PF VÊ ELEMENTOS PARA INDICIAR SENADOR STYVENSON POR FALAS SOBRE JOICE HASSELMANN

Foto: Reprodução

A Polícia Federal concluiu que há elementos para indiciar o senador Styvenson Valentim (Podemos-RN) pelo crime de difamação. A apuração se refere a declarações feitas por Styvenson na internet sobre a deputada Joice Hasselmann (PSDB-SP).

Em manifestação enviada nesta terça-feira (19) à ministra Rosa Weber, relatora do caso no Supremo Tribunal Federal (STF), o delegado afirmou ver elementos que comprovam a existência do crime – cuja pena varia de três meses a um ano. A punição pode ser acrescida em um terço porque, segundo o delegado, o crime foi cometido na forma qualificada por ter ocorrido na internet.

“Ao se analisar os fatos e as diligências realizadas, não resta dúvida de que houve difamação em desfavor da Deputada Federal Joice Cristina Hasselmann. O crime, conforme demonstrado, foi praticado pelo Senador da República Eann Styvenson Valentim Mendes”, afirmou.

Em julho, Joice Hasselmann acionou a Polícia Legislativa do Senado após apresentar fraturas no rosto e no corpo.

Em uma transmissão ao vivo em redes sociais, Styvenson comentou o assunto e afirmou: “Aquilo ali, das duas uma: ou duas de quinhentos [em um gesto, Styvenson leva as mãos à cabeça, fazendo chifres] ou uma carreira muito grande [inspira como se cheirasse droga]. Aí ficou doida e pronto… saiu batendo em casa”.

Em agosto, a Polícia Civil do Distrito Federal concluiu que a deputada caiu, possivelmente em decorrência de efeitos de remédio para dormir.

“O senador conta com mais de cento e vinte cinco mil seguidores na rede social onde realizou a “live”. Comprovou-se que nesse ambiente virtual, com diversos expectadores, em razão da popularidade e o cargo ocupado, foram proferidos dizeres capazes de macular a imagem da vítima perante a sociedade”, completou.

A PF, no entanto, considerou que não há relação entre o crime e as funções desempenhadas pelo parlamentar – por isso, não é aplicável o foro por prerrogativa de função.

“O fato do parlamentar tratar aquele ambiente virtual como gabinete não tem o condão de taxar todas ações ali realizadas como exercício da função. Assim, ao tecer comentários nesse ambiente, sobre aspectos da vida privada da vítima, os quais foram capazes de lhe ofender a honra, o afastam das atribuições do cargo de senador da república.

Em depoimento à PF, o senador afirmou que não “teve intenção de ofender a deputada, pois sequer mencionou o nome dela”.

Pedido da PGR

O pedido de abertura de inquérito foi feito pela Procuradoria-Geral da República. Na ocasião, o vice-procurador-geral Humberto Jacques de Medeiros afirmou que era preciso verificar o contexto das declarações e se elas estão no contexto da imunidade parlamentar, ou seja, se as falas têm relação com o desempenho do mandato.

“A natureza dessas declarações implica, em tese, a prática de crime contra a honra, sendo necessária a elucidação do contexto de tais expressões para compreensão da sua ligação com o exercício do mandato e seu alcance pela imunidade material parlamentar”, afirmou.

“Para o desate desses pontos é, ao ver do Ministério Público Federal, coerente e prudente a investigação no foro do Supremo Tribunal Federal, em lugar de um juízo inicial de declínio à primeira instância”, completou.

G1

GOVERNO ADIA ANÚNCIO DO AUXÍLIO BRASIL DE R$ 400, PLANEJADO PARA ESTA 3ª FEIRA

Foto: Sérgio Lima

O governo Bolsonaro adiou o anúncio do valor do Auxílio Brasil, programa social que substituirá o Bolsa Família. O evento de divulgação aconteceria nesta 3ª feira (19.out.2021), às 17h, no Palácio do Planalto. A estrutura foi montada, o credenciamento foi mobilizado e alguns convidados até chegaram à sede do governo. Acabaram indo embora.

Numa tensa e longa reunião entre o presidente Jair Bolsonaro, Paulo Guedes (Economia) e os ministros da articulação, realizada na última 2ª feia (18.out), ficou acertada a saída para compensar os mais pobres pelo efeito da inflação pós-pandemia: o programa social seria de R$ 400 durante 2022.

A cerimônia desta 3ª feira (19.out) encerraria uma discussão que se arrasta há meses entre os 2 grupos do governo em torno do ticket médio do programa. Mas a falta de pacificação foi outro ponto que pesou para que o evento não acontecesse. A equipe econômica busca conter o que for gasto extrateto, enquanto as lideranças políticas a deixam isolada nessa defesa.

Poder360

CIRURGIÃO PLÁSTICO É MORTO A TIROS AO CHEGAR A CLÍNICA NA BARRA DA TIJUCA

Foto: Gabriel de Paiva/ Agência O Globo

Um médico foi morto a tiros, na manhã desta terça-feira, ao chegar para dar plantão na Clínica Vitée, da qual era sócio, no Jardim Oceânico, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio. O cirurgião plástico Claudio Marsili, de 64 anos, estacionava seu Hilux cinza quando foi surpreendido por criminosos em um Renault Sandero preto, que efetuaram os disparos. De acordo com testemunhas, os bandidos esperaram o médico chegar, por volta de 7h, dando a volta em um canal próximo e atirando nele. O carro da vítima foi levado pelos criminosos.

O crime aconteceu na Avenida Fernando Mattos, a 600 metros da Delegacia de Homicídios. Um dos filhos de Claudio Marsili esteve no local. O médico Ítalo Marsili, que chegou a ser cotado para ser ministro da Saúde, foi com o amigo Rodrigo Reis, que é cardiologista e estudou com Ítalo, e o padre Matheus Muniz Aquino.

Ele chorou ao lado do corpo do pai, removido por volta das 10h para o Instituto Médico-Legal (IML), no Centro do Rio. Policiais militares do 31º BPM (Recreio dos Bandeirantes) foram acionados e homens do Grupo de Local de Crime (GELC) da Delegacia de Homicídios da Capital (DHC) realizaram o trabalho de perícia na via.

Foto: Reprodução

Em seu site, Claudio Marsili se apresentava como cirurgião plástico “com vasta experiência”. “Sempre em busca do rigor técnico e respeitando os critérios máximos de segurança exigidos. Visa a harmonia e delicadeza no contorno corporal e facial e aborda a beleza como conceito de saúde e autoestima elevada”, dizia. Entre os procedimentos que oferecia estão lipoaspiração, implante de próteses de silicone, abdominoplastica e harmonização facial.

Em nota, o Conselho Regional de Medicina informou que “está consternado e lamenta a morte do renomado colega Claudio Marsili, por um motivo tão cruel. Ontem (18/10), nossa categoria profissional celebrou o Dia do Médico, com uma iluminação especial no Cristo Redentor por esta data, e é muito triste receber esta notícia e saber que estamos tão expostos à insegurança e à violência em nossa cidade. Pedimos às autoridades que assegurem o nosso direito de ir e vir e que os responsáveis sejam devidamente punidos. O Cremerj se solidariza com familiares, amigos e colegas de trabalho neste momento de dor.”

O Globo

CUIDADORA HUMILHADA POR ERROS DE PORTUGUÊS AO ENVIAR CURRÍCULO RECEBE OFERTAS DE EMPREGO APÓS REPERCUSSÃO DO CASO

Foto: Reprodução/WhatsApp

A cuidadora de idosos de 43 anos que foi hostilizada pela atendente de um asilo de Sorocaba (SP) ao enviar currículo recebeu diversas ofertas de emprego após a repercussão do caso. Cristiane Barros foi criticada por causa de erros de português nas mensagens que enviou para a instituição.

O caso ocorreu na última quinta-feira (14). Nas imagens da conversa enviadas ao g1, é possível ver que a atendente passou a corrigir os erros da cuidadora, que tentou se explicar (leia acima). “Não existe agente, é a gente”, escreve.

Em seguida, a funcionária sugeriu que Cristiane fizesse um curso de português e disse que era “por isso que ela não arrumava trabalho”.

“Seria bom você fazer um curso de português. Deve ser por isso que você não consegue uma vaga de trabalho”, disse.

Depois da repercussão nas redes sociais, a cuidadora recebeu diversas ofertas de emprego. Segundo ela, as oportunidades surgiram em São Paulo e até no Rio de Janeiro.

Além de trabalho, muitas pessoas também se ofereceram para ajudá-la a fazer um currículo novo e a dar dicas para que Cristiane vá bem nas entrevistas.

“Deus sabe de tudo. Ele é maravilhoso e sabe o que faz. Sinto que fui escolhida por Ele e que Ele usou as pessoas ao meu redor para me mostrar que ainda existe bondade no mundo. Estou muito feliz e muito agradecida. Ainda estou analisando as propostas. Aceitei a ajuda de refazer o currículo”, afirma.

Número bloqueado

“Eu me senti muito mal. É muito triste pensar que existem pessoas assim, principalmente trabalhando com idosos. Fiquei chateada, porque não sou uma pessoa do mal. Fiz o curso, estou procurando emprego e batalhando por isso. Eu errei, alguns deles foram o corretor e não consegui arrumar. Foi sem querer”, relata Cristiane.

A cuidadora contou que decidiu mandar o currículo quando soube, por meio de um amigo, que a clínica de Sorocaba estava em busca de novos funcionários. Logo que enviou seus documentos, no entanto, a atendente começou a respondê-la de forma hostil.

Cristiane disse que pediu desculpas e tentou mandar novas mensagens, mas que seu número foi bloqueado pela clínica.

O g1 entrou em contato com o asilo, que informou que não tinha conhecimento sobre o ocorrido, que “lamenta muito este tipo de conduta” e que não compactua com o comportamento da atendente.

Também disse que vai apurar internamente o ocorrido, mas que já identificou que “nenhum dos empregados e funcionários foi emissor das mensagens”.

“Continuaremos as investigações internas e, caso algum prestador de serviços tenha realizado a conduta em nome da empresa, adotaremos as medidas corretivas necessárias”, diz a nota.

G1

GUARDA MUNICIPAL FLAGRA HOMEM RETIRANDO MADEIRA DE ÁREA DE PROTEÇÃO AMBIENTAL NA ZONA SUL DE NATAL

Foto: Divulgação

Agentes do Grupamento de Ação Ambiental da Guarda Municipal do Natal (GMN) flagraram nessa segunda-feira (18), um homem retirando madeira da Zona de Proteção Ambiental 01 (ZPA), onde se encontra inserido o Parque da Cidade do Natal. A prática trata-se de crime ambiental punido com sanções administrativas e penais.

De acordo com relatos dos agentes da guarnição Ambiental da GMN, a viatura de patrulhamento foi acionada pelo Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) que recebeu denúncia de um popular informando a retirada de madeira da ZPA 01, mais precisamente no limite da Zona de Proteção com a Avenida Abreu e Lima, bairro Pitimbu, na zona Sul da capital.

Na oportunidade, os guardas municipais flagraram o suspeito com o veículo acoplado a uma carroça estacionado no limite da ZPA, sendo que na parte da carroceria já estava acomodada quatro toras de madeira verde com cerca de cinco metros cada uma. A madeira estava sendo retirada com a ajuda de um facão que estava na posse do suspeito no momento do flagrante do guardas.

O coordenador do Gaam/GMN, Isaac Cruz, disse que a primeira medida dos guardas foi a suspensão do corte dos vegetais, em seguida o infrator foi identificado pela guarnição e lavrado o auto de constatação do crime ambiental, sendo o detido informado das penalidades e encaminhado à Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb) para tomada das medidas administrativas cabíveis.

Para denunciar a prática de crime ambiental o cidadão pode ligar para o número 190 Ciosp e informar o tipo de delito e o local para que os guardas municipais sejam acionados e inibam a ação criminosa. O infrator flagrado cometendo crime ambiental responde administrativamente e criminalmente pelo crime cometido. “É importante que a sociedade denuncie, pois o crime ambiental afeta todo o ecossistema ao qual estamos inseridos”, concluiu o coordenador do Gaam/GMN.

PSDB/RN, POR UNANIMIDADE, DECIDE APOIAR CANDIDATURA DE JOÃO DORIA

Foto: Divulgação

A Executiva Estadual do PSDB do Rio Grande do Norte definiu, por unanimidade, apoio à candidatura do governador de São Paulo, João Doria nas prévias nacionais, em reunião na tarde desta terça-feira (19) na sede da legenda, localizada no Edifício Tirol Way Office, em Natal. As prévias nacionais do partido, prevista para ocorrer no dia 21 de novembro próximo, escolherá o candidato da sigla que disputará a Presidência da República em 2022.

A decisão da Executiva Estadual do PSDB/RN foi tomada no entendimento de que João Doria é hoje, dentre os postulantes nas prévias nacionais, o melhor candidato para retomar o desenvolvimento do país, preservar a democracia e estabelecer políticas públicas voltadas aos mais vulneráveis. “Os membros da comissão executiva estadual do Rio Grande do Norte estão convictos de que o governador João Doria reúne as melhores condições para vencer as prévias, as eleições e assim resolver as misérias que assolam os brasileiros de Norte a Sul do país”, diz um trecho da Carta da Executiva Estadual definindo o apoio ao governador de São Paulo.

“Foi um encontro onde pudemos colocar na mesa as opções do partido para o país e como poderemos contribuir. O PSDB é uma legenda de amplitude nacional, protagonista dos mais importantes debates da nossa história e, em 2022, vamos mais uma vez dar a nossa colaboração a favor do Brasil”, disse o deputado Ezequiel Ferreira, presidente estadual do PSDB-RN, reafirmando sua opção pelo governador João Doria, que na manhã desta terça-feira, participou do primeiro debate entre os postulantes nas prévias nacionais.

O encontro contou ainda com as presenças dos deputados estaduais Tomba Farias, Raimundo Fernandes e Gustavo Carvalho. O deputado José Dias justificou sua ausência por se manter em isolamento desde o início da pandemia, devido ser integrante do grupo de risco. Mas autorizou o presidente Ezequiel Ferreira anunciar que nas prévias ele apoia Dória nas prévias partidárias. Também estiveram presentes prefeitos, vice-prefeitos e vereadores integrantes do PSDB.

O PSDB do RN possui atualmente a maior bancada da Assembleia Legislativa, com 5 parlamentares. Conta ainda com mais de 30 prefeitos e 25 vice-prefeitos. São quase 250 mil vereadores e 22 mil filiados em terras potiguares. É no RN ainda que o PSDB tem seu único presidente de Legislativo estadual na região Nordeste, o próprio Ezequiel Ferreira.

Segundo levantamento interno da legenda, o PSDB potiguar é ainda o que possui a quarta maior representatividade do país, somando mandatários e filiados, sendo o maior colégio eleitoral dos tucanos no Nordeste. Tudo isso só aumenta ainda mais a responsabilidade da legenda potiguar nas prévias internas.

Três candidatos estão inscritos para disputar as prévias do PSDB com vistas à disputa presidencial: o governador de São Paulo, João Doria, o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, e o ex-senador Arthur Virgílio.

CADASTRAMENTO DAS PRÉVIAS

Todos os filiados, com ou sem mandato, precisam se cadastrar até o dia 14 de novembro. De 14 de outubro a 14 de novembro é período para o filiado eleitor realizar o cadastramento no sistema eleitoral eletrônico oferecido pelo PSDB e se habilitar para votar. Ontem, teve início o período de realização dos debates, dia 21 de novembro é a realização das prévias e dia 28 de novembro a realização de segundo turno, se nenhum candidato obtiver a maioria absoluta dos votos válidos.

O aplicativo para votação está disponível para download na Google Play Store – para celulares que usam o sistema Android –, mas não chegou ainda à APP Store, que disponibiliza a ferramenta para quem tem o sistema IOS, da Apple. A previsão do partido é que ele fique disponível para usuários de Iphone ainda nesta semana.

Para fazer o cadastro é preciso o número do título de eleitor, uma imagem de um documento com foto e uma foto do filiado segurando a sua identidade. Depois é exigida ainda uma validação facial. Por enquanto, as instruções para o dia da votação não foram disponibilizadas.

Foto: Divulgação

PROFESSORA É PRESA SUSPEITA DE DAR BALAS DE MACONHA A ALUNOS COM BOAS NOTAS

Foto: Reprodução/Polícia de Lexington

Uma professora do ensino fundamental foi presa após oferecer uma caixa de balas de maconha a alunos como recompensa por bom comportamento. Victoria Farish Weiss, de 27 anos, entregou-se à polícia na última sexta-feira (15), em Lexington, no estado da Carolina do Sul (EUA), após receber um mandado de prisão.

O caso ocorreu em 23 de setembro na Escola Primária Rocky Creek e estava sendo investigado pela polícia local.

O xerife Jay Koon disse ao ABC News que a mulher misturou as balas de maconha em uma caixa com outros doces sem querer.

Apesar de a professora ter o costume de dar as balas como recompensa aos alunos que tirassem notas altas, nenhum estudante chegou a consumir os doces com a droga.

“Os detetives confirmaram durante as entrevistas que um aluno pegou um pacote de comestíveis ilegais, mas que Weiss pediu para ele trocar por outro”, afirmou o xerife.

No dia seguinte à denúncia anônima, os policiais foram até a casa da educadora e encontraram pacotes da bala com cannabis, iguais aos que foram escolhidos pelos alunos na sala de aula.

“Comestíveis de maconha são produtos alimentícios à base de cannabis. Eles vêm em várias formas, mas os itens neste caso eram doces”, acrescentou Koon.

A escola informou, por meio de nota, que “a segurança dos alunos é a maior prioridade” e que a professora foi demitida.

Weiss está presa por posse de droga no Centro de Detenção do Condado de Lexington.

IG

CÂMARA RETORNARÁ ÀS ATIVIDADES PRESENCIAIS NA PRÓXIMA SEMANA

Foto: Najara Araujo

A Câmara dos Deputados vai retornar às atividades presenciais na próxima segunda-feira (25). A decisão foi tomada na manhã de hoje (19) pela Mesa Diretora da Casa. A mesa disse que, entre outras medidas, será exigida apresentação do passaporte da vacinação para entrar nas dependências da Casa.

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), disse, por meio de uma rede social, que serão tomadas medidas administrativas e sanitárias para assegurar o retorno ao trabalho presencial.

“A Mesa Diretora da Câmara dos Deputados decidiu há pouco que os trabalhos presenciais serão retomados a partir da 2ª-feira, 25. Serão tomadas todas as medidas administrativas e sanitárias no retorno das atividades, entre elas, a apresentação da carteira de vacinação”, twittou Lira.

Os trabalhos presenciais na Casa foram suspensos em março do ano passado, em razão da pandemia de covid-19. Desde então, as atividades têm sido realizadas de forma híbrida.

No final do mês de setembro, Lira chegou a anunciar que a Casa retornaria às atividades presenciais no dia 18 de outubro, mas a decisão foi adiada.

Agência Brasil

CONSÓRCIO NORDESTE: EX-MINISTRO DO PT GASTOU QUASE R$ 140 MIL EM PASSAGENS E DIÁRIAS EM DOIS ANOS

Foto: Eduardo Maia/ALRN

O Consórcio Nordeste bancou quase R$ 140 mil em passagens aéreas e diárias para o secretário-executivo do consórcio, Carlos Eduardo Gabas, nos anos de 2020 e 2021. O levantamento foi feito pelo portal GRANDE PONTO com base em balancetes publicados no site da entidade.

O valor exato foi de R$ 139.327,89 e refere-se a viagens de 2020 – um ano após a criação do consórcio – e também de 2021. As viagens foram feitas para vários estados e em períodos que se estendem durante todo o ano.

É válido destacar ainda que 2020 foi o ano do começo da pandemia, período em que as viagens aéreas caíram significativamente. Mesmo assim Carlos Gabas, que é ex-ministro da Previdência dos governos Lula e Dilma, ainda gastou R$ 62.568,23 nesse ano.

O portal GRANDE PONTO entrou em contato com o Consórcio Nordeste para possíveis esclarecimentos sobre os valores, mas até o momento da publicação dessa matéria não obteve retorno. O espaço segue aberto para um posicionamento futuro da instituição.

O CONSÓRCIO

O Consórcio foi criado em 2019 para ser o instrumento jurídico, político e econômico de integração dos nove Estados da região Nordeste do Brasil e que pretende atrair investimentos e alavancar projetos de forma integrada.

O Consórcio Nordeste foi o responsável pela compra frustrada de 300 respiradores no auge da pandemia da Covid-19. Os equipamentos seriam distribuídos para os estados associados, mas nunca chegaram ao seu destino e o dinheiro sumiu. O prejuízo total foi de R$ 48,7 milhões, dos quais R$ 4,8 milhões saíram dos cofres do Rio Grande do Norte, pagos adiantadamente.

Portal Grande Ponto

STF REJEITA AÇÃO CONTRA ATOS E FALAS DO PRESIDENTE DURANTE A PANDEMIA

Foto: Adriano Machado/Reuters

O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, por 8 votos a 2, rejeitar a abertura de uma ação de descumprimento de preceito fundamental (ADPF) que questionava atos e falas do presidente Jair Bolsonaro sobre a pandemia de covid-19.

O processo foi julgado no plenário virtual, em que os ministros têm alguns dias para votar de modo remoto e sem debate oral. Nesse caso, a sessão de julgamento durou dez dias e se encerrou às 23h59 de ontem (18).

Ao final, prevaleceu o entendimento da relatora, ministra Rosa Weber, que rejeitou a ação por entender ser inadequada a abertura de ADPF no caso. Ela também considerou a peça inicial inepta por não especificar exatamente quais atos estariam sendo questionados e tampouco quais medidas objetivas gostaria de ver tomadas.

Ela foi seguida pelos ministros Alexandre de Moraes, Luís Roberto Barroso, Dias Toffoli, Nunes Marques, Cármen Lúcia, Gilmar Mendes e Luiz Fux. Foram votos vencidos os ministros Ricardo Lewandowski e Edson Fachin, para quem haveria ameaça a preceitos fundamentais nos atos e falas presidenciais.

A ação foi apresentada pelo PSOL em maio do ano passado. O partido argumentou que o presidente e seu governo violam a Constituição ao minimizar a pandemia de covid-19, manifestando-se, por exemplo, contra o isolamento social e o uso de máscaras.

A legenda pediu ao Supremo que ordenasse o presidente e os membros de seu governo a “pautarem seus atos” de acordo com o direito fundamental à saúde e os preceitos do Estado Democrático de Direito.

Relatora

Para Rosa Weber, esse tipo de pedido genérico não faz sentido, uma vez que o cumprimento da Constituição já é pressuposto de qualquer cargo público. Decisão nesse sentido seria “destinada apenas a reafirmar aquilo que resulta da própria ideia de Estado Constitucional de Direito”, escreveu a ministra.

A relatora também criticou a falta de especificidade dos atos questionados. Para ela a peça inicial manifesta “inconformismo genérico com o governo federal”, não sendo capaz de apontar com objetividade qual seria o alvo da intervenção judicial.

“Não apenas os fatos apontados como justificadores da instauração deste processo de controle concentrado são mencionados de maneira vaga e imprecisa, mas o próprio pedido deduzido pelo autor é incapaz de individuar o objeto da tutela pretendida”, escreveu a ministra.

Em outro trecho, a relatora escreveu que “na realidade, a pretensão dirige-se contra atos futuros e incertos a serem praticados por ocasião de eventos ainda desconhecidos”.

Agência Brasil

RENAN QUER INCLUIR GUEDES ENTRE INDICIADOS PELA CPI, MAS AGUARDA AVAL DA MAIORIA DA COMISSÃO

Foto:  Sérgio Lima/Poder360.

O relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid no Senado, Renan Calheiros (MDB-AL), afirmou nesta 3ª feira (19.out.2021) que defende o pedido de indiciamento do ministro da Economia, Paulo Guedes, por, na sua visão, ter atrasado propositalmente a volta do pagamento do auxílio emergencial depois do fim da 1ª rodada do benefício, em dezembro de 2020. O nome de Guedes não aparece na versão mais recente do parecer, distribuída aos integrantes do grupo conhecido como G7.

A possibilidade de sugerir a responsabilização do ministro da Economia surgiu pela 1ª vez em um documento que o senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE), suplente da CPI, apresentou na última 6ª feira (15.out). Ele imputa a Guedes o crime de epidemia. A sugestão ganhou apoio do vice-presidente do colegiado, Randolfe Rodrigues (Rede-AP).

Até o momento, o relatório final da CPI pede o indiciamento de 72 pessoas e empresas.

A inclusão ou não de Paulo Guedes no relatório final será um dos temas que os senadores do G7 discutirão em uma reunião na casa de Tasso Jereissati (PSDB-CE) nesta 3ª, prevista para as 19h. O encontro é fruto da articulação de Randolfe para baixar a temperatura da disputa pública entre Renan e o presidente da CPI, Omar Aziz (PSD-AM).

Aziz é a voz mais eloquente a expressar o incômodo no G7 com o relator depois de trechos do parecer final vazarem à mídia a partir da última 6ª feira. Ele disse que Renan quebrou um acordo segundo o qual apresentaria o relatório aos colegas em caráter privado antes da leitura na CPI, prevista esta 4ª (20.out). O presidente do colegiado declarou que não se reuniria mais com o relator.

“O que a maioria quiser incluir ela inclui. O que a maioria quiser retirar ela retira. Mas é importante, para que isso aconteça, que a gente conheça os pontos de vista de cada um”, afirmou Renan a jornalistas nesta 3ª.

Poder 360

PREFEITO DA GRANDE NATAL FAZ APELO A FÁTIMA POR MAIS SEGURANÇA: “QUEREMOS PROVIDÊNCIAS URGENTES”

Foto: Reprodução

O prefeito de Ceará-Mirim, Júlio César Câmara (PSD), usou as redes sociais nesta terça-feira (19) para fazer um apelo à governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT), por mais segurança pública na cidade – que fica na Grande Natal e é a 6ª maior do Estado, com 74 mil habitantes.

Em uma publicação no Instagram, o prefeito falou sobre o sequestro de uma adolescente que ocorreu na noite de segunda-feira (18) em Ceará-Mirim para chamar a atenção para o aumento da violência.

Foto: Reprodução

Júlio César cobrou da governadora mais policiamento na região. “Governadora Fátima, o povo de Ceará-Mirim exige mais segurança. Segurança é obrigação do Estado, portanto da senhora e do seu governo. É inadmissível que um município grande como o nosso tenha a pequena quantidade de policiais e viaturas que tem. Queremos providências urgentes. Todos os dias Ceará-Mirim sobre com a insegurança. Ceará-Mirim merece respeito”, escreveu na postagem.

O prefeito ressaltou, ainda, que Ceará-Mirim tem área territorial “cinco vezes maior que Natal”, mas “um aparato policial dos menores do Estado”. “A quantidade de policiais e viaturas que temos em Ceará Mirim é muito pequena para cobrir um Município tão grande”, salientou.

98FM

PREÇO SOBE E RN TEM SEGUNDA GASOLINA MAIS CARA DO BRASIL; COMPARE A ESTADOS VIZINHOS

Foto: pixabay

O Rio Grande do Norte subiu um posto no ranking das gasolinas mais caras do Brasil. Na mais recente pesquisa realizada pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), somente o Piauí tem preço médio mais alto para a gasolina comum do que o Rio Grande do Norte. O aumento foi próximo a R$ 0,20 em território potiguar. Natal aparece com a segunda gasolina mais cara entre as capitais e encher um tanque de 40 litros sai mais de R$ 30 mais caro em solo potiguar do que em Pernambuco e Paraíba.

No levantamento anterior, a gasolina comum no Rio Grande do Norte custava, em média, R$ 6,675, preço inferior somente ao Rio de Janeiro, com R$ 6,764, e Piauí, que tinha preço médio de R$ 6,733. Agora, com o levantamento da semana encerrada no sábado (16), o preço médio da gasolina comum em solo potiguar está em R$ 6,853. O Piauí segue com o preço médio mais alto, vendendo o litro a R$ 6,936. O Rio de Janeiro tem o preço médio em R$ 6,785.

Em comparação à Paraíba e Pernambuco, os estados vizinhos seguem com preços melhores do que o Rio Grande do Norte, mas também registraram aumento. Enquanto a gasolina comum era vendida, em média, a R$ 5,963 na Paraíba e R$ 5,996 em Pernambuco, os preços agora saltaram para R$ 6,163 e R$ 6,186, respectivamente.

Entre as capitais, somente Teresina tem um preço médio mais alto do que Natal. A capital piauiense vende a gasolina comum a R$ 6,934, enquanto Natal tem litro custando R$ 6,884. Macapá é a capital com a gasolina mais “barata”, custando R$ 5,514. Na comparação com as capitais vizinhas, a Natal, Recife vende o combustível a R$ 6,079, enquanto João Pessoa tem preço médio de R$ 6,153.

Para comparar, encher um tanque de 40 litros em Natal custa R$ 275,36, enquanto a mesma quantidade de gasolina sai por R$ 243,16 em Recife, R$ 246,12 em João Pessoa e R$ 220,56 em Macapá.

Tribuna do Norte

ASSEMBLEIA DO RN APROVA PROJETO QUE ASSEGURA DIREITO AO TRATAMENTO DE SAÚDE COM CANNABIS

Foto: Getty Imagens

O direito ao tratamento de saúde com produtos de Cannabis e seus derivados está na ementa do Projeto de Lei 149/2021, de autoria da deputada Isolda Dantas (PT), aprovado na reunião híbrida da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ), da Assembleia Legislativa, realizada na manhã desta terça-feira (19).

O Projeto, que vai continuar a sua tramitação até ser submetido a votação final, no Plenário da Casa, também dispõe do incentivo à pesquisa sobre o uso medicinal e industrial da Cannabis e a divulgação de informações para a população e para profissionais da área de saúde.

“Este projeto de lei tem como objetivo garantir o direito à saúde da população Norte-rio-grandense através de medidas que promovam o acesso ao uso medicinal da Cannabis, por meio de apoio a pesquisas, de promoção de campanhas educativas e de parcerias com Associações de pacientes, universidades e institutos de pesquisa. O uso medicinal já é uma realidade no Brasil e no mundo, sendo utilizado para tratar doenças como dores crônicas, epilepsia, Parkinson, Alzheimer, esclerose múltipla e câncer, dentre outras”, registra a deputada Isolda na justificativa da proposição.

Foto: Eduardo Maia

A propositura registra ainda que as pesquisas científicas e os relatos de pacientes e familiares indicam que o uso medicinal da Cannabis proporciona controle considerável dos sintomas de doenças sem os efeitos colaterais das medicações convencionais. Isso aumenta significativamente a qualidade de vida dessas pessoas e de seus cuidadores, que passam a conseguir realizar tarefas simples do dia a dia, até então inviabilizadas pela doença e pelos efeitos colaterais de outros tratamentos.

Antes da votação, por convite da deputada Isolda Dantas, os participantes da reunião ouviram depoimentos do advogado e servidor da Assembleia Legislativa, Gustavo Brito e da repórter da TV Assembleia Juliana Lobo, que fazem tratamento de filhos com o óleo da cannabis.

“Tenho um filho, João Pedro que tomou uma vacina tríplice viral quando tinha um ano e três meses e seis meses depois deixou de andar. Procurei a cannabis. Ele faz tratamento todos os dias e o resultado está sendo muito bom. Não estamos defendendo a cannabis como uso social, mas medicinal”, disse Gustavo.

Juliana Lobo relatou que seu filho já nasceu com problemas e um dia chegou a convulsionar várias vezes. “Não tinha mais o que fazer quando passei a usar a cannabis. Ele não tinha vida e chegou a cegar com as drogas que usava antes para o tratamento. Há cinco anos que meu filho não se interna em nenhum hospital. A gente precisa da legalização para uso medicinal”, afirmou Juliana.

Das 13 matérias relatadas e votadas, nove foram aprovadas, duas rejeitadas, uma baixada em diligência e uma teve pedido de vista. Participaram da reunião os deputados Raimundo Fernandes (PSDB), Hermano Morais (PSB), Subtenente Eliabe (SDD), Isolda Dantas (PT), Galeno Torquato (PSD) e Kleber Rodrigues (PL).

CARLOS BOLSONARO REPRODUZ CRÍTICA PARA ARTISTAS DISPENSADOS PELA GLOBO

Foto: Fotomontagem: Blog Sala de TV

Na segunda-feira (18), o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ) reproduziu no Twitter uma crítica postada no perfil de Instagram @rip_esquerda.

“Uma boa notícia aos artistas da Globo que gritaram ‘Fica em casa’ e foram demitidos. Agora vocês poderão mesmo ficar em casa”, diz a mensagem.

Nos últimos meses, a emissora carioca não renovou o contrato com vários atores. Alguns deles, como Reynaldo Gianecchini e Lázaro Ramos, usaram sua influência nas redes sociais para defender o isolamento social como prevenção da covid-19 no início da pandemia.

O processo de corte de vínculos de longo prazo da Globo é anterior à chegada do coronavírus ao Brasil. O canal da família Marinho passa por uma reestruturação financeira desde 2018.

Terra

Topo