EUGÊNIO RECEBE ADVERSÁRIOS E CORRELIGIONÁRIOS DE GEORGE NA SUA CASA DE PRAIA.

O vereador Eugênio Gondim, presidente da Câmara Municipal de Nísia Floresta e possível sucessor do prefeito George Ney, que durante algumas décadas foi ferrenho adversário de George, agora em um novo momento da política de Nísia Floresta, tenta conciliar divergências políticas entre o prefeito e algumas lideranças do seu município.

Durante o churrasco oferecido aos amigos, Eugênio a todo momento tentava mostrar o quanto é bom esquecer divergências do passado, e ser aliado do prefeito George Ney.

Para Beto Carvalho e sua esposa Luzilene, o vereador Eugênio Gondim ainda vai precisar gastar muita saliva para fazê-los “perdoar” o prefeito George Ney.

Pelo que pude observar, se depender do papo de Eugênio, George pode ficar tranquilo que o casal vai ceder, e como vai.

Já a vereadora Luciana e o seu esposo Boka, que se sentiu prejudicado por George na última eleição, mostrou-se mais ameno aos argumentos apresentados pelo vereador Eugênio Gondim, agora e mais do que nunca, defensor do prefeito de Nísia Floresta.

O que se fala pelos arredores de Nísia Floresta é que uma casadinha Eugênio X Luciana, seria o remédio para se apagar o passado negro entre Boka, Luciana e o prefeito George Ney.

Para George, primo do prefeito de Nísia Floresta, Eugênio Gondim é hoje o melhor nome para ser apresentado pelo prefeito George Ney como seu futuro sucessor. ” Dos candidatos que se apresentam até hoje, Eugênio é o nome com melhores chances de ganhar a campanha, desde que seja apoiado por George Ney”, disse o primo do prefeito.

Para Nena, amigo de Eugênio e dos amigos de Eugênio, o prefeito George Ney foi muito feliz em ter conseguido ganhar a confiança de Eugênio.

– Eugênio habilidoso como é, conhecendo as manhas do povo como ele conhece, não tenho nenhuma dúvida de que ele vai trazer para George, os aliados que por algum motivo se afastaram dele recentemente, concluiu Nena.

Para Sr. Antonio, sogro do verteador Eugênio Gondim, a aliança George X Eugênio foi o maior ganho político que o município de Nísia Floresta teve nos últimos anos.

HAITI: UMA HISTÓRIA FEITA DE TRAGÉDIAS.

Foto: Ellyel dos Santos

O Haiti é um país sem sorte. A história do país mais pobre do Ocidente é marcada por sucessivos golpes de Estado e governos autoritários. O país viveu durante 30 anos sob a ditadura da família Duvalier: com apoio dos Estados Unidos, François Duvalier, conhecido como Papa Doc, que governou de 1957 a 1971; depois seu filho Jean-Claude Duvalier, o Baby Doc, que governou de 1971 a 1986.

As três décadas de tirania dos Duvalier deixaram uma herança de miséria, bandos armados ligados ao poder e corrupção institucionalizada.

Foi uma junta governamental que levou quatro anos para organizar eleições gerais no país.

Em 1990, sob o olhar atento da comunidade internacional, foi eleito presidente o padre de esquerda Jean-Bertrand Aristide.

Empossado em 1991, Aristide foi deposto no final do mesmo ano com o golpe liderado pelo general Raoul Cedras. Aristide exilou-se nos Estados Unidos.

Então, a ONU e os Estados Unidos impuseram sanções econômicas ao país para forçar a volta de Aristides, que em 1993 assinou um pacto com Cedras, em Nova York, prevendo seu retorno ao cargo.

Com isso, depois de governar até o fim do mandato, em 1995, Arisitide venceu outra eleição, em 2000, com 92% dos votos. Desde então, crises políticas e econômicas enfraqueceram sua liderança de maneira irreversível.

Em 2004, Aristide deixou o país rumo à África do Sul. Naquele ano, Alexandre Boniface, chefe do Judiciário, assumiu a presidência interinamente.

Nos dias que sucederam a renúncia, saques e tumultos foram registrados no Haiti. Fuzileiros norte-americanos desembarcaram no país no final do mesmo ano e, por decisão da ONU, o Brasil foi designado para comandar uma missão de paz no Haiti. Era a primeira vez que o nosso país liderava uma força de paz da ONU.

A difícil missão dessa tropa era assegurar a ordem e desmantelar as milícias locais, dar segurança e proteção aos civis, garantir a restauração do Estado democrático e monitorar o cumprimento dos direitos humanos. Foi uma tarefa muito difícil, pois o pior dos problemas eram a resistência às mudanças pelos haitianos.

Apesar de todas essas medidas e dos bons resultados conseguidos, em 2007 o Haiti era um país que apresentava graves problemas sociais e uma economia com baixas perspectivas de crescimento.

O Haiti tem números terríveis. Metade do país é de analfabetos, 80% dos haitianos são pobres, destes, 50% estão em estado de pobreza absoluta. Só 30% de luz elétrica, só 20% das casas têm água encanada. O país já foi vítima da mais sangrenta das ditaduras cuja polícia matou 30 mil pessoas. É atingido por inundações, como a de 2004, em Gonaives, que deixou mais de dois mil mortos, ou os furacões de 2008. E agora, um terremoto que atinge quase todo o país deixando uma rastro de destruição e desesperança no rosto de um povo sofrido.

Em suma, o Haiti teve a sua história marcada por inúmeras tragédias. O trabalho agora será muito grande, e não só o Brasil, mas também os Estados Unidos terão papel fundamental, não só por serem mais ricos, mas também por estarem mais próximos do Haiti. É um momento de dor, mas o mundo está reagindo de forma importante: com solidariedade.


Por: Ellyel dos Santos.

Ellyel dos Santos é mipibuense graduado em Administração de Empresas,e reside em Nova Iguaçu.

O RIO GRANDE DO NORTE PODERÁ PASSAR POR FORTES ABALOS SÍSMICOS.

Os norte-rio-grandenses passaram a semana em alerta e tentando entender os motivos dos dois abalos sísmicos registrados no último sábado (9) e na segunda-feira (11) – este último chegando a ser de 4,3 graus na escala Richter. Depois de muita explicação, através da observação dos efeitos na região metropolitana de Natal e na região do Mato Grande, a notícia agora muda de foco para a resistência e estrutura física das construções do Estado.

Por muitos anos, os efeitos dos abalos sísmicos para a população não foram sentidos, omitindo-se a necessidade de uma discussão a respeito da importância de se preparar tal estrutura na área de epicentro e maior freqüência de tremores do Brasil – que engloba o Rio Grande do Norte e parte do Ceará. “As atividades sísmicas dessa região são constantes e ela, historicamente, tem maior freqüência de tremores no país”, destaca o professor e coordenador do Laboratório de Sismologia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), o sismólogo Joaquim Mendes.

Agora, com a surpresa de um terreno com alta probabilidade de tremores, a pergunta feita é: o Rio Grande do Norte está preparado para novos abalos?

Joaquim Mendes responde que não e ainda faz um alerta. “O território potiguar não está preparado para novos e grandes tremores. Ainda não sabemos o que vai acontecer, se são picos isolados ou início de um enxame sísmico, onde o território passará por vários tremores”, diz.

Ele comenta, preocupado, que o Estado não tem estrutura física para abalos sísmicos com efeitos, como os da última semana, e ainda lamenta o assunto só ser abordado no momento de atividade geológica. “Toda vez que acontece um novo tremor, o assunto vem à tona, mas é esquecido após alguns dias. Temos que pensar que isso vai voltar a acontecer”, frisa.

Fonte: Nominuto.com

HOJE O BLOG VAI ESTAR NA PRAIA.

O blog vai se fazer presente nas praias de Camurupim e Barreta na mannhã de hoje (17).

Estaremos atendendo convites de Eugênio Gondim, vereador e presidente da Câmara Municipal de Nísia Floresta, e dos amigos Gomes e Adriana, onde comemoraremos a aprovação da sua filha Janaína, no vestibular 2010.

BASTIDORES.

A missa já havia começado, quando chegou a prefeita Norma Ferreira.

Logo em seguida a prefeita recebeu a companhia do esposo Nilton Lima.

Como quem não quer e querendo, surge o presidente da Câmara Municipal, vereador Kerinho.

Chegada a hora de sentar, Kerinho percebeu que não estava tão perto assim da prefeita Norma Ferreira.

No momento de ajoelhar, a pisada foi a mesma.

Aproveitando o momento do ofertório, Kerinho sai do seu lugar, puxa uma rápida conversa com um aliadíssimo de Fábio Dantas e procura sentar perto da prefeita Norma Ferreira.

Pronto, Kerinho se aproxima da prefeita e diz que vai fazer um pronunciamento homenageando o padre Josenildo.

Recebe uma rápida orientação sobre o local onde se posicionar para fazer o pronunciamento.

O baixinho Jean Nerino, vereador da oposição, observa de longe todos os passos do presidente da Câmara Municipal.

Agora recebendo as atenções de todos, inclusive do padre retirante, Kerinho fala em nome dos colegas vereadores.

Em seguida foi a vez da prefeita Norma Ferreira falar para o padre Josenildo.

Já no momento dos agradecimentos finais, Kerinho pegou uma rosa vermelha, entrou na fila e entregou ao padre Josenildo.

E na despedida, abraçou calorosamente o vigário.

O QUE PEDIU A PREFEITA NORMA FERREIRA?

A prefeita Norma Ferreira esteve presente na última missa celebrada pelo padre Josenildo, na condição de vigário de São José de Mipibu.

Na hora de elevar os pensamentoa até Deus e fazer os seus pedidos, a prefeita Norma Ferreira se recolheu no seu mundo interior e elevou os pensamentos ao Pai...

Quais foram os pedidos?

Pela família?

Pelos concidadãos?

Pelo município?

Um direcionamento, talvez.

Ou tão somente agradeceu?

” FALA QUE EU TE ESCUTO “

ROBINSON TEM ATÉ 31 DE JANEIRO PARA OFICIALIZAR POSIÇÃO POLÍTICA.

Foto: Divulgação

A governadora Wilma vai exigir uma posição do deputado estadual Robinson Faria. A governadora quer saber se Robinson vai ou fica.

Em Mossoró na manhã de hoje (16), a governadora disse que vai esperar uma definição de Robinson até o final de janeiro.

– Eu acho que ele não está na oposição, porque se estivesse já teria mandado todo mundo pedir demissão, afirmou a governadora em tom irritado.

” MANDA QUEM PODE E OBEDECE QUEM TEM JUIZO “

POPULAÇÃO MIPIBUENSE SE DESPEDE DO PADRE JOSENILDO EM NOITE DE MUITA EMOÇÃO – PARTE I

O Pe. Josenildo Bezerra, o primeiro na linha de sucessão do saudoso monsenhor Antonio Barros, durante dez anos conduziu o povo de Deus em São José de Mipibu.

Sendo transferido para o município de Touros, o padre Josenildo recebeu o carinho e os agradecimentos dos seus irmãos na noite de ontem.

Foto: Os padres Rogério, Josenildo, Carlos e Antonio Marinho.

Entre os colegas, padre Carlos, padre Rogério e o padre Antonio Marinho, o padre Josenildo se preparava para receber o carinho do seu rebanho.

Do competente advogado Dr. Artur Coelho, o padre Josenildo recebeu o abraço de boa sorte.

O empresário Júnior, também foi render suas homenagens ao pastor de Deus.

Fátima Freire, uma das ovelhas do rebanho do padre Josenildo, também externou sua gratidão.

O vereador Jean Nerino, vestindo a camisa do “Terço dos Homens”, também fez agradecimentos ao padre Josenildo.

O empresário Francisco, membro do “Terço dos Homens”, deu o seu afetuoso abraço no padre Josenildo.

A empresária Lúcia, pioneira na venda individualizada de colchões em São José de Mipibu, não se conteve na hora de agradecer o trabalho pastoral do padre Josenildo.

Acompanhada do esposo, a senhora Rosemary também abraçou o padre retirante.

De Laranjeiras do Abdias, na espontaneidade do “padre Assis”, veio o mais caloroso abraço de agradecimentos ao padre Josenildo.

Da comunidade do Arenã, o padre Josenildo também teve o seu reconhecimanto.

O presidente da Câmara Municipal de São José de Mipibu, vereador Kerinho, com muita alegria saudou o padre Josenildo.

Cheia de muita emoção, Esnerina, a serva dos filhos de Deus não se conteve na hora de abraçar o padre Josenildo.

Visivelmente emocionada, Esnerina recebeu aplausos ao abraçar o padre Josenildo.

Denise Carvalho levou uma rosa para o padre Josenildo, na sua noite de despedidas.

O empresário Marciano Freire presenteou o padre Josenildo com um quadro contendo a imagem do fiel seguidor de Deus.

Na hora do agradecimento final, lembrando os ensinamentos do saudoso Monsenhor Barros, o padre Josenildo se despediu de todos.

Durante os agradecimentos do padre Josenildo, Deus me contemplou com a mais pura expressão de ternura registrada na noite de despedidas.

Ao ouvir o colega se despedindo dos padroeiros Sant’Ana e São Joaquim, o padre Carlos, que é mipibuense, encheu os olhos de saudades.

Todos se juntaram para o registro final do sermão do ex- vigário de São José de Mipibu.

AGUARDEM A PARTE II, E OS BASTIDORES DA DESPEDIDA DO PADRE JOSENILDO BEZERRA.

SOCIÓLOGO CLODOALDO BARBOSA RELATA HISTÓRIA DE SÃO JOSÉ DE MIPIBU.

O prédio em destaque, onde funcionava a cadeia pública, na parte de baixo, abrigava também a INTENDÊNCIA MUNICIPAL, na parte de cima. Assim era denominada o que chamamos hoje de Prefeitura Municipal. Em lugar do prefeito existia a figura do Intendente. Já existia a figura dos vereadores, mas nem todos podiam votar para elegê-los, como acontece hoje, apenas os “cidadãos” que tinham posses. Existia também a figura do juiz e todos trabalhavam no mesmo espaço.

Mas o que quero agora é chamar a atenção especial para um fato histórico que é pouco conhecido: não lembro com precisão a data, parece-me que foi em 1929. Naquele ano um dos maiores folcloristas do mundo, Câmara Cascudo, saiu a campo, para pesquisar, em diversas cidades do RN. Na empreitada ele acompanhava um dos maiores intelectuais brasileiros, que era também seu amigo: Mário de Andrade.

FOTO: DOMÍNIO PÚBLICO E CULTURAL DOS MIPIBUENSES.

Naquelas andanças, uma das cidades que visitaram foi São José de Mipibu. Sim, o grande Mário de Andrade, esteve em Mipibu. Aqui, entre outras coisas ele fotografou e elogiou o que chamou de “relíquia arquitetônica”, o prédio da Intendência Municipal que, infelizmente, na década de 30 foi derrubado para a construção do mercado público.

A fotografia e o comentário de Mário de Andrade estão em livro de sua autoria e não é difícil de encontrar em boas bibliotecas. O título é “O Turista Aprendiz”. Câmara Cascudo também registrou o ocorrido.

Quando tomei conhecimento desse fato consegui o livro emprestado, copiei a foto e fiz um quadro que guardo e aprecio.

É isso… Nossa cidade e nosso povo é rico em história, cultura, arte,arquitetura,folclore…E nossos governantes fazem assim: destroem a nossa história, como destruíram o prédio da intendência, da associação desportiva mipibuense e tantos outros.

De tantos governantes dessa natureza, sem compromissos com as nossas raízes, somos hoje uma cidade sem identidade cultural.

” ESTOU FORA DA POLÍTICA DE MIPIBU “

Dizendo estar fora da política de Mipibu, Beba, primo de Fábio Dantas e irmão adotivo da prefeita Norma Ferreira, amanheceu o dia de hoje falando com quem encontrava na feira livre de São josé de Mipibu.

Mesmo afirmando não querer saber de política, Beba só falava sobre política.

Encontrando-se com Belchior da “Pedra” e Antonio das “Bancas”, Beba ouviu dos dois, severas críticas voltadas para a prefeita Norma Ferreira.

Depois de ouvir os ex- aliados e ficar só no” hum, hum, hum” , Beba fez o seguinte questionamento:

– Rapaz, o negócio tá assim, é?

” NA POLÍTICA SÓ EXISTE PORTA DE ENTRADA “

BEATRIZ,

FELIZ ANIVERSÁRIO!!!

Hoje aniversaria a linda Beatriz, filha do casal amigo, Roberto e Dra. Sandi.

Beatriz,

Que a sua vida continue sendo abençoada por Deus, com saúde, paz e prosperidade.

Parabéns!!!

TRE LIMITA PRAZO PARA JULGAR PROCESSOS QUE POSSAM RESULTAR EM PERDA DE MANDATOS.

FOTO: DIVULGAÇÃO

A Corregedoria Regional Eleitoral do TRE/RN expediu Recomendação nesta quinta-feira(14), dispondo sobre o prazo para julgamento dos processos que resultem em perda de mandato eletivo.

O desembargador Claudio Santos fez a recomendação durante sessão realizada hoje no TRE.

A recomendação limita em 19 de março de 2010 como último prazo para o julgamento de processos que possam resultar em perda do mandato eletivo.

Os processos se referem à Ação de Investigação Judicial Eleitoral, Ação de Impugnação de Mandato Eletivo, e Representações com o mesmo fim.

COMEÇOU DE NOVO O ” CADÊ ARLINDO? “

De tanto se anunciar o rompimento político do deputado estadual Robinson Faria com o Governo, os aliados do deputado Arlindo Dantas, que divide espaço político com Robinson em São José de Mipibu, já começam a sonhar com os cargos comissionados indicados por Robinson Faria, que serão exonerados ” a pedido “.

Só hoje pela manhã, uns dez companheiros fizeram a seguinte pergunta:

– Daltro, cadê Arlindo ?

_ Está no engenho doidinho pra conversar com você, vai lá, respondi.

Topo