PREFEITO DE BREJINHO É DIPLOMADO PELA OITAVA VEZ

O prefeito reeleito do município de Brejinho, João Gomes(MDB), por meio de vídeo conferência foi diplomado nesta quarta-feira(16), obtendo o seu oitavo diploma na vida pública do seu município.

Juntamente com o gestor municipal, foram diplomados o vice-prefeito eleito, Ricardo Paulino, além de sete vereadores, dos nove vereadores eleitos e reeleitos em 15 de novembro.

Após a cerimônia com restrição de convidados e com protocolos para conter o avanço do novo coronavírus, o gestor municipal gravou um vídeo para agradecer ao povo do seu município a conquista de mais um mandato eletivo.

João Gomes foi eleito vereador nos anos de 1988, 1992 e 1996, sendo por três vezes presidente da Câmara Municipal. No ano de 2000 foi eleito vice-prefeito, em 2004 foi convocado para disputar o seu primeiro mandato para o Executivo, obtendo naquele ano uma votação esmagadora, sendo reeleito no ano de 2008, repetindo o feito em 2016, sendo eleito com maioria folgada para o exercício do seu terceiro mandato como gestor municipal e, em 2020, conquistou nas urnas de 15 de novembro o seu oitavo diploma, sendo mais uma vez reeleito prefeito de Brejinho.

PREFEITO ELEITO DE MOSSORÓ É DIPLOMADO

A Justiça Eleitoral realizou ato de diplomação nesta quarta-feira (16) do prefeito de Mossoró Allyson Bezerra (Solidariedade) e do vice-prefeito Fernandinho (PSD). A solenidade aconteceu no Fórum Desembargador Silveira Martins. Allyson e Fernandinho foram eleitos com 65.297 votos.

“Mossoró pode esperar muito trabalho e disposição da nossa parte, temos uma equipe técnica e capacitada para servir ao povo de Mossoró. Teremos, de fato, mudança para Mossoró a partir de 1º de janeiro”, declarou Allyson ao receber das mãos do Juiz da 34ª Zona Eleitoral Vagnos Kelly Figueiredo de Medeiros o documento que oficializa sua diplomação como prefeito de Mossoró.

Além do prefeito e vice eleitos, foram diplomados 23 vereadores e suplentes.

 

CÂMARA APROVA SUSPENSÃO DE DÍVIDAS DE CLUBES DE FUTEBOL NA PANDEMIA

Foto: Reprodução

Deputados rejeitaram alterações feitas no Senado

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira (16) o Projeto de Lei 1013/20, que suspende, durante a pandemia de Covid-19, os pagamentos das parcelas devidas pelos clubes ao Programa de Modernização da Gestão e de Responsabilidade Fiscal do Futebol Brasileiro (Profut). A proposta segue para sanção presidencial.

Na votação, o Plenário rejeitou três emendas do Senado, seguindo recomendação do relator, deputado Marcelo Aro (PP-MG). Entre as alterações do Senado estava a volta da assistência a ex-atletas e atletas em formação, que foi revogada na proposta aprovada pela Câmara.

Os deputados também rejeitaram uma emenda que exigia a manutenção de empregos como condição para o clube ter acesso ao benefício de suspensão dos pagamentos do Profut. A terceira emenda do Senado impunha critérios técnicos e científicos para o adiamento de jogos por motivo de saúde coletiva.

Fonte: Agência Câmara de Notícias

MP E ROSALBA ENTRAM COM AÇÕES DE ABUSO DE PODER ECONÔMICO E POLÍTICO CONTRA PREFEITO ELEITO DE MOSSORÓ, ALYSSON BEZERRA

Foto: Reprodução: Alysson Bezerra

O prefeito eleito de Mossoró, Alysson Bezerra, é alvo de duas ações de investigação judical eleitoral movidas pelo Ministério Público e pela candidatas derrotada no pleito municipal, Rosalba Ciarlini. As ações apontam supostas condutas de irregularidades durante o período da campanha eleitoral. Na ação do MP Eleitoral, Alysson Bezerra é acusado de abuso de poder político.

Na ação do MP Eleitoral, Alysson Bezerra é acusado de abuso de poder político. “Durante o período da “pre-campanha” eleitoral, o então candidato Allyson Leandro Bezerra da Silva efetuou diversas postagens patrocinadas, o que ensejou na propositura da representação eleitoral (processo n. 0600026-82.2020.6.20.0033) visando ao reconhecimento da propaganda eleitoral extemporânea, com a consequente imposição da multa prevista no ordenamento jurídico”, diz a peça que menciona dados de IPs de computadores do gabinete do então deputado estadual.

Ao fim, o órgão ministerial pede o “julgamento procedente da presente demanda com a imposição aos réus das sanções de cassação de registro de candidatura, bem como de inelegibilidade para as eleições que se realizarem nos 8 (oito) anos subsequentes à eleição ocorrida em novembro passado e a convocação de novas eleições, na forma do art.224, §3º, do Código Eleitoral”.

Enquanto a ação movida pela candidata Rosalba Ciarlini menicona acusações de uso de servidor público na campanha eleitoral, recursos públicos para o financiamento eleitoral e doação estimável de pessoa jurídica no financiamento.

A peça assinada pelo advogado Canindé Maia aponta dados e circunstâncias, que segundo a defesa, “não restam dúvidas das irregularidades insanáveis, que macularam toda a campanha eleitoral dos representados, como demonstram os fatos narrados, configurando claro abuso de poder político e econômico”. A peça também pede condenação de prefeito e você eleitos.

Justiça Potigiuar

LIBERTADORES: SANTOS VAI À SEMI COM BENÇÃO DE PELÉ E GOL RELÂMPAGO

Foto: ivan Storti/Santos/Direitos Reservados

Alvinegro atropela Grêmio com brilho de Kaio Jorge, autor de dois gols

Com muita intensidade, dois gols relâmpagos (um deles com menos de 15 segundos de bola rolando) e atuação inspirada do atacante Kaio Jorge, o Santos pavimentou o caminho a mais uma semifinal da Libertadores. Nesta quarta-feira (16), na Vila Belmiro, em Santos (SP), o Peixe goleou o Grêmio por 4 a 1 e segue brigando pelo quarto título da mais importante competição da América do Sul.

Horas antes de a bola rolar, o elenco santista recebeu o apoio do maior ídolo da história do clube: Pelé, bicampeão da América e Mundial pelo Alvinegro em 1962 e 1963. “Hoje é dia de mandar aquela bênção e energia positiva para os jogadores, para irmos juntos rumo ao tetra da Libertadores”, escreveu o Rei do Futebol em seu perfil no Instagram.

Por: agenciabrasil.ebc.com.br

GOVERNADORA RESSALTA A IMPORTÂNCIA DE EFETIVAR PLANO DE VACINAÇÃO

Em reunião no Ministério da Saúde, na tarde desta quarta-feira (16), com a participação de representantes do Fórum dos Governadores, foi definida uma data para o início da vacinação contra a Covid-19 em todo o país: dia 20 de janeiro.

A governadora Fátima Bezerra, participou do encontro e ressaltou a necessidade de supervisionar e cobrar a efetivação do plano por parte da União.

“A reunião foi muito proveitosa. Segundo o Ministério da Saúde, já está em tratativa a assinatura de um contrato entre o Governo Federal e o Instituto Butantan para a aquisição de 46 milhões de doses de vacina, e desse aporte, cerca de 9 milhões começariam a ser aplicadas a partir do dia 20 de janeiro [2021]. Ao mesmo tempo, a Fiocruz adiantou o seu calendário para iniciar com 15 milhões de doses a partir de fevereiro, e o Ministério também tem negociações com a Pfizer. Então, é importante informar que hoje avançamos no sentido de ter um Plano Nacional de Imunização”, destaca a governadora Fátima Bezerra.

Já está sendo editada uma medida provisória para a aquisição das doses e também de insumos e demais materiais para a logística de armazenamento e distribuição das vacinas que sejam certificadas pela Agência de Vigilância Sanitária. A secretária adjunta de Estado da Saúde Pública do Rio Grande do Norte, Maura Vanessa Silva Sobreira, destacou que o Ministério também definiu os grupos prioritários para a aplicação da vacina, incluindo idosos e profissionais da saúde. “Com um plano e um calendário, já podemos pensar na imunização desses grupos, o que é primordial para que o País avance nas próximas etapas. O intuito do Governo do Estado é garantir proteção para toda a população”, destacou.

Também participaram da reunião membros do Conselho Nacional de Secretários de Saúde e do Conselho Nacional de Secretarias de Saúde.

 

VACINAÇÃO CONTRA COVID-19 PODE COMEÇAR EM FEVEREIRO, DIZ PAZUELLO

 O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, voltou a afirmar hoje (16) que, no Brasil, a campanha de vacinação contra o novo coronavírus poderá começar em fevereiro de 2021 caso os laboratórios farmacêuticos cujas vacinas estão em fase adiantada de produção cumpram todas as etapas burocráticas até o fim deste ano.

“Se mantido o que o Instituto Butantan e a Fiocruz previam, ou seja, se a fase 3 dos estudos e toda a documentação das fases 1 e 2 forem apresentados e os registros das vacinas forem solicitados à Anvisa ainda em dezembro, nós, possivelmente, teremos as vacinas em meados de fevereiro para dar início ao plano [de imunização]”, declarou Pazuello a jornalistas após participar do lançamento do Plano Nacional de Operacionalização da Vacina contra a Covid-19, no Palácio do Planalto, em Brasília.

Pazuello lembrou que, além do habitual trâmite de aprovação de medicamento, no qual a Anvisa precisa atestar a integral eficácia e segurança dos produtos a partir da análise minuciosa dos resultados de testes relatados pelos fabricantes, os laboratórios também podem pedir uma autorização para o uso emergencial, o que, se aprovado, lhes permitirá atender a um reduzido grupo de pessoas, conforme autorizado.

“O normal é o [processo de] registro em que, no caso de uma vacina produzida no Brasil, a Anvisa tem de avaliar toda a documentação e dar garantias da segurança do imunizante. Mas precisamos compreender que, dentro da pandemia, dada a velocidade de desenvolvimento de vacina, estamos diante de um outro modelo, que é o de uma autorização de uso emergencial que permita aos laboratórios distribuir vacinas a grupos específicos mesmo sem a conclusão dos testes clínicos e da avaliação de completa eficácia e de [possíveis] efeitos colaterais”, acrescentou o ministro, enfatizando que, nos Estados Unidos e no Reino Unido, o uso da vacina desenvolvida pela Pfizer foi autorizado em regime emergencial, antes que a empresa obtivesse o registro definitivo do produto.

O ministro enfatizou que não há registro de vacina contra a covid-19 em nenhuma agência reguladora no mundo todo. “E, no Brasil, não há nem solicitação de registro, nem pedido de uso emergencial. Se um laboratório nacional ou estrangeiro solicitar e obtiver da Anvisa a autorização de uso emergencial, estudaremos que grupos poderão receber a vacina em quantidades limitadas”, assegurou Pazuello, explicando que somente em um eventual caso de uso emergencial poderá ser exigida a assinatura de um termo de responsabilidade.

“Durante as campanhas de vacinação as pessoas não chegam a um posto de vacinação e assinam um termo de consentimento para tomar a vacina. Já o uso emergencial não é como uma campanha. Ele fica limitado a grupos específicos, que são voluntários. Logo, se um laboratório solicitar e a Anvisa autorizar o uso emergencial de alguma vacina [antes que ela tenha cumprido todas as etapas burocráticas prévias ao registro], as pessoas que participarem terão sim que assinar o termo de consentimento. E somente nestes casos”, explicou o ministro, voltando a dizer que, no que depender do Ministério da Saúde, a vacinação não será obrigatória.

“Não haverá obrigatoriedade por parte do governo federal em hipótese alguma, e sim campanhas que apresentem a todos o melhor a ser feito. A garantia [de eficácia e segurança] é o que vai fazer com que as pessoas sejam voluntárias”, ponderou o ministro, garantindo que, graças a capilaridade do Sistema Único de Saúde (SUS) e a estrutura do Programa Nacional de Imunização, em vigor desde 1973, o governo federal tem condições de distribuir as vacinas para os estados em um prazo de cinco dias após receber as primeiras doses.

CAICÓ COMEMORA 152 ANOS DE EMANCIPAÇÃO POLÍTICA

Nesta quarta-feira(16),  Caicó comemora  o aniversário de 152 anos de emancipação política do município. O prefeito Robson de Araújo (Batata) prestou sua homenagem à cidade.

“Neste dia em que celebramos 152 de Emancipação Política, queremos expressar a nossa gratidão a todos os caicoenses e aqueles que contribuíram para o desenvolvimento da cidade desde a sua criação até os dias atuais.

Caicó, cidade importante do Seridó e reconhecida mundialmente por várias potencialidades e com a marca forte da hospitalidade do seu povo, que mesmo em tempos de pandemia mostra a sua força, o seu amor pela cidade e vislumbra a certeza que vamos vencer esse grande obstáculo (coronavírus) que se alastrou por todo o mundo e que contribuiu para tirar a vida de muitos.

É tempo de esperança e que possamos vencer os novos desafios que surgem a cada dia e estaremos dispostos a servir ao lado de todos que acalentam sonhos e desejam construir, com muito trabalho e dedicação, um futuro melhor para nosso povo e para todas as gerações que virão”.

Que Deus abençoe o nosso povo! Parabéns Caicó!

Robson de Araújo (Batata)

Prefeito de Caicó

BRASIL REGISTRA 936 ÓBITOS E 70 MIL CASOS NAS ÚLTIMAS 24H

O Ministério da Saúde divulgou os dados mais recentes sobre o coronavírus no Brasil nesta quarta-feira (16). Foram registrados  936 óbitos nas últimas 24h, totalizando 183.735 mortes. São 70.574 novos casos de coronavírus registrados, no total 7.040.608 pessoas já foram infectadas.

O número total de recuperados do coronavírus é 6.132.683, com o registro de mais 64.821 pacientes curados. Outros 724.190 pacientes estão em acompanhamento.

COVID-19 ESTÁ EM 161 POVOS INDÍGENAS NO BRASIL

De acordo com dados atualizados da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib), o total de casos confirmados de covid-19 entre indígenas chegou a 42.019, enquanto o de óbitos é de 893. O levantamento feito pela entidade revela que o novo coronavírus circula entre comunidades de 161 povos.

Pela contagem do Ministério da Saúde, foram registrados, até as 17h da terça-feira (15), 36.124 casos confirmados da doença. O governo federal contabiliza ainda 501 óbitos.

A diferença entre números apresentados pelo governo federal e a Apib resulta dos critérios adotados por cada um deles. O Ministério da Saúde não contabiliza as contaminações pelo novo coronavírus entre indígenas não aldeados e que vivem em contexto urbano.

Fonte: Agência Brasil

CAJUEIRO DE PIRANGI COMPLETA 132 ANOS NO PRÓXIMO DOMINGO (20)

No próximo domingo (20), o Cajueiro de Pirangi completa 132 anos de existência. Para comemorar, a administração do local programou uma missa de Ação de Graças, às 9h, na Igreja São Sebastião, em Pirangi. A missa será celebrada pelo Padre Cidinei Firmino da Silva.

A gestora do Cajueiro, Marígia Madje, fala que haverá uma comemoração intimista, visando a não aglomeração e obedecendo às medidas de biossegurança. “O Cajueiro de Pirangi é um equipamento turístico importantíssimo para nós, e além disso, possui um valor histórico e cultural muito grande para os potiguares, principalmente para os moradores das comunidades do entorno. Não podemos deixar de celebrar uma data tão significativa”.

Nesse dia, a entrada será gratuita, entretanto, os protocolos de segurança serão mantidos. Em razão da pandemia, as instalações do Cajueiro estão preparadas para receber um número de 50 visitantes por vez.

Além da missa, a equipe preparou um parabéns simbólico no tronco principal da árvore, tocado pelo músico Alexsandro Araújo.

“O Cajueiro até ganhou um bolo de aniversário, um presente do Dr. Castanha, que todos os anos participa das festividades e que é um personagem símbolo do Cajueiro de Pirangi”, afirma a gestora Marígia.

DANIEL MARINHO É DIPLOMADO PREFEITO DE NÍSIA FLORESTA PELA SEGUNDA VEZ

Juiz Eleitoral Tiago Neves Câmara, prefeito Daniel Marinho e Raissa Costa / Fotos: Reprodução

Em uma cerimônia com restrição de convidados e medidas de segurança  para conter o avanço do novo coronavírus, o prefeito reeleito do município de Nísia Floresta, Daniel Marinho(PSDB), foi diplomado juntamente com a vice-prefeita eleita Marize Leite e os onze vereadores eleitos e reeleitos no pleito de 15 de novembro.  A solenidade foi realizada na tarde desta quarta-feira(16), no Fórum Desembargador Félix de Araújo Bezerra Galvão, localizado no centro da cidade.

Os candidatos eleitos e diplomados assumirão seus mandatos a partir do primeiro dia de janeiro de 2021, com o desafio de superar adversidades e conduzir o Município no caminho do desenvolvimento econômicos e social.

Daniel Marinho exerceu seu primeiro mandato eletivo em Nísia Floresta como vereador em 2013, sendo eleito prefeito pela primeira vez no ano de 2016 e, em 2020, reconduzido ao cargo de gestor municipal, devendo administrar o Município pelos próximos quatro anos.

VÍDEO: ESSA DAÍ É CHATA, ESSA É UM PORRE’, DIZ SECRETÁRIO DO MINISTÉRIO APÓS JORNALISTA SER ANUNCIADA

Foto: Sérgio Lima/Poder360

O microfone do secretário de Vigilância Sanitária e Saúde, Arnaldo Medeiros, captou nesta 4ª feira (16.dez.2020) o momento em que ele diz “essa daí é chata” imediatamente após ser anunciado o nome de uma repórter do Poder360 em cerimônia no Palácio do Planalto. O episódio ocorreu durante entrevista para apresentação do Plano Nacional de Imunização contra a covid-19.

No áudio que vazou durante a transmissão oficial do evento, Medeiros diz: “Afe, essa daí é chata, viu? Essa é um porre”.

A declaração foi feita momentos depois de a jornalista Valquiria Homero, do Poder360, ser anunciada como a próxima a fazer perguntas aos representantes do governo. Minutos antes, o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, havia respondido a perguntas de outra repórter, Natália Cancian, da Folha de S.Paulo.

A assessoria de imprensa do Ministério da Saúde nega que o secretário estivesse se referindo às repórteres. Disse que a declaração foi um comentário de Arnaldo Medeiros a um texto que ele havia lido no celular momentos antes de a jornalista do Poder360 ser anunciada.

Fonte: Poder360

SENADO APROVA SALÁRIO MÍNIMO DE R$ 1.088,00

Foto: Marcello Casal Jr/ABr

Logo após a Câmara dos Deputados aprovar o texto-base da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2021, em votação rápida e simbólica (sem registro de votos no painel eletrônico), a proposta foi aprovada no Senado e agora segue para sanção presidencial. A LDO define as metas e prioridades do governo para o ano seguinte, orienta a elaboração da lei orçamentária anual e fixa limites para os orçamentos dos poderes Legislativo e Judiciário e do Ministério Público.

Na proposta, consta a correção do salário mínimo para R$ 1.088 a partir de janeiro. Atualmente, o salário mínimo é de R$ 1.045. Foi feita apenas a correção com base na previsão da inflação acumulada no ano, de acordo com o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC). Não houve, portanto, aumento real. A regra que previa aumento real, o aumento acima da inflação, deixou de vigorar no ano passado.

Agência Brasil

VISITAS SÃO SUSPENSAS EM ALCAÇUZ APÓS PRESO SER DIAGNOSTICADO COM COVID-19

A Secretaria da Administração Penitenciária (Seap) suspendeu nesta quarta-feira, dia 16, as visitas presenciais na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, em Nísia Floresta. A medida foi tomada após a confirmação de um interno infectado pelo novo Coronavírus. O preso apresenta sintomas leves e está isolado para tratamento. As visitas virtuais para que os familiares se comuniquem remotamente com os privados de liberdade estão mantidas.

O sistema prisional do RN tem 10.725 detentos e nove internos confirmados com o Covid-19. O preso infectado é acompanhado pela equipe de Saúde Prisional de Alcaçuz. A direção da unidade informou a testagem positiva ao Comitê de Crise da Seap que, atendendo a Resolução Interadministrativa 04, determinou a suspensão imediata das visitas presenciais em toda a unidade.

As celas e ambientes de uso comum de Alcaçuz foram desinfectados com uso de saneantes e todas as medidas e protocolos de combate ao Covid-19 foram seguidos. A Seap determinou a fiscalização do uso de equipamentos de proteção individual por servidores e internos, além dos protocolos de segurança sanitária contra o Covid-19, em todas as unidades do RN.

Fonte: Portal Agora RN

Topo