Estradas do RN: Apenas 30 km sao classificados como ‘ótimos’; 650 km são ruins ou péssimos, aponta CNT

Foto: Foto: Inter TV Cabugi/Reprodução

O levantamento anual realizado pela Confederação Nacional do Transporte (CNT) em 2023 apontou que a malha de rodovias federais e estaduais do Rio Grande do Norte enfrenta graves problemas.

Dos 1.879 km de estradas pesquisados, apenas 30 km são classificados como “ótimo”, todos pertencentes às rodovias federais. Por outro lado, quase 650 km são considerados ruins ou péssimos.

As rodovias estaduais são as mais afetadas. Cerca de 70% da extensão pesquisada, ou seja, 243 km, foi classificada como péssima. Além disso, 15,7% estavam em condições ruins e apenas 14,9%, equivalentes a 54 km, eram consideradas regulares.

É importante ressaltar que não há nenhum trecho de rodovia estadual no Rio Grande do Norte classificado como “bom” ou “ótimo”. Em quase 80% dos trechos pesquisados nas RNs, a geometria das pistas foi avaliada como de qualidade péssima.

Essa situação tem um impacto significativo na economia local. O custo operacional de empresas e famílias que dependem dessas estradas aumenta em 71%, índice que pode desestimular a atividade econômica e encarecendo produtos e serviços.

Portal 96FM

Traumatizados, cachorrinhos não param de nadar mesmo após terem sido tirados da água no Rio Grande do Sul

Foto: Reprodução

Um vídeo compartilhado nas redes  mostra um cachorrinho, resgatado das enchentes no Rio Grande do Sul (RS), “nadando” mesmo estando fora da água. Nas imagens, o animal  estava no colo de uma pessoa, mas continuava a fazer movimentos de nado.

Voluntária diz que cachorros resgatados ficam traumatizados. “A gente levanta e eles ficam nadando no ar. Cada cachorro que sai do barco fica por horas assim”.

Em um outro  vídeo, o cachorro resgatado faz o movimento para continuar nadando enquanto é carregado por uma voluntária. Pelo menos 20 mil animais já foram resgatados desde o início das chuvas no Rio Grande do Sul, segundo a Secretaria de Habitação e Regularização Fundiária.

Pets resgatados são direcionados para abrigos, lares temporários e ONGs. Governo do RS disponibilizou caixas de transporte pet, ração, chips e insumos para atendimento, além de veículo, barco e suporte logístico para acesso da equipe às regiões alagadas.

Choquei/TNH1

Sem conseguir chegar até o local, voluntários incentivam cão a nadar

Foto: Reprodução

Mais um resgate emocionante de um cãozinho em meio as enchentes do Rio Grande do Sul. Dessa vez, o pet estava preso dentro de casa, teve que sair por uma janela quebrada, enquanto os voluntários incentivavam o dog a nadar.

Agoniado e com medo, o cachorro conseguiu sair por um vidro quebrado de uma janela. Os voluntários do lado de fora do portão gritavam comandos para o doguinho até o momento que conseguem fazer o resgate e comemorarem.

O incidente ocorreu em um dos muitos municípios afetados pelas enchentes causadas por fortes chuvas e pelo transbordamento de rios na região. Os voluntários, dedicados e incansáveis, utilizaram diversos métodos para tranquilizar e encorajar o cachorro a nadar até um local seguro. Apesar do medo, o cãozinho conseguiu sair pela janela quebrada e nadar até os braços dos salvadores, que comemoraram o sucesso do resgate.

Este resgate é apenas um entre muitos outros realizados por voluntários e forças-tarefa locais, que têm trabalhado incessantemente para salvar tanto pessoas quanto animais das áreas alagadas.  

As enchentes no Rio Grande do Sul já resultaram em várias mortes e deixaram milhares de desabrigados, destacando a importância de ações rápidas e coordenadas para minimizar as tragédias.

Maioria dos brasileiros acha que Lula não merece mais uma chance como presidente em 2026

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A maioria dos brasileiros avalia que, hoje, pouco antes de completar um ano e meio de seu mandato, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) não merece mais uma chance como presidente nas eleições de 2026. De acordo com dados da pesquisa Genial/Quaest divulgada nesta segunda-feira, 13, são 55% os que rejeitam um novo mandato para Lula, enquanto 42% acham que o petista merece mais uma chance. Os que não souberam ou não responderam são 3%.

A pesquisa foi realizada com 2.045 eleitores, de forma presencial, entre os dias 2 e 6 de maio. A margem de erro do levantamento é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos, e o nível de confiança é de 95%.

Segundo o levantamento, a única região em que a maioria do eleitorado defende que Lula tenha nova oportunidade em 2026 é o Nordeste, onde 60% apontaram essa opção e 38% rejeitaram a hipótese.

A situação de Lula é mais difícil no Sudeste, onde os que rejeitam uma nova chance ao petista são 63%. Em contrapartida, 33% defendem que ele merece uma nova chance. No Sul, são 59% os que também rejeitam uma nova eleição de Lula, enquanto 39% apoiam. No conjunto as regiões Centro-Oeste e Norte, são 58% os que defendem que Lula não merece nova chance e 37% os que apontam o contrário.

Apesar de Lula ter resultado melhor entre as mulheres, também entre elas 52% rejeitam um novo mandato ao petista (são 59% entre os homens), e 45% os que apoiam (38% no eleitorado masculino).

Lula tem maioria de apoio na faixa de renda até 2 salários mínimos (54% a 43%) e na faixa de ensino fundamental (54% a 44%). Por outro lado, tem resultado bem piores na faixa até cinco salários mínimos (66% contrários e 29% favoráveis) e no ensino superior (63% a 32%).

Mesmo entre os eleitores do petista há uma parcela que não quer uma nova chance a Lula. Enquanto 74% dos que votaram no presidente no segundo turno defendem outra oportunidade, 23% rejeitam essa hipótese. Naturalmente, a insatisfação é maior entre os eleitores de Bolsonaro. Nesse grupo, 93% acham que Lula não merece nova chance e 6% defendem que merece. Por fim, entre aqueles que votaram em branco, nulo ou não foram votar, 63% rejeitam um novo mandato para Lula e 31% apoiam.

Informações: Terra

Ministra Margareth Menezes quer que “linguagem neutra” entre na pauta do Congresso

Ricardo Stuckert/Divulgação

O Ministério da Cultura anunciou 30 propostas para discussão no Congresso Nacional como parte do novo Plano Nacional de Cultura. Uma das propostas — talvez a mais polêmica — é um programa que determina que estudantes, educadores e gestores terão “formação para uso da linguagem neutra”.

Segundo o portal Veja, caso a medida seja aprovada, as palavras “todos” e “todas”, por exemplo, seriam substituídas por “todes”. “Menino” e “menina” dariam lugar a “menine”.

O projeto tem dividido opiniões, em ênfase entre os conservadores. O deputado Nikolas Ferreira (PL-MG), presidente da Comissão de Educação da Câmara dos Deputados, conseguiu aprovar uma lei que proíbe o uso da “linguagem neutra” nas escolas.

O programa da “linguagem neutra” foi uma das propostas aprovadas em um evento em Brasília, com a participação de mais de 4 mil pessoas dos setores artístico e de entretenimento. O presidente Lula (PT) esteve presente no ato e discursou aos progressistas.

Além do projeto da “linguagem neutra”, a secretaria de Cultura propõe que os programas educacionais recebam financiamento por uma parcela dos impostos sobre a renda de pessoas físicas e jurídicas. O fundo visa promover a “diversidade de linguagens e assegurar a inclusão universal nos processos educativos e culturais”.

Bnews

Lula dá bronca em prefeito por ausência em inauguração: ‘Deveria ter vergonha’

Foto: Reprodução/Youtube

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) reclamou da ausência do prefeito do município baiano de Teixeira de Freitas, Marcelo Belitardo (União), na inauguração de um hospital estadual nesta sexta-feira, 10. Lula afirmou que o chefe do Executivo municipal deveria “ter vergonha” e estar sentado no palanque para agradecer a ele e ao governador da Bahia, Jerônimo Rodrigues (PT).

“Eu não o conheço. Não sei se ele é baixo, se ele é alto, se ele é preto, se ele é branco, se ele é gordo ou é magro. Eu não o conheço. Eu só quero dizer para vocês que é uma falta de respeito do prefeito não estar aqui agora na inauguração. Agradecendo ao governador Jerônimo por ter feito um hospital aqui. Agradecendo ao Lula pelo hospital aqui, pelas escolas técnicas”, afirmou.

Lula ainda afirmou ser um “orgulho” a inauguração do hospital na cidade do prefeito que, segundo o presidente, é adversário dele e do governador baiano. “É por isso, Jerônimo, que eu tenho orgulho de ver um caboclo negro (em referência ao chefe do Executivo estadual) inaugurar um hospital de R$ 200 milhões em uma cidade onde o prefeito é contra nós”, disse.

“Eu jamais ia perguntar de que partido ele é, eu jamais ia perguntar se ele é torcedor do Bahia ou do Vitória, eu jamais ia perguntar se ele é católico ou evangélico. Ele tinha que ter vergonha e estar sentado aqui, agradecendo o que nós estamos fazendo aqui, que é para cuidar de vocês”, completou o presidente.

Informações; Terra

Incêndio atinge restaurante em Mossoró; Bombeiros apontam curto-circuito

Foto: Divulgação/CBMRN

Um restaurante localizado no bairro de Nova Betânia, em Mossoró, na região Oeste do Rio Grande do Norte, foi atingido por um incêndio durante a tarde do domingo (12). No momento, não havia pessoas no local. De acordo com o Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte (CBMRN), o combate às chamas durou aproximadamente uma hora. A proporção do fogo causou danos severos estruturais, e em móveis e eletros.

A ocorrência foi registrada por volta das 14h15. O cenário encontrado pelo Corpo de Bombeiros indica que o foco tenha iniciado a partir de um curto-circuito na cozinha do estabelecimento.

Em nota, o restaurante informou que permanecerá fechado para se organizar e preparar o retorno às atividades. Além disso, ressaltou que os danos registrados foram apenas materiais. Confira:

“Infelizmente neste domingo fomos surpreendidos com um incêndio acidental em nosso restaurante. Com rapidez, foi acionado o Corpo de Bombeiros e agilmente, o fogo foi contido. Houve apenas danos materiais e ninguém ficou ferido.

Por essa razão, o Bambinos Nova Betania ficará fechado para que possamos nos organizar e preparar um grande retorno para nossos clientes. Agradecemos todas as mensagens de apoio e também ao Corpo de Bombeiros pelo excelente trabalho.”

Em caso de incêndio, os Bombeiros ressaltam a importância de ligar com urgência para 193.

Tribuna do Norte

Calamidade: chegada de frio intenso deve piorar situação dos gaúchos

Foto: Jefferson Bernardes/Getty Images

O Rio Grande do Sul, em meio às fortes chuvas, passará por um período de frio intenso que vai ocorrer, segundo Vinícius Lucyrio, meteorologista da Climatempo, ao longo desta semana, “principalmente a partir de segunda (13/5) à noite, na terça, quarta e até a manhã de quinta (16/5)”.

Em meio ao acúmulo de águas nas ruas e à queda nas temperaturas, a população do estado também precisa se alertar para as doenças que podem surgir.

Vinícius Lucyrio explica que “o Rio Grande do Sul deve enfrentar as temperaturas mais baixas do ano até este momento, inclusive tem possibilidade de geada em várias áreas do estado, especialmente no sul, na campanha gaúcha, e também em áreas da serra. Mas as temperaturas já voltam a subir de forma mais lenta ali na quinta-feira, quando as temperaturas mais baixas devem ficar mais para o extremo sul e leste do estado”.

Metrópoles

Oficiais do exército são vistos ilhados em caminhões no Rio Grande do Sul

Foto: Reprodução

O gaúcho Fernando Castro registrou oficiais do exército ilhados em cima de caminhões durante a enchente que atinge o Rio Grande do Sul.

No vídeo, Fernando passa de barco por cerca de três caminhões do exército com oficias das forças armadas ilhados. A água cobre boa parte dos veículos.

Metrópoles

Quem era Amália Barros, deputada amiga de Michelle Bolsonaro, que morreu aos 39 anos

Foto: Gabriel Silva/Ato Press/ Estadão Conteúdo

Eleita deputada federal por Mato Grosso com 70.294 votos, em 2022, Amália Barros (PL) morreu na madrugada deste domingo (12) aos 39 anos. Formada em jornalismo, atuou como produtora de televisão no Grupo Bandeirantes de Comunicação. Aos 20 anos, perdeu a visão do olho esquerdo por conta de uma infecção (toxoplasmose) e, depois de passar por 15 cirurgias, teve que removê-lo e optou pelo uso de uma prótese ocular. A experiência a conduziria para a política nos anos seguintes.

A parlamentar, que também atuava como vice-presidente do PL Mulher, era amiga e uma das aliadas da ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro (PL). Durante o governo de Jair Bolsonaro (PL), Amália se dedicou à aprovação da Lei. 14.126/2021, que classificou a visão monocular como deficiência sensorial. Em 2021, ela também fundou o Instituto Amália Barros, renomeado mais tarde como Instituto Nacional da Pessoa com Visão Monocular, que fornece próteses oculares e assistência social aos monoculares.

No ano passado, Amália ficou conhecida nacionalmente após Michelle pedir para que ela retirasse sua prótese ocular antes de discursar durante evento do PL Mulher em João Pessoa (Paraíba). Após a parlamentar retirar a prótese, a ex-primeira-dama guardou o objeto no bolso.

“Ela vai contar agora pra vocês o porquê de ela ser uma mulher que faz acontecer. Mas eu quero você sem prótese. Eu amo vê-la sem prótese, gente. Eu sei que o seu trabalho é esse, amiga. Deixa eu segurar seu olho”, disse Michelle à época.

A ex-primeira-dama foi criticada nas redes sociais pelo episódio, porém a própria Amália saiu em sua defesa na época, afirmando que não se sentiu constrangida com o pedido. “A minha relação com a Michelle é uma relação de amizade, de intimidade. Tirar a minha prótese nunca vai me constranger”, afirmou.

Amália nasceu em 22 de março de 1985, em Mogi Mirim, a 170 quilômetros da capital paulista. Filha de Maria Helena e Albino, Amália era a caçula da família, com apenas um irmão seis anos mais velho, o João Manoel. Em seu livro, Se Enxerga (2021), a deputada conta que durante a infância e adolescência foi “uma menina que as pessoas chamam de mimada”.

Com informações de Estadão Conteúdo

Vídeo: Carro invade interdição e cai em cratera em bairro de Natal

Foto: Gustavo Brendo/Inter TV Cabugi

Câmeras de segurança registraram o momento em que condutor de um veículo derrubou manilhas e faixas de isolamento e o carro que ele dirigia caiu em uma cratera na Zona Norte de Natal, na madrugada deste domingo (12). O acidente foi ocorreu por volta das 3h, no cruzamento da Avenida Maranguape com a Rua São Francisco.

Moradores da região pularam na cratera para socorrer o condutor, que não foi identificado. O Corpo de Bombeiros Militar foi acionado para realizar o resgate. Chovia bastante na região, o que dificultou a retirada do motorista. Consciente, com escoriações, ele foi conduzido em ambulância a um hospital.

A interdição no local foi iniciada no dia 21 de novembro de 2023. Até às 13h do domingo, o carro ainda se encontrava na cratera, e a cena chama atenção de curiosos, que a todo momento param para fazer fotos.

Vídeo: Jacaré aparece em casa e assusta moradores em cidade do RN

Foto: Reprodução

Um jacaré apareceu em uma casa no bairro de Nova Conquista, no município de Ceará-Mirim, Grande Natal, na manhã deste domingo (12). No vídeo que está nas redes sociais, é possível ver a movimentação e espanto dos moradores ao verem o animal.

O jacaré estava dentro do alpendre da residência, e o morador fechou as portas de entrada e saída para a rua. O Corpo de Bombeiros após acionado pela população esteve no local.

Ponta Negra News

Chá revelação de bebê hipopótamo chama atenção de curiosos na Grande Natal

Fotos: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

O bebê hipopótamo que nasceu no Aquário Natal, na região metropolitana da capital potiguar, é um menino. O chá revelação para divulgar o sexo do animal chamou atenção de curiosos na tarde de sábado (11), véspera do Dia das Mães.

Após dinâmica de interação com o público, coube a uma “sereia” surgir em um dos tanques do Aquário com o anúncio de que é um menino. O nome já estava escolhido: Teco. Se fosse do sexo feminino, seria Aisha.

O bebê hipopótamo é filhote do casal Yago e Joaninha. O macho chegou ao zoológico há cerca de 10 anos, com um ano de idade. A fêmea tem aproximadamente 15 anos e chegou ao zoológico em 2019.

Teco nasceu em março, no Aquário Natal. A demora para a revelação do sexo tem uma explicação. “Por ela (Joaninha) estar um pouco estressada nessa fase, a gente tem um pouco de dificuldade de separá-la do filhote. Então a gente ficou observando um pouco, foi o tempo que desinchou o corpinho dele, e conseguimos fazer a apalpação, para saber se era um macho ou uma fêmea”, conta a bióloga Marilia Karolayne.

Segundo o Aquário Natal, Teco foi o primeiro animal da espécie a nascer no Rio Grande do Norte.

g1/RN

 

Para maioria, Alexandre de Moraes vem “passando dos limites”, aponta pesquisa Quaest

Foto: Carlos Moura/SCO/STF

Relator das principais investigações contra o ex-presidente Jair Bolsonaro em andamento no STF, do inquérito das fake news à tentativa de golpe de Estado, o ministro Alexandre de Moraes tem a atuação criticada pela maioria da população.

Uma pesquisa da Genial/Quaest que ouviu 2.045 pessoas entre os dias 2 e 6 de maio apontou que, para 56% dos brasileiros, Moraes “está passando dos limites nos últimos anos”. O percentual dos que discordam dessa afirmação são 27%. Os que não concordam nem discordam com esta afirmação somam 2%, e os que não souberam responder ou não responderam, 15%.

A margem de erro do levantamento do instituto de pesquisas é de 2,2 pontos percentuais.

Entre os eleitores de Bolsonaro no segundo turno de 2022, 82% consideraram que Moraes “está passando dos limites” e 10% não endossaram essa avaliação — o ministro é o inimigo número um do bolsonarismo. No eleitorado de Lula, os números são mais parelhos: 37% concordaram com a crítica ao ministro e 43% discordaram.

As faixas que, segundo a pesquisa da Genial/Quaest, mais concordam com a afirmação de que Alexandre de Moraes vem extrapolando são compostas por homens (62%), brancos (61%), evangélicos (61%), pessoas de 16 a 34 anos (59%), os que têm pelo menos ensino superior incompleto (61%), os que ganham mais de 5 salários mínimos (64%) e os que avaliam o governo Lula negativamente (84%).

Os que mais discordam dessa crítica ao ministro do Supremo são homens (28%), pretos (29%) e pardos (28%), católicos (31%), pessoas com 60 anos ou mais (30%), os que estudaram até o ensino fundamental (32%); os que ganham até 2 salários mínimos (32%) e os que avaliam o governo Lula positivamente (46%).

Por Quilherme Amado/Metrópoles

Vídeo: Repórter da Globo é forçado a interromper transmissão ao vivo após protestos contra a emissora

Foto: Reprodução

Uma nova manifestação contra a TV Globo chamou a atenção neste sábado (11).  Um repórter da TV Globo precisou encerrar uma transmissão ao vivo após receber um coro de xingamentos durante a cobertura das chuvas no RS. O profissional estava em um abrigo na cidade de Canoas quando foi surpreendido pelas manifestações.

O momento ocorreu no Jornal do Almoço, da RBS, afiliada da Globo no Sul. Ao tentar conversar com um voluntário, outras pessoas que estavam no fundo começaram a gritar ” Globo Lixo”.

A situação, que contou com um coro “regido” por pessoas que estavam em um abrigo, ficou tão tensa que o profissional precisou interromper o link ao vivo.

Hugo Gloss

Topo