NO RN, COMÉRCIO VAREJISTA TEM REDUÇÃO DE 0,6% NAS VENDAS EM NOVEMBRO

O volume de vendas do comércio varejista potiguar teve uma redução de 0,6%, em novembro 2020, na comparação com outubro. Na região Nordeste, apenas Rio Grande do Norte e Paraíba (- 3,5%) tiveram resultados negativos no mês.

Esses são alguns dos resultados da Pesquisa Mensal do Comércio (PMC), de novembro, do IBGE. No total das unidades da federação, 14 cresceram e 13 retraíram-se. A média do volume de vendas no Brasil (- 0,1%) ficou praticamente estável.

No acumulado de 12 meses, o varejo do Rio Grande do Norte registra uma redução de 3,6%, a quarta maior do Brasil. Outras oito unidades da federação variaram negativamente nessa comparação.

O varejo ampliado também teve uma redução de 0,6% no Rio Grande do Norte em novembro. Outros nove estados tiveram resultados negativos: Tocantins (- 5,7%) teve a maior queda, enquanto o Paraná (- 0,1%), a mais leve diminuição. A média do Brasil (0,6%) foi positiva. O varejo ampliado compreende o varejo acrescido das atividades de “veículos, motos, partes e peças” e “material de construção”.

ITAMARATY CONFIRMA QUE ÍNDIA ATRASARÁ ENTREGA DE VACINAS

O cronograma de entrega dos dois milhões de doses da vacina da AstraZeneca/Oxford contra a covid-19 que o Ministério da Saúde afirma ter adquirido do laboratório indiano Serum Institute sofrerá atraso. A informação foi confirmada esta manhã, pelo Ministério das Relações Exteriores (Itamaraty).

Segundo a pasta, o ministro Ernesto Araújo telefonou para o chanceler indiano Subrahmanyam Jaishankar ontem (14), dia em que o site Hindustan Times publicou uma notícia informando que, segundo fontes do governo indiano não identificadas na matéria, ainda não há previsão de quando a Índia autorizará o fornecimento dos imunizantes a outros países, incluindo o Brasil.

De acordo com o Itamaraty, Jaishankar manifestou a intenção de atender ao pedido brasileiro “nos próximos dias”, mas não indicou uma data para que as doses da vacina sejam liberadas. O chanceler indiano atribuiu o atraso na liberação a “problemas logísticos” decorrentes das dificuldades de conciliar o início da campanha de vacinação no país de mais de 1,3 bilhão de habitantes ao fornecimento de imunizantes para outras nações. Mas conforme lembrou o Hindustan Times em sua reportagem, o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Índia, Anurag Srivastava, já tinha dito, esta semana, que devido ao início da vacinação nacional, neste sábado (16), era cedo para falar em fornecimento a outros países.

“Você deve se lembrar que o primeiro-ministro [Jaishankar] já disse que a produção e a capacidade de entrega da Índia serão usados para o benefício de toda a humanidade para combater a esta crise, mas o processo de vacinação na Índia está apenas começando. É muito cedo para dar uma resposta específica sobre a destinação para outros países enquanto estivermos analisando nossos cronogramas de produção e entrega. Tomaremos essa decisão no tempo devido, declarou o porta-voz, segundo o site indiano.

Fonte: Agência Brasil

ADVOGADO TERÁ CONDUTA APURADA APÓS INDAGAR JUIZ: “SERÁ QUE ESSA SENTENÇA SAI ANTES DA COPA DO QATAR?”

Um juiz da vara Criminal de Nova Esperança/RS encaminhou petições de um advogado a fim de que o delegado de Polícia apure possível infração penal de desacato. O advogado cobrava celeridade do magistrado em proferir sentença condenatória.

Em uma das peças, datada de janeiro de 2020, o advogado chega a questionar o magistrado: “Apenas para fins de consulta: será que essa sentença sai antes da Copa do Qatar?

O advogado questiona novamente o juiz em outra peça e diz que “com o tempo perdido realizando uma audiência inócua” o magistrado poderia proferir a sentença e questiona: “Com o devido respeito, é possível confeccionar a sentença?

“Pelo amor de Deus Excelência, audiência de justificação é um ato jurisdicional previsto para a execução da pena – o que não é o caso do peticionário – não obstante, com o tempo perdido realizando uma audiência inócua, Vossa Excelência pode proferir a sentença, que se encontra passível de ser proferida há meses, tendo em vista que a defesa apresentou alegações finais ainda no mês de julho, ou seja, há mais de três meses. É importante frisar que o próprio Ministério Público, órgão acusador, requereu em uma eventual condenação o regime aberto.”

Posteriormente, a sentença foi proferida e o magistrado restabeleceu a prisão preventiva do paciente, expedindo mandado de prisão.

  • Processo: 0004387-10.2019.8.16.0119

O documento foi preservado devido ao processo tramitar em segredo de justiça.

Fonte: Migalhas

GOVERNO DO AMAZONAS ENVIOU PEDIDO DE OXIGÊNIO A E-MAILS ERRADOS NO RJ

Foto: Sérgio Lima

A Defesa Civil do Amazonas enviou no último domingo (10.jan.2020) e-mail a todos os Estados pedindo cilindros de oxigênio para evitar o colapso do sistema de Saúde de Manaus, que se concretizou nessa 5ª feira (14.jan.2021), com o esgotamento dos estoques.

O e-mail destinado ao Estado do Rio de Janeiro, no entanto, foi enviado a pessoas que nem sequer ocupam cargos no governo estadual. A informação foi divulgada pelo G1, que teve acesso à mensagem.

O e-mail foi enviado por Juarez Filho, assessor do Subcomando de Ações de Defesa Civil do Amazonas, para 3 destinatários no Rio:

  • Francisco Dornelles – ex-vice-governador, atualmente sem cargo. Deixou o governo em dezembro de 2018;
  • Maria Auxiliadora Pereira Carneiro Silva, conhecida como Dorita – ex-chefe de gabinete de Dornelles, também sem cargo. Deixou o governo em dezembro de 2018;
  • Setor de eventos da Vice-Governadoria do Rio de Janeiro – responsável por organizar os eventos do vice-governador, cargo que está vago desde que Cláudio Castro (PSC) substituiu Wilson Witzel (PSC) como governador.

O ofício enviado, assinado pelo governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), menciona que o Estado atravessa uma “crise sem precedentes” na Saúde em meio à pandemia de covid-19, com ocupação total de leitos. O texto também fala sobre a “iminência” de desabastecimento de oxigênio, e pedia o envio do produto.

Na 2ª feira (11.jan.2021), um dia depois do envio do e-mail, o cerimonial da vice-governadoria enviou o e-mail para o gabinete do governador, ressaltando o pedido de urgência.

Fonte: Poder360

‘FIZEMOS NOSSA PARTE’, DIZ BOLSONARO SOBRE COVID NO AM; ESTADO VIVE COLAPSO

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou hoje que a situação do Amazonas em relação ao coronavírus está “terrível”, mas isentou o governo federal e declarou que “fez sua parte, com recursos, meios”.

O governante também lembrou que as Forças Armadas estão mobilizadas na região para dar assistência ao sistema público de saúde, que se encontra em colapso e enfrenta problemas graves como falta vagas em UTI e insuficiência de cilindros de oxigênio. O equipamento é fundamental no tratamento de casos de covid-19.

“A gente está sempre fazendo o que tem que fazer, né? Problema em Manaus: terrível o problema lá, agora nós fizemos a nossa parte, com recursos, meios”, declarou ele. “O ministro da Saúde [Eduardo Pazuello] esteve lá na segunda-feira, providenciou oxigênio, começou o tratamento precoce, que alguns criticam ainda.”

Em ação civil pública ajuizada ontem na Justiça Federal de Manaus, cinco órgãos públicos federais e estaduais afirmam que a responsabilidade por dar uma solução ao colapso no fornecimento de oxigênio no Amazonas é do governo federal. A ação foi ajuizada por representantes do MPF (Ministério Público Federal), DPU (Defensoria Pública da União), Ministério Público do Estado do Amazonas, Defensoria Pública do Estado do Amazonas e Ministério Público de Contas do Estado do Amazonas.

Fonte: UOL

TERREMOTO CAUSA DESABAMENTO DE HOSPITAL EM ILHA DA INDONÉSIA

O número de mortes em consequência de um tremor de terra na Ilha de Celebes, na Indonésia, que causou o desabamento de um hospital, chega a pelo menos 34, informaram as autoridades. As buscas prosseguem nos escombros do hospital e de outros edifícios.

“Segundo as informações mais recentes, há 26 mortos, todos na cidade de Mamuju”, a capital da província abalada pelo sismo, disse à AFP o responsável pela agência local de gestão de catástrofes, Ali Rahman. Além desses, mais oito pessoas morreram em Majene, uma localidade próxima.

Um balanço inicial indicava três mortos e 24 feridos na cidade de 110 mil habitantes, onde desabou o hospital, deixando doentes e profissionais de saúde presos nos escombros.

“O hospital está destruído. Ruiu. Há doentes e pessoal do hospital presos nos escombros e estamos retirando”, disse o representante dos serviços de socorros na cidade de Mamuju.

Entre dez e 20 pessoas podem estar presas nos escombros e há centenas de feridos, de acordo com as autoridades locais.

O terremoto, de magnitude 6,2, segundo o Instituto norte-americano de Geofísica, foi registrado às 18h18 dessa quinta-feira (14, horário de Lisboa), com epicentro 36 quilômetros (km) ao sul de Mamuju e profundidade de 18 km.

Desabamentos provocados pelo tremor cortaram o acesso a uma das principais estradas da província. O sismo também causou danos no aeroporto local.

Fonte: Agência Brasil

COVID-19: VACINAÇÃO NACIONAL TERÁ CARTEIRA DIGITAL E IDENTIFICAÇÃO PELO CPF

A vacinação nacional contra a covid-19, prevista para ter início na quarta-feira (20), conforme anunciado pelo ministro da Saúde Eduardo Pazuello durante reunião com prefeitos na quinta-feira (14), contará com carteira digital, para registro da dose da vacina, e possibilidade de ser imunizado apenas apresentando o CPF.

“Melhorias no aplicativo Conecte SUS Cidadão vão permitir que a pasta monitore as doses da vacina contra o coronavírus e garanta maior segurança à população imunizada”, afirmou o ministério, por meio de nota. O acesso à carteira de vacinação será por meio do aplicativo do Conecte SUS.

As medidas fazem parte de um processo de modernização do Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunização (SI-PNI) e facilitará o controle do Ministério da Saúde, evitando que uma mesma pessoa tome vacinas de laboratórios diferentes.

“É importante que todos contribuam com essas informações. Hoje, nós temos uma, duas, três vacinas possíveis a serem aplicadas. E quando tiver três, quatro ou 10? Se nós não tivermos o controle, o paciente pode tomar a vacina de uma dose tipo A e nós temos que evitar que ele tome uma segunda dose da vacina B”, explicou Jacson Venâncio de Barros, diretor do Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde (DATASUS).

O sistema ainda permitirá o monitoramento de reações adversas. A identificação, na hora da vacinação, será realizada por meio do CPF ou do Cartão Nacional de Saúde (CNS). Quem não estiver cadastrado no SUS poderá fazer o resgitro no momento do atendimento, segundo a pasta.

“O DATASUS desenvolve um certificado de vacinação em formato PDF e com QRCode de validação para manter a garantia de segurança do documento emitido”, diz a nota.

Fonte: R7

SECRETARIA DE SAÚDE DE NATAL ORIENTA QUAL SERVIÇO BUSCAR EM ACIDENTES COM ANIMAIS

No ano de 2020 a rede de urgência e emergência de Natal teve 1.730 casos de assistência médica envolvendo algum tipo de acidente com animais. Os principais causadores dessas ocorrências foram: picada de escorpião (1.067) e mordidas de cães (333) e gatos (158). As quatro Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) de Natal podem prestar esse socorro aos pacientes envolvendo escorpiões, abelhas, besouros, formigas ou águas-vivas, já que consiste em cuidados ambulatoriais e uso de medicação dispensada pelo médico para tratar o desconforto causado pelo animal.

A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Cidade da Esperança é o local indicado para casos de mordeduras de animais que podem transmitir raiva. No local os usuários são atendidos pela equipe de saúde que determinará a melhor estratégia para tratamento, pois além dos cuidados inicias e consulta com médico, caso haja indicação de esquema vacinal para vacina antirrábica humana, a dose inicial será administrada na UPA e as doses subsequentes em unidades básicas de saúde referenciadas na rede de atenção básica (UBS) do município.

Mas, se o acidente for mordida de cobra, o paciente deve procurar o Giselda Trigueiro. “Esse tipo de informação é muito importante para a população, pois na maioria das vezes, as pessoas não sabem para onde ir. Quando acontecer esse tipo de acidente, a primeira coisa é manter a calma. Se houver alguma dúvida é importante ligar para uma de nossas UPAs que funcionam 24h e perguntar se é realizado o atendimento”, afirma o secretário de Saúde de Natal, George Antunes.

TELEFONES DAS UPAS

UPA Cidade da Esperança 3232-2369
UPA Potengi 3232-4450
UPA Satélite 3232-1915
UPA Pajuçara 3232-8240

TRANSPORTE E TRÂNSITO EM NATAL TERÃO REFORÇO PARA O ENEM

Foto: Josenilson Rodrigues

A Prefeitura do Natal, por meio da Secretaria de Mobilidade Urbana (STTU), vai reforçar o sistema de transporte público neste domingo (17/01) e no próximo (21/01), quando ocorrem as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). Agentes de mobilidade urbana estarão nos principais corredores para dar suporte a possíveis ocorrências.

Segundo a STTU, as linhas N-07 (Alvorada IV/Cidade Jardim) e N-29 (Nova Natal/Nova Descoberta, via Campus) terão seus itinerários estendidos até o Praia Shopping, de modo a dar acesso as instituições de ensino localizadas ao longo da Av. Engenheiro Roberto Freire.

A linha L-51 (Rocas/Pirangi, via Praça) circulará a partir das 8h30 nos domingos do ENEM, de modo a atender a demanda oriunda do bairro de Neópolis. Pelo bairro ainda circularam as linhas S-50 (Serrambi/Santa Catarina) e O-83 (Felipe Camarão/Ponta Negra, via Cidade Satélite).

Já as linhas N-60 (Pajuçara/Mirassol) e N-77 (Parque dos Coqueiros/Mirassol) vão circular pelo Campus Universitário para permitir o acesso dos estudantes as salas que serão locais de prova na UFRN a partir das 9h. A linha 588 (Circular UFRN) também irá circular, com três veículos. Cabe ressaltar que, além dessas linhas, circularão pelo Campus as linhas N-29, O-63 (Felipe Camarão/Campus), 304 (Parque dos Coqueiros/Mirassol) e 503 (Planalto/Nova Descoberta).

A linha N-75 (Parque das Dunas/Alecrim, via Petrópolis) também irá circular neste domingo, de modo a atender a demanda do Parque das Dunas com destino as escolas localizadas na Ribeira, Cidade Alta, Alecrim e Petrópolis.

Além das linhas citadas, também terão reforço na frota as linhas N-08 (Redinha/Mirassol, via Rodoviária), N-15 (Pajuçara/Petrópolis), O-21 (Felipe Camarão/Areia Preta), O-22 (Felipe Camarão/Rocas, via Bom Pastor), O-30 (Felipe Camarão/Mirassol, via Candelária), N-35 (Soledade/Candelária), L-37 (Rocas/Cidade Satélite, via Praça), O-39 (Cidade Nova/Tirol), S-46 (Ponta Negra/Ribeira, via Praça), L-54 (Rocas/Ponta Negra, via Alecrim), N-70 (Parque dos Coqueiros/Ribeira) e N-84 (Soledade/Petrópolis).

A STTU orienta que os estudantes não deixem para sair de casa em cima da hora da realização da prova, de modo a evitar aglomeração no sistema de transporte público, além de possíveis incidentes que gerem atrasos no deslocamento. Em caso de dúvidas os passageiros podem ligar para STTU, no telefone 156.

TRÂNSITO 

De acordo com a STTU, agentes de mobilidade urbana estarão nos principais corredores – como Av. Hermes da Fonseca/Sen. Salgado Filho, Av. Bernardo Vieira e Av. Prudente de Morais – e no entorno do Campus Universitário, além de dar suporte em outros locais em caso de necessidade.

Ao todo, serão 29 agentes de mobilidade urbana e 16 viaturas trabalhando na operação ENEM. Em caso de ocorrências no dia da prova, o cidadão pode ligar para o 156.

AMAZONAS PEDE PARA TRANSFERIR 60 BEBÊS PREMATUROS

Foto: Bruno Kelly/Reuters

O Amazonas avisou aos outros estados que precisa transferir pelo menos 60 bebês prematuros. Eles estão internados em Manaus e também correm o risco de ficar sem oxigênio.

O pedido para que governadores chequem se há leitos de internação neonatal disponíveis foi feito na manhã desta sexta-feira (15). O presidente do Conass (Conselho Nacional de Secretários de Saúde) e secretário de saúde do Maranhão, Carlos Lula confirmou a informação à CNN.

Segundo ele, o Maranhão vai conseguir receber de cinco a dez bebês. A logística para viabilizar a transferência ainda não foi definida. Outros estados ainda verificam quantos prematuros conseguiriam receber.

Fonte: CNN Brasil

ARTHUR LIRA CUMPRE AGENDA EM NATAL PARA PEDIR O APOIO DA BANCADA DOS DEPUTADOS POTIGUARES

O deputado federal Arthur Lira (PP-AL), candidato à presidência da Câmara dos Deputados, cumpre agenda no Rio Grande do Norte, nesta sexta-feira (15), para pedir o apoio da bancada dos deputados potiguares, em meio ao recesso.

A visita teve início  em Natal, com uma coletiva para imprensa, em um café da manhã no Restaurante Mangai, na companhia do Ministro Rogério Marinho e dos deputados federais do RN, Benes Leocádio (PRB), Beto Rosado (PP), Carla Dickson (PROS), General Girão (PSL) e João Maia (PL).

Além do ministro Rogério Marinhos e dos 05 deputados federais do RN, esteviveram  presentes no encontro,  os prefeitos Álvaro Dias  e Dr. Tadeu  dos municípios de Natal e  Caicó. respectivamente.

Na entrevista concedida à imprensa, Arthur Lira afirmou que pede votos a todos os deputados, independentemente de segmento dentro da Casa, e se identificou como representante do centrão.

Lira está fazendo uma série de viagens pelo pais, em campanha. No Nordeste, antes do Rio Grande do Norte, o parlamentar visitou o Piauí, depois a Paraíba e, nesta quinta-feira (14), Sergipe.

A agenda será finalizada em um almoço do candidato com a participação do Ministro das Comunicações Fábio Faria, dos deputados federais, além de outros líderes potiguares.

Em 1.º de fevereiro, os 513 deputados federais vão escolher o novo presidente da Câmara. Nesse dia, também estarão em jogo os cargos de vice-presidentes da Casa, de secretários e suplentes desses cargos. A apuração dos votos começa pelo cargo de presidente da Câmara. Para ser eleito em primeiro turno, o deputado precisa ter a maioria absoluta, isto é, 257 votos. Caso isso não ocorra, os dois mais votados disputam o segundo turno.

BANCÁRIOS DO BANCO DO BRASIL PROTESTAM EM NATAL E PARNAMIRIM CONTRA FECHAMENTO DE AGÊNCIAS NO RN

Bancários protestam em Natal e Parnamirim contra reestruturação do Banco do Brasil — Foto: Geraldo Jerônimo/Inter TV Cabugi

Os funcionários do Banco do Brasil em Natal e Parnamirim protestaram nesta sexta (15) contra o anúncio da direção do banco que prevê o fechamento de agências e a demissão voluntária. O protesto aconteceu em quatro agências.

Até às 11h, os manifestantes impediram a entrada de clientes nas agências da Prudente de Morais, da Avenida Rio Branco e do TRT, em Natal, e ainda na agência da Cohabinal, em Parnamirim.

De acordo com o Sindicato dos Bancários, ao todo, mais de 5 mil trabalhadores devem perder o emprego e cerca de 500 agências serão fechadas, parte transformadas em postos de atendimento. No Rio Grande do Norte, a superintendência regional já confirmou o fechamento de três agências, em Natal, Parnamirim e Mossoró. Com informaões do G1/RN.

RN REGISTRA 957 NOVOS CASOS DE CORONAVÍRUS E 03 ÓBITO NAS ÚLTIMAS 24 HORAS

Foto por Jonatan Sarmento / Arte GZH

De acordo com os dados da  Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap),  nesta sexta-feira(15),  foram mais 957 casos confirmados do coronavírus, totalizando 127.847.

Com relação aos óbitos, o  Rio Grande do Norte registra 3.149 no total, com três(03) mortes nas últimas 24 horas, nos municípios de Caicó(01), Grossos(01) e São Pedro(01).

Caraúbas(01),Mossoró(01).  Natal(02), Parnamirim(02) e Senador Elói de Souza(01). Óbitos em investigação são 524.

Ainda de acordo com a pasta, óbitos em investigação somam 532,  casos suspeitos somam 67.535, descartados são 289.897 e recuperados são 91.645.

TODOS OS MEIOS FORAM DISPONIBILIZADOS PARA ATENDER A POPULAÇÃO DO AMAZONAS, DIZ BOLSONARO

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou nesta sexta-feira (15) em suas redes sociais que “todos os meios foram disponibilizados” para atender a população do Amazonas, que enfrenta um colapso no sistema de saúde, com recorde de casos de Covid-19 .

“Como relatamos na live de ontem [quinta-feira]: transporte de oxigênio, transferência de pacientes para hospitais federais da região, etc”, escreveu Bolsonaro em sua conta no Facebook, ao listar as medidas do governo federal.

Ele destacou ainda o fato de o próprio ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, ter passado três dias em Manaus nesta semana. A publicação foi acompanhada de uma imagem que mostra o valor transferido do governo federal para o estado do Amazonas e seus municípios: R$ 8,91 bilhões, segundo dados do Portal da Transparência.

Durante a transmissão ao vivo na rede social citada pelo próprio presidente, porém, Pazuello admitiu que a situação do sistema de saúde da cidade de Manaus pode ser considerada em colapso.

“O que caracteriza esse colapso é exatamente você não poder atender a fila e ter uma letalidade muito alta”, disse Pazuello, que participou de transmissão nas redes sociais ao lado do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Pazuello afirmou que normalizar o fornecimento de oxigênio para a cidade é a prioridade do governo federal neste momento.

“A fila para leitos cresce bastante. Já estamos com 480 pessoas na fila. A realidade da diminuição da oferta de O2, não é interrupção, é diminuição da oferta. Há uma redução da oferta, estamos priorizando esse O2 nas UTIs”, afirmou.

Transporte de oxigênio e pacientes pela FAB 

A Força Aérea Brasileira (FAB) começou a transportar oxigênio na forma líquida para aumentar a disponibilidade.

De acordo com o Comando da Aeronáutica, o avião C-130 Hércules que levou 6 cilindros de oxigênio líquido, totalizando 9.300 kg de carga, chegou na madrugada desta sexta a Manaus.

“Outros 25 mil metros cúbicos em isotanques também estão na programação de voos desta semana da FAB, partindo do aeroporto de Guarulhos”, disse o governo estadual.

Além disso, três aviões da FAB são utilizados para levar a outras cidades do país pacientes com Covid-19 internados em Manaus. Os três aviões foram fabricados pela Embraer: dois EMB 145 e um turboélice, o EMB 120, que recebeu o nome comercial de Brasília.

CNN Brasil

AMAZONAS COMEÇA A TRANFERIR PACIENTES COM COVID PARA OUTROS ESTADOS; 10 SERÃO TRANSFERIDOS PARA O RN

A Força Aérea Brasileira (FAB) iniciou nesta sexta-feira (15) a transferência de pacientes com Covid-19 de Manaus, no Amazonas, a outros estados — Foto: FAB/Reprodução

Os 235 pacientes de Manaus que deverão ser transferidos para hospitais de outros estados começaram a ser levados em voos da Força Aérea Brasileira (FAB) na manhã desta sexta-feira (15). O Ministério da Defesa informou que há voos programados ainda hoje para Maranhão, Piauí, Rio Grande do Norte e Paraíba. Hospitais de Goiás, Pernambuco, Ceará e Distrito Federal também deverão receber pacientes.

As transferências ocorrem em meio ao colapso do sistema de saúde amazonense, após recorde das internações por Covid-19 e com uma nova variante do coronavírus circulando no estado. Hospitais do estado ficaram sem oxigênios para pacientes.

De acordo com o Ministério da Saúde, as transferências dos pacientes do Manaus ocorrerão por via aérea, com duas aeronaves da FAB, e já estão garantidos de imediato 149 leitos. São 40 em São Luís (MA), 30 em Teresina (PI), 15 em João Pessoa (PB), 10 em Natal (RN), 20 em Goiânia (GO), 4 em Fortaleza (CE), 10 em Recife (PE) e 20 no Distrito Federal.

No início da manhã desta sexta, nove pacientes embarcaram no primeiro voo da FAB, que partiu da Base Aérea de Manaus para Teresina, como informou o Comandante da Ala 8 da Base Aérea de Manaus, Brigadeiro do Ar Luiz Guilherme da Silva Magarão. Inicialmente, 13 passageiros seriam transferidos, mas quatro estavam instáveis e não puderam viajar.

“A operação aqui com os passageiros envolveu a preparação da aeronave, que é um C-99, para que ela ficasse com oxigênio disponibilizado, e isso limitou a capacidade da aeronave para até 15 pacientes. A operação é delicada, por isso demorou quase uma hora para que a gente conseguisse fazer o embarque dos pacientes nessa missão”, disse Magarão.

Segundo a Secretaria Estadual de Saúde do Amazonas, os primeiros pacientes saíram dos Hospitais e Prontos-Socorros (HPS) 28 de Agosto e Platão Araújo para receber atendimento no Hospital Universitário da Universidade Federal do Piauí (UFPI), em Teresina. Um segundo grupo de 15 pacientes deve ser encaminhado para São Luís, no Maranhão, também nesta sexta-feira.

Os governos federal e do estado não detalharam quantos serão os voos para transferir os pacientes e nem quantos dias esta operação deverá durar.

Manaus voltou a bater o recorde de internações diárias. Nesta quinta-feira (14), foram 254 novas hospitalizações na capital, número mais alto registrado no estado desde o início da pandemia – mesmo com o colapso na rede de saúde vivido entre abril e maio de 2020. Outras quatro internações foram registradas no interior do estado, fazendo o total de casos chegar a 258 no estado.

G1/Amazonas

Topo