ESTÁTUA DE CRISTÓVÃO COLOMBO É DERRUBADA EM BALTIMORE, NOS EUA

Manifestantes derrubam a estátua de Cristóvão Colombo em Baltimore, EUA,  Foto: Spencer Compton /Reuters

Manifestantes demoliram no sábado, 4, uma estátua de Cristóvão Colombo, considerado o descobridor do continente americano,  na cidade de Baltimore, na costa leste dos Estados Unidos, em um novo episódio da onda de ataques a monumentos ou estátuas de figuras históricas ligadas à escravidão e ao colonialismo.

A estátua de Colombo localizada no bairro de Litte, em Baltimore, foi derrubada com a ajuda de cordas, de acordo com imagens divulgadas no site do jornal Baltimore Sun. A imagem é o mais recente monumento nos EUA a cair este ano durante o acerto de contas nacional sobre racismo e violência policial que também derrubou estátuas de figuras e escravos confederados em todo o país.

Desde 25 de maio, quando começaram os protestos pela morte do afro-americano George Floyd, asfixiado por um policial branco em Minneapolis, os manifestantes demoliram inúmeras estátuas de personagens ligados à história colonial ou à discriminação.

Estátuas entraram na mira após protestos antirracistas

Em manifestações antirracistas que acontecem em diferentes países desde o assassinato de George Floyd, nos Estados Unidos, esses marcos não têm passado ilesos pelas multidões que caminham nas ruas onde estão instalados, como a escultura do traficante de escravos Edward Colston, derrubada, arrastada e jogada em um rio por manifestantes de Bristol, na Inglaterra.

Manifestantes de Bristol derrubam e lançam em um rio a estátua do traficante de escravos Edward Colston  Foto: Keir Gravil /Reuters

Outro exemplo foi a estátua de Cristóvão Colombo decapitada em um protesto em Boston, nos EUA; em Londres, onde o nome entalhado em um pedestal de Winston Churchill, primeiro-ministro do Reino Unido nas décadas de 1940 e 1950, ganhou o complemento ‘era racista’.

No dia 22 de junho, um grupo de manifestantes tentou derrubar a estátua de Andrew Jackson, sétimo presidente dos Estados Unidos, perto da Casa Branca.

Mais recentemente, o Museu de História Natural, em Nova York, anunciou que vai retirar a homenagem ao ex-presidente dos EUA, Theodore Roosevelt, que fica na frente da entrada principal do prédio. A figura do ex-presidente está acompanhada de um homem negro e um homem indígena, o que sinaliza a discriminações estruturais no país.

Eventos semelhantes também ocorreram em outros países, particularmente no Reino Unido

Do Estadão Conteúdo

PRORROGAÇÃO DE PARCELAS DO FPM É O QUE GARANTE PAGAMENTO DE SERVIDORES MUNICIPAIS, ALERTA CNM

As primeiras parcelas de compensação de perdas do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), maior fonte de receita da maior parte das prefeituras, não foram suficientes para cobrir as quedas de arrecadação ocasionadas pela pandemia. Por isso, a Confederação Nacional de Municípios (CNM) tem articulado junto à comissão mista que acompanha as ações econômicas de combate ao coronavírus para que seja estendido o prazo de compensação até dezembro.

O apoio financeiro da União foi estabelecido pela Medida Provisória 938, que transferiu recursos para as prefeituras e estados para recompor as perdas do que seria repassado do Fundo de Participação dos Estados (FPE) e do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) entre os meses de março e junho de 2020. Foram disponibilizados R$ 16 bilhões, mas as parcelas somaram, até aqui, aproximadamente R$ 6 bilhões, deixando de saldo cerca de R$ 10 bilhões. A reinvindicação é de que esse montante continue sendo repassado aos estados e municípios, já que a forte retração da atividade econômica deve continuar nos próximos meses, o que impacta os recursos transferidos pelos fundos de participação.

O presidente da CNM, Glademir Aroldi, ressalta que o Projeto de Lei 1161/20, que estende a compensação até dezembro, já foi aprovado na Câmara dos Deputados e espera apreciação no Senado. Segundo ele, a perda total de arrecadação dos municípios em 2020 é estimada em R$ 74 bilhões, sendo que, até agora, apenas R$ 23 bilhões estariam garantidos nas ajudas federais. A previsão é que a situação seja ainda pior em outubro, novembro e dezembro.

“Isso que o governo e o Congresso estão apoiando, e é um valor significativo, vai representar 30% do que será a queda de arrecadação dos municípios este ano. Então, se nada acontecer a partir de setembro, a grande maioria dos municípios terá problema com pagamento de servidores, fornecedores e terá uma dificuldade enorme nos últimos três meses do ano”, alerta.

O presidente da CNM não acredita que a completa retomada da atividade econômica ocorra até dezembro, visto que não ainda há vacina para a doença. “Até o final do ano teremos esse efeito sanfona, quando vamos abrir e fechar as atividades econômicas e isso, com certeza, impacta negativamente na arrecadação”, completa Aroldi.

Efeito cascata

O Fundo de Participação dos Municípios é a principal fonte de receita da maioria das cidades brasileiras e é composto por uma porcentagem do Imposto de Renda (IR) e do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) que é repassado aos entes. O município também tem receitas próprias como IPTU, e receitas estaduais, como o ICMS, mas dependem dos repasses do FPM pela União para honrar os compromissos e prestar os serviços à população.

Eures Ribeiro, prefeito de Bom Jesus da Lapa, na Bahia, explica como a pandemia ocasionada pelo coronavírus fez cair a arrecadação da União e como isso acabou afetando os estados e municípios.

“O FPM é baseado em tudo o que é produzido no Brasil, oriundo da arrecadação da produtividade nacional. Quanto mais se produz, mais se arrecada e, consequentemente, mais a União repassa aos estados e municípios. Então, a queda de produtividade por causa da pandemia afetou diretamente cerca de 80% dos municípios”, aponta o gestor. Com informações do Brasil 61.

MEGA-SENA ACUMULA E PRÓXIMO SORTEIO DEVE PAGAR R$ 33 MILHÕES

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Ninguém acertou as seis dezenas  da Mega-Sena, sorteadas no sábado (4) à noite, em São Paulo. Os números sorteados foram 05 – 15 – 18 – 27 – 49 – 57.

A quina teve 75 apostas vencedoras e cada uma receberá R$ 36.939,97.

Na quadra ganharam 5.403 apostas e cada uma vai receber R$ 732,52.

A estimativa de prêmio do próximo concurso, a ser realizado na quarta-feira (8), é de R$ 33 milhões para quem acertar as seis dezenas.

 

NÍSIA FLORESTA: PREFEITO DANIEL MARINHO REINAUGURA UNIDADE DE SAÚDE QUE PASSOU POR REFORMA E AMPLIAÇÃO

Fotos: Kássia Maria e Agripino Junior

A Prefeitura Municipal de Nísia Floresta, no Litoral e Agreste do RN, vem desenvolvendo ações que visam melhor atender as demandas em saúde pública da população. Na manhã desta sexta-feira(03), o prefeito Daniel Marinho(PSDB) reinaugurou a Unidade de Saúde Antônio Marinho de Carvalho, localizada no centro da cidade.

A cerimônia de reinauguração foi marcada pelo sentimento de mais um dever cumprido, uma vez que o município se fortalece cada vez mais no combate à pandemia do Covid-19. De acordo com o gestor Daniel Marinho, as melhorias realizadas na unidade de saúde foram custeadas pelo próprio município, sob a coordenação da Secretaria Municipal de Obras.

A unidade de saúde que passou por reforma e ampliação está em pleno funcionamento, atendendo casos de urgência e emergência, além de realizar serviços de enfermagem e consultas médicas em várias especialidades.

As novas instalações contam com sala de observação, consultório para pacientes críticos, consultórios médicos e de enfermagem, salas de repouso para os profissionais, local para realização de pequenas cirurgias, entre outros. Os espaços são amplos e possuem boa iluminação e ventilação.

Além do prefeito Daniel Marinho e da secretária municipal de Saúde, Lidiane Rodrigues, o evento foi prestigiado por secretários municipais, como também pelos vereadores Luiz Henrique, Bilu, Nego Celular e Zé Nilton.

Além de contemplar a população de Nísia Floresta com a reforma e ampliação da Unidade de Saúde Antonio Marinho de Carvalho, o prefeito Daniel Marinho vem realizando outras ações de infraestrutura no centro da cidade e na zona rural.

BRASIL ATINGE 1.577.004 CASOS CONFIRMADOS DO NOVO CORONAVÍRUS

Foto: Rupak De Chowdhuri/Reuters

Respeite as estratégias de distanciamento social para conter o avanço do novo coronavírus

De acordo com informações divulgadas pelo Ministério da Saúde deste sábado (4), o Brasil registrou 37.923 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas. Com isso, o total de infectados pela doença causada pelo novo coronavírus chegou a 1.577.004. Já o registro de mortes teve 1.091 novos casos, pulando para 64.265.

O governo federal estima que 876.359 pessoas tenham se recuperado da doença.

O estado de São Paulo segue sendo o líder de casos no país.

De acordo com a universidade americana Johns Hopkins, o Brasil é o segundo em número de doentes em todo o mundo. Os Estados Unidos continuam liderando o ranking.

MAIS DE CINCO MIL MUNICÍPIOS ACESSARAM REPASSE EMERGENCIAL PARA ASSISTÊNCIA SOCIAL

Foto: Divulgação

Prazo para que gestores possam se cadastrar junto ao Governo Federal e receber os recursos foi ampliado

Mais de 5,1 mil municípios já aceitaram o recurso emergencial do Governo Federal para estruturar a rede socioassistencial durante o combate à pandemia da Covid-19. Isso representa 92,3% das prefeituras que estão aptas a receberem os recursos, que já ultrapassaram os R$ 850 milhões, de acordo com o Ministério da Cidadania.

A expectativa do governo é de que o número cresça, pois o prazo para adesão ao socorro financeiro foi ampliado. Nos próximos dias, o governo vai pagar a segunda parcela àqueles que já haviam aderido à iniciativa. Dessa vez, o valor deverá ser destinado para a compra de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para os profissionais da assistência social.

No entanto, a parcela está condicionada ao requerimento dos órgãos gestores, que pode ser feita até o dia 20 deste mês. De acordo com levantamento mais recente do Ministério da Cidadania, os municípios do país já se comprometeram a adquirir 186.562 kits de EPIs.

Brasil 61

PRF RECUPERA CARRETA ROUBADA EM CANGUARETAMA COM CARGA DE CERVEJA E LIBERA MOTORISTA SEQUESTRADO

Foto: Divulgação: PRF

A Polícia Rodoviária Federal recuperou, na noite desta sexta-feira (03), no km 304 da BR 304, em Macaíba/RN, uma carreta com carga de cerveja avaliada em mais de 217 mil reais, que havia sido roubada pouco antes em Canguaretama/RN, e libertaram na localidade de Cajupiranga, em Parnamirim/RN, o motorista da carreta que havia sido sequestrado.

Após os criminosos roubarem a carreta em Canguaretama/RN, sequestraram seu motorista em um GM/Onix e seguiram sentido Parnamirim/RN, quando foram abordados por uma equipe PRF, tendo os criminosos fugido e o refém consequentemente libertado.

Outra equipe PRF diligenciou em busca da carreta, onde a encontraram, fechada e com a carga, em um posto de combustível em Macaíba/RN.

A ocorrência foi encaminhada à Delegacia de Plantão Zona Sul, em Natal/RN.

BOLSONARO, FILHO E MINISTROS COMEMORAM A INDEPENDÊNCIA DOS EUA EM BRASÍLIA

O presidente Jair Bolsonaro, ao lado de ministros e do filho Eduardo Bolsonaro, em almoço de comemoração da independência dos Estados Unidos — Foto: Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro, ministros do governo e o filho dele, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), almoçaram neste sábado na residência do embaixador norte-americano, Todd Chapmann, na capital federal, em um evento de comemoração de 244 anos da independência americana, celebrada em 4 de julho.

Entre os ministros que acompanharam Bolsonaro no almoço estavam: Braga Netto (Casa Civil), Ernesto Araújo (Relações Internacionais), Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo) e Fernando Azevedo (Defesa).

Mais cedo, o presidente viajou a Santa Catarina, onde sobrevoou áreas atingidas pelo “ciclone bomba”. O helicóptero passou pelas cidades de Governador Celso Ramos e Tijucas. Os dois municípios foram devastados pelas fortes rajadas de vento e temporais.

Ao menos 165 cidades catarinenses tiveram danos com a passagem do “ciclone bomba”, que causou ao menos 11 mortes em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul.

Do G1/Brasília

RN REGISTRA 33.910 CASOS CONFIRMADOS DO NOVO CORONAVÍRUS E 1.200 MORTES

Foto: Ação da Equipe de Saúde do município de Lagoa Salgada/RN no combate ao coronavírus.

De acordo com dados divulgados  pela Secretaria de Estado e Saúde Pública (Sesap),  neste sábado (04),  o RN tem  33.910 casos confirmados do novo coronavírus, com 489 novos casos  nas últimas 24 horas.

O RN contabiliza ainda,  1.200 vítimas, 45.614  casos suspeitos;  53.465  casos descartados e 2.904 casos recuperados da doença. Além do aumento no número de óbitos por Covid-19, o  RN registra outras 171 mortes sob investigação.

COVID-19: CRISE NO SETOR DE BELEZA FORÇA SALÕES A SE REINVENTAREM

  Na retomada dos serviços de estética profissional faz uso  de máscara e luvas  Foto: Ana Baião/Espresso

 Salões de beleza devem adotar novos protocolos de biossegurança

Segundo um dito popular, não existe crise para as atividades que alimentam vícios e cultivam vaidades. Ao menos no caso do negócio que atende à aparência e à autoestima, a sabedoria do senso comum terá que ser refeita por causa da pandemia da covid-19.

Nove de cada dez micro e pequenas empresas que prestam serviço para beleza, como salões, barbearias, ateliês e estúdios de maquiagem, afirmam ter perdido faturamento por causa das medidas de isolamento social. A perda média do faturamento foi de 57%. Conforme enquete, 62% das micro e pequenas empresas do segmento de beleza descrevem que interromperam o funcionamento temporariamente e 5% encerraram em definitivo.

Os dados são descritos na 3ª edição da pesquisa sobre o impacto da pandemia de coronavírus nos pequenos negócios, feita pelo Sebrae via internet entre 30 de abril e 5 de maio. As atividades do segmento de beleza são feitas essencialmente de forma presencial, que foram proibidas em muitas cidades enquanto o vírus da covid-19 circula.

Apesar do impacto na ampla maioria dos estabelecimentos, apenas 4% assinala ter feito demissões, isso porque o recrutamento da mão-de-obra no segmento não implica em vínculo empregatício – é feito principalmente por meio de contrato de parceria, conforme previsto na Lei 13.352/2016.

Não se sabe, no entanto, quantos parceiros que estavam ocupados no corte e pintura de cabelos, manicure e pedicure, e depilação tiveram que recorrer ao auxílio emergencial do governo federal.

 Na retomada dos serviços de estética profissionais fazem uso  de máscara e luvas    Foto: Ed Machado/Folha de Pernambuco

Os efeitos no faturamento também podem estar subestimados. Uma grande parte do serviço é prestada por empreendimentos na informalidade.

Problema de caixa e aluguel

A inatividade do setor trouxe dificuldades de caixa para microempreendedores que têm negócio formal, como Denílton Delfino, dono de um pequeno salão há três na Asa Norte, em Brasília (DF).

Um pouco mais de sorte teve a empresária Marina Portela, dona de um ateliê de beleza no bairro de Petrópolis, em Natal (RN). Ela conseguiu renegociar por duas vezes o custo do aluguel, e teve uma baixa de 30% com esse gasto. Seu negócio reabriu as portas no último dia 1º. A volta à atividade traz algum alívio para Portela. Ela sabe que não poderá ter o mesmo volume de atendimento e parte dos serviços que presta está parado como o de maquiagens para eventos, como casamentos, pois continuam as restrições às aglomerações.

Para diminuir os impactos negativos do novo coronavírus, a empresária conta que cortou gastos no dia a dia e teve que “reinventar”. Vendeu voucher (vale) para atendimento futuro de clientes, orientou parceiras que trabalhavam exclusivamente com maquiagem a se prepararem para outras atividades do ateliê, e fez busca ativa de clientes. “Liguei para todo mundo e usei as redes sociais para avisar da reabertura”.

Salão de beleza: novos custos e biossegurança 

Além de não poder retomar em 100% os atendimentos, os salões de beleza terão novos custos – como a disponibilização de equipamentos de proteção individual (EPI) para os parceiros, álcool em gel, e a aquisição de tapetes sanitizantes e até termômetros a laser.

Para ajudar a retomada segura das atividades, o Sebrae produziu uma lista de orientações de biossegurança para o segmento de beleza. Há dicas desde o “agendamento consciente”, para evitar aglomerações, até o cuidado com higienização para proteger a saúde de quem trabalha no estabelecimento e dos clientes que vão cuidar da aparência e da autoestima. Com informações do  Agência Brasil.

GOVERNO DO RN REALIZA 1ª EXPOSIÇÃO AGROPECUÁRIA VIRTUAL ATÉ DIA 12

O Governo do Estado realiza deste sábado, 4, até o próximo dia 12, a 1ª Exposição Agropecuária Virtual do Rio Grande do Norte. Na abertura, esta manhã, a governadora Fátima Bezerra destacou que o evento é resultado de parceria da administração estadual através da Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Pesca (Sape) com o Sebrae/RN, com a Federação da Agricultura do RN (Faern) e com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) e enfatizou que o RN está sendo pioneiro na realização da exposição agropecuária virtual.

Para o secretário de Estado da Agricultura, Pecuária e Pesca, Guilherme Saldanha “a pandemia nos proporciona grandes desafios e, com o apoio e a decisão da governadora Fátima Bezerra, o Governo do RN decidiu encarar esta primeira exposição agropecuária virtual que chega para ficar”.

O evento conta com exposição de 300 animais, entre bovinos, caprinos, ovinos e equinos, e terá todos os dias palestras virtuais sobre temas como silagem, palma, organização da produção de queijos.

A Empresa de pesquisa agropecuária do RN (Emparn) realiza leilões de animais selecionados geneticamente. O presidente da empresa, Rodrigo Maranhão explicou que todos podem participar através do site e do App Agrobatida que pode ser baixado nas lojas virtuais. “Esta iniciativa é para o agricultor, pecuarista e pequeno produtor. Baixem a plataforma Agrobatida e tenha acesso a comercialização e financiamentos”.

SOBRE O EVENTO

Realizada de forma online, de 04 a 12 de julho – já que o calendário de feiras agropecuárias presenciais do Estado deste ano foi cancelado em virtude da pandemia – a Expovirtual visa a comercialização de animais, máquinas e implementos agropecuários.

O evento conta com o apoio da Emparn; Idiarn; Anorc; Aclap; Ancoc; Asserc; Acosc; ANQM; Banco do Nordeste, Banco do Brasil; AGN e Programa Cheiro da Terra.

As palestras são transmitidas por meio de lives, e trazem como temas: cultivo de Palma Forrageira, registro de queijeiras, SISBI, Vacinação Animal, armazenamento de forragem, crédito rural.

A transmissão de todo o evento será feita por canais do Youtube do Programa Cheiro da Terra, do Governo do RN, Sebrae e Sistema Faern/Senar.

Tourinhos e matrizes com a genética e a qualidade da EMPARN já reconhecidas pelo público estarão à venda pelo aplicativo da Agrobatida. São 12 animais sendo 10 bovinos e 02 jumentos pêga.

Pelo aplicativo o comprador, que não paga comissão pela compra, visualiza as informações sobre o rebanho, com fotos, vídeos e até a genealogia do animal. O app disponibiliza um chat para esclarecer dúvidas.

DETRAN AUTORIZA RENOVAÇÃO DE CNH E 1ª HABILITAÇÃO DURANTE PERÍODO DE PANDEMIA

Os serviços de renovação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e abertura de processo de primeira Habilitação voltam a ser oferecidos pelo Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) a partir da próxima terça-feira (07), nas cidades de Natal e Mossoró. A portaria 489/2020, que disciplina esses serviços, foi publicada na edição do Diário Oficial do Estado (DOE), deste sábado (04), e tem validade durante o período de pandemia do Covid-19.

Para o usuário que deseja renovar a CNH, o procedimento é simples e deve ser iniciado por meio do acesso ao site do Detran (www.detran.rn.gov.br). No ícone “CNH” (no centro da página do site), o cidadão clica e logo é direcionado para uma nova aba onde são solicitados os números do CPF e do Registro da CNH. Preenche os dados e escolhe a opção “não sou robô”, clicando em seguida no botão “consultar”. Logo estará na página de acesso as suas informações, onde é possível escolher a opção “Renovação de CNH”.

Daí em diante, o usuário tem acesso as taxas de pagamento da renovação e é direcionado pelo sistema a uma clínica médica onde é agendada de maneira sistematizada a realização da captura de imagem e das impressões digitais do condutor, digitalização dos documentos pessoais, como também o exame clínico. Sendo aprovado e quitada as taxas, o condutor recebe a CNH no endereço residencial cadastrado no sistema de dados do Detran.

Já em relação ao processo de retirada da primeira Habilitação, basta o cidadão se dirigir ao Centro de Formação de Condutor (CFC – autoescola) de sua preferência e apresentar um documento de identificação com foto, CPF e comprovante de residência, solicitando a abertura do processo. Em seguida, o sistema encaminha o condutor para uma clínica médica onde será feita a digitalização dos documentos, captura de imagem e das impressões digitais do do mesmo. Após, será efetivado os exames clínicos (médico e psicológico) e, sendo aprovado, já poderá iniciar as aulas teóricas de trânsito via sistema online do CFC.

O coordenador de Registro de Condutores do Detran, Jonas Godeiro, alertou que o usuário não pode esquecer de levar sua documentação pessoal com foto e comprovante de residência no momento de abertura do processo no CFC e para a clínica médica, onde esses documentos serão digitalizados. “Nas duas situações o cidadão não pode esquecer de levar seus documentos pessoais já que sem a apresentação dessa documentação o processo não poderá seguir”, alertou.

Todo o processo de realização dos serviços foi montado levando em consideração as medidas de prevenção ao contágio do coronavírus, como preconiza as autoridades sanitárias estaduais e da Organização Mundial de Saúde (OMS), no sentido de permitir o mínimo contato entre as pessoas, utilizando de maneira inteligente as ferramentas de serviço online e agendamento prévio, como também outras medidas focadas na higienização, distanciamento social, utilização de máscaras de proteção, álcool gel a 70% e outros.

BOLSONARO VIAJA A SANTA CATARINA E SOBREVOA ÁREAS ATINGIDAS POR ‘CICLONE BOMBA’

Chegada do presidente da República, Jair Bolsonaro, em Florianópolis — Foto: Diórgenes Pandini/ NSC

O presidente Jair Bolsonaro chegou por volta das 8h20 deste sábado (4) a Santa Catarina. Ele desembarcou no aeroporto de Florianópolis e depois seguiu de helicóptero para sobrevoar uma das regiões mais atingidas pelo “ciclone bomba”.

Ao deixar o avião, Bolsonaro usava máscara, conversou com autoridades e tirou fotos. Ele foi recebido pela vice-governadora Daniela Reinehr (sem partido). Também acompanharam a comitiva os senadores Dário Berger (MDB), Esperidião Amin (PP) e Jorginho Mello (PL).

Chegada do presidente Bolsonaro em Florianópolis — Foto: Diórgenes Pandini/ NSC

Após 20 minutos do desembarque, o helicóptero da Força Aérea Brasileira decolou e começou a rota pela Grande Florianópolis, uma das regiões mais atingidas pelo fenômeno climático. O percurso pela região durou cerca de uma hora.

Ao menos 165 cidades catarinenses tiveram danos registrados pelo “ciclone bomba”, que causou ao menos 10 mortes em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul.

Bolsonaro foi a Santa Catarina para reforçar o apoio na reconstrução e na ajuda humanitária que o governo federal prometeu repassar ao estado. O helicócptero passou pelas cidades de Governador Celso Ramos e Tijucas. Os dois municípios foram devastados pelas fortes rajadas de vento e temporais, além do registro de quatro mortes.

A expectativa é a de  que o presidente faça uma breve reunião com autoridades catarinenses no aeroporto para explicar como irá ocorrer a liberação de recursos para o trabalho de reconstrução. O governador Carlos Moisés (PSL) deve participar por videoconferência, pois está com Covid-19 e em quarentena.

‘Ciclone bomba’

Na terça-feira (30) um “ciclone bomba” atingiu todas as regiões catarinenses com ventos superiores a 100 km/h, destelhando casas, derrubando árvores e postes e deixando mais de 1,5 milhão de imóveis sem energia. Nove pessoas morreram, outras nove se feriram e duas estão desaparecidas. A Defesa Civil contabiliza os prejuízos e na quinta-feira o governo estadual decretou calamidade pública.

Foto: Reprodução/Defesa Civil de Santa Catarina

Já na sexta-feira (3) uma comitiva da Defesa Civil Nacional chegou ao Estado para também sobrevoar as cidades atingidas e analisar os estragos causados pelo fenômeno.

Agência O Globo

MPRN OBTÉM ACÓRDÃO QUE DETERMINA PERDA DE CARGO PÚBLICO A ESCRIVÃO DA POLÍCIA CIVIL

 Além disso, Colégio de Desembargadores fixou pena de três anos e seis meses no semi-aberto

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) conseguiu judicialmente fixar pena definitiva de perda de cargo público a um escrivão da Polícia Civil e pena de três anos e seis meses de reclusão. Em acórdão os desembargadores que integram a Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado (TJRN) à unanimidade dos votos deram provimento parcial ao pedido ministerial e negaram apelo feito pelo réu.

A pena deve ser cumprida em regime inicial semiaberto, afastando a substituição de sanção privativa de liberdade por restritivas de direitos. A condenação também incluiu mais 23 dias-multa.

Para condenar Thales Oliveira Alcântara, a Câmara Criminal levou em consideração a materialidade e autoria do crime de peculato. Foi demonstrado que houve apropriação indevida por parte dele de valores relativos aos pagamentos de fianças vinculada a três Autos de Prisão em Flagrante (que estavam sob responsabilidade do réu) na soma total de R$ 2.800.

A quantia foi confiada ao réu em razão do cargo público de escrivão da Polícia Civil exercido por ele, conforme depoimentos colhidos com testemunhas. O réu tinha a incumbência de depositar em conta judicial o dinheiro e não o fez nas datas devidas. Os desembargadores consideraram um ato de vontade livre e consciente, denotado mais ainda pela ocultação/sonegação dos referidos termos.

Convém ressaltar que o procedimento adotado pela Polícia Civil no que tange ao recebimento e depósito de fianças, estabelece que primeiro é confeccionada a guia de recolhimento e em seguida o boleto para pagamento. O depósito do referido valor é feito em um terceiro momento.

Consta nos autos as cópias dos ofícios comprovando um lapso temporal extenso entre a data de recebimento das quantias recebidas pelo réu e a data dos comprovantes do depósito. Uma fiança foi recebida pelo então escrivão em 20/10/2012, porém o depósito judicial ocorreu em 31/07/2015. Outra fiança foi paga em 03/03/2014, e valor depositado pelo acusado tão somente em 01/08/2014. Além disso, o mesmo extenso lapso temporal ocorreu uma terceira fiança em 10/12/2013, tendo sido tal valor também depositado em 01/08/2014.

Desta forma, foi considerado que o acusado arrecadou o valor das fianças pagas por três indiciados e somente após longo decurso de tempo e prévia solicitação efetuou o depósito das quantias judicialmente.

Leia o acórdão na íntegra clicando aqui

DEPUTADO DO PSL ATIRA NO PÉ DE ADVOGADO APÓS CONFUSÃO EM SAÍDA DE RESTAURANTE EM BRASÍLIA

Imagem:Alexandre Knoploch –  Reprodução

‘Ou sacava a arma ou deixava ele me espancar’, afirma Alexandre Knoploch, que diz ter sido confundido pelo homem que o agrediu com socos; Polícia Civil do Distrito Federal investiga o caso

RIO — O deputado estadual Alexandre Knoploch (PSL) se envolveu numa confusão na noite desta quinta-feira em Brasília, quando saía de um restaurante acompanhado do deputado correligionário Rodrigo Amorim. Após receber socos, o parlamentar sacou uma arma e atirou contra o pé de um homem, que seria um advogado. Knoploch diz que foi confundido e agredido, chegando a cair no chão, e que apenas se defendeu com sua arma, que é legal e registrada.

— Ele me confundiu, eu tomei um soco, caí no chão e revidei quando vi aquele cara de 2 metros vindo na minha direção. Ou sacava a arma ou deixava ele me espancar. Atirei com precisão no pé dele, não quis atirar em nenhum outro lugar para não acabar com a vida dele ou causar maiores ferimentos. Logo em seguida, fui à delegacia e apresentei o ocorrido, fiz exame de corpo de delito, toxicológico e alcoolemia. Estava no local a trabalho, tratando sobre política, e nessas ocasiões eu nunca bebo — contou Knoploch.

O deputado, que ficou com escoriações nos joelhos, nas mãos e no rosto, afirma que, na delegacia, o homem que o agrediu teria pedido desculpas.

O deputado pediu, por conta própria, ainda, que além do exame de corpo delito, fossem também feitos os exames toxicológico e de alcoolemia, comprovando que ele não havia ingerido bebida alcoólica. E esclareceu que possui porte de arma”.

Em nota, a Polícia Civil de Brasília afirmou que os agentes foram acionados por telefone para atender a um chamado de lesão corporal na Asa Sul, num endereço onde funciona um pub. Nele, testemunhas afirmavam que havia uma discussão entre duas pessoas em via pública, e que um indivíduo atingiu o pé do outro com um tiro de arma de fogo. A delegacia, que diz investigar o crime, acrescenta que o advogado foi socorrido e levado ao Hospital de Base no Distrito Federal.

Por:oglobo.globo.com

Topo