NATAL AMPLIA LIMITE DE OCUPAÇÃO DE ESTÁDIO, MAS ABC NÃO VAI AMPLIAR CARGA DE INGRESSOS

Foto: Comunicação ABC

A Prefeitura do Natal publicou, neste sábado (16), novo decreto ampliando o limite de público nos estádios de futebol. A medida poderia beneficiar imediatamente o ABC, que terá confronto no domingo (17), no Frasqueirão, contra o Caxias, em jogo que vale o acesso à Série C. Porém, devido à falta de tempo para se traçar o plano de segurança para o jogo, o alvinegro não vai colocar à venda os mais 1,1 mil ingressos que poderia.

Pelo decreto em vigor anteriormente, o limite para o público era de 40% em Natal para estádios de futebol. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) ampliou na quinta-feira (14) a possibilidade para público de até 55% em suas competições, mas obedecendo as normas locais de cada cidade. Com isso, a ampliação na venda de ingressos ainda estava indefinida para o jogo de domingo.

Neste novo decreto, a Prefeitura do Natal libera o funcionamento de estádios e ginásios esportivos para a realização de partidas de jogos de futebol com a presença de público até o limite de 50% da sua capacidade máxima de ocupação, desde atendidos os protocolos de segurança sanitária. Como a decisão saiu somente neste sábado, o ABC entendeu que não é possível ampliar a carga.

Na sexta-feira (15), o clube realizou a reunião para definir o plano de jogo, que inclui o esquema geral de segurança para o público, que foi dimensionado em 40% da capacidade, o equivalente a 6.080. De acordo com o ABC, se a decisão final do Poder Público tivesse saído na quinta-feira, seria possível fazer a venda de ingressos. Nesse momento, contudo, o clube disse que, mesmo deixando de ganhar uma receita importante, não vai colocar os ingressos à venda.

ABC e Caxias entram em campo às 17h30 no domingo, no Frasqueirão, com transmissão ao vivo pela Jovem Pan News Natal (93,5FM).

Tribuna do Norte

INCÊNDIO ATINGE APARTAMENTO E PRÉDIO É EVACUADO NA ZONA SUL DE NATAL

Foto: cedida

Um apartamento foi destruído por um incêndio na manhã deste sábado (16) no bairro Capim Macio, Zona Sul de Natal.

O caso aconteceu no 12º andar de uma das torres do Residencial Príncipe de Asturias, localizado na rua Historiador Francisco Fausto de Souza. O prédio foi evacuado, como medida de segurança.

Acionado, o Corpo de Bombeiros chegou ao local por volta das 10h50, para combater as chamas.

De acordo com a corporação, o fogo começou em um aparelho de ar-condicionado e se propagou pelo imóvel. Vários cômodos do apartamento foram atingidos.

No combate, os militares usaram o próprio sistema de prevenção do condomínio.

Vizinhos informaram que os moradores do apartamento não estavam em casa no momento em que o fogo começou.

G1

MAIS DE 10 MILHÕES AINDA NÃO SACARAM FUNDO DO PIS-PASEP

Foto: Pilar Olivares

Liberado desde agosto de 2019, o saque das contas dos fundos do Programa de Integração Social (PIS) e do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) está esquecido por muitos trabalhadores. Segundo a Caixa Econômica Federal, cerca de 10,5 milhões de brasileiros ainda não retiraram R$ 23,3 bilhões.

Tem direito ao saque quem trabalhou com carteira assinada na iniciativa privada entre 1971 e 4 de outubro de 1988. Os interessados devem procurar a Caixa Econômica Federal para retirar o dinheiro. O prazo para o saque vai até 1º de junho de 2025. Após essa data, o dinheiro será transferido à União.

Até maio de 2020, a Caixa administrava apenas as cotas do PIS, destinadas aos trabalhadores do setor privado. No entanto, o Banco do Brasil (BB), que gerenciava o fundo do Pasep, destinado a servidores públicos, militares e funcionários de estatais, transferiu as cotas para a Caixa, o que permitiu a unificação dos saques.

O saque pode ser pedido no aplicativo Meu FGTS, que permite a transferência para uma conta corrente. A retirada em espécie varia conforme o valor a que o beneficiário tem direito. O saldo pode ser consultado no aplicativo, no site do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) ou no internet banking da Caixa.

O saque de até R$ 3 mil poderá ser feito nas lotéricas, correspondentes Caixa Aqui e nos terminais de autoatendimento, utilizando o cartão Cidadão, com senha. Outra opção é nas agências da Caixa. Acima de R$ 3 mil, somente nas agências da Caixa, mediante a apresentação de documento oficial com foto. Para saber se tem direito às cotas do fundo, o correntista deve consultar o endereço www.caixa.gov.br/cotaspis.

Segundo a Lei 13.932, de 2019, os recursos do fundo ficarão disponíveis para todos os cotistas. Diferentemente dos saques anteriores, realizados em 2016, 2017 e 2018, não há limite de idade para a retirada do dinheiro.

A lei facilita o saque por herdeiros, que passarão a ter acesso simplificado aos recursos. Eles terão apenas de apresentar declaração de consenso entre as partes e a declaração de que não existem outros herdeiros conhecidos, além de documentos como certidão de óbito, certidão ou declaração de dependentes, inventários ou alvarás judiciais que comprovem as informações.

Agência Brasil

PREFEITURA DE NÍSIA FLORESTA RETOMA AS ATIVIDADES DO PROJETO CINEMA NA PRAÇA

Fotos: Divulgaão

A prefeitura Municipal de Nísia Floresta por meio da  Secretaria Municipal de Trabalho, Habitação e Assistência Social (SEMTHAS), retomou as atividades do Projeto Cinema na Praça, no largo da Igreja Matriz de Nossa Senhora do Ó, no Centro da cidade. A premeira edição deste ano aconteceu na última terça-feira (12/10).

Idealizado pela  SEMTHAS, o Projeto busca ser um instrumento de socialização, cultura, lazer e entretenimento para toda população nas diversas comunidades do município.⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

As sessões haviam sido suspensas em decorrência da pandemia da COVID-19. A SEMTHAS retoma as atividades seguindo todos os protocolos de biossegurança e levará o Cinema na Praça aos demais distritos.

 

CONFIANTE, DATENA ACHA MAIS FÁCIL TIRAR BOLSONARO DO QUE LULA DO 2º TURNO

José Luiz Datena – Egberto Nogueira/Ímãfotogaleria/VEJA

O apresentador José Luiz Datena disse, em entrevista à revista Veja, que considera mais fácil tirar o atual presidente Jair Bolsonaro (sem partido) do segundo turno e que está confiante em uma vitória nas eleições presidenciais de 2022.

Pré-candidato à presidência pelo PSL, Datena ainda disse que só permanece no partido após a fusão com o DEM caso seja o candidato à presidência. Por isso, concentra suas atenções na sua candidatura e não opina sobre um eventual segundo turno entre Bolsonaro e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

“Não votaria em nenhum deles [Lula ou Bolsonaro]. Tenho certeza de que vai dar tudo certo e eu serei o próximo presidente da República”, disse Datena, que no primeiro turno vislumbra disputar eleitores com o atual presidente.

“[É mais fácil tirar do 2º turno] Bolsonaro, com certeza. Ele é quem está perdendo voto, é o que dizem as pesquisas. Mais fácil tirar ele do que Lula”, avaliou.

Antes da disputa eleitoral, porém, Datena ainda tem um longo caminho a percorrer. A fusão do PSL com o DEM para a formação da União Brasil criou concorrência interna para o lançamento de sua candidatura.

O apresentador disse que aceitaria participar de prévias contra o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, e contra o ex-ministro Luiz Henrique Mandetta, mas que avalia outras opções para as eleições caso sua candidatura não prospere. Ele recebeu convites do PDT — para ser vice de Ciro Gomes — e do PSD.

‘Eu aceito prévias contra Luiz Henrique Mandetta e Rodrigo Pacheco, porque sou um democrata. Posso participar e ganhar. Agora, se eu perder, não quero ficar e ser candidato nem a governador nem ao Senado, porque tenho convites de outros partidos”, disse.

“Gilberto Kassab já me convidou para ser candidato e tive uma conversa com Ciro Gomes (PDT), que me ofereceu a possibilidade de ser candidato a vice dele ou a governador. Então, dessa fusão, eu só saio candidato a presidente”, completou.

UOL

ZÉ DE ABREU, CANDIDATO E ATOR: “PELA 1ª VEZ, GLOBO E EU ESTAMOS DO MESMO LADO”

Foto: Reprodução/TV Globo

Com 55 anos de carreira como ator, novela para estrear no mês que vem e projetos artísticos já previstos para o próximo ano, o ator José de Abreu, o Zé de Abreu, avalia, agora, como irá conciliar tudo isso com o desejo de enveredar na política, revelado nesta semana. Ele pretende se candidatar a deputado federal pelo Partido dos Trabalhadores (PT) do Rio de Janeiro, em 2022.

A intenção, obviamente, trará consequências para sua vida profissional. Ele está na próxima novela da Globo das 21h, chamada Um Lugar ao Sol, que será lançada em novembro. Zé de Abreu disse ao Metrópoles que falaria sobre a ideia de se candidatar com o seu chefe direto na TV, em reunião nesta sexta-feira (15/10).

“Não tenho medo [das consequências]. Pela primeira vez, Globo e eu estamos do mesmo lado. O canal, obviamente, não apoia o governo Bolsonaro. Estamos do mesmo lado, fazendo oposição. Se é que a Globo tem uma posição política… Mas pelo ódio que o Bolsonaro tem dela, a perseguição de bolsonaristas a funcionários da casa, como o caso do cinegrafista agredido em Aparecida (SP), tudo isso demonstra como é essa relação”, diz ele.

O vínculo atual do ator com a empresa é fechado por obra. Desde o ano passado, deixou de ter um contrato fixo com a emissora, onde executa trabalhos há 41 anos. A novela que estreia no mês que vem já está toda gravada e ficará no ar até abril do próximo ano. “Acredito que não terá problema. As convenções de partido serão depois disso”, avalia.

Metrópoles

 

TURISTA DO RS MORRE DURANTE PASSEIO DE QUADRICICLO EM SÃO MIGUEL DO GOSTOSO (RN)

Praia de Tourinhos, em São Miguel do Gostoso — Foto: Igor Jácome/g1

Um turista do Rio Grande do Sul morreu durante um passeio de quadriciclo, nesta sexta-feira (15) em São Miguel dos Gostoso, no litoral norte potiguar. As informações foram confirmadas pela prefeitura.

A suspeita é de que ele tenha sofrido um infarto, mas as autoridades locais ainda aguardam um laudo do Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) sobre a causa da morte.

“A suspeita é que tenha sido um infarto fulminante. A pessoa que estava com ele, acompanhando, disse que ele passou mal e caiu do veículo. A dele declarou isso à polícia”, afirmou a secretária de Turismo do município, Janielle Linhares da Silva.

Ainda de acordo com a secretária, o homem passou mal e, após cair do quadriciclo, relatou estar com muitas dores na altura do estômago e na cabeça. Porém, quando o socorro médico chegou, ele já tinha morrido.

Janielle afirmou que o caso aconteceu no caminho da praia de Tourinho, já na proximidade da praia da Rapadura, no fim do dia.

O corpo foi recolhido pelo Itep e continuava sem identificação até a manhã deste sábado (16), no sistema do órgão.

A secretária informou que as informações colhidas pela Polícia Militar são de que o turista era de Gramado, no Rio Grande do Sul. Com informações do G1/RN.

PRESIDENTE DA CPI DA COVID DO RN DIZ QUE CONSÓRCIO NORDESTE DEVERIA SER INVESTIGADO NO SENADO: “METADE DO DINHEIRO DOS RESPIRADORES IRIA PARA PROPINA”

Foto: Divulgação/ALRN

O presidente da CPI da Covid do RN, deputado estadual Kelps Lima, do Solidariedade, deu entrevista ao programa Pingo nos Is, da rádio Jovem Pan nacional, na noite desta sexta-feira (15), e revelou detalhes do que o Consórcio Nordeste fez com o dinheiro do contribuinte.

Deputado Kelps  afirmou  que o Consórcio Nordeste deveria ser investigado na CPI que corre no Senado.

“Eu não tenho dúvida de que houve um dos maiores roubos durante a pandemia, ocorrido durante uma operação desastrada do Consórcio Nordeste”, disse o parlamentar.

Nos causa estranheza essa investigação não correr no Senado. A investigação é muito objetiva. O acesso aos documentos demonstra que o dinheiro foi literalmente roubado”, declarou.

Nesta quinta, a CPI da Covid do RN aprovou a quebra dos sigilos telefônico, telemático, bancário e fiscal de Carlos Gabas, secretário-executivo do Consórcio.

Os deputados investigam a compra de respiradores durante a pandemia, que não se concretizou, mas custou R$ 48 milhões.

“Esse dinheiro foi desviado. Já há comprovação, delação premiada, os documentos são estarrecedores”, Havia um conluio, uma negociação de mais de 50% do valor pago dos R$ 48 milhões seria só para desvio, com propina. A operação deu errado porque ela foi toda desastrosa e nenhum respirador foi entregue. Os estados perderam 100% do dinheiro investido”, revelou Kelps .

O deputado afirma ainda que houve negociação de mais de 50% do valor para pagamento de propina.

“É dificil a gente ter essa investigação se o relator é pai de um dos governadores do nordeste”, afirma o parlamentar, em referência a Renan Calheiros (MDB-AL), relator da CPI da Covid-19, que é pai do governador do Alagoas, Renan Filho.

“Eu defendo que essa investigação, tão logo ela seja concluída, seja federalizada”, concluiu.

Com informações do Jovem Pan

CAVALO EMPINA E CAI DE COSTAS NAS MESAS DE UM RESTAURANTE DURANTE SHOW; VEJA

 Foto: Reprodução/Twitter/@RCAnimal

Um acidente com um cavalo que protagonizava um show de entretenimento dentro de um restaurante viralizou nas redes sociais por conta da violência. O animal tenta ficar em pé — com o montador — quando se desequilibra e cai para trás sobre diversas mesas e pessoas. O acidente, de acordo com comunicado do restaurante, ocorreu em agosto, mas somente agora, graças a campanhas de associações de proteção dos animais, ganhou mais visibilidade.

O caso ocorreu em um famoso restaurante do Norte de Bogotá, capital da Colômbia, chamado Las Margaritas. Pelas imagens é possível perceber o pânico das pessoas após a queda do cavalo. Shows de entretenimento com animais são comuns em restaurantes e bares do país, algo duramente criticado por protetores de animais.

Uma dessas associações que luta contra a cultura de shows com bichos é o Conexíón Animal. O perfil do grupo no Twitter foi um dos responsáveis por divulgar o acidente. Segundo a associação, os animais não devem ser usados como entretenimento para as pessoas.

Após o vídeo viralizar, o restaurante foi a público, pelas redes sociais, explicar que “nenhuma animal ou pessoa” foi ferida durante o acidente, e que o montador e o cavalo envolvidos no caso estão “perfeitamente bem de saúde”. O restaurante também ofereceu “sinceras desculpas” pelo caso.

Por Ronayre Nunes/Correio Braziliense

CICLISTA CAI, É ATROPELADO E FICA PRESO EMBAIXO DE CARRO EM NATAL

Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

Um jovem de 24 anos caiu da bicicleta, foi atropelado e acabou preso embaixo do carro que o atingiu, na noite desta sexta-feira (15) em Natal. De acordo com testemunhas, antes do acidente, ele estava sendo empurrado na bicicleta por um motociclista – prática conhecida como “pegar morcego”.

O acidente aconteceu na avenida Maranguape, no conjunto Vale Dourado, na Zona Norte da cidade.

Depois da batida e atropelamento, o ciclista ficou embaixo do veículo por vários minutos, até a chegada do Corpo de Bombeiros.

A operação para retirada do rapaz foi delicada. Qualquer movimento errado poderia provocar ferimentos.

“Ele ficou imprensado entre o asfalto e o carro. Qualquer movimento do carro poderia ser fatal”, relatou o tenente Paulo Henrique, oficial de operações dos Bombeiros.

A vítima tem 24 anos e segundo moradores da avenida Maranguape, estava sendo empurrada na bicicleta por um homem em uma moto. Em certo momento, o jovem se desequilibrou, caiu e bateu no veículo.

O ciclista teve ferimentos leves. Depois de ser retirado pelo Corpo de Bombeiros, ele foi atendido em uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e, em seguida, levado a um pronto-socorro.

O rapaz que dirigia o carro envolvido no acidente estava com a namorada e a irmã, voltando para casa. Ele disse que não teve culpa e permaneceu no local da ocorrência, informando detalhes da ocorrência aos policiais rodoviários estaduais.

O trecho da rua em que o acidente aconteceu é escuro e, segundo moradores, os acidentes são constantes, porque os veículos normalmente trafegam em alta velocidade. Com informações do G1/RN.

NATAL: PRESIDENTE DA COMISSÃO GARANTE QUE ATÉ DEZEMBRO O PLANO DIRETOR SERÁ APROVADO E ENTREGUE

Foto: Verônica Macedo

Na manhã desta sexta-feira (15), a Comissão Especial de Estudos do Plano Diretor,  em Natal, realizou a primeira audiência pública. Com o tema “Entendendo o Plano Diretor”, vereadores e representantes de diversas entidades e segmentos da sociedade participaram do debate.

O presidente da Comissão, Aldo Clemente,  ressaltou a importância da participação das entidades e da população na discussão do plano. “Nós iremos abrir para que o Ministério Público, OAB, Universidades, comunidades em geral participem das audiências, tirem suas dúvidas e apresentem propostas, queremos um debate democrático e equilibrado para o bem de nossa cidade”, disse Aldo Clemente.

Aldo Clemente garantiu que até dezembro o plano será aprovado e entregue. “Serão onze audiências e no final teremos um relatório para embasar a votação na Câmara e conseguirmos entregar esse Plano aprovado no final de dezembro. O que temos aqui é a bancada mais qualificada para se debruçar sobre o Plano Diretor que terá impacto na vida do natalense nos próximos dez anos”, explicou o vereador.

Vários vereadores da Casa participaram da audiência junto com representes do Ministério Público Estadual (MPRN), Universidade Potiguar (UnP), Sistema Fecomércio/RN, Câmara dos Dirigentes Lojistas (DDL/Natal), Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea/RN), Conselho da Cidade do Natal (Concidade), Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/RN) e secretários municipais.

BOLSONARO IRONIZA POSSÍVEL INDICIAMENTO PELA CPI E CHAMA RENAN CALHEIROS DE ‘BANDIDO’

Foto: Alan Santos/PR

Após o relator da CPI da Covid, senador Renan Calheiros (MDB-AL), afirmar que deve pedir o indiciamento do presidente Jair Bolsonaro por 11 crimes, Bolsonaro ironizou a intenção de Renan e chamou o relator de “bandido”. O relatório de Renan deve ser apresenta na próxima semana à CPI e precisa ser aprovado pela maioria dos senadores.

“Sabia que eu fui indiciado hoje por homicídio? Alguém está sabendo aí? A CPI me indiciou por homicídio. O Renan Calheiros me indiciou por homicídio. 11 crimes” — disse Bolsonaro, rindo, em conversa com apoiadores no Palácio da Alvorada.

 

Depois, enquanto falava de medidas tomadas pelo governo durante a pandemia, o presidente falou sobre Renan Calheiros:

“O que nós gastamos com auxílio-emergencial foi o equivalente a 13 anos de Bolsa Família. Tem cara que critica ainda. O Renan me chama de homicida. Um bandido daquele. Bandido é elogio para ele” — disse, acrescentando depois: “O Renan está achando que eu não vou dormir porque está me chamando de homicida, está de sacanagem.”

O presidente afirmou que “para o mundo tudo” será retratado como um “homicida”, e reclamou de governadores não receberem a mesma acusação:

“O que passa na cabeça do Renan Calheiros naquela CPI? Eu vi que…O que passa na cabeça dele com esse indiciamento? Esse indiciamento, para o mundo todo, vai que eu sou homicida. Eu não vi nenhum chefe de estado (governador) ser acusado de homicida no Brasil por causa da pandemia. E olha que eu dei dinheiro para todos eles”.

O Globo

 

DIA MUNDIAL DO PÃO TEM AÇÃO SOCIAL DOS SINDICATOS DE PANIFICAÇÃO DO RN 

Foto: Ilustrativa/Pablo Jacob / Agência O Globo

O pão, alimento que faz parte da mesa do brasileiro todos os dias, é celebrado mundialmente em 16 de outubro. Desde o início do mês, o Sindicato da Indústria de Panificação e Confeitaria do Estado do Rio Grande do Norte (SINDIPAN/RN) e o Sindicato da Indústria de Panificação e Confeitaria de Mossoró e Região Oeste e Salineira (SINDIPAM) promovem diversas atividades para reforçar a data.

Neste sábado (16), Dia Mundial do Pão, 50% das vendas dos pães franceses das padarias que aderiram à campanha serão revertidas em doações ao GAAC e Lar da Vovozinha, em Natal, e para o Instituto Amantino Câmara, em Mossoró.

No Rio Grande do Norte, segundo dados do MAIS RN, o setor de panificação reúne 873 indústrias espalhadas em todos os municípios do estado e mais de 3,5 mil trabalhadores. “O setor de panificação é forte e presente em todo mundo, movimentando desde micro e pequenas a grandes empresas, porque pão é sustentabilidade”, afirmou o presidente da FIERN, Amaro Sales, ressaltando a importância do setor para a economia.

A indústria de panificação, segundo o presidente do SINDIPAN/RN, Ivanaldo Maia, precisou passar por adequações e um reposicionamento no mercado para atuar de forma mais integrada e, desta forma, enfrentar a crise. Neste contexto, ele destacou a criação da Rede Pão RN para o fortalecimento do setor e do associativismo. “Só com a união do setor aliada a estratégias de mercado e comunicação e a qualidade do pão será possível superar a crise”, disse.

A Rede Pão RN, criada com o apoio do Espaço Empresarial da FIERN, busca a implantação de uma central de compras para aumentar a competitividade das empresas participantes, com redução de custos e facilidade na aquisição de matéria-prima, insumos e serviços pelos associados.

As iniciativas foram idealizadas e executadas com o apoio da equipe do Espaço Empresarial da FIERN. A analista de negócios Angélica Teixeira explica as ações programadas: “tudo foi pensado de forma a fortalecer a atuação dos Sindicatos como também reforçar a importância do pão, que faz parte do dia a dia de todos, para economia e geração de empregos no Rio Grande do Norte”, finaliza.

 

‘TODOS SUBESTIMAM BOLSONARO: ASSIM ELE VIROU PRESIDENTE E PODE SER REELEITO’, DIZ CIENTISTA POLÍTICO

Presidente Jair Bolsonaro   | Foto: Marcos Corrêa/PR

A ideia de dar um segundo mandato ao presidente Jair Bolsonaro hoje é rejeitada pela maioria da população, segundo diferentes pesquisas eleitorais. Esses mesmos levantamentos mostram o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) como favorito para vencer a disputa presidencial do próximo ano.

Apesar disso, o cientista político Creomar de Souza, professor da Fundação Dom Cabral e fundador da consultoria política Dharma, avalia que Bolsonaro se mantém um candidato competitivo, com chances de permanecer no Palácio do Planalto em 2023.

Em entrevista à BBC News Brasil, ele lembra que o presidente mantém nas mãos a “chave do cofre”, ou seja, recursos para tentar reverter sua impopularidade com políticas de governo, como o aumento de transferências de renda, seja com a prorrogação do auxílio emergencial ou a ampliação do Bolsa Família.

Além disso, acredita que “o canal paralelo de comunicação” construído por Bolsonaro e seus apoiadores por meio de grupos de WhatsApp e Telegram terão novamente papel importante na eleição, como forma de divulgar mensagens favoráveis ao presidente e “destruir reputações” de adversários. Para Souza, mesmo narrativas que pareçam pouco convincentes para parte da população podem cativar eleitores.

“O desemprego, o retorno da fome, a inflação: tudo isso gera uma enorme dificuldade para Bolsonaro. O que o presidente tem feito é jogar a conta da inflação no (discurso do) ‘fique em casa durante a pandemia’. Me parece ser uma manobra muito difícil, mas não é uma manobra que não possa colar”, afirma.

“Não podemos trabalhar com a ideia de que o eleitor é invulnerável a percepções que nós não consideremos objetivas da realidade. Temos que lembrar que, no fim das contas, muita gente tomou cloroquina e outros medicamentos que não tinham comprovação científica alguma. Isso acontece”, reforça.

Para o professor, o cenário de 2018 está se repetindo agora, com uma ampla subestimação do potencial do presidente.

“Todo mundo subestima o Bolsonaro. O Lula subestima o Bolsonaro. Quem está com o Bolsonaro subestima o Bolsonaro. Quem quer fazer terceira via subestima o Bolsonaro. E uma característica bem importante do Bolsonaro como persona política é o fato de que ele chegou onde está com todo mundo o subestimando”, lembra.

“Assim ele chegou à Presidência da República. Assim ele vai finalizar provavelmente o mandato sem impeachment, e assim ele pode inclusive ser reeleito”, acrescenta.

Na sua visão, ao subestimar Bolsonaro, a oposição tende a se fragmentar, gerando um cenário mais favorável para o presidente estar no segundo turno, com chances de se reeleger.

“Em algum sentido, essa fraqueza aparente do Bolsonaro dá a impressão de que qualquer outro candidato pode derrotá-lo, e esse é o principal vetor que impede a construção de qualquer tipo de coalizão”, ressalta.

“Essa é a melhor chance do Bolsonaro. Quanto mais fragmentada for essa oposição, quanto mais candidatos existirem, melhor pro Bolsonaro, porque o Bolsonaro tem uma base concentrada de votantes. Se os (demais) votos estiverem muito diluídos em outros nomes, ele está no segundo turno”, diz ainda.

BBC News

 

MINISTÉRIO DA SAÚDE REDUZ INTERVALO DE VACINA DA ASTRAZENECA CONTRA COVID PARA OITO SEMANAS

Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom

O Ministério da Saúde anunciou nesta sexta-feira (15) a redução do intervalo da segunda dose da vacina Oxford/AstraZeneca de 12 semanas para oito semanas. Com isso, fica a cargo dos municípios o ajuste dos calendários de segunda dose a partir da disponibilidade do imunizante.

Segundo a pasta, foram enviadas doses para concluir o ciclo vacinal de todas as vacinas ofertadas em todo o país. No total, foram disponibilizadas a estados e municípios 310 milhões de doses.

Tiveram o ciclo vacinal concluído até esta sexta-feira 103,7 milhões de pessoas. A população vacinável, com 12 anos ou mais no país, soma 180 milhões de pessoas.

Segundo o Ministério da Saúde, a nova etapa da campanha de vacinação contra a covid-19 envolve a conclusão do ciclo vacinal de quem recebeu a primeira dose do imunizante da Pfizer e as doses de reforço para idosos, imunossuprimidos e profissionais de saúde.

Um desafio dentro dessa fase é regularizar a situação de quem tomou somente a primeira dose. Segundo o Ministério da Saúde, 19,3 milhões de pessoas estão com a dose atrasada para a conclusão do esquema vacinal.

Agência Brasil

Topo