CONTA DE LUZ SEGUIRÁ COM BANDEIRA VERMELHA MAIS CARA EM AGOSTO, DIZ ANEEL

Foto: unsplash

A bandeira tarifária nas contas de luz do Brasil continuará sendo vermelha patamar 2 em agosto, com custo adicional de R$ 9,492 para cada 100 kilowatts-hora consumidos, informou a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) nesta sexta-feira (31).

Em meio à grave crise hídrica enfrentada pelo país, que afeta a geração hidrelétrica e faz com que um maior acionamento de térmicas —mais custosas— seja necessário, a entidade destacou em nota que as afluências nas principais bacias hidrográficas seguem entre as mais críticas do histórico.

“Agosto inicia-se com igual perspectiva hidrológica, com os principais reservatórios do SIN (Sistema Interligado Nacional) em níveis consideravelmente baixos para essa época do ano”, disse a Aneel.

“Essa conjuntura sinaliza horizonte com reduzida capacidade de produção hidrelétrica e necessidade de acionamento máximo dos recursos termelétricos, pressionando os custos relacionados ao risco hidrológico (GSF) e o preço da energia no mercado de curto de prazo (PLD)”, acrescentou.

Essas são as duas variáveis que determinam a cor da bandeira a ser acionada a cada mês.

Com a manutenção da bandeira vermelha patamar 2, a Aneel também reforçou orientações para que os consumidores façam uso consciente da água e evitem o desperdício de energia.

Folha de S.Paulo

CORONAVAC É 71% EFICAZ CONTRA MORTES DE IDOSOS, DIZ ESTUDO CITADO PELA OMS

Foto: Rodney Costa/Zimel Press

A vacina CoronaVac, desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac, é 71,4% eficaz em prevenir mortes de idosos com 70 anos ou mais. A proteção contra casos sintomáticos de covid-19 é de 41,6%. Contra hospitalizações, de 59%. Todos os percentuais referem-se a pacientes com o sistema vacinal completo, ou seja, já com 14 dias depois da 2ª dose.

Os dados são de estudo realizado com 43.774 pessoas residentes em São Paulo. A média de idade dos participantes foi de 76 anos. Eis a íntegra (4 MB).

Dentro desse grupo, observam os pesquisadores, a faixa etária de 70 a 74 anos teve melhor resposta ao imunizante –que indicou prevenção de 61,8% em casos sintomáticos, 80,1% em hospitalizações e 86% em mortes. Os resultados mostram que a eficácia da vacina diminui a medida em que aumenta a idade –mesmo que ainda não seja possível mensurar a proporção exata.

“A vacinação com a CoronaVac foi associada a uma redução na sintomatologia da covid-19, hospitalizações e mortes em adultos com 70 anos ou mais em um ambiente com transmissão ampla da variante gama. No entanto, proteção significativa não foi observada até conclusão do regime de duas doses, e a eficácia da vacina diminuiu com o aumento da idade entre esta população idosa”, conclui.

O estudo foi citado como referência pela OMS (Organização Mundial de Saúde) para analisar a eficácia da vacina, segundo o jornalista Jamil Chade, colunista do portal UOL.

Poder360

SÃO RAFAEL É A PRIMEIRA CIDADE DO RN A VACINAR PESSOAS DE 18 ANOS SEM COMORBIDADES CONTRA COVID

Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi

A cidade de São Rafael se tornou a primeira do Rio Grande do Norte a começar a vacinar contra a Covid as pessoas de 18 anos de idade, considerada a última etapa de imunização da população adulta sem comorbidades.

A aplicação da primeira dose para esse público no município começou nesta sexta-feira (30). O primeiro vacinado foi o jovem Nicollas Emanoel, que se deslocou até a Câmara Municipal de São Rafael, que é um dos pontos de vacinação.

“É um momento de muita felicidade chegar nesse momento de uma neutralidade da situação da Covid. A gente pode chegar aos poucos numa normalidade na sociedade. E é muita felicidade. Chegar aqui em São Rafael já na situação de 18 anos”, falou Nicollas.

De acordo com a coordenação de imunização da Secretaria de Saúde de São Rafael, a cidade tem atualmente 77% da população vacinada com pelo menos uma das doses contra a Covid.

G1

RN CHEGA A 359.665 CASOS CONFIRMADOS E 7.093 MORTES POR COVID

Foto:  Elisa Elsie

O Rio Grande do Norte chegou aos 359.665 casos confirmados de Covid-19 desde o início da pandemia. Ao todo, 7.093 pessoas morreram da doença neste período.

Os dados estão na edição deste sábado (31) do boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap). Outros 1.487 óbitos estão sob investigação.

Nas últimas 24h, 90 casos foram notificados e confirmados. Em comparação com o boletim de sexta-feira (30), são 287 casos a mais e 2 novas mortes.

As mortes registradas aconteceram nas últimas 24 horas e foram notificadas em Caicó (01) e Vila Flor (01). O RN tem, ainda, 166.380 casos suspeitos e 686.973 casos descartados de Covid.

O número de pessoas internadas pela Covid é de 222. Com 134 pacientes, a taxa de ocupação dos leitos críticos (semi-intensivo e UTIs) é de 38,18% no estado.

GENERAL GIRÃO APOIA PLEITO POR INSTALAÇÃO DE CAMPUS DA UFERSA EM SERRA DE SÃO BENTO

Em reunião realizada na tarde desta sexta-feira (30), o deputado federal General Girão garantiu o apoio do seu mandato para a instalação de um novo Campus Multidiscplinar da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA) no município de Serra de São Bento. O pleito foi apresentado ao parlamentar durante a reunião pela Reitora da Universidade, Ludimilla Oliveira e pela prefeita de Serra de São Bento, Wanessa Morais.

Como presidente da Frente Parlamentar Mista em Prol do Semiárido, o General Girão se prontificou, de imediato, a defender o projeto que busca se tornar uma referência para o semiárido do Brasil e do mundo. A expectativa é de que o novo campus seja um modelo de  desenvolvimento científico e de estratégias de convivência com o semiárido, contando inicialmente com graduações nas áreas de Turismo, Engenharia Ambiental e Agronomia.

Ao receber o apoio do parlamentar federal, a prefeita Wanessa Morais se mostrou determinada a ceder uma área estratégica do Município, a qual dispõe de instalações essenciais para o funcionamento inicial do novo campus na cidade serrana.

 

RN RECEBE DO GOVERNO FEDERAL LOTE COM MAIS DE 62 MIL DOSES DE VACINA CONTRA COVID

 Foto: Reprodução/Ministério da Saúde

O Rio Grande do Norte recebeu do Ministério da Saúde, na manhã deste sábado (31), um carregamento com 62.010 unidades da vacina Pfizer contra a Covid-19.

A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) espera a chegada de mais 51.600 unidades da Coronavac/Butantan até o domingo (1).

Todas as vacinas do primeiro lote recebido são destinadas à primeira dose, ampliando o processo de início da cobertura vacinal no RN.

A Sesap vai distribuir, neste domingo (1°/8) mais uma carga de vacinas contra a Covid-19. O lote direcionado aos municípios potiguares é parte dos montantes recebidos neste sábado (31/7), com imunizantes da Pfizer e Coronavac/Butantan.

Para cumprir o padrão de entrega das vacinas dentro de 24h, as equipes  irão trabalhar ao longo do fim de semana.

O primeiro lote em que estão trabalhando é o de 62.010 unidades da Pfizer. Todas as vacinas são destinadas para a primeira dose, ampliando o processo de início da cobertura vacinal no Rio Grande do Norte.

A próxima carga, que conta com 51.600 vacinas da Coronavac/Butantan divididas entre primeira e segunda doses, será processada entre o fim do sábado e início de domingo. Pois, segundo o Ministério da Saúde, a previsão é de que o carregamento chegue ao Aeroporto Internacional de São Gonçalo do Amarante por volta das 15h. Assim, o RN totaliza 113.610 vacinas recebidas neste sábado.

 

 

MOURÃO É ACONSELHADO POR ALIADOS A RENUNCIAR

Vice-presidente Hamilton Mourão  – Foto: Evaristo Sá/AFP

O vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB) foi aconselhado no início da semana por um general da reserva muito próximo a ele a renunciar ao cargo. Mourão respondeu que não seria ainda o momento para deixar o governo.

O vice-presidente, porém, segundo interlocutores, tem refletido sobre o assunto desde a última observação que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) fez sobre ele comparando-o com um cunhado indesejado. Ele estava em viagem oficial a Lima, no Peru, quando soube da fala do presidente e desde então mostrou-se indignado.

Nos próximos dias, deverá ter uma conversa a sós com Bolsonaro para demonstrar seu incômodo, aumentado pelo fato de ele ter tido uma reunião com o presidente na última semana sem qualquer indisposição.

A decisão sobre deixar o governo, porém, sempre foi rechaçada por ele, mas nos últimos dias passou de improvável para possível. O impacto que isso teria tem sido analisado pelo vice-presidente.

A sua percepção é a de que sua saída abriria espaço para o impeachment de Bolsonaro tendo em vista que sua presença como sucessor direto tem servido como anteparo para o universo político apoiar a abertura do impeachment.

Se ele deixar o posto, o sucessor direto de Bolsonaro passa a ser Arthur Lira, o mesmo que tem sob sua mesa o poder de decidir sobre o impeachment.

Em uma conversa que teve no final do ano com Bolsonaro, Mourão teria questionado o presidente sobre seu desempenho, pediu orientações sobre sua conduta e deixou claro a ele que se o presidente quisesse, iria embora. O presidente, segundo fontes, desconversou. A relação continuou distante e com as mais recentes declarações de Bolsonaro, ameaça afastar o vice de vez da órbita do presidente.

CNN Brasil

BOLSONARO PARTICIPA DE PASSEIO DE MOTOCICLETA NO INTERIOR DE SÃO PAULO

Foto: David de Tarso/TV Fronteira

O presidente da República, Jair Bolsonaro, deixou Brasília por volta das 7 horas em voo para Presidente Prudente, no interior de São Paulo. Na cidade, o presidente participa neste sábado de um passeio de motocicleta com apoiadores.

O presidente desembarcou por volta de 9h. Vídeo mostra que ele está acompanhado dos ministros Marcelo Queiroga (Saúde) e Tarcísio de Freitas (Infraestrutra) e do presidente da Caixa Econômica, Pedro Guimarães.

A motociata começou no aeroporto da cidade. Depois de alguns minutos, Bolsonaro parou a moto para acenar aos apoiadores. o 5º passeio de Bolsonaro com apoiadores desde maio.

Ao meio-dia, está prevista uma visita de Bolsonaro ao Hospital de Esperança, de Presidente Prudente. O hospital será oficialmente credenciado ao Sistema Único de Saúde (SUS). Às 14 horas, o presidente terá encontro com prefeitos de Mato Grosso do Sul, Paraná e São Paulo. O retorno a Brasília está marcado para as 15h35.

 Poder 360/Estadão

 

MARINHA EMITE ALERTA DE ONDAS DE ATÉ 4 METROS DE ALTURA NO LITORAL DO RN

Foto: Ilustrativa/Reprodução

A Marinha do Brasil emitiu um alerta de mar grosso, com ondas de Sul a Sudeste de 4 metros de altura entre o Norte de Salvador e Natal.

O alerta é válido até as 9h da segunda-feira (2).

A Capitania dos Portos do RN recomenda que as embarcações de pequeno porte “evitem a navegação” e que as demais embarcações “redobrem a atenção quanto ao material de salvatagem, estado geral dos motores, casco, bomba de esgoto do porão, equipamentos de rádio e demais itens de segurança”.

A Marinha do Brasil mantém todos os avisos de mau tempo em vigor no site.

 

BRASIL VENCE O EGITO POR 1 a 0, VAI À SEMIFINAL E ENTRA NA BRIGA POR MEDALHA EM TÓQUIO

Time brasileiro comemora o gol de Matheus Cunha contra os egípcios – Molly Darlington/Reuters

O Brasil venceu o Egito por 1 a 0 e se classificou hoje (31) para as semifinais do futebol masculino nas Olimpíadas de Tóquio. O gol foi marcado por Matheus Cunha aos 36 minutos do primeiro tempo num jogo de domínio em Saitama.

É a quarta vez consecutiva que a seleção brasileira entra na disputa por medalha na competição. Bronze em Pequim-2008, prata em Londres-2012 e ouro na Rio-2016, a equipe luta pelo bicampeonato olímpico.

Pela semifinal, o Brasil enfrenta o México na terça-feira (3), às 5h, no Estádio Kashima. Do outro lado da chave, Japão e Espanha duelam a partir de 8h.

A seleção teve muita dificuldade para furar o bloqueio egípcio, composto por dois ‘paredões’ de quatro jogadores. Claudinho não foi o armador necessário e Daniel Alves, atuando mais como meia, participou pouco das atividades ofensivas.

Com isso, a primeira boa oportunidade foi do Egito, aos 13 minutos, quando após levantamento na área, a bola sobrou para Akram Tawfik, que cabeceou com perigo. Mais uma vez a zaga brasileira apresentou falhas no posicionamento.

O Brasil continuou com problemas na armação das jogadas. Só aos 28, o time de Andre Jardine mostrou entrosamento. Claudinho, Matheus Cunha e finalização de Richarlison, que explodiu no peito do goleiro El Shenawy. Mais cinco minutos e nova boa participação de Richarlison, que rolou para Claudinho acertar a zaga e Douglas Luiz mandar para fora.

Estadão/UOl

 

AUTORIZAÇÃO DE VIAGEM PARA MENORES DE 16 ANOS PODERÁ SER FEITA ONLINE

Foto: Tânia Rego

A partir de segunda-feira (2), os pais poderão emitir pela internet uma autorização para que seus filhos menores de 16 anos possam viajar sozinhos em voos nacionais.

O novo procedimento foi regulamentado neste ano pela Corregedoria Nacional de Justiça e implementado pelo Colégio Notarial do Brasil, que congrega mais de 9 mil cartórios espalhados pelo país.

Até agora, para que um menor de 16 anos pudesse viajar desacompanhado era necessário preencher um formulário em papel, que deveria ser assinado e ter firma reconhecida em cartório, para depois poder ser apresentado às empresas de transportes.

Agora, a Autorização Eletrônica de Viagem (AEV) permite realizar o procedimento inteiramente online, por meio da plataforma e-Notariado, que dispensa o comparecimento ao cartório para diversos serviços.

Na plataforma, os pais poderão realizar uma videoconferência com o notário, que após confirmar a autorização para a viagem, por prazo ou por trecho apontado. Um QR Code para verificação será então emitido e poderá ser apresentado nos guichês das companhias aéreas pelo celular ou impresso em papel.

Por essa via, a autorização poderá ser cancelada a qualquer momento pelos pais ou responsáveis, e o QR Code deixa de funcionar.

Nesse primeiro momento, a opção pela Autorização Eletrônica de Viagem (AEV) é disponibilizada apenas para as viagens aéreas nacionais. A previsão, contudo, é que a facilidade seja ampliada para voos internacionais e meios rodoviários e hidroviários, embora ainda não haja prazo para a expansão.

Desde 2011 a autorização de viagem para menores pode ser feita extrajudicialmente, diretamente nos cartórios, após uma regulamentação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Nos casos mais complexos, com conflito entre os pais, por exemplo, pode ser necessário uma decisão judicial para permitir o embarque.

Agência Brasil

BRASIL DEVE AVALIAR GRAU DE CONTÁGIO DA VARIANTE DELTA E VACINAÇÃO PARA REABRIR COMO OUTROS PAÍSES

Inglaterra derrubou restrições quando taxa de mortalidade era 99% do que em pico da Covid-19 no país- Foto: Justin Tallis /24.07.2021 / AFP

No exterior, reabertura foi soma de alta porcentagem de vacinação, variantes mais brandas e cautela, dizem especialistas

Nos últimos dias, medidas de flexibilização das regras de combate à pandemia foram anunciadas em São Paulo e no Rio. Em ambos os casos, exemplos internacionais de reabertura foram citados como referência para as decisões de retomar atividades comerciais e de lazer. Especialistas ouvidos pelo Globo alertam, no entanto, que a equação de reabertura não pode ser replicada tão facilmente.

Segundo eles, países como Inglaterra, Israel e Estados Unidos aprovaram a flexibilização da quarentena após analisar critérios como cobertura de vacinação, as variantes que estavam em circulação e a taxa de contágio da Covid-19. Em alguns desses lugares, a presença da cepa Alfa, mais branda e com maior proteção dos imunizantes, favoreceu a reabertura.

— A vacinação ajuda nas flexibilizações, mas as variantes Delta e Gama (ambas em circulação no Brasil) precisam do esquema vacinal completo para atingir uma proteção adequada. Nossa cobertura, neste momento, é menor do que 20% para a segunda dose — diz o infectologista Julio Croda, da Fundação Oswaldo Cruz e da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul.

Em São Paulo, o comércio voltará a funcionar sem nenhuma restrição a partir do dia 17. No Rio, está previsto, entre outras liberações, o fim da necessidade de máscaras de proteção em diversos ambientes em novembro.

Croda afirma que a comparação do Brasil com o Reino Unido, por exemplo, é inadequada. As reaberturas comandadas pelos britânicos ocorreram, em parte do processo, durante a predominância da variante Alfa, menos resistente à primeira dose de vacinas. No começo de abril, a Inglaterra tinha 54% dos britânicos vacinados com uma dose de imunizante e 30% com duas — patamar semelhante ao índice atual do estado de São Paulo. Assim, foram liberados museus, cinemas e encontros de até 30 pessoas ao ar livre. Pubs e restaurantes, que não recebiam clientes na área interna até então, também tiveram sinal verde.

Às vésperas da flexibilização por lá, a taxa de mortalidade era 99,1% menor do que o mais recente pico da doença, em janeiro, de acordo com dados do portal Our World in Data, ligado à Universidade de Oxford.

Recuos fazem parte

Segundo o professor da Santa Casa de São Paulo Marco Aurélio Sáfadi, presidente do Departamento de Infectologia da Sociedade Brasileira de Pediatria, quando estava perto do limite para cada nova fase, o governo britânico avaliava o cenário para confirmar a mudança. Análise semelhante deveria ser feita no Brasil, ele diz:

— É preciso ser cauteloso, ainda há muitas incertezas.

Israel foi outro país que anunciou as flexibilizações progressivamente. A retomada inicial de ambientes internos de bares e restaurantes foi dedicada somente às pessoas totalmente vacinadas, com duas doses, em março. Naquela altura, o país tinha por volta de 60% da população imunizada com ao menos uma aplicação e metade com esquema vacinal completo.

A queda da obrigatoriedade das máscaras em locais fechados só ocorreu em meados de junho, com cerca de 60% da população com duas aplicações. No mesmo mês, o governo recuou, e as proteções faciais voltaram a ser obrigatórias diante do avanço da variante Delta.

Outro ponto observado com rigor no exterior é a possibilidade de mudanças de rota, caso se alterem dados como novas variantes ou taxa de transmissão. Nos Estados Unidos, o uso de máscaras em ambientes fechados voltou a ser obrigatório para pessoas totalmente vacinadas, que somam 49% da população. A orientação, feita em maio, foi revista em estados onde as taxas de transmissão da Covid-19 estão mais altas.

O Globo

GOVERNO DO RN SUSPENDE OBRAS DE PRAÇAS EM NATAL

 

Foto: Alex Régis

A demora para a conclusão dos trabalhos de revitalização das praças do Centro Histórico de Natal levou a Secretaria Estadual de Infraestrutura (SIN) a suspender por 15 dias os serviços da empresa M&K Comércio e Construções Ltda. Nesse período, serão avaliadas as razões de tanta morosidade. Desde que a primeira das 14 praças começou a ser reformada em 2017, apenas seis foram entregues e duas estão em andamento. Ao longo desse tempo, algumas paralisações aconteceram e levaram o Governo a conceder aditivos ao contrato devido ao aumento dos custos.

O projeto foi licitado em 2016 inicialmente por R$ 8,9 milhões e seu último prazo para a conclusão terminava no dia 25 de julho, com um orçamento de R$ 9,4 milhões. Como não havia expectativa de conclusão a tempo, o titular da SIN, Gustavo Coelho, resolveu no último dia 23, suspender o contrato por duas semanas.

Tribuna do Norte

BOLSONARO RECONDUZ MINISTRO VELLOSO FILHO AO TSE

Foto: Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro reconduziu nesta sexta-feira, 30, o juiz Carlos Mário da Silva Velloso Filho ao posto de ministro substituto do TSE.

O magistrado já ocupava o posto, mas sua permanência no cargo terminaria com o biênio encerrado em 1º de agosto.

Em meio à batalha que Bolsonaro trava contra o processo eleitoral brasileiro, o presidente resolveu reconduzir o ministro ao cargo por mais dois anos.

Velloso Filho já havia sido indicado à cadeira na lista tríplice definida pelo plenário do STF no início do mês.

O jurista é filho de Carlos Velloso, que foi ex-presidente do TSE e do STF e que faz coro aos que confiam na lisura do processo eleitoral brasileiro por meio da urna eletrônica.

Veja

BUTANTAN PEDE AUTORIZAÇÃO À ANVISA PARA VACINAR PÚBLICO ENTRE 3 E 17 ANOS COM CORONAVAC

Foto: Thomas Peter/Reuters

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recebeu nesta sexta-feira (30) o pedido do Instituto Butantan para ampliar a faixa etária de indicação da vacina CoronaVac, vacina contra a covid-19 desenvolvida em parceria com laboratório Sinovac. A empresa quer incluir o público de crianças e adolescentes na faixa de 3 a 17 anos de idade na bula da vacina.

De acordo com a Anvisa, para incluir novos públicos na bula, o laboratório responsável pelo imunizante precisa conduzir estudos que demonstrem a relação de segurança e eficácia para determinada faixa etária. Esses estudos podem ser conduzidos no Brasil ou em outros países.

Até o momento, a única vacina para covid-19 aprovada para menores de 18 anos no Brasil é a da Pfizer. Esse imunizante tem indicação em bula para uso a partir de 12 anos de idade. Já o laboratório responsável pela Janssen recebeu autorização da agência para realizar estudos de sua vacina com menores de 18 anos. Os estudos estão em condução pelo laboratório.

Agência Brasil

Topo