POLÍCIA CIVIL DEFLAGRA OPERAÇÃO PC167 – 2020 E PRENDE 97 PESSOAS NO RN

Foto: divulgação/Polícia Civil/RN

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte deflagrou, nesta quinta-feira (26), a “Operação 167 – 2020”, com o objetivo de cumprir mandados de prisão: preventiva, temporária e condenatória, em desfavor de suspeitos de praticarem crimes de homicídios, tráfico de drogas, roubos, furtos, porte ilegal de arma de fogo, entre outros. Ao todo, 97 pessoas foram presas até o momento em todo o estado do Rio Grande do Norte. O título da operação faz menção aos 167 municípios potiguares e mobilizou unidades da capital e do interior.

Das 97 prisões, 42 foram decorrentes da prática de crimes de roubo; 22 por tráfico de drogas; 13 por homicídios e quatro por crimes cometidos no contexto de violência doméstica. Foram presas cinco pessoas em flagrante delito e cumpridos 15 mandados de prisão no sistema prisional.

Natal e Grande Natal

Na capital e Grande Natal, efetuaram prisões as seguintes unidades policiais: Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Delegacia Especializada de Narcóticos (DENARC), Delegacia Especializada em Capturas e Polinter (DECAP), Delegacia Especializada de Defesa da Propriedade de Veículos e Cargas (DEPROV), Delegacia Especializada em Acidentes de Veículos (DEAV), as 15 Delegacias Distritais de Natal, além das duas Delegacias Distritais de Parnamirim e as Delegacias Municipais de Macaíba e São José de Mipibu.

Interior

No interior, as prisões foram realizadas pelas seguintes unidades policiais: Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (DEFUR) e Delegacia Especializada em Narcóticos (DENARC) de Mossoró; Delegacias Municipais de: Acari, Baraúna, Caicó, Goianinha, Jucurutu, Parelhas, São Paulo do Potengi, Tangará e Touros, além das 1ª, 6ª, 9ª e 10ª Delegacias Regionais de Polícia (DRP).

Os presos foram encaminhados ao sistema prisional, onde ficarão à disposição da Justiça. A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Topo