FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS, QUE SERÁ A RESPONSÁVEL PELO CONCURSO DA POLÍCIA CIVIL DO RN

Após mais de dez anos sem renovação dos quadros da Polícia Civil do RN (PCRN), a governadora Fátima Bezerra anunciou a realização de concurso público para o órgão. Nesta sexta-feira (23), a gestora estadual assinou o contrato com a Fundação Getúlio Vargas, que será a responsável pelo processo seletivo, ao lado do vice-governador Antenor Roberto, da Delegada-geral Ana Cláudia Saraiva, e da representante da Comissão Especial do Concurso, a delegada de polícia Paoulla Maués.

Serão oferecidas 301 vagas no total, sendo 47 para delegados, 24 vagas para escrivães e 230 para agentes. A expectativa é de que aproximadamente 50 mil pessoas se inscrevam no edital. Para dar celeridade ao processo, a governadora determinou que a responsabilidade pela condução do trâmite fosse da própria Polícia Civil. O Curso de Formação, conforme previsto pela Lei nº 270/2004, ficará a cargo da Polícia Civil.

Segundo a Comissão Especial do Concurso, em princípio, haverá reserva de vagas para deficientes em todos os cargos, em razão da exigência da lei. A previsão é que o curso de formação ocorra em 2021 e a convocação no ano de 2022.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Topo