CEASA-RN RECEBE EMENDA PARLAMENTAR DE R$ 200 MIL PARA MELHORIA DA ILUMINAÇÃO

Fpto: Divulgação

A Central de Abastecimento do Rio Grande do Norte (Ceasa-RN) recebeu a destinação da emenda parlamentar 314 do deputado estadual George Soares (PL), no valor de R$ 200 mil para a aquisição e instalação de iluminação de LED para o pátio externo.

O diretor-presidente, Flávio Morais, acompanhado da diretoria executiva, recebeu do deputado o documento da emenda e destacou a importância dos recursos para a Ceasa-. “A emenda vem para melhorar a iluminação da Ceasa e trazer mais segurança para lojistas e clientes. É uma conquista muito importante e o deputado George está de parabéns por está saindo na frente na preocupação junto a Ceasa”, destacou.

O deputado George Soares falou da importância da Ceasa-RN para a cadeia produtiva e sobre a sua contribuição para melhoria da instituição. “Estamos dando nossa contribuição com a emenda parlamentar no valor de R$ 200 mil para a melhoria da iluminação que é um ponto importantíssimo para a segurança.  A emenda já está aprovada e com dotação orçamentária para 2021”, disse.

O projeto básico para a execução das melhorias da iluminação já está em andamento e o início da obra está condicionado à finalização dos trâmites administrativos.

A Ceasa-RN é o principal polo de comercialização de hortifrutigranjeiros do estado. São mais de 400 lojas que comercializam frutas, legumes, verduras, carnes, ovos, derivados do leite, grãos, entre outros gêneros alimentícios. A Central funciona de segunda a sábado, na Av. Capitão-Mor Gouveia, 3005, Lagoa Nova, Natal, nos seguintes horários: 00h às 03h para acesso de caminhões e carretas para carga e descarga; 03h às 13h: entrada do público externo; 18h: fechamento total.

GENERAL GIRÃO ACOMPANHA ENTREGA E VISTORIA DE OBRAS DO GOVERNO FEDERAL EM NATAL

Foto: Rodrigo Maker/Divulgação

O deputado federal General Girão acompanhou, na manhã desta sexta-feira (14), obras do Governo Federal em Natal ao lado do ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho. Na oportunidade, foram entregues unidades habitacionais e também foi realizada uma visita in loco para o acompanhamento das obras de reestruturação da malha Ferroviária de Natal e região Metropolitana.

A comitiva da qual o General Girão fez parte visitou o início das obras da Linha Branca do sistema de transporte de passageiros sobre trilhos da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU). Estão sendo investidos R$ 58,3 milhões para a implantação de 24 quilômetros de via e quatro estações. A previsão é de que cerca de 7 mil passageiros que utilizam o serviço diariamente sejam beneficiados.

Dentro do programa federal Casa Verde e Amarela, 224 unidades habitacionais do Residencial Severino de Souza Marinho foram entregues. O empreendimento integra o complexo Village da Prata e tem capacidade para receber cerca de 900 moradores. Foram investidos recursos na ordem de R$ 13,6 milhões na construção do residencial, que é o último do complexo a ser entregue.

“Durante essa agenda de visitas desta sexta-feira, nós fomos verificar as obras da linha férrea que, após concluída a obra, será a maior e melhor do Brasil. Essa ação do Governo Bolsonaro, por meio do MDR, possibilitará mais conforto, comodidade e economia para milhares de pessoas que trabalham em Natal ou em Parnamirim e que moram nas outras cidades. Além disso, também participamos da solenidade de entrega de unidades habitacionais. E moradia é um símbolo de dignidade. Se essa obra foi possível, foi graças a um trabalho em conjunto, que começa pelo presidente Bolsonaro e sua assessoria, chega ao ministro Rogério Marinho com toda sua assessoria técnica, depois pela bancada federal até chegar à ponta da linha. Mas hoje estamos muito felizes em poder entregar dignidade a cerca de 900 moradores”, pontuou o deputado federal General Girão.

Ainda pela manhã, o ministro também assinou acordo de cooperação técnica para elaboração de estudos, anteprojeto, projeto básico e executivo para a construção da Adutora do Piquiri. Por meio da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do Parnaíba e do São Francisco (Codevasf), R$ 260,5 milhões serão investidos na obra, que vai beneficiar 38 municípios potiguares.

 

NOVA POLÍTICA DE PRIVACIDADE DO WHATSAPP COMEÇA A VALER NESTE SÁBADO. SAIBA O QUE MUDA

Facebook e WhatsApp vão se concentrar mais nas interações de usuários com empresas em ambos os aplicativos Foto: Dado Ruvic / Reuters

O WhatsApp, que pertence ao Facebook, vai mudar sua política de privacidade a partir deste sábado, dia 15 de maio. Usuários vêm recebendo lembretes para revisar e aceitar os novos termos, sob pena de terem suas funções limitadas dentro do aplicativo.

Após receber uma recomendação de Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade),  Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD),  Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) e  Ministério Público Federal (MPF) na semana passada, o WhatsApp se comprometeu a não proibir o acesso por 90 dias de usuários ao aplicativo mesmo que eles não tenham concordado com a nova política de privacidade.

Após esse prazo, as regras passariam a vigorar integralmente. No entanto,  o WhatsApp manterá o diálogo  com os órgãos durante esse tempo e não está descartada uma nova alteração.

Mas, afinal, o que vai mudar? O que acontecerá se os usuários não aceitarem os novos termos depois da data? Qual será o esquema de compartilhamento de informações com a “nave´mãe” Facebook? Tire aqui suas dúvidas.

O que acontece se eu não aceitar os novos termos de privacidade na data determinada?

Ninguém terá suas contas excluídas no WhatsApp a princípio. Entretanto, se após essa data o usuário não der o aceite aos novos termos, passará a receber lembretes persistentes do aplicativo indefinidamente. E terá as funções do app gradativamente limitadas.

“Nas últimas semanas, os usuários vêm recebendo uma notificação no WhatsApp com mais informações sobre a atualização. Depois de dar a todos mais tempo, continuamos lembrando aqueles que não tiveram a chance de fazer isso para revisá-la e aceitá-la. Após um período de várias semanas, o lembrete que as pessoas recebem se tornará persistente”, diz a companhia.

Nesse momento, a funcionalidade do WhatsApp ficará limitada até que a pessoa concorde com as atualizações. Isso não acontecerá com todos os usuários ao mesmo tempo, explicou o WhatsApp.

E como será essa limitação?

–  Você não conseguirá acessar sua lista de conversas, mas ainda poderá atender chamadas de voz e de vídeo.

–  Se suas notificações estiverem habilitadas, ainda será possível clicar para ler ou responder a uma mensagem ou ligar de volta após uma chamada perdida de voz ou de vídeo.

–  Após algumas semanas de funcionalidade limitada, você não poderá mais receber chamadas ou notificações e o WhatsApp irá parar de enviar mensagens e chamadas para o seu telefone.

Mas o que acontecerá depois, se minha conta ficar inativa muito tempo?

Nesse caso, o WhatsApp poderá excluí-la, pois tem uma política para isso: “Para manter a segurança, limitar a retenção de dados e proteger a privacidade dos nossos usuários, o WhatsApp geralmente apaga contas que permanecem inativas por mais de 120 dias. Isso acontece quando o usuário não se conecta ao WhatsApp por esse período.”

O que vai mudar nos novos termos? 

O WhatsApp diz que quer melhorar “a experiência de mais de 175 milhões de pessoas que usam o WhatsApp diariamente para enviar mensagens a empresas. As atualizações relacionadas aos recursos comerciais e opcionais são parte das nossas iniciativas para garantir que a comunicação com empresas seja cada vez melhor, mais segura e mais simples”.

O que significa esse estímulo a conversas  com empresas?

O usuário poderá fazer perguntas sobre produtos, finalizar uma compra e obter informações úteis, como recibos de compras. Com a atualização, será ainda mais fácil conversar com empresas que usam os produtos comerciais do Facebook. “Algumas empresas precisam de serviços de hospedagem seguros para responder a clientes, e esse serviço poderá ser oferecido pelo Facebook. Caso uma empresa use esse serviço, exibiremos um aviso na conversa para que você decida se deseja ou não continuar a conversa”, via WhatsApp.

Minhas informações pessoais serão utilizadas pelo aplicativo com esses contatos?

O WhatsApp explica que é comum que as pessoas achem empresas no Facebook ou no Instagram em anúncios, que podem exibir um botão para enviar mensagens para a empresa por meio do WhatsApp. “Assim como em outros anúncios no Facebook, se você decide clicar ou tocar nesses anúncios, as informações da sua interação podem ser usadas para personalizar os anúncios que você verá no Facebook. Entretanto, o WhatsApp e o Facebook não podem ver o conteúdo das mensagens protegidas com a criptografia de ponta a ponta”.

Mas isso não poderá aumentar ainda mais o uso de meus dados pelo Facebook?

O WhatsApp afirma que a atualização não amplia a capacidade do WhatsApp de compartilhar dados com o Facebook e não impacta como as pessoas se comunicam de forma privada com seus amigos e familiares. “As mudanças na política estão relacionadas a conversas opcionais com empresas e foram pensadas para aumentar a transparência dessas conversas no WhatsApp”.

Esse contato maior com empresas se refletirá em compras pelo aplicativo?

Empresas que têm uma loja do Facebook ou do Instagram também poderão adicionar essa loja ao perfil comercial no WhatsApp. “Esse recurso permite que você veja e compre diretamente no WhatsApp os produtos que essa empresa oferece na Loja do Facebook ou do Instagram. Se você escolher interagir com a loja, um aviso exibido no WhatsApp informará como seus dados serão compartilhados com o Facebook”.

E se eu não quiser aumentar essa interação com as empresas por meio do app?

Você escolhe conversar ou não com empresas no WhatsApp e pode bloquear ou removê-las da sua lista de contatos a qualquer momento, diz o aplicativo.

Terei mais clareza de como meus dados serão usados nesse processo?

“Os Termos de Serviço e a Política de Privacidade atualizados terão ainda mais detalhes sobre como gerenciamos seus dados” afirma o WhatsApp. “Adicionamos novas seções e mais informações a seções específicas da nossa Política de Privacidade. Além disso, simplificamos a estrutura da nossa Política de Privacidade para tornar a navegação mais fácil.”

Essas mudanças vão afetar as mensagens que troco com a família e os amigos, minhas mensagens particulares?

O WhatsApp e o Facebook não podem ler nem ouvir as mensagens que você troca com amigos e familiares, diz o software. “Isso inclui suas mensagens e chamadas pessoais, os anexos e as localizações que você compartilha. Não mantemos o registro das pessoas para as quais você ligou ou enviou mensagens e não compartilhamos seus contatos com o Facebook”, acrescenta.

Segundo o WhatsApp, ele não mantém registro das pessoas para as quais o usuário ligou ou enviou mensagens;  e nem ele nem o Facebook podem ver a localização que a pessoa compartilha com alguém.

Sou obrigado a fornecer meu número de telefone para as empresas?

Não. Você decide se quer compartilhar seu número de telefone com empresas, e pode bloqueá-las a qualquer momento.

O WhatsApp diz que não vai compartilhar seu número de telefone com empresas. “Nossas políticas proíbem empresas de entrarem em contato com você no WhatsApp sem sua autorização.”

Meus contatos pessoais serão compartilhados com o Facebook?

O WhatsApp afirma que não compartilha seus contatos com o Facebook: “quando você nos dá permissão, nós acessamos somente os números de telefone da sua agenda para tornar a troca de mensagens mais rápida e confiável. Nós não compartilhamos sua lista de contatos com os outros apps do Facebook”.

E as conversas em grupos, como ficam?

As conversas em grupo continuam privadas. “Nós utilizamos as informações de participação dos grupos para entregar as mensagens aos participantes deles e proteger nossos serviços de abusos e mensagens de spam”, afirma o WhatsApp. “Nós não compartilhamos esses dados com o Facebook para o propósito de exibir anúncios. Reiteramos que as conversas pessoais são protegidas com a criptografia de ponta a ponta e, portanto, não podemos lê-las nem ouvi-las”.

O que fazer para ter mais privacidade após essas mudanças?

O WhatsApp sugere que se usem as as mensagens temporárias: para ter mais privacidade: “Você tem a opção de utilizar o recurso de mensagens temporárias para enviar mensagens que desaparecem das conversas após 7 dias da data do envio”.

Por que o WhatsApp está fazendo essa mudança?

Segundo o aplicativo, nos últimos anos, as pessoas passaram a usar os apps de troca de mensagens, como o WhatsApp, para se comunicar com amigos e familiares, “e agora cada vez mais pessoas também confiam no WhatsApp para fazer negócios”.

“A pandemia global provou que as empresas precisam de meios rápidos e eficientes para atender aos clientes e fechar vendas. Durante esse período, o WhatsApp se tornou um recurso ainda mais simples e útil para todos, e mais de 175 milhões de pessoas enviam mensagens a contas do WhatsApp Business diariamente. Os resultados de uma de nossas pesquisas mostraram que as pessoas preferem enviar mensagens a empresas para obter ajuda e que a probabilidade de fechar compras é muito maior quando a opção de enviar mensagens está disponível”, afirma a companhia em seu site oficial.

O Globo

COVID: BRASIL REGISTRA 2.211 ÓBITOS E 85 MIL NOVOS CASOS NAS ÚLTIMAS 24H

Foto:  Yan Boechat

O Ministério da Saúde divulgou os dados mais recentes sobre o coronavírus no Brasil nesta sexta-feira (14). O país registrou 2.211 óbitos nas últimas 24h, totalizando 432.628 mortes;

Foram 85.536 novos casos de coronavírus registrados, no total 15.519.525 milhões pessoas já foram infectadas. O número total de recuperados do coronavírus é 14.028.355, com o registro de mais pacientes curados. Outros 1.058.542 pacientes estão em acompanhamento.

QUADRO DE BRUNO COVAS É CONSIDERADO IRREVERSÍVEL, DIZ BOLETIM

Foto: Patrícia Cruz

O quadro do prefeito licenciado de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), é irreversível, segundo boletim médico divulgado na noite desta 6ª feira (14.mai.2021). Ele está no Hospital Sírio-Libanês, onde está internado desde o dia 02 de maio para tratamento de um câncer. Eis a íntegra do boletim (235 KB).

Leia o comunicado médico:

“O Prefeito Bruno Covas segue internado no Hospital Sírio-Libanês recebendo medicamentos analgésicos e sedativos. O quadro clínico é considerado irreversível pela equipe médica. Neste momento, encontra-se no quarto acompanhado de seus familiares.

Ele está sendo acompanhado pelas equipes médicas coordenadas pelo Prof. Dr. David Uip, Dr. Artur Katz, Dr. Tulio Eduardo Flesch Pfiffer, Prof. Dr. Raul Cutait e pelo Prof. Dr. Roberto Kalil Filho”, diz a nota.

Covas passa por tratamento contra um câncer na região da cárdia (ligação do esôfago ao estômago), que se espalhou para o seu fígado e ossos. O prefeito anunciou no no dia 2 de maio de 2021 que iria se licenciar por 30 dias do cargo para se dedicar “integralmente” ao tratamento.

Ele havia tido alta na 3ª feira (27.abr). A então internação foi para o tratamento de efeitos adversos do tratamento contra o câncer. O prefeito passa por sessões de imunoterapia e quimioterapia.

Covas realizou um exame de endoscopia em que foi descoberta uma úlcera e um sangramento na área do estômago. O sangramento ocorreu no mesmo local no qual o tumor inicial foi descoberto.

Com 40 anos, Covas está em tratamento desde outubro de 2019, quando foi diagnosticado com um tumor “no trato digestivo”.

Poder360

MORRE ADVOGADO POTIGUAR QUE ESTAVA TRATANDO COVID-19 COM AJUDA DE ECMO

Foto: Reprodução

O advogado Aguinaldo Fernandes Dantas Filho, de 38 anos, transferido de Natal para Recife para tratar Covid-19, faleceu, nesta sexta-feira (14), em decorrência das complicações da doença. Ele estava sendo tratado com ajuda do procedimento com pulmão artificial (ECMO), no Hospital Português.

A família do potiguar havia lançado a campanha #TodosPorAgui a fim de arrecadar dinheiro para custeio da internação do rapaz em Pernambuco. A Oxigenação por Membrana Extracorpórea (ECMO), à qual ele foi submetido, também tratou as complicações causadas pelo novo coronavírus do ator Paulo Gustavo, falecido no último dia 4.

Aguinaldinho, como era conhecido por amigos e familiares, sofreu um AVC causado por uma bolha de ar que entrou em sua corrente sanguínea e causou um coágulo no cérebro. Ele estava internado há 32 dias. O advogado deixa esposa e uma filha de 06 anos.

Em nota, a OAB/RN disse lamentar profundamente a irreparável perda e se une em oração com todos os familiares e amigos, “a fim de que encontrem consolo e amparo nesse momento de saudade”. Com informações da Tribuna do Norte.

MAIORIA DO STF VOTA A FAVOR DA OBRIGAÇÃO DO GOVERNO DE REALIZAR CENSO NO ANO QUE VEM

Foto: Reprodução

A maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) votou a favor de que o governo federal seja obrigado a tomar as medidas necessárias para realizar o Censo Demográfico no ano que vem.

Em abril, o governo informou que o Orçamento de 2021 não reservava recursos para o Censo, o que levou ao cancelamento da pesquisa. Por lei, o Censo deve ser realizado a cada dez anos. O último ocorreu em 2010. No ano passado, a pesquisa, conduzida pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), foi adiada devido à pandemia de Covid-19.

Os ministros julgam no plenário virtual uma decisão individual do ministro Marco Aurélio Mello (vídeo abaixo), que determinou ao governo a adoção das medidas necessárias para garantir a realização do levantamento ainda neste ano. Por meio da Advocacia-Geral da União (AGU), o governo recorreu da decisão do ministro.

Embora tenha se estabelecido a maioria, o julgamento ainda não terminou — o prazo para os ministros depositarem os votos no plenário virtual (que não exige um julgamento no plenário físico) termina na noite desta sexta-feira. Até a última atualização desta reportagem, tinham votado dez ministros — faltava o voto de Ricardo Lewandowski.

O caso chegou ao STF por meio de uma ação do governo do Maranhão. Na ação, o governo estadual argumenta que a falta do estudo sobre o perfil da população tem consequências na repartição de receitas tributárias, além de prejuízos para as estatísticas do país. Também afirma que não realizar o Censo fere a Constituição.

G1

LEWANDOWSKI ATENDE A PEDIDO DA AGU E PAZUELLO PODERÁ FICAR EM SILÊNCIO NA CPI

Foto: Isac Nóbrega

O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), atendeu ao pedido feito pela Advocacia-Geral da União e autorizou que o ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, possa permanecer em silêncio durante o depoimento que prestará à CPI da Covid-19 no Senado, marcado para o próximo dia 19.

No recurso encaminhado ao STF, a AGU – encarregada de fazer a defesa do general – alegava que Pazuello, por ser investigado pela condução da crise do oxigênio em Manaus, não pode produzir prova contra ele mesmo, situação que poderia ser gerada por eventuais questionamentos feitos pelos senadores.

“Em face do exposto, concedo, em parte, a ordem de habeas corpus para que, não obstante a compulsoriedade de comparecimento do paciente à Comissão Parlamentar de Inquérito sobre a Pandemia da Covid-19, na qualidade de testemunha, seja a ele assegurado: (i) o direito ao silêncio, isto é, de não responder a perguntas que possam, por qualquer forma, incriminá-lo, sendo-lhe, contudo, vedado faltar com a verdade relativamente a todos os demais questionamentos não abrigados nesta cláusula; (ii) o direito a ser assistido por advogado durante todo o depoimento; e (iii) o direito a ser inquirido com dignidade, urbanidade e respeito, ao qual, de resto, fazem jus todos depoentes, não podendo sofrer quaisquer constrangimentos físicos ou morais, em especial ameaças de prisão ou de processo, caso esteja atuando no exercício regular dos direitos acima explicitados, servindo esta decisão como salvo-conduto”, diz trecho da decisão.

O Globo

GOVERNO DO RN ANUNCIA PAGAMENTO DE PARTE DO 13º DE 2018 NESTE SÁBADO (15)

 

Foto: Reprodução

A governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra,  anunciou no final da tarde dessa sexta-feira (14), que pagará nesse sábado (15) a parcela do 13º de 2018 ao servidores. Será pago integralmente a quem recebe até R$ 4.500 líquido e os demais receberão R$ 2 mil linearmente.

Ao todo, 40.677 servidores serão comtemplados com o pagamento do sábado, que anteriormente estava programado para ser feito em 30 de maio. No total, são R$ 108,5 milhões em pagamento. Os demais funcionários públicos receberão na próxima sexta-feira (21).

No último mês de janeiro, o Governo do Rio Grande do Norte já havia pago o salário integral do 13º de 2018 para a faixa salarial de até R$ 3,5 mil.

SALÁRIO DE MAIO

Também neste sábado será antecipado, ao longo do dia, o depósito da primeira parcela do salário do mês de maio para servidores ativos, inativos e pensionistas, conforme datas estabelecidas em acordo com representantes da classe dos trabalhadores no início do ano. Recebem os vencimentos integrais os mais de 61 mil servidores que recebem até R$ 4 mil (valor bruto), somados aos trabalhadores de toda a categoria da Segurança Pública. Também serão adiantados 30% aos 34 mil servidores que recebem acima desse valor.

No próximo dia 31, o Governo do RN quita a Folha de maio, dentro do mês trabalhado, com o pagamento dos 70% restantes para quem recebe acima de R$ 4 mil e o salário integral para servidores lotados em pastas com recursos próprios, totalizando quase R$ 494 milhões.

 

‘QUESTÃO CONTRATUAL’, DIZ QUEIROGA SOBRE ATRASO NA CHEGADA DE INSUMO DA CHINA AO BUTANTAN

Foto: Reprodução CNN

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, atribuiu o atraso na entrega do Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA) ao Instituto Butantan à “questão contratual”. Nesta sexta-feira (14), o Butantan anunciou a paralisação da produção da Coronavac por falta dos insumos, que aguardam liberação na China.

O país asiático tem dez mil litros do IFA prontos e aguardam liberação para embarque no Brasil. Até lá, o Butantan não tem como continuar a produzir o imunizante. Em evento de imunização de atletas olímpicos, Queiroga afirmou que “a questão do Butantan com a China é uma questão contratual.”

“Eu espero que [a entrega] desse suprimento de IFA ocorra normalmente e a produção se regularize pra que tenhamos também disponível a vacina Coronavac”, disse o ministro.

Mais cedo, em coletiva de imprensa, o presidente do Instituto Butantan, Dimas Covas, afirmou que não há problemas com o contrato com a China e reduziu a expectativa de entrega de vacinas para este mês de 12 milhões para “pouco mais de 5 milhões”.

“Tínhamos a previsão de 12 milhões de doses em maio e vamos entregar pouco mais de 5 milhões. E, em junho, temos a previsão de 6 milhões [de doses]. Se o IFA chegar muito rapidamente, vamos cumprir. Vamos recuperar o cronograma de maio e cumprir o de junho. Do ponto de vista da nossa relação contratual, não temos problemas. O problema é com a liberação [dos insumos] que precisa acontecer o mais rápido possível”, disse Dimas em resposta à CNN.

Os dez mil litros de IFA que aguardam a liberação para embargue ao Brasil correspondem a 18 milhões de doses da Coronavac. Nesta semana, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB) atribuiu o atraso na chegada dos insumos a “entraves diplomáticos” causados pelo governo federal.

Queiroga voltou a negar que haja “entraves diplomáticos” entre o Brasil e a China. “Nós temos relações muito boas com todos os países, inclusive com a China. É um parceiro comercial importante do Brasil. O Brasil integra um bloco econômico com a China chamado de Brics. Eu me reuni já, pelo menos duas ou três vezes, com o embaixador Yang Wanming [embaixador da China no Brasil] e não há nenhum problema diplomático do Brasil com a China”, disse Queiroga.

Na coletiva de imprensa desta sexta, Doria repetiu as críticas ao governo federal e fez um apelo aos chineses pela liberação de novos insumos. “Temos um entrave diplomático fruto de declarações desastrosas do governo federal e isso gerou um bloqueio no embarque desses insumos. É muito ruim quando um presidente da República agride um país. A má notícia é que a partir de agora o Instituto Butantan não pode processar novas vacinas”, disse Doria.

Procurado pela CNN, o Ministério das Relações Exteriores informou, por meio de nota, que a pasta mantém tratativas com a China e “acompanha permanentemente o processo de autorização de exportação de IFAs, inclusive por meio da Embaixada do Brasil em Pequim”.

Segundo a pasta, as “autoridades chinesas comprometeram-se a fazer todo o possível para cooperar com o Brasil no combate à pandemia de Covid-19 e reiteraram que eventuais atrasos não são intencionais, dado que a China está exportando IFAs para diversos países”, o que tem gerado sobrecarga tanto na fabricação de vacinas e insumos quanto nos trâmites burocráticos necessários para liberação.

PARALISAÇÃO MOMENTÂNEA NA PRODUÇÃO DA FIOCRUZ

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) informou nesta quinta-feira (13) que interromperá por alguns dias, na próxima semana, a produção da vacina contra Covid-19 até a chegada de uma nova remessa de insumo – prevista para o sábado (22).

A Fiocruz não informou se essa interrupção causará algum impacto nas próximas entregas das doses do imunizante ao PNI, do Ministério da Saúde, mas disse que, à princípio, o cronograma de entregas permanece semanal – sempre às sextas-feiras.

Nesta sexta (14), a Fiocruz entrega mais 4,1 milhões de doses da vacina ao PNI, totalizando 34,3 milhões de doses disponibilizadas ao Ministério da Saúde.

CNN Brasil

COVID-19: GOVERNO FEDERAL COMPRA 100 MILHÕES DE DOSES DA VACINA DA PFIZER

Foto: Dado Ruvic

O Ministério da Saúde anunciou hoje (14) que fechou o contrato para a aquisição de mais 100 milhões de doses da vacina da farmacêutica Pfizer em parceria com a empresa BioNTech. Este novo lote se soma aos 100 milhões de doses que já haviam sido adquiridos pela pasta anteriormente.

Com isso, pelo contrato, as empresas responsáveis pelo imunizante deverão disponibilizar 200 milhões de doses até o fim deste ano. As 100 milhões de doses do contrato anunciado hoje deverão ser entregues entre setembro e novembro deste ano.

Já o primeiro lote de 100 milhões de doses já começou a ser entregue no mês de abril, em uma remessa de 1 milhão de doses. Conforme o cronograma, está prevista a entrega de outros 2,5 milhões em maio e 12 milhões em junho.

Para o mês de maio, segundo o painel de vacinação contra a covid-19, estão previstos ainda 20,5 milhões de doses da Oxford/AstraZeneca produzida pela Fiocruz, 3,9 milhões da Oxford/AstraZeneca obtida pelo consórcio Covax Facility, cinco milhões da Coronavac e mais 842 mil da Pfizer pelo Covax Facility, totalizando 32,9 milhões de doses.

Agência Brasil

ACABOU CHANCE DE CONVERSA DO DEM COM DORIA PARA FALAR SOBRE 2022, DIZ ACM NETO

ACM Neto, presidente do DEM e ex-prefeito de Salvador – Instagram/@acmnetooficial

A estratégia de convencer seu vice Rodrigo Garcia a migrar do DEM para o PSDB tirou o partido de ACM Neto da mesa de negociações com João Doria (SP) para 2022, o que tende a isolar o governador em suas tratativas políticas para a campanha presidencial.

A leitura é do próprio presidente do DEM, ACM Neto, que diz ao Painel que Doria já havia sido avisado em reuniões das consequências dessa estratégia caso decidisse prosseguir com ela.

Nesta sexta-feira (14), Garcia oficializou sua troca de sigla.

O presidente do DEM diz que deseja que a dobradinha histórica do DEM com o PSDB seja mantida e que se esforçará nesse sentido, mas que encara o partido e Doria separadamente.

“Não queremos que o individualismo, a postura e os erros de condução política cometidos pelo governador João Doria comprometam a relação histórica que os partidos têm em nível nacional e estadual. Vamos continuar conversando com o PSDB sobre as eleições. O partido terá toda a disposição de diálogo e construção conjunta. Porém, esta conversa não passa pelo governador João Doria. O DEM não tem nenhuma disposição de discutir 2022 com João Doria. Neste momento, descartamos conversar com o governador sobre 2022”, afirma.

ACM Neto diz que Doria vinha fazendo pressão para que Garcia trocasse de sigla.

“O partido vinha acompanhando isso. Tentei ponderar várias vezes com o governador, argumentando que era um erro estratégico. O PSDB de São Paulo estava desconsiderando o fato de que o DEM sempre esteve ao lado deles. Estivemos ao lado de Doria nas eleições de prefeito e de governador. Nacionalmente também. Forçar um quadro do DEM a ir para o PSDB é altamente incompatível com essa história. Uma postura altamente individualista, na minha opinião, fruto de projeto pessoal do governador, que desconsidera que o momento é de unir, e não dividir”, continua o presidente do DEM.

Doria disputará as prévias do PSDB em outubro para tentar ser oficializado como candidato presidencial do partido. Chegar à disputa com a preterição do DEM pode ser um peso negativo para o governador.

“Não tenho dúvida de que foi um cálculo errado. Isso o isola ainda mais. Ele está longe de ser unanimidade no PSDB e amanhã ou depois, ainda que seja escolhido pré-candidato, limita muito o espaço dele de construção política, já que com o aliado histórico ele não terá nem clima para conversar”, diz o ex-prefeito de Salvador.

ACM Neto afirma que já conversou com Bruno Araújo sobre o ocorrido e que não tratou especificamente de Doria, mas procurou deixar claro que as conversas sobre projetos conjuntos nacionalmente e estadualmente seguem intactas.

Sobre Rodrigo Garcia, ele afirma que ainda precisa discutir o destino político do partido no estado, mas que não está brigado com o vice-governador paulista por entender que a responsabilidade pelo episódio é inteiramente de Doria.

Folha de São Paulo

 

‘QUERIA MATAR O MÁXIMO’: DELEGADO DETALHA MOTIVAÇÃO E RECONSTITUI ATAQUE A CRECHE EM SC

Foto: Willian Ricardo/NDMais

Dez dias após o ataque na creche Pró-Infância Aquarela, na cidade de Saudades, no Oeste catarinense, a Polícia Civil revelou detalhes da investigação do crime. O atentado brutal deixou cinco pessoas mortas, entre elas três bebês com menos de dois anos e duas educadoras.

Entre os destaques revelados no inquérito estão que o autor do ataque, de 18 anos, agiu sozinho. Ele foi motivado pelo ódio à sociedade em geral, sem incentivo de algum grupo específico. O jovem comprou as armas do crime – espécie de espadas ou adagas – pela internet, e as recebeu cinco dias antes da chacina, por encomenda.

O autor do atentado está no Presídio Regional de Chapecó, onde continuará preso, após permanecer oito dias internado no HRO (Hospital Regional do Oeste) para tratar lesões causadas por ele mesmo na hora do ataque, em tentativa de suicídio. Ele foi autuado em flagrante por cinco homicídios e uma tentativa de homicídio – todos triplamente qualificados. A Polícia Civil irá encaminhar o inquérito ao Ministério Público ainda nesta sexta.

AGIU SOZINHO E COM CONSCIÊNCIA

De acordo com o delegado da Polícia Civil Jerônimo Marçal Ferreira, responsável pelo caso, ao ser interrogado o rapaz confessou o crime e admitiu que fez tudo planejado com antecedência. O interrogatório ocorreu durante a internação do autor no hospital e durou cerca de 1 hora.

O jovem não ficou calado e também não exigiu a presença de um advogado. Fez questão de prestar as informações solicitadas pela Polícia Civil de forma espontânea.

“Ele tem consciência do que fez, isso mostra que tinha discernimento de tudo. Não há qualquer indicativo que alguém tenha lhe auxiliado”, salientou.

Ferreira detalhou que, na manhã do dia 4 de maio, o jovem foi trabalhar normalmente. Depois, saiu no intervalo, foi para casa e se deslocou até a creche, por volta das 9h50.

Conforme o delegado, o autor queria “matar o máximo possível de pessoas” e, por isso, agiu com pressa, correndo entre as portas das salas para tentar atingir as vítimas.

“Ele agiu com crueldade, frieza e covardia, e tem sim que ser responsabilizado pelos crimes graves e cruéis que cometeu”.

O delegado contou que o autor disse estar arrependido, mas que não conseguiu perceber “se era genuíno ou se era porque será responsabilizado pelo que fez”.

PERFIL DO ASSASSINO: SOLITÁRIO AO EXTREMO

O delegado ressaltou que o jovem era uma pessoa isolada e que tinha dificuldade de relacionamento em um nível muito acima do normal, inclusive com a própria família.

“A família se reunia para jantar, ele pegava o prato e ia para o quarto. Quando queria comprar uma roupa, pedia para que a mãe fizesse isso. Ele foi se isolando cada vez mais nos últimos tempos e entrou em um mundo onde começou a ter contato com materiais violentos [fotos e vídeos] e com pessoas que pensavam do mesmo modo, o que alimentou esse ódio nele.”

A investigação aprofundou detalhes da vida do jovem e também como ele se comportava na internet, identificando que o crime era premeditado desde o ano passado.

“Ele não tinha ódio contra um grupo específico, criou esse ódio generalizado. Ele tinha acesso a muito conteúdo inapropriado e contato com pessoas com pensamentos ruins e violentos, mas não tinha acesso à deep web“, acrescentou. Ainda segundo o delegado, não há indícios de o jovem tenha qualquer doença mental.

POR QUE BEBÊS?

O delegado informou que, no início, o jovem tentou por diversas vezes adquirir uma arma de fogo, mas não obteve êxito e por isso comprou as armas brancas pela internet. Ele as recebeu pelos Correios.

“Elas chegaram na casa dele cerca de cinco dias antes do ataque. A família chegou a ter contato com elas, mas não sabia do que se tratava”. A definição da chacina foi feita no dia em que as armas chegaram.

A família do autor chegou a ver as armas, mas não entenderam o motivo da compra, segundo Ferreira. “Todas as pessoas do seu ciclo não tinham ideia, ele nunca tinha demonstrado isso [a ideia do massacre].”

Ainda conforme o delegado, a ideia era atacar pessoas com quem o autor estudou na escola. Mas como ele não conseguiu obter a arma de fogo, desistiu de enfrentar jovens da mesma faixa etária apenas com as adagas. Por este motivo optou pela creche, com vítimas indefesas.

“O ato dele, por si só, já seria covarde, porque foi contra crianças e mulheres que não tinham como se defender, mas mostra que ele foi ainda mais covarde”, apontou o delegado Ferreira.

“Ele não “se garantia” contra outras pessoas e pensou ‘vou descontar minha raiva com pessoas que não têm nada a ver comigo, inocentes, que nunca fizeram nada para ninguém’, o que mostra que é ainda mais covarde”, opinou.

Em relação à tentativa de suicídio, já era algo planejado previamente, segundo confissão do autor.

ND Mais

HOMEM ENFORCA E TENTA MATAR FILHA APÓS BRIGA POR CARREGADOR DE CELULAR

Foto: Ilustrativa/pixabay

Um homem foi preso por tentar enforcar e matar a própria filha com golpes de faca , em Arceburgo, no sul de Minas Gerais . A tentativa de homicídio se deu após uma briga por um carregador de celular , na última terça-feira (11). As informações são do portal BHAZ .

À polícia, a jovem de 20 anos disse que o pai estava bêbado e procurava pelo carregador do telefone. Quando a outra filha, de 11 anos, avisou o homem que o objeto estava na tomada ao lado da cama, ele ficou irritado e chamou a atenção da menina. A irmã mais velha, então, interferiu no assunto, pois se incomodou com o comportamento do pai.

Ele, no entanto, começou a xingá-la de “vagabunda” e disse que a jovem não respeitava a autoridade dele. Em determinado momento, o homem tentou enforcá-la e, depois, se dirigiu à cozinha e voltou com uma faca na tentativa de matar a filha, como mostra o registro da ocorrência.

A vítima fugiu para a rua, mas foi perseguida pelo pai e, quando ele se preparava para dar o golpe, a garota conseguiu tirar a faca da mão dele. Enquanto a jovem foi pedir ajuda aos vizinhos, o homem pegou outra faca.

Quando soube que a Polícia Militar havia sido chamada, ele fugiu em uma motocicleta, mas acabou sendo preso . Segundo os policiais, o homem já havia sido preso por cinco anos em regime fechado pelo crime de roubo em São Paulo.

IF

Topo