA NESTE DOMINGO

Começa neste domingo (22) o 5º ciclo de pagamentos do auxílio emergencial, que pode ser de R$ 600 ou de R$ 300, dependendo de quando o beneficiário teve seu cadastro aprovado. O depósito de hoje é para aniversariantes de janeiro que não estão inscritos no Bolsa Família.

Depósito para nascidos em janeiro (ciclo 5)

A Caixa chama de ciclo cada calendário em que todos os beneficiários (exceto os do Bolsa Família) recebem pelo menos uma parcela, independente de qual seja. A cada ciclo há dois cronogramas, ambos levando em conta a data de nascimento do beneficiário.

O dinheiro depositado hoje, por enquanto, fica disponível apenas para transações digitais no aplicativo Caixa Tem. Saques e transferências serão liberados em 19 de dezembro.

Quem recebeu a primeira parcela do auxílio em abril deve chegar agora à oitava parcela (a terceira do auxílio extensão, ou auxílio residual), e quem recebeu a primeira em maio alcançará a sétima parcela (segunda da extensão). Isso significa que o valor será de R$ 300 (ou R$ 600 para mulheres chefe de família).

Pessoas que começaram a receber a partir de julho ainda receberão uma das cinco primeiras parcelas. Portanto, o valor continua sendo R$ 600 (ou R$ 1.200 para mulheres chefe de família).

 

LEI ALDIR BLANC: FJA DIVULGA LISTA DE HABILITADOS E INABILITADOS EM NOVE EDITAIS

O Governo do Rio Grande do Norte, por meio da Fundação José Augusto, publicou no Diário Oficial do Estado (DOE), na noite deste sábado (21/12), a lista dos habilitados e inabilitados em nove editais da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc (Lei Federal nº14.017/2020) que tiveram inscrições encerradas no último dia 18. Ao todo, foram mais de 3.400 projetos inscritos.

Estão divulgadas as listas parciais de habilitações e inabilitações dos editais: Programa de Apoio a Microprojetos Culturais; Fomento à Cultura Potiguar 2020;  Prêmio Cultura Popular de Tradição; Projetos Culturais Integrados e Economia Criativa; Formação e Pesquisa – Troca de Saberes à Distância; Prêmio Sabores, Saberes e Fazeres; Projetos Culturais Referentes à Diversidade Sócio-Humana; Auxílio à Publicação de Livros, Revistas e Reportagens Culturais; e Ecos do Elefante: Apoio Cultural aos Municípios Potiguares.

Os projetos habilitados nos nove editais estarão na fase de seleção entre os dias 27 de novembro e 7 de dezembro. Os inabilitados poderão colocar recursos entre os dias 23 e 24 de novembro. A publicação final dos contemplados no Diário Oficial será divulgada em 12 de dezembro.

O resultado das habilitações e inabilitações está disponível ao público no Diário Oficial do Estado, por meio do link – http://adcon.rn.gov.br/ACERVO/secretaria_extraordinaria_de_cultura/DOC/DOC000000000245438.PDF – ou pelo site www.cultura.rn.gov.br na secção Editais/Editais Abertos.

TCU LANÇA EDITAL DE R$ 2,6 MILHÕES PARA IMPEDIR DOENÇAS CONTAGIOSAS NO TRIBUNAL

Foto: Felipe Menezes

O Tribunal de Contas da União (TCU), responsável pela fiscalização dos gastos públicos, abriu uma licitação no dia 19 de novembro, que prevê a solução de prevenção à propagação de doenças contagiosas no sistema de climatização do prédio da Corte. A inciativa tem por objetivo garantir o retorno seguro dos servidores ao trabalho presencial, em meio à pandemia de coronavírus. O valor do pregão é de R$ 2,6 milhões.

“Constitui o objeto da presente licitação o registro de preço para fornecimento e instalação de itens necessários à implantação de tecnologia conjunta de oxidação ativa do ar por foto hidroionização (PHI) e Reflective Electro-Magnetic Energy (REME) como solução de prevenção à propagação de doenças contagiosas nos sistemas de climatização dos prédios do TCU em Brasília”, diz o documento.

O recurso a ser usado pelo TCU é um grande aliado no combate a vírus e bactérias. Por meio de um sistema de purificação do ar, a foto hidro ionização promove a descontaminação de ambientes fechados, tanto do ar quanto das superfícies, diminuindo a presença de poluentes, combatendo vírus, bactérias, fungos, vírus e odores.

Questionada pelo Metrópoles sobre a periodicidade da manutenção dos climatizadores da Corte, a assessoria respondeu que o TCU a realiza de forma “constante, promovendo a limpeza e a troca dos filtros e demais componentes seguindo as periodicidades definidas nas normas técnicas de cada equipamento”.

Contudo, o tribunal justificou a necessidade de uma licitação para garantir um ambiente seguro no retorno das atividades presenciais. “A contratação em questão não constitui manutenção periódica ou troca programada de equipamentos. Trata-se de evolução dos sistemas existentes, inserindo um componente que promoverá substancial melhoria na qualidade do ar”, diz a nota.

Equipamentos

De acordo com o TCU, a solução técnica escolhida tem a finalidade de proporcionar maior qualidade do ar no interior dos edifícios do TCU, prevenindo a propagação de Covid-19 e outros vírus, bactérias e fungos, oferecendo maior proteção à saúde das autoridades, colaboradores e visitantes que frequentarem as dependências do tribunal.

Para isso, a Corte quer adquirir equipamentos para a instalação interna e também para ar-condicionados portáteis de purificação de ar. O mais caro, é o modelo Reme-Halo-Led, que custará, segundo a estimativa do edital, R$ 5,8 mil a unidade, totalizando R$ 203,2 mil em 35 itens.

“Além dessa atuação nos sistemas de ar-condicionado, o TCU adota outras medidas para evitar a propagação da epidemia em suas instalações, tais como limpeza periódica de superfícies, instalação de barreiras de acrílico nos locais de atendimento, fornecimento de álcool em gel, exigência de uso de máscara e de medição de temperatura dos frequentadores, além de campanhas de conscientização entre seus colaboradores”, finaliza a nota.

Metrópoles

MOURÃO: “PODEM DISCORDAR DA MINHA VISÃO, MAS NÃO PRECISAM OFENDER”

  Vice-presidente Hamilton Mourão  Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom

O vice-presidente Hamilton Mourão afirmou à CNN que sua opinião de que “não existe racismo” no Brasil foi dada com base em estudos sobre a formação da nacionalidade brasileira. Ele disse que pessoas podem discordar da visão, mas não precisam ofendê-lo.

“Essa é minha opinião à luz do estudo da formação de nossa nacionalidade. Inclusive fui claro ao comparar com o que vi em outro país. Pessoas podem discordar de minha visão, mas não precisam ofender”, declarou o general da reserva à coluna, por meio de mensagem de texto.

A explicação foi dada por Mourão horas após ele comentar, nessa sexta-feira (20), a morte de João Alberto Silveira Freitas, homem negro de 40 anos que morreu após ser espancado por seguranças do supermercado Carrefour, em Porto Alegre (RS).

Mourão classificou a morte como “lamentável”, disse que o caso é de uma “segurança totalmente despreparada”, mas negou que o crime possa ter sido motivado por questões raciais. “Para mim, no Brasil não existe racismo. Isso é uma coisa que querem importar aqui para o Brasil. Isso não existe aqui”, afirmou.

“Digo para vocês o seguinte, porque eu morei nos EUA: racismo tem lá. Eu morei dois anos nos EUA, e na escola em que eu morei lá, o ‘pessoal de cor’ andava separado. Eu nunca tinha visto isso aqui no Brasil. Saí do Brasil, fui morar lá, era adolescente e fiquei impressionado com isso aí. Isso no final da década 60”, disse.

“Mais ainda, o pessoal de cor sentava atrás do ônibus, não sentava na frente do ônibus. Isso é racismo. Aqui não existe isso. Aqui você pode pegar e dizer é o seguinte: existe desigualdade. Isso é uma coisa que existe no nosso país”, acrescentou Mourão. A colocação provocou fortes reações de movimentos anti-racistas.

Por Igor Gadelha, CNN

OBESIDADE PODE AGRAVAR CÂNCER DE MAMA, DIZ ESTUDO

Estudo feito por pesquisadores da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) identificou que pessoas obesas têm uma quantidade de vesículas eliminadas pelas células de gordura que, ao circularem na corrente sanguínea, podem levar a um processo inflamatório mais exacerbado ou ao agravamento de câncer de mama., caso a pessoa tenha câncer. O grupo de pesquisadores é associado ao Programa de Oncobiologia, projeto que reúne diversas instituições dedicadas ao ensino, à pesquisa e extensão em biologia do câncer e que conta com o financiamento da Fundação do Câncer. O estudo foi publicado na revista internacional Endocrine-Related Cancer.

O epidemiologista e consultor médico da Fundação do Câncer, Alfredcaff,o S esclareceu à Agência Brasil que serão necessários novos estudos para se afirmar com certeza que as pessoas obesas têm maior risco de desenvolver células mais agressivas e invasivas de câncer de mama do que as não obesas. Esse estudo inicial é importante, por outro lado, porque abre “um mundo de possibilidades, tanto de testes diagnósticos, quanto de técnicas terapêuticas”. Esse é o próximo passo da pesquisa.

Fonte: Agência Brasil

NO AMAPÁ, BOLSONARO ANUNCIA MP QUE ISENTARÁ DE PAGAMENTO DE LUZ

Em visita ao estado do Amapá, o presidente Jair Bolsonaro anunciou neste sábado (21) que assinará uma medida provisória que isentará do pagamento da conta de luz a população afetada por um apagão. O estado já vive seu 19º dia com problema no abastecimento de energia elétrica.

“Estamos na iminência de assinar uma medida provisória para dar uma medida compensatória a todos os que foram prejudicados com essa falta de energia”, afirmou após visita a duas subestações de energia em Macapá, capital do estado. Dessa forma, o governo federal pretende custear as cobranças tarifas e outras cobranças que sejam feitas dos consumidores no estado.

O presidente viajou juntamente com o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, que é do Amapá, e o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque. Segundo o ministro, a medida vai compreender um período de 30 dias de isenção e deverá englobar a conta referente ao mês de novembro.

Fonte: R7

CENTROS COVID-19 DA PREFEITURA DO NATAL ATENDEM 261 PESSOAS NESTE SÁBADO

A Prefeitura do Natal atendeu 261 pessoas nos três Centros Covid 19 neste sábado (21) na capital potiguar. A decisão do executivo municipal em abrir os centros para atendimento no final de semana ocorreu em razão da procura crescente da população durante os últimos dias.

Foram realizados 45 atendimentos no ginásio Nélio Dias, mais 91 no Cemure e outros 125 atendimentos no Centro Covid-19 instalado no Palácio dos Esportes.

Desde o início desta semana, a SMS Natal resolveu estender o horário de funcionamento dos Centros que passaram a atender de segunda a quinta das 8h às 16h e na sexta das 8h ao 12h.

Durante a semana, a SMS Natal vai avaliar se há necessidade de abrir em outros finais de semana.

 

 

SEDRAF PUBLICA EDITAL PARA SELEÇÃO DE ENTIDADES DA AGRICULTURA FAMILIAR

A Secretaria de Estado do Desenvolvimento Rural e da Agricultura Familiar (Sedraf) publicou, neste sábado (21), no Diário Oficil do Estado (DOE), edital para seleção de entidades da agricultura familiar para apoio a pontos fixos de comercialização da produção.

O edital tem por objetivo selecionar organizações da agricultura familiar, para o fomento de 10 pontos fixos de comercialização de produtos da agricultura familiar mediante a celebração de termo de colaboração, com repasse de até R$ 20.000,00 para cada proposta.

Poderão participar da seleção, as organizações da agricultura familiar com a devida comprovação em estatuto da entidade e da Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP jurídica). Deverão ser apresentados cópias eletrônicas dos documentos, as quais devem ser apresentadas posteriormente, caso seja selecionada a proposta, cópias autenticadas condicionando a celebração de termo de colaboração a estas entregas.

Acesse o edital: http://adcon.rn.gov.br/ACERVO/seara/DOC/DOC000000000245415.PDF

BOLSONARO CHEGA AO AMAPÁ NO 19º DIA DE APAGÃO PARA VISITAR LOCAIS COM GERADORES DE ENERGIA

Foto: John Pacheco/G1

Ao visitar o Amapá neste sábado (21), no 19º dia de crise energética que afeta 13 das 16 cidades, o presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido) fez breves cerimônias para ligar os geradores termoelétricos contratados para restabelecer a energia ao estado. Ele chegou ao aeroporto de Macapá pouco depois das 15h.

Bolsonaro integrou uma comitiva com diversas autoridades. Contratados para suprir a necessidade de consumo do estado, mesmo que provisoriamente, com a ativação de 45 megawatts de energia, os equipamentos foram montados na subestação Santa Rita, na capital Macapá, e noutra no município vizinho, Santana. Nas visitas aos locais, o presidente ligou os geradores.

É a primeira agenda de Bolsonaro no Amapá após os dois blecautes totais que atingiram o estado; um no dia 3, que levou 4 dias para ter o fornecimento retomado mesmo que parcialmente, e outro na última terça-feira (17), que foi ajustado em cerca de 5 horas. Há investigações abertas em órgãos federais e estaduais para explicar as causas.

Fonte: G1

REINFECÇÃO DE COVID-19 É IMPROVÁVEL POR PELO MENOS SEIS MESES, APONTA ESTUDO

É altamente improvável que pessoas que tiveram covid-19 contraiam a doença novamente por pelo menos seis meses depois da primeira infecção, segundo um estudo britânico em funcionários de saúde na linha de frente da luta contra a pandemia de coronavírus.

As descobertas passam tranquilidade a mais de 51 milhões de pessoas ao redor do mundo que foram infectadas com a doença da pandemia, disseram pesquisadores da Universidade de Oxford.

“É uma notícia realmente muito boa porque as pessoas podem ficar confiantes que, pelo menos no curto prazo, a maioria que já pegou covid-19 não pegará novamente”, disse David Eyre, co-líder do estudo e professor do Departamento Nuffield de Saúde da População, em Oxford.

Autoridades da Organização Mundial da Saúde (OMS) gostaram dos resultados do estudo.

Fonte: UOL

AUXÍLIO EMERGENCIAL TEM DATAS PARA CONTESTAÇÃO

Começa hoje (21) o prazo de contestação para beneficiários do Bolsa Família que receberam o auxílio emergencial e o auxílio emergencial extensão, mas tiveram o pagamento cancelado.

Para quem obteve apenas o auxílio emergencial extensão, que é de R$ 300, a data final de contestação do cancelamento vai até amanhã (22). Para quem recebeu as parcelas regulares do auxílio emergencial, que foram de R$ 600, o prazo vai até 30 de novembro para registro de reclamações.

O governo não informou os prazos de análise dos processos que serão recebidos. Caso a análise do cadastro do beneficiário seja positiva, a conta voltará a receber as parcelas do benefício no mês subsequente.

Conforme o governo, as informações cadastrais dos beneficiados são cruzadas com diversas bases de dados, o que pode resultar em situações incompatíveis com as exigências de cadastro para o benefício.

Pessoas com renda acima da regra, ocupantes de cargos eletivos, militares, servidores públicos e portadores de CPFs (Cadastro de Pessoa Física) em situação irregular na Receita Federal não podem receber as parcelas do auxílio emergencial.

PARA REGISTRAR A OCORRÊNCIA

Para registrar uma queixa sobre a suspensão do auxílio, basta acessar o portal Dataprev de consulta do auxílio emergencial e preencher as informações básicas do beneficiado, com nome completo, CPF, data de nascimento e nome da mãe.

Após o login, o beneficiado poderá ver a razão da suspensão do auxílio e contestá-la. Uma nova análise cadastral será feita para checar irregularidades.

Fonte: Agência Brasil

Topo