JUSTIÇA NEGA PEDIDO DA DEFESA E MANTÉM PRISÃO DE CRISTIANE BRASIL

O presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, Claudio de Mello Tavares, negou os pedidos de liberdade feitos pela defesa da ex-deputada federal Cristiane Brasil, em decisão publicada neste domindo (20).

Ela é acusada de envolvimento no desvio de mais de R$ 30 milhões, entre 2013 e 2018, em contratos de assistência social no governo do estado e na prefeitura do Rio.

Cristiane Brasil é filha do presidente nacional do PTB, o ex-deputado Roberto Jefferson, e pré-candidata a prefeita do Rio de Janeiro. Em vídeo nas redes sociais, antes de se entregar à polícia para ser presa, a política afirmou que a operação teria a intenção de prejudicar a sua candidatura.

Na sexta-feira (18), o ministro Joel Ilan Paciornik, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), havia determinado que o TJRJ decidisse, em 24 horas, sobre o pedido de relaxamento da prisão da ex-deputada.

Na decisão deste domingo, além de negar a soltura de Cristiane Brasil, Mello Tavares indeferiu o pedido alternativo da defesa, que seria de prisão domiciliar para ela.

CNN Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Topo