REBECA ANDRADE DÁ SHOW NOS SALTOS E GARANTE MEDALHA DE OURO PARA O BRASIL EM TÓQUIO

Fotos: Reprodução/Twitter

Rebeca Andrade vou e alcançou o topo. A atleta olímpica superou a si mesma e conquistou a medalha de ouro para o Brasil na final do salto neste domingo, 1 de agosto, fazendo história mais uma vez ―uma expressão que já virou clichê para explicar o brilhantismo da atleta de Guarulhos, em São Paulo.

Aos 22 anos, Rebeca Andrade entra para o Olimpo da ginástica artística mundial, ostentando no peito não só a épica medalha de prata que conquistou na final da ginástica artística individual feminina, na sexta, mas agora também subindo ao topo do pódio nos Jogos Olímpicos de Tóquio.

A brasileira cravou 15.166 na pontuação no primeiro salto, mas no segundo sofreu um pequeno deslize e terminou com a nota média de 15.083. A nota foi um pouco inferior aos 15.100 marcados nas classificatórias, quando finalizou com a terceira maior marca entre todas as ginastas. Mas ainda assim superior ao que todas as concorrentes alcançaram. Ela disputou a final no salto com Mykayla Skinner e Jade Carey dos Estados Unidos, a mexicana Alexa Moreno, Seojeong YEO da Coreia do Sul, Shallon Olsen do Canadá e as russas Angelina Melnikova e Liliia Akhaimova.

Nas semis, apenas duas concorrentes tinham ficado a sua frente nas semis: as norte-americanas Jade Carey e Simone Biles. Mas a atual campeã olímpica e mundial no aparelho, Simone Biles —que era uma das favoritas ao ouro na prova —, desistiu de disputar a final do aparelho dias antes para cuidar de sua saúde mental, numa corajosa atitude que comoveu o mundo, e que alçou a brasileira Rebeca Andrade ao favoritismo na prova.

A caminhada de Rebeca Andrade rumo ao duplo pódio olímpico começou quando ela ainda era criança, graças a uma tia que trabalhava no Ginásio Bonifácio Cardoso, na Vila Bonifácio, em Guarulhos, na Grande São Paulo. Ela resolveu levar a sobrinha ao local para apresentá-la à técnica. Com um talento nato, Rebeca logo ganhou o apelido de “Daiane dos Santos 2”.

O Brasil agora torce pela ginasta na prova de solo que acontece nesta segunda e promete surpreender o Brasil mais uma vez. Em entrevista ao Globo Esporte na véspera, Rhony Ferreira, o coreógrafo de Rebeca, adiantou que a atleta tem uma “carta na manga” para a exibição de solo individual e que o “baile de favela, não será apenas para a favela, mas um baile pra o Brasil inteiro”.

El País

PROTESTOS CONTRA VACINA ANTICOVID SE ESPALHAM PELA FRANÇA PELO TERCEIRO SÁBADO CONSECUTIVO

© AP – Michel Euler

Milhares de franceses voltaram às ruas neste sábado (31) contra a obrigatoriedade de vacinação contra a Covid para determinadas categorias profissionais e a expansão do passaporte sanitário para a realização de diversas atividades no país. É o terceiro sábado consecutivo marcado por protestos sobre o tema na França.

Uma pesquisa indicou na sexta-feira(30) que 40% dos franceses apoiam os protestos contra a instauração do passaporte sanitário, um documento que comprova a vacinação completa ou um teste negativo para o coronavírus. Este atestado agora é exigido no país para a entrada em estabelecimentos culturais e de lazer, e deverá ser ampliado a partir de 9 de agosto para locais como restaurantes e bares. A expectativa  do governo é barrar, pela vacinação, o avanço da variante delta do coronavírus no país.

 Neste sábado, as manifestações começaram no início da tarde, em diversas cidades do país. Em Paris, elas partiram de quatro pontos diferentes da capital, conforme a orientação política dos manifestantes.

Recuperação política

Os protestos têm sido liderados pela extrema direita, mas também são recuperados pela esquerda radical e por movimentos antissistema – entre eles, o dos coletes amarelos. Os ataques ao governo de Emmanuel Macron, acusado de “ditador”, são virulentos.

Nos cartazes, eles reivindicam mensagens como “fora Macron”, “terror sanitário” e “não ao passaporte sanitário”. O documento foi adotado no último domingo pelo Parlamento francês, depois de seis dias de intensos debates.

No cortejo que partiu ao norte de Paris, houve focos de tensão com a polícia em pontos como o Moulin Rouge, famosa casa de espetáculos da cidade. A polícia recorreu a bombas de efeito moral.

“Estão assustando as pessoas para aprovar leis cada vez mais liberticidas, supostamente para voltarmos à normalidade. Mas o estado de emergência sanitária é prolongado a cada vez”, protestou a jovem Amélie, de 28 anos.

Uma educadora que também foi às ruas em Paris, que prefere não revelar o nome, trabalha em um centro de apoio a viciados e agora é obrigada a se vacinar para não perde o emprego. Ela disse que, para evitar o imunizante, pretende recorrer a uma licença médica ou a um falso passaporte sanitário. “O risco da vacina é superior ao que eu corro se pegar a Covid”, reclamou a mulher de 45 anos, alegando não sofrer comorbidades.

Com informações da AFP/rfi/msn

BRASIL VENCE FRANÇA EM GRANDE JOGO NO VÔLEI MASCULINO E VAI ÀS QUARTAS EM TÓQUIO

Foto: Angela Weiss/AFP

Brasil e França fizeram um jogo de altíssimo nível técnico no vôlei masculino neste domingo, o melhor dos Jogos Olímpicos de Tóquio até o momento. A seleção brasileira oscilou, mas superou seus problemas e foi mais consistente que o forte rival europeu para vencer por 3 sets a 2, com parciais de 25/22, 37/39, 25/17, 21/25 e 20/18 após 2h50 de partida na Arena Ariake.

Foi um duelo épico, espetacular. São vários os adjetivos desse confronto extremamente equilibrado, técnico, com pontos longos e impressionantes, definido nos detalhes a favor dos atuais campeões olímpicos, acostumados a decisões.

Os atuais campeões olímpicos fecharam a primeira fase no Grupo B, o mais difícil da Olimpíada, com vitórias sobre Tunísia, Argentina e França e uma derrota para os russos. Dessa maneira, a seleção chega com moral para o mata-mata. O adversário das quartas ainda será conhecido. Caso se confirme na vice-liderança, o que é provável, o Brasil vai enfrentar o terceiro colocado do outro lado, que será Japão ou Irã. Os times se enfrentam ainda neste domingo. Mas é certo que a equipe brasileira conseguiu escapar de um confronto duro com a Polônia.

“Seja quem vier tenho certeza que vai ser o jogo mais importante do nosso quadriênio”, definiu o técnico Renan Dal Zotto, orgulhoso da lucidez da equipe em quadra. “Poucas vezes vi um equilíbrio tão grande como hoje. A França tem uma qualidade incrível, mas o Brasil demonstrou maturidade e o sentimento de querer muito”.

Em Tóquio, o Brasil busca a sua quinta final olímpica consecutiva. Em Atenas-2004, conquistou o ouro; em Pequim-2008 e Londres-2012, ficou com a medalha de prata; e no Rio-2016, o grupo brasileiro subiu ao degrau mais alto do pódio novamente.

Liderada por Lucão, Wallace e Lucarelli, a seleção brasileira fez um bom primeiro set. Esteve sempre à frente no placar diante da França, uma seleção técnica e inteligente. Oscilou em alguns momentos, mas não a ponto de levar a virada e ampliou o domínio no fim para vencer por 25/22.

No segundo set, semelhante ao da fase inicial da Liga das Nações, a França cresceu, mas o rendimento do Brasil não caiu. Por isso, a parcial foi a mais equilibrada e disputada. Nenhuma das seleções conseguiu abrir mais que dois pontos. Os franceses defenderam muito, conseguiram bons contra-ataques e recorreram quase sempre, nas bolas difíceis ou nem tanto, ao seu astro, Ngapeth. Ele estava inspirado e fez a diferença a favor do time europeu, com ataques de muito talento, na força, ou no jeito, explorando o bloqueio.

No fim, depois de 51 minutos – foi a parcial mais longa dos Jogos Olímpicos até o momento – e 76 pontos, a França venceu o set por 39 a 37 e empatou a partida. Por pouco não foi o set mais demorado da história do vôlei masculino na Olimpíada. Em Sidney-2000, a Itália ganhou fez 40 a 38 na primeira parcial diante da Argentina.

O equilíbrio visto no segundo set não se repetiu na terceira parcial. O Brasil manteve o bom nível técnico e atropelou os franceses. Encaixou o jogo que lhe credencia a ganhar mais uma medalha em olimpíadas e não deu brecha para o rival europeu, que, embora seja uma equipe técnica e com recursos, não tem o potencial dos brasileiros. Wallace e Lucão continuaram inspiradíssimos e Leal se recuperou do segundo set ruim para ajudar a seleção a ganhar a parcial por 25/17 após 25 minutos.

O time de Renan Dal Zotto iniciou o quarto set de maneira dominante e abriu quatro pontos de vantagem. No entanto, por desatenção e algumas escolhas erradas, além de mérito dos franceses, que reorganizaram seu jogo, o Brasil se perdeu no set. Viu o rival, comandados por Ngapeth, empatar, virar o jogo e abrir uma diferença difícil de ser tirada no fim do set, vencido pela França por 25/21.

Houve a impressão de que o roteiro do quarto set se repetiria no tie-break, uma vez que os brasileiros abriram a mesma vantagem de quatro pontos e a França, mais uma vez, não se entregou, empatou e virou a partida no fim. No entanto, nem mesmo a atuação de gala de Ngapeth foi suficiente para os franceses vencerem o jogo. Lucarelli e Leal cresceram na reta final e garantiram o importante triunfo que eleva o moral da seleção para o mata-mata.

Estadão Conteúdo

BRUNO FRATUS CONQUISTA A MEDALHA DE BRONZE NOS 50 METROS LIVRE

Bruno Fratus mostra a medalha de bronze que ganhou na prova de 50 m Foto 2: Jonne Roriz/COB

Bruno Fratus chegou lá. O pódio que lhe escapou por pouco nos Jogos de Londres-2012 e Rio-2016, veio na noite deste sábado, 31, no Centro Aquático de Tóquio, com a conquista da medalha de bronze dos 50 metros nado livre, a mais rápida da natação, nos Jogos de Tóquio 2020. O atleta de 32 anos cravou o tempo de 21s57. A medalha de ouro foi para o americano Caeleb Dressel, com o recorde olímpico de 21s07. O francês Florent Manadou levou a prata, com 21s55.

Fratus chegou motivado por um ciclo olímpico de respeito (levou a prata nos Mundiais de Budapeste-2017 e Gwangju-2019), mas pressionado pelas frustrações na sua prova favorita em outras edições: foi quarto colocado em 2012 e sexto em 2016. Desta vez, porém, ele conseguiu se consolidar como uma dos nadadores mais rápidos do planeta.

“Estava entalado desde 2011, meu primeiro mundial, depois 2012. Olimpíada do quase. Depois do Rio, principalmente. Foi um grito de finalmente. Finalmente sou medalhista olímpico. Realizei meu sonho de 11 anos de idade. Não teria sido sem o suporte, amor e amizade de torcida de todo mundo está até agora do meu lado, que não abriu. Não teria sido sem a palavra de quem duvidou, também. Essa é para vocês”, desabafou o medalhista à Rede Globo.

Veja.com

BRASIL BATE A MARCA DE 100 MILHÕES DE PESSOAS VACINADAS

Foto: Waterson Rosa

O Brasil chegou a 100 milhões de pessoas imunizadas ao menos com a primeira dose da vacina contra a covid-19. De acordo com o Ministério da Saúde, mais de 62% da população já recebeu ao menos uma dose. “Estamos cada vez mais próximos de chegar na nossa meta: até setembro, 100% dos adultos estarão vacinados com a primeira dose. E, até o final do ano, todos estarão imunizados”, afirmou o ministério, em nota à imprensa.

Ao mesmo tempo, o governo tem alertado a população sobre a importância da segunda dose. O ministério lançou no início de julho uma campanha para incentivar as pessoas que já tomaram a primeira dose a procurarem os postos de saúde para completar o esquema vacinal.

Nas redes sociais, o ministério ressalta a importância de se vacinar: “Quando chegar a sua vez, vacine já!!”

O chefe da pasta, ministro Marcelo Queiroga defendeu que governo federal, estados e municípios devem reforçar a comunicação para estimular a procura das pessoas que já tomaram a primeira dose para que completem o ciclo dentro do prazo previsto. Em evento em Presidente Prudente (SP), no início da tarde de hoje (31), Queiroga destacou o avanço da vacinação contra covid-19 no país, e afirmou sua expectativa de cumprir a meta de vacinar todos os brasileiros acima de 18 anos até setembro.

Agência Brasil

MEXICANO FAZ ESCÂNDALO, MAS É APLAUDIDO APÓS TOMAR VACINA DA COVID-19

Foto: Reprodução

Um jovem enfrentou o medo de agulha para se imunizar contra a Covid-19 em Chihuahua, no México, na última quarta-feira (28). Enquanto recebia a aplicação, o mexicano gritava de desespero e o momento, que foi gravado, acabou viralizando nas redes sociais.

Uma usuária do TikTok identificada como Luna Chavira foi quem compartilhou o vídeo, no qual o jovem mostra apreensão enquanto espera sua vez de se vacinar em uma quadra poliesportiva na cidade.

Quando profissional da saúde chega perto dele, ele dá gritos que ecoam por toda a quadra. Apesar do extravasar o desespero com berros, ele faz um sinal para que a aplicadora continue o trabalho. É então que ela cai na gargalhada, assim como os outros presentes no local.

Na sequência, ela pega a agulha e aplica o imunizante, momento comemorado por todos com aplausos. “Não dói”, disse o jovem após passar pelo susto.

Assista ao vídeo:

@sebastian_buenomx

Los jóvenes son el futuro de nuestro país 😂😂😂😂 #vacunacovid19 #chihuahua #cuu

♬ sonido original – Jarod Bueno

IG

TEMER DIZ QUE DISCUSSÃO SOBRE VOTO IMPRESSO É “INÚTIL”

Foto: Sérgio Lima

O ex-presidente Michel Temer (MDB) avalia que a discussão sobre voto impresso é inútil. Em entrevista ao jornal O Globo, Temer disse que o voto eletrônico no Brasil é um sucesso e serviu de modelo para outros países e que essa questão não deveria ser colocada em pauta.

A fala do ex-presidente converge com o posicionamento do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL) e do ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), Gilmar Mendes, que se posicionaram contra a PEC (proposta de emenda à Constituição) que trata do assunto e tramita na Câmara. Lira falou que o voto impresso “é ruim para o país e para todos”.

Michel Temer, que foi presidente da Câmara por 3 vezes, avalia também que Bolsonaro chegou ao poder com “certa onipotência” e que não há possibilidade de o presidente da República comandar tudo sem o apoio do Congresso Nacional.

“Ele [Bolsonaro] percebeu e começou a tentar trazer o Congresso, que é fundamental para a governabilidade. O Ciro [Nogueira] terá que exercer o duplo papel de ter uma relação fértil com os parlamentares e, de igual maneira, ter a capacidade de conduzir a administração do país”, disse Temer.

O ex-presidente também avalia que a ida de Ciro Nogueira para a Casa Civil ajuda Bolsonaro nas eleições de 2022 porque firma uma aliança muito sólida com grande parte do Congresso e, com isso, também aumenta a possibilidade de ter apoio nas eleições.

Indagado sobre a possibilidade de haver uma 3ª via nas próximas eleições –para além de Bolsonaro e Lula (PT)–, Temer disse que a pessoa precisa cumprir radicalmente a Constituição Federal, ter experiência e trazer uma ideia de união entre os brasileiros. “O Brasil não pode continuar mais com esta guerra entre brasileiros e entre as próprias instituições”, disse.

O ex-presidente, que chegou ao Planalto após o impeachment de Dilma Rousseff (PT), disse também que não convém a Bolsonaro brigar com seu vice, Hamilton Mourão. Segundo Temer, isso provoca instabilidade social, política e pode afetar .

Poder360

BRASIL CONFIRMA MAIS 910 MORTES POR COVID E TOTAL CHEGA A 556,3 MIL

Foto: Sérgio Lima

O  Ministério da Saúde confirmou mais 910 mortes por covid-19 neste sábado (31.jul.2021). Com o aumento, o Brasil chegou a 553.370 vítimas desde o início da pandemia.

Foram registrados 37.582 novos casos em 24 horas, totalizando 19.917.855 diagnósticos da doença em toda a crise sanitária.

As autoridades de saúde ainda afirmam que, do total de casos, 18.619.542 já se recuperaram e 741.943 continuam em acompanhamento médico.

FHC DECLARA APOIO À CANDIDATURA DE JOÃO DORIA À PRESIDÊNCIA

Foto: Edilson Dantas

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso declarou em público neste sábado (31) seu apoio à candidatura do correligionário e governador de São Paulo João Doria (PSDB-SP).

“Ele é candidato a Presidência e tem meu voto”, disse o ex-presidente em um breve comentário enquanto discursava, ao lado de Doria, durante a cerimônia de reabertura do Museu da Língua Brasileira, nesta manhã, em São Paulo.

Em maio, encontro de Fernando Henrique com o ex-presidente petista Luiz Inácio Lula da Silva esquentou as conversas sobre a corrida eleitoral para 2022 e rendeu críticas ao tucano dentro do PSDB, que ainda tenta buscar espaço para uma “terceira via” na disputa ao lado de outros partidos de centro e centro-direita.

Em entrevista à CNN pouco depois, Fernando Henrique afirmou a importância de não ficar na neutralidade em meio a uma disputa polarizada, e voltou a acenar ao adversário petista. “Claro que sou do PSDB, sou presidente de honra e prefiro [o PSDB], mas se o Lula for capaz de se expressar de uma maneira, e não havendo outro, o que eu posso fazer?”, disse.

As pesquisas mais recentes mostram a corrida presidencial para 2022 liderada por Lula, seguido do atual presidente Jair Bolsonaro.

CNN Brasil

CICLISTA É ATROPELADO E MOTORISTA OFERECE R$ 5 MIL PARA ELE NÃO CHAMAR A PM

Foto: Reprodução

Um ciclista foi atropelado por um carro na manhã desta sábado (31), em Belo Horizonte. De acordo com ele, os ocupantes do veículo o ofereceram R$ 5 mil para que a polícia não fosse chamada. As informações são da TV Globo.

A vítima, o sargento do Corpo de Bombeiros Rogério Silva de Paula, conta que estava na faixa da direita da avenida Nossa Senhora do Carmo quando foi atingido. Ele caiu no chão, mas não se feriu, e a roda de sua bicicleta ficou destruída. Seis pessoas estavam no carro, segundo ele, mas quatro foram embora após o acidente.

“Foi tudo bem rápido, eu não vi o que aconteceu, só escutei o barulho da freagem, da derrapagem, e senti uma pancada, um carro pegando por trás. Eles desceram rapidamente, não preocupados comigo, mas preocupados com que eu chamasse a polícia. Falaram que me pagariam até R$ 5 mil para eu não chamar a polícia, que era só passar o PIX, eles fariam a transferência na hora”, disse Rogério, em entrevista à TV Globo.

Segundo ele, os ocupantes do carro estavam visivelmente “bem embriagados”. À TV Globo, o motorista do veículo, que tem 19 anos, afirmou que estava voltando de um baile funk.

A Polícia Militar foi até o local do acidente e notou sinais de embriaguez no rapaz, que se recursou a fazer o teste do bafômetro. Os policiais também encontraram uma porção de maconha no veículo.

O jovem, que tinha permissão para dirigir, vai perder a habilitação. Além disso, foi preso e encaminhado para a delegacia.

IG

NAS REDES SOCIAIS, PRESIDENTE JAIR BOLSONARO ELOGIA ATLETAS OLÍMPICOS

Foto: Fabio Rodrigues

O presidente Jair Bolsonaro usou as redes sociais na tarde deste sábado (31) para elogiar a delegação brasileira que está no oitavo dia de competição nos Jogos Olímpicos de Tóquio. O presidente manifestou seu apoio e força aos atletas que, segundo ele, estão dando o melhor nas Olimpíadas. “Tudo tem um propósito. É agradecer a Deus, aprender com as quedas, relevar algumas claras injustiças, levantar a cabeça e seguir em frente. Desistir jamais! Esse é o espírito do nosso povo”, disse:

Até este sábado (31), o Brasil conseguiu um total de 8 medalhas na competição sendo uma de ouro, três de prata e quatro de bronze e aparece na vigésima primeira posição ranking.

Hoje ainda o Brasil compete no hipismo (19h45), atletismo (a partir das 21h40 e depois, às 22h30), vôlei de praia (22h), tênis de mesa (22h), natação (22h30), vôlei de quadra masculino (23h05) e luta olímpica (23h10).

Agência Brasil

CANTOR GIAN, DA DUPLA COM GIOVANI, SOFRE ACIDENTE DE CARRO JUNTO COM ESPOSA

Foto: Reprodução

O cantor Giovani, que faz dupla sertaneja com Gian, sofreu um acidente neste sábado (31). O sertanejo viajava com a mulher para cumprir uma agenda, quando capotou três vezes às 7h40, na Rodovia Presidente Dutra, na altura do quilômetro 198, em Arujá, São Paulo.

No Instagram, Anna Carolina Morais divulgou imagens do acidente e afirmou que os dois sofreram apenas ferimentos leves.

“Hoje eu saí de manhã para cumprir uma agenda de compromissos do meu marido em Cuiabá. Nesse caminho, nosso carro capotou três vezes”, disse ela na rede social.

O cantor estava na direção do veículo, quando perdeu o controle, bateu contra a mureta de concreto e deslizou no asfalto.

Eles foram socorridos por uma equipe da CCR NovaDutra, concessionária que administra a rodovia, e encaminhados para o Hospital Nipo Brasileiro.

Uma nota da assessoria do cantor afirmou que o carro em que ele estava foi fechado por uma “carreta em alta velocidade”, quando os dois seguiam para o Aeroporto de Guarulhos.

R7

BOLSONARO DIZ QUE TUDO QUE CPI CONSEGUIU APURAR É QUE ELE É MOTOQUEIRO

Foto: Pedro Ladeira

O presidente Jair Bolsonaro disse neste sábado (31.jul.2021) que tudo que a CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Covid no Senado conseguiu descobrir sobre seu governo é que ele é motoqueiro. A provocação foi em resposta a fala do presidente da comissão, Omar Aziz (PSD-AM), que o chamou de péssimo presidente e ótimo motoqueiro em 13 de julho.

“Segundo aquele senador da CPI, eu sou motoqueiro. É o que a CPI conseguiu apurar agora contra o meu governo. Serei, fui, com muito orgulho, um motociclista. É a liberdade na pista em duas rodas. Um prazer inigualável.”

Em seu discurso, realizado depois de ter participado de uma motociata em Presidente Prudente (SP), Bolsonaro também atacou as eleições e disse que não aceitará “farsa“.

Em 13 de julho, durante reunião da CPI, Aziz disse que o presidente Jair Bolsonaro é “agressor de mulheres” e que o Brasil tem “um grande motoqueiro” e um “péssimo presidente”.

A fala de Aziz foi antes do recesso, quando ele suspendeu uma reunião da CPI porque a diretora-executiva da Precisa Medicamentos, Emanuela Medrades, usava seu direito de ficar em silêncio e não responder às perguntas dos senadores. A empresa intermediou o contrato de compra da vacina indiana Covaxin, que o deputado Luis Miranda (DEM-DF) acusa de ter tido irregularidades.

Poder360

“SIGO NESTE GOVERNO ATÉ O FIM”, DIZ MOURÃO APÓS RUÍDOS DE RENÚNCIA

Foto: Reprodução/Twitter

O vice-presidente da República, general Hamilton Mourão (PRTB), usou as redes sociais neste sábado (31/7) para garantir a permanência no governo até o fim do mandato. “Nunca abandonei uma missão, não importam as intercorrências, sigo neste governo até o fim”, escreveu ele no Twitter.

Segundo apuração da CNN, no início da semana, um general da reserva aconselhou Mourão a renunciar ao cargo.

Mourão, porém, teria respondido que ainda não seria o momento para deixar o governo. De acordo com a CNN, Mourão deverá ter uma conversa a sós com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) nos próximos dias para demonstrar seu incômodo.

Metrópoles

COM DUAS ENTREGAS NA SEMANA, TENDÊNCIA É QUE NÃO FALTEM DOSES, DIZ SECRETÁRIO

Foto: Alex Pazuello/Semcom

Com o Ministério da Saúde realizando duas entregas de doses das vacinas contra a Covid-19, a tendência é que não faltem mais doses para aplicação, de acordo com o secretário-executivo da pasta, Rodrigo Cruz. Segundo ele, mais de 40 milhões de doses foram entregues no mês de julho.

“Quando a vacina chega existe um fluxo que precisa ser cumprido para a liberação. As doses não ficam paradas e, a medida que temos a liberação, essas vacinas são despachadas. Entre terça e quarta tivemos entrega e hoje temos mais uma”, disse.

Segundo Cruz, duas entregas semanais deverão acontecer às segundas e quintas “para que se tenha uma regularidade no recebimento das vacinas”. “Esse é o esforço do Ministério para que a gente consiga suprir as necessidades das capitais”, disse.

CNN Brasil

Topo