JUSTIÇA BLOQUEIA CONTAS BANCÁRIAS DE GALVÃO BUENO POR DÍVIDA

Foto: Reprodução / Globo

A Justiça de São Paulo bloqueou as contas bancárias do locutor Galvão Bueno, da sua mulher Desirée Soares Galvão Bueno e da filha Letícia Galvão Bueno.

A decisão foi tomada pelo juiz Rodrigo Galvão Medina, da 9ª Vara Cível de São Paulo, em um processo aberto pela empresa Lest Credit Fundo de Investimento contra a empresa Virtual Promoções e Participações, que pertence à família do narrador.

O motivo do bloqueio é um empréstimo de R$ 1,6 milhão feito à empresa em 2017, que deveria ter sido pago em 31 parcelas. Segundo a empresa, no entanto, a Virtual não cumpriu o plano de pagamento.

Em maio deste ano, a Virtual reconheceu a dívida e foi homologado judicialmente um acordo para a quitação, que, no entanto, também não foi cumprido integralmente.

A informação sobre o bloqueio foi noticiada pela repórter Fabia Oliveira, do jornal “O Dia”, e confirmada pela coluna. “Em razão da petição que noticiou o descumprimento do acordo, determinei a expedição de ordem de indisponibilidade de ativos financeiros”, afirmou o juiz na decisão.

Nas contas de Galvão, a Justiça encontrou apenas R$ 1.401,17. Na de Desirée, houve o bloqueio de cerca de R$ 90 mil.

A defesa de Galvão Bueno pediu a suspensão da decisão. Alega que os valores são impenhoráveis, parte deles por serem de caráter salarial.

Disse também à Justiça que a decisão causou grave dano, uma vez que as quantias “são necessárias para o sustento da família”.

UOL

HOMEM MORRE APÓS SER ATINGIDO POR PNEUS QUE SE SOLTARAM DE CAMINHÃO NA BR-110 EM MOSSORÓ

Foto: Hugo Andrade/Inter TV Costa Branca

Um homem morreu após ser atingido por dois pneus que se soltaram da caçamba de um caminhão na BR-110 em Mossoró, no Oeste potiguar. O caso aconteceu na manhã desta terça-feira (20).

O vigilante Edson Deleon Pereira Santos, de 32 anos, estava voltando para casa de moto quando foi atingido pelos pneus que se soltaram do outro veículo.

O corretor de imóveis Edson Samico, que trabalha em frente ao local, escutou o barulho e foi quem acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) logo após ver o que tinha acontecido.

A ambulância chegou ao local cerca de cinco minutos depois, mas o médico socorrista Diogo Barreto informou que a vítima já estava sem vida. A mãe do vigilante esteve no local e precisou de atendimento.

A caçamba seguia no sentido de Areia Branca para Mossoró e estava carregada de sal. Após o acidente, o motorista ficou nervoso e saiu do local. A caçamba, sem as rodas, foi deixada por ele.

O acidente será investigado pela Polícia Civil. Com informações do G1.

PESSOAS A PARTIR DE 18 ANOS PODEM SE CADASTRAR PARA RECEBER A SOBRA DA VACINA EM NATAL

Foto: Alex Régis/Secom

O prefeito Álvaro Dias sancionou a lei da sobra da vacina contra Covid-19. A lei  N º 7.170 foi publicada na edição do Diário Oficial do Município desta terça-feira (20). Pessoas a partir de 18 anos, residentes em Natal, que morem no entorno de uma das 35 UBS que vacinam contra a Covid-19 ou no entorno de um dos quatro drives, podem a partir da próxima quinta-feira (22) se dirigir a esses locais e se cadastrar para a xepa da vacina.

Caso haja sobra de vacina, a UBS fará contato telefônico pedindo o comparecimento da pessoa em até 20 minutos para receber o imunizante. As salas de vacinação das 35 UBS funcionam até às 15h. Havendo sobra de imunizante, a UBS vacinará até 15h30. Os drives funcionam até às 16h e, se houver doses disponíveis, funcionarão até às 16h30.

“A xepa é o nome popular que se dá às sobras de vacina. Agora, Natal vai destinar as sobras para os moradores do entorno das unidades, evitando a perda e, assim, aproveitando o total dos imunizantes”, afirma o prefeito Álvaro Dias.

“Amanhã iremos mandar um memorando circular para todos os pontos de vacinação da Covid-19 para nivelar as equipes. A partir de quinta-feira, a população que desejar pode fazer o cadastro. Lembro que na capital praticamente não existe perda de doses, o frasco do imunizante da Oxford, após aberto, pode ser armazenado por até 48 horas. Já os imunizantes da Pfizer e Coronavac têm apenas seis horas de uso após aberto”, esclarece o secretário municipal de Saúde, George Antunes.

LULA PREVÊ “IMPEACHMENT OU INTERDIÇÃO” DE BOLSONARO

Foto: Divulgação

Em entrevista à rádio Jovem Pan de Sergipe nesta terça-feira (20/7), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) parabenizou a CPI da Covid-19 e afirmou que, em algum momento, haverá um veredito: “Ou impeachment ou interdição dele (Bolsonaro)”.

“Que a gente possa continuar demonstrando ao povo brasileiro todas as provas necessárias que o crime teve responsável, que foi o governo brasileiro”, escreveu o ex-presidente sobre a comissão parlamentar.

Lula voltou a tecer críticas ao governo Bolsonaro e chamou a 3ª via para as eleições de 2022 de “desculpa” e de “invenção dos partidos que não têm candidato”. “Seria importante que todos os partidos lançassem candidato e testassem sua força”, disse o político.

O ex-presidente criticou os posicionamentos de Bolsonaro sobre as eleições de 2022. Em 1º de julho, Bolsonaro havia dito que, caso perca as eleições do próximo ano, só entregará a faixa presidencial se o candidato eleito tiver ganhado de “forma limpa”, em mais uma referência ao voto impresso. Lula rebateu: “Ninguém quer receber a faixa de você”. “Pode deixar que o povo vai empossar o presidente eleito em 2022. E não será você”, declarou o petista. Com informações do Metrópoles.

“LULA NÃO CONSEGUE COMPRAR UMA PINGA SEM SER VAIADO”, DIZ BOLSONARO

Foto: Reprodução

Ao desacreditar as pesquisas eleitorais que apontam possível vitória de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) nas eleições de 2022, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou que o petista não consegue comprar uma pinga sem ser vaiado.

O mandatário defendia a aprovação do voto impresso, que ele usa como forma de garantir que as eleições serão seguras e transparentes.

“Nós estamos fazendo de tudo para evitar problemas. Olha, o Datafolha diz que o Lula tem 49% e eu tenho 25%. Depois, no segundo turno, ele ganha de 60% de mim. Agora, eu ando pelo Brasil todo, sem problema. Ele não consegue comprar uma pinga no botequim que vai ser vaiado”, disse em entrevista à rádio Itatiaia nesta terça-feira (20/7).

A pesquisa a que o presidente fez referência foi divulgada no início de julho. Ela mostra que o ex-presidente Lula ampliou sua vantagem sobre o atual ocupante do Palácio do Planalto nas intenções de voto para a eleição presidencial de 2022.

Na disputa entre Lula e Bolsonaro em um eventual 2º turno, Lula marca 58% e Bolsonaro, 31%. Brancos e nulos somam 10% e 1% não sabe. Houve oscilação em relação à última pesquisa do instituto, de maio deste ano, quando o petista tinha 55% e o atual presidente, 32%.

O levantamento com 2.074 eleitores, de forma presencial. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

O chefe do Executivo alegou que as pesquisas são fraudadas e disse que ele só conseguiu ser eleito em 2018 porque teve muitos votos. Naquele ano, as pesquisas indicaram tendência de alta nas intenções de voto em Bolsonaro.

Terceira via

O presidente ainda desacreditou a possibilidade de surgimento de uma terceira via nas eleições de 2022. Partidos de centro e direita buscam um nome alternativo entre Lula e Bolsonaro para evitar uma polarização no pleito do ano que vem.

“Tem uma passagem bíblica que diz: seja quente ou seja frio, não seja morno. Então, terceira via? O povo não engole isso aí. O vaselina… O vaselina não vai dar certo, não vai agregar, não vai atrair a simpatia da população. Não existe terceira via, está polarizado. O Brasil hoje em dia está entre mim e o ex-presidiário, que desviou bilhões dos cofres públicos e vai disputar as eleições o ano que vem”.

No dia 16 de junho, um almoço promovido pelo ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta (DEM-MS) reuniu representantes de sete partidos: DEM, PSDB, Podemos, MDB, Cidadania, Solidariedade e PV.

Estiveram presentes os presidentes Roberto Freire (Cidadania) ACM Neto (DEM), Bruno Araújo (PSDB), Renata Abreu (Podemos) e José Luiz Penna (PV), além dos deputados federais Herculano Passos (MDB) e Aureo Ribeiro (Solidariedade). Os presidentes do PDT, Carlos Lupi, e do PSL, Luciano Bivar, foram convidados, mas não compareceram.

As siglas seguem longe de chegar a um nome de consenso. O PSDB, por exemplo, fará prévias em novembro de 2021 para escolher o próximo candidato tucano a presidente da República.

Metreópoles

PRF ENCONTRA MAIS DE 80 KG DE PASTA BASE DE COCAÍNA ESCONDIDOS EM CARRO E PRENDE MOTORISTA NO RN

Foto: PRF/Divulgação

Um homem de 31 anos foi preso após ser flagrado pela Polícia Rodoviária Federal com mais de 80 quilos de pasta base de cocaína dentro da caminhonete que ele conduzia, na tarde desta segunda-feira (19).

O caso aconteceu durante uma fiscalização na BR-304, na altura do município de Santa Maria, na região Agreste do Rio Grande do Norte.

Segundo a PRF, o homem saiu do município de Cáceres, no Mato Grosso, com destino a Natal, onde seguiria até um posto de combustíveis para deixar a droga com outra pessoa.

Aos policiais, ele alegou que receberia cerca de R$ 15 mil pelo transporte da carga. Ao todo, foram apreendidos 81,35 kg – avaliados pela PRF em mais de R$ 10 milhões.

Segundo a PRF, o carro foi parado em uma fiscalização de rotina, mas o homem apresentou nervosismo durante a abordagem policial e, por isso, a equipe decidiu fazer uma busca mais detalhada no veículo.

Na busca, os policiais encontraram peças que não eram originais do tipo de veículo e, quando retiraram os encaixes, localizaram a droga escondida, perto dos pneus.

O homem foi conduzido à Polícia Federal, para prisão em flagrante. Com informações do G1/RN.

 

BOLSONARO DIZ QUE NÃO HÁ ESPAÇO PARA 3ª VIA: “ESTÁ ENTRE MIM E O EX-PRESIDIÁRIO”

Foto: Reprodução/IG

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) concedeu uma entrevista para a Rádio Itatiaia, na manhã desta terça-feira (20), e rechaçou qualquer possibilidade de uma candidatura de ‘ terceira via ‘ para as eleições presidenciais do próximo ano. Segundo o capitão do Exército, “está entre mim e o ex-presidiário”.

“Tem uma passagem bíblica que diz: seja quente ou seja frio, não seja morno. Então, terceira via? O povo não engole isso aí. O vaselina… O vaselina não vai dar certo, não vai agregar, não vai atrair a simpatia da população. Não existe terceira via, está polarizado. O Brasil hoje em dia está entre mim e o ex-presidiário, que desviou bilhões dos cofres públicos e vai disputar as eleições o ano que vem”, avaliou Bolsonaro.

O chefe do executivo nacional também defendeu a implementação do voto impresso para as próximas eleições pois, segundo o presidente, essa é a única maneira de se ter eleições seguras e auditáveis .

“Nós estamos fazendo de tudo para evitar problemas. Olha, o Datafolha diz que o Lula tem 49% e eu tenho 25% . Depois, no segundo turno, ele ganha de 60% de mim. Agora, eu ando pelo Brasil todo, sem problema. Ele não consegue comprar uma pinga no botequim que vai ser vaiado”, ressaltou o presidente em entrevista.

IG

BOLSONARO DIZ QUE APRESENTARÁ ‘PROVAS DE FRAUDE’ NA ELEIÇÃO NA ‘SEMANA QUE VEM’

Foto: Reprodução

Segundo presidente, fraude aconteceu nas eleições de 2014 e conclusões serão encaminhadas ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE)

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou em entrevista à rádio Itatiaia nesta terça-feira (20) que apresentará “provas de fraudes” nas eleições “na semana que vem”. Segundo ele, se trata de fraude cometida nas eleições de 2014.

“Eu espero na semana que vem apresentar as provas de fraudes. Vamos apresentar uma fraude de 2014”, disse o presidente. “Eu só consegui ser eleito porque tive muito voto. Eu vou comprovar semana que vem que teve fraude nas eleições de 2014. Vão vir hackers para mostrar”, completou.

A eleição presidencial de 2014 teve dois turnos. O segundo turno foi disputado pelos candidatos Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB) – Dilma foi reeleita. À época, o PSDB chegou a pedir uma auditoria dos votos junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e não foi encontrada nenhuma evidência de que houve adulteração de programas, de votos ou mesmo qualquer indício de violação ao sigilo do voto no pleito.

À CNN, o deputado federal Aécio Neves (PSDB-MG) disse não haver indícios de fraude nas eleições presidenciais de 2014. Aécio afirmou ainda que os crimes em 2014 são de outra natureza daquelas que o Bolsonaro diz terem ocorrido.

“Não tenho nenhum indício que aponte para fraudes naquela eleição. Os crimes ali cometidos foram de outra ordem. Era sobre a utilização sem limites da máquina pública, as fake news, o disparo ilegal de ‘zaps’ dando conta de que, eu eleito, terminaria com todos os programas sociais do governo, a utilização da Caixa, Correios, Banco do Brasil”, disse o deputado.

Na entrevista à rádio Itatiaia, Bolsonaro voltou a falar sobre o voto impresso. “Pode morrer o voto impresso na comissão. É lamentável o que o ministro Barros está fazendo”, disse. Segundo o presidente, a apresentação das supostas fraudes nas eleições de 2014 também serão encaminhadas ao TSE.

“Eu vou convidar a imprensa e, com minhas mídias sociais, vou transmitir isso aí. Com isso tudo encaminho para o TSE. Agora, o que vale mais do que todos nos é a opinião pública”, disse.

Nesta segunda-feira (19), na saída do Palácio da Alvorada, Bolsonaro afirmou que não acredita mais na aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que torna o voto impresso obrigatório. A comissão criada pela Câmara dos Deputados adiou a decisão para o dia 5 de agosto.

Ainda em junho, em entrevista à CNN, o presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso, afirmou que o presidente tem o “dever cívico” de apresentar as provas que diz ter sobre a suposta fraude das eleições – à época, Bolsonaro falava em fraudes nas eleições de 2018. Segundo Barroso, nunca houve fraude eleitoral documentada com a urna eletrônica no Brasil.

Eleições de 2022 e polarização

Bolsonaro ainda falou sobre as eleições presidenciais do próximo ano e criticou as articulações por uma chamada “terceira via”. Ele também não cravou que será candidato à reeleição em 2022.

“Não estou dizendo que sou candidato. Essa terceira via? O povo não engole isso, não vai atrair a simpatia da população. O Brasil está eu (sic) e o ex-presidiário.”

Uma pesquisa realizada pelo Datafolha no início deste mês indicava que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) venceria o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em um eventual segundo turno, com 58% dos votos contra 31%, respectivamente.

Nas perspectivas de primeiro turno, Lula tem 46% das intenções de voto, sendo seguido por Bolsonaro (25%), Ciro Gomes (8%), João Doria (5%) e o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta (4%), segundo o Datafolha. Optaram por branco e nulo 10% dos entrevistados, enquanto 2% afirmaram ainda não saber em quem votar.

CNN Brasil

PLANALTO TESTA FÁBIO FARIA COMO VICE DE BOLSONARO

Foto: Isac Nóbrega/PR

 O Palácio do Planalto resolveu testar para valer o nome do ministro das Comunicações, Fábio Faria, como possível vice na chapa de Jair Bolsonaro em 2022.

Jornais do Rio Grande do Norte, estado de Faria, passaram a estampar essa possibilidade em manchetes.

O entorno de Bolsonaro diz que, com Hamilton Mourão fora, a vaga de vice deverá ficar com um evangélico ou com alguém do “Centrão raiz”.

Fábio Faria é do “Centrão raiz” e evangélico. Além disso, na avaliação de assessores palacianos, poderia ajudar a atrair parcela do eleitorado nordestino.

O ministro das Comunicações, genro de Silvio Santos, está de saída do PSD, de Gilberto Kassab. Entre os partidos que já o convidaram, está o PP, de Ciro Nogueira, que tenta também atrair o próprio presidente da República, ainda sem legenda para disputar a reeleição.

Faria, deputado federal licenciado, também sonha com uma vaga no Senado, mas, até aqui, não tem conseguido apoio suficiente no estado. A vaga também deverá ser disputada pelo ministro do Desenvolvimento Regional, o igualmente potiguar Rogério Marinho.

Hamilton Mourão, atual vice-presidente da República, deve concorrer ao Senado pelo Rio Grande do Sul.

O Antagonista

PRORROGADO PRAZO PARA RENOVAÇÃO DE CONTRATOS DO FIES

Foto: Marcelo Casal Jr / Agência Brasil

O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) prorrogou até 30 de setembro o prazo para renovação semestral dos contratos assinados com o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). A medida foi publicada hoje (20) no Diário Oficial da União e vale para contratos simplificados e não simplificados do primeiro semestre de 2021.

O processo de renovação deve ser feito por meio do sistema SisFies. O período vem sendo estendido para garantir que todos os estudantes possam realizar os aditamentos neste período de pandemia da covid-19.

No caso de aditamento não simplificado, quando há alteração nas cláusulas do contrato, como mudança de fiador, por exemplo, o estudante precisa levar a documentação comprobatória ao banco para finalizar a renovação. Já nos aditamentos simplificados, a renovação é formalizada a partir da validação do estudante no sistema.

A autarquia responsável pela execução de políticas educacionais do Ministério da Educação (MEC) também estendeu o prazo, até 30 de setembro, para os estudantes interessados pedirem a transferência de curso ou de instituição de ensino e a dilatação do período de utilização do financiamento estudantil referente ao primeiro semestre do ano.

Os contratos do Fies devem ser renovados semestralmente. O pedido de aditamento é feito inicialmente pelas instituições de ensino e, em seguida, os estudantes devem validar as informações inseridas pelas faculdades no SisFies.

A prorrogação feita pelo FNDE vale para contratos assinados até dezembro de 2017. Os contratos do Novo Fies, firmados a partir de 2018, têm cronograma definido pela Caixa.

O Fies é o programa do governo federal que tem como meta facilitar o acesso ao crédito para financiamento de cursos de ensino superior oferecidos por instituições privadas. Criado em 1999, ele é ofertado em duas modalidades desde 2018, por meio do Fies e do Programa de Financiamento Estudantil (P-Fies).

PF APREENDE R$ 190 MILHÕES EM FRAUDES NO ENFRENTAMENTO DA PANDEMIA

Foto: Arquivo/Agência Brasil

A Polícia Federal (PF) ultrapassou na última semana a marca de 100 operações de repressão ao desvio e utilização indevida de verbas públicas federais destinadas ao combate à pandemia de covid-19. Até o último dia 13, o total de operações chegou a 102 e os valores apreendidos a quase R$ 190 milhões.

Em nota, a PF informou hoje (20) que, desde abril do ano passado, já cumpriu 158 mandados de prisão temporária, 17 de prisão preventiva e 1.536 de busca e apreensão em 205 municípios de 26 unidades da federação. O montante de contratos de produtos e serviços investigados atingiu cerca de R$ 3,2 bilhões.

Superfaturamento

Deflagrada em abril de 2020 na Paraíba, a Operação Alquimia foi a primeira ação para apurar suspeita de desvio de recursos públicos. De lá para cá, o Amapá é o estado com o maior número de operações, 11 no total, seguido por Maranhão (10), Pernambuco (8), Sergipe (8), Rio de Janeiro (7), São Paulo (6), Piauí (6), Pará (6), Amazonas (4) e Rondônia (4).

Sobre o montante de contratos investigados, o Pará lidera com R$ 1,4 bilhão. Em seguida, aparecem o Rio de Janeiro (R$ 850 milhões), Pernambuco (R$ 198 milhões), São Paulo (R$ 118 milhões), Minas Gerais (R$ 102 milhões), Rondônia (R$ 92 milhões) e Piauí (R$ 82 milhões).

Agência Brasil

TEMER DEFENDE A ADOÇÃO DO SISTEMA SEMIPRESIDENCIALISTA A PARTIR DE 2026; ‘O PRESIDENCIALISMO ESTÁ ROTO E ESFARRAPADO’,

O ex-presidente Michel Temer – Foto: Marcos Corrêa/PR

No momento em que o Poder Legislativo discute a realização de uma reforma política, o ex-presidente Michel Temer, do MDB, defendeu à CNN a adoção do sistema semipresidencialista a partir de 2026.

Na avaliação dele, o presidencialismo está “roto” e “esfarrapado” e a mudança do sistema atual seria “a grande reforma política”. Em entrevista à CNN, o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), defendeu a discussão do semipresidencialismo.

“O presidencialismo está roto e esfarrapado. Basta verificar os inúmeros pedidos de impeachment de todos os presidentes”, disse o ex-presidente, que chegou à Presidência da República justamente após um processo de impeachment.

Para Temer, no sistema semipresidencialista, que prevê a eleição de um primeiro-ministro em eleição indireta, o governo de ocasião pode ser trocado “sem traumas institucionais”.

“É a grande reforma política. E acaba com a instabilidade política”, disse o ex-presidente à CNN. “É o ideal [que seja aprovado para 2026]. Mas quem tem de definir esse assunto é o Congresso Nacional”, acrescentou.

O sistema semipresidencialista mescla elementos do parlamentarismo e do presidencialismo. No modelo, há um presidente – geralmente eleito diretamente pelo povo – e um primeiro-ministro – eleito indiretamente pelo Congresso Nacional – dividindo funções no Poder Executivo.

Em geral, países semipresidencialistas têm presidentes atuando na política externa e na chefia das Forças Armadas, enquanto o primeiro-ministro cuida das demandas internas e comanda o governo. No regime híbrido, o presidente tem mais poderes do que o papel praticamente simbólico exercido no parlamentarismo.

A proposta de adoção de um novo regime é vista com desconfiança pelo Palácio do Planalto. Para o entorno do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), por trás da mudança, estaria um interesse do Congresso Nacional em ter um controle absoluto sobre o Orçamento, esvaziando o poder do presidente sobre a administração dos recursos.

A alteração também não tem apoio entre dirigentes nacionais do PT. O ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad, ex-candidato à sucessão presidencial, publicou recentemente nas redes sociais que a mudança ameaça a soberania nacional. “Imagine o Congresso Nacional escolher o chefe do governo”, escreveu.

 Por Gustavo Uribe/CNN Brasil

A TORRE DE CONTROLE POLÍTICO VAI SER ATIVADA EM NÍSIA FLORESTA

Foto: Reprodução/Ilustração

Tem avião voando perdido em Nísia Floresta. Quem pensar que pode levantar voo sem ter como trampolim o andar de cima está fadado a um fracasso político iminente. Outra coisa: no império romano os governantes ouviam os mais vividos, portanto mais idade é mais sabedoria. É bom ter cuidado com os tratamentos não respeitosos, fica a dica.

O PAGAMENTO A CONTA-GOTAS DOS SALÁRIOS ATRASADOS É BONDADE, MALDADE OU MARKETING POLÍTICO?

Foto: Pedro Stropasolas

A gestão da governadora de origem popular, Fátima Bezerra, do PT, faz sofrer principalmente o servidor aposentado, que na maioria dos casos em decorrência da idade sobrevive com elevados custos, amargando salário em atraso não por falta de orçamento por parte do governo, porém por submissão ao modelo adotado pela atual gestão, que a conta gotas vem pagando o que é devido e obrigação, deixando o entendimento de que a gestora estadual está fazendo o máximo em favor do servidor público.

Em mensagem com prestação de contas à Assembleia Legislativa, a governadora Fátima Bezerra apresentou dados sobre as finanças do Estado em 2020. De acordo com os números apresentados naquela ocasião, o balanço financeiro apontou que o Governo do RN concluiu o exercício financeiro de 2020 com um saldo orçamentário de R$ 177,6 milhões. Esse saldo é a diferença entre as receitas arrecadadas no ano e o comprometimento com despesas por meio de empenhos.

O Governo afirmava que em 2020 recebeu em transferência da União R$ 1,8 bilhão, sendo R$ 1,1 bilhão em decorrência direta da pandemia do coronavírus e o resto por meio de recursos de convênios, emendas parlamentares obrigatórias, além de transferências para complementar os gastos com saúde, educação e segurança pública, portanto, diante dessa realidade manter os salários atrasados está mais para maldade do que para ausência de recursos.

Na possível tentativa de lembrar ao servidor a “bondade” da governadora, nos meses em que realiza parte dos pagamentos em aberto o governo anuncia a conclusão dos salários ainda devidos para datas futuras, passando a impressão de que o Executivo está fazendo de tudo para solucionar um desmando da gestão passada e não cumprir com sua obrigação. Manter o salário do servidor em dia é uma obrigação de qualquer governo, pagar o que se deve não é fazer favor, muito menos quando as finanças vão bem.

INCÊNDIO ATINGE PRÉDIOS NA CEASA EM NATAL

 Foto: Jipe Turismo

Um incêndio atingiu a Central de Abastecimento do Rio Grande do Norte, conhecida como Ceasa, na madrugada desta terça-feira (20), em Natal. Duas lojas foram atingidas e  destruídos pelas chamas.

O Corpo de Bombeiros começou o combate às chamas ainda na madrugada, antes das 4h, e o trabalho continuou até a manhã desta terça-feira (20). O incêndio foi considerado controlado pouco antes das 8h.

Dezenas de caminhões que chegavam ao local pela madrugada para descarregar alimentos tiveram que ficar do lado de fora e o trânsito da região teve várias interdições.

Cerca de 10 caminhões de combate ao incêndio foram utilizados no trabalho. Pela manhã, um caminhão de água da Marinha também foi cedido para o combate às chamas. Com informações do G1/RN.

Em nota, a direção da Central informou que o incêndio começou por volta das 3h30 e que não houve feridos. Também confirmou que duas lojas foram atingidas. “A causa do incêndio será investigada pelo Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep/RN)”, disse.

 

 

Topo