PARNAMIRIM – PREFEITURA DEFINE ESTRUTURA PARA O CARNAVAL 2019

Foto: Daltro Emerenciano/ Carnaval em Pirangi

Uma reunião realizada na manhã de sexta-feira(15), no Gabinete Civil da Prefeitura, definiu toda a estrutura do carnaval de Parnamirim 2019, que este ano inova com a montagem de novos polos da folia. Além de Pirangi, os parnamirinenses serão contemplados com um polo na Avenida Castor Vieira Régis – Cohabinal (02 a 05/03); Rua Cícero Eugênio – Nova Esperança (1 a 5/03); Praça das Mangueiras – Conjunto Parnamirim (23 e 24/02) e Rua da Aurora – Pium (1/03).

“Resolvemos montar esses polos nos bairros porque sabemos que nem todos têm condições de ir brincar o carnaval em Pirangi”, justificou o prefeito Rosano Taveira que solicitou ao secretário Marcondes Pinheiro (SESDEM) especial atenção no esquema de segurança.

Nos dias 23 e 24 haverá uma prévia carnavalesca na Praça das Mangueiras, das 15h às 21 horas. Ainda no dia 23, às 20 horas, Parnamirim escolherá o rei Momo e a rainha, na Praça São Sebastião, em Pirangi. Em Pium, o palco será montado em frente ao Ginásio Poliesportivo, das 16h às 23 horas e em Nova Esperança as atrações ocorrerão das 16h às 22 horas. No bairro da Cohabinal, as atrações terão início às 18 horas e se estenderão até a meia noite.

De acordo com Haroldo Gomes, presidente da Fundação Parnamirim de Cultura, na próxima semana a Prefeitura irá divulgar a programação dos shows nos palcos e trios.

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

PRIMEIRO SUPLENTE DO SENADOR STYVENSON FALA SOBRE POSSÍVEL PRESENÇA DO CAPITÃO NA DISPUTA PELO GOVERNO DO ESTADO EM 2022

Quem esteve na cidade de Nísia Floresta na noite desta sexta-feira(15) foi o advogado Alisson Taveira, 1º suplente de senador da República, na chapa do então candidato ao Senado,Capitão Styvenson.

Alisson Taveira foi convidado pelo ex-vereador Anadelson Gadelha para assistir a abertura dos trabalhos legislativos da Câmara Municipal, em sessão solene que recebeu o prefeito Daniel Marinho para a leitura da mensagem anual.

Alisson Taveira é um dos fundadores da REDE no estado, advogado no município de Touros, onde atua em questões relacionadas aos pescadores, agricultores, conflitos sociais e defesa do meio ambiente. Foi candidato a prefeito de Touros em 2016, ficando em segunda colocação após a desistência do então prefeito Ney Leite (PSD), que buscava a reeleição.

Falando sobre o atual momento político do RN o primeiro suplente do senador Styvenson disse que a máquina estatal sucumbiu ao longo dos anos em razão da falta de compromisso dos governantes para com o povo norte-riograndense, e que seria preciso alguém livre de vícios, daquelas velhas práticas políticas, para recuperar o equilíbrio das contas públicas e colocar o Estado de volta nos trilhos do desenvolvimento. Alisson disse ainda que desde o início se falava no nome do Capitão Styvenson Valentim para concorrer ao Governo do Estado, em razão do seu histórico exemplar de trabalho, honestidade e acima de tudo, de liderança a frente dos  cargos que ocupou.

Tendo em vista a campanha para governador em 2022, o suplente do senador potiguar disse que ainda está cedo para falar sobre esse assunto, mas que em se tratando de política tudo pode acontecer, sinalizando que o capitão da Lei Seca é o melhor nome da politica potiguar na atualidade, e que teria apoio popular para disputar o Governo do Estado, assim como teve em 2018 para disputar qualquer cargo eletivo.

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

NATAL – SUVACO DO CARECA ANIMA PONTA NEGRA COM  NOVO ENSAIO ABERTO AO PÚBLICO NESTE DOMINGO

Fotos da Festa da última semana.

Neste domingo (17), faça chuva ou faça sol, o “Suvaco do Careca” faz a festa dos foliões com o 2º Ensaio Aberto, a partir das 16h, na Avenida Praia de Ponta Negra – próximo ao bar e restaurante Curió.

A festa da semana passada foi um sucesso, nem a chuva conseguiu esfriar a energia do público que prestigiou os shows. As atrações confirmadas para este fim de semana são a Roda de Samba Nós do Samba, a Bateria da Escola de Samba Balanço do Morro e a Banda do Suvaco.

Este ano a Banda do Suvaco está sob a batuta do músico e arranjador Neemias Lopes, maestro responsável pelo repertório de sambas, frevos e marchinhas clássicas que vai agradar xarias e canguleiros, abecedistas e americanos.

Em 2018 o Suvaco do Careca foi eleito o melhor “Bloco do Ano” pelo júri oficial do Prêmio Dosinho de Carnaval, prêmio que consolida a presença do bloco na programação oficial do Polo Ponta Negra do Carnaval de Natal. No Carnaval 2019 o Suvaco do Careca comemora 9 anos de folia, e a meta é repetir a tradicional fórmula que faz o sucesso do bloco: irreverência, organização, segurança para toda a família, sem cordas, sem cobrança de ingresso, muita música e pé no chão.

O Bloco Suvaco do Careca conta com patrocínio da Prefeitura de Natal através do Programa de Incentivo à cultura Djalma Maranhão e apoio da Fundação Capitania das Artes – Funcarte/Secult-Natal.

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

MPF RECORRE BUSCANDO CONDENAÇÃO DE EX-PREFEITO DE SERRA DE SÃO BENTO

Construção de mirante foi superfaturada, executada pela empresa de fachada da irmã do prefeito e um secretário municipal era quem sacava o dinheiro

Francisco Erasmo de Morais, o “Chico de Erasmo” / Reprodução

O Ministério Público Federal (MPF) recorreu da absolvição do ex-prefeito de Serra de São Bento, Francisco Erasmo de Morais, o “Chico de Erasmo”; sua irmã Elisabeth Oliveira de Morais; o ex-secretário municipal de Finanças, Welton Rodrigues Santana, o “Mano”; e a empresa A. E. Construções e Prestações de Serviços Ltda. Eles foram apontados pelo MPF, em uma ação de improbidade, como responsáveis pelo superfaturamento e desvio de recursos – além de frustração ao caráter competitivo da licitação – na construção do mirante/observatório na Serra da Cruz.

O recurso deverá ser julgado pelo Tribunal Regional Federal (TRF) da 5ª Região, em Recife. Apresentada em 2012, a ação de improbidade apontou irregularidades no Contrato de Repasse 186.673-55/2005, firmado entre o Município de Serra de São Bento e a União. A licitação ocorrida em 2006 foi direcionada para a A. E. Construções e Serviços Ltda., da irmã do então prefeito, e cuja suposta proposta não tinha assinatura sequer dos integrantes da comissão de licitações.

Só esse fato, destaca o Ministério Público, caracteriza ao menos violação dos princípios constitucionais da isonomia e da moralidade administrativa. Uma das empresas “derrotadas”, aliás, pertencia a Welton Rodrigues, que poucos meses depois viria a ser nomeado secretário municipal por Francisco Erasmo.

“Restou demonstrado nos autos que referido processo licitatório não passou de um conjunto de documentos forjados, tendo sido a empresa citada contratada diretamente, como se fosse o caso de uma dispensa de licitação”, ressalta o MPF. Além disso, houve superfaturamento da obra e desvio de recursos.

Desvio – Mais de R$ 63 mil supostamente pagos à A. E. Construções foram sacados, na boca do caixa, por Welton Rodrigues, o então secretário municipal de Finanças. O mestre de obras da construção do Mirante também deixou claro, em seu depoimento, que recebia ordens de Mano e que toda sua equipe era paga pelo então secretário, sem ter qualquer contrato com a A. E. Construções.

Questionada sobre sua própria empresa, Elisabeth Morais disse saber apenas o nome da avenida onde seria a sede, não tendo informação alguma sobre fornecedores. Em visita ao suposto endereço, fiscais da CGU não encontraram nada relativo à A. E., demonstrando se tratar de uma empresa de fachada.

Superfaturamento – As investigações apontaram ainda que a obra foi orçada em valores acima dos de mercado, além de não ter sido efetivamente edificado pela empresa A. E. Construções. Laudo da Polícia Federal apontou, em 2011, uma diferença de pelo menos R$ 10.635,42, equivalente a um sobrepreço de 12,79% do total.

O engenheiro responsável pela documentação para regularização do mirante afirmou que nunca visitou a obra e apenas “emitiu a referida ART posteriormente à execução do empreendimento”, revelando também ter sido contratado por Mano. O profissional negou ainda que fossem suas as assinaturas nos boletins de medição da obra, demonstrando que o mirante foi construído sem a supervisão de um engenheiro, comprometendo, especialmente, a segurança do empreendimento e reforçando a tese de desvio de recursos públicos.

“Assim sendo, não existem dúvidas acerca dos atos de improbidade praticados que importam em infração aos princípios da moralidade e impessoalidade, de modo que a reforma da sentença é medida que se impõe, com a consequente condenação dos apelados”, indica o MPF. Os réus já foram, inclusive, condenados na ação penal 0003603-71.2013.4.05.8400 por fraude ao processo licitatório. A ação de improbidade tramita sob o número 0007494-37.2012.4.05.8400.

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

NÍSIA FLORESTA – POPULAÇÃO LOTA A CÂMARA MUNICIPAL PARA OUVIR A MENSAGEM DO PREFEITO DANIEL MARINHO

A Câmara Municipal de Nísia Floresta recebeu na noite desta sexta-feira(15), autoridades, representantes da sociedade civil organizada e cidadãos do município, por ocasião da abertura dos trabalhos legislativos e da leitura anual proferida pelo prefeito do município, Daniel Marinho. A sessão solene foi presidida pela vereadora Polyana Dias, que abriu os trabalhos da Casa desejando aos colegas e autoridades que integram o poder Executivo municipal mais um ano de êxito em favor do povo de Nísia Floresta.

O prefeito Daniel Marinho antes de apresentar os planos do Executivo para o ano de 2019 destacou alguns importantes feitos da sua gestão, salientando que em 2018 foram priorizados investimentos em políticas sociais, saúde, meio ambiente, habitação, educação, inclusão social e mobilidade urbana.

Daniel Marinho enfatizou que apesar dos desafios e das dificuldades, no transcorrer do ano que se inicia vai atender demandas antigas da população residente nas comunidades rurais e do litoral, a exemplo da complementação da estrada de Alcaçuz, que será licitada nos próximos dias, como também destacou as melhorias realizadas na drenagem das águas das chuvas que se acumulavam em ruas de Barra de Tabatinga.

Dentre os feitos apresentados pelo gestor municipal, o carnaval da Barreta e a festa de emancipação política do município receberam destaques diferenciados por ser o carnaval o maior evento momesco da regão do Litoral e Agreste potiguar, e a festa de emancipação política do município ser um feito inédito na gestão pública de Nísia Floresta, assim como o Cinema na Praça, o Circuito Verão de Nísia Floresta, além da inclusão do artesanato nisia-florestense em eventos com destaques estadual e nacional.

Após a leitura do prefeito a presidente da Casa legislativa reservou o tempo de cinco minutos para o pronunciamento de cada um dos vereadores inscritos. Fizeram uso da palavra os edis: Zé Nilton, Marcelo Mesquita, Eugênio Gondim, Marcão, Nego Celular, Luiz Henrique, Leila Emiliano, Bilu, Jorge Januário, e a presidente Polyana Dias.

O advogado Daniel Marinho ingressou na política de Nísia Floresta defendendo um mandato de vereador na legislatura que teve início em 2013, passando em 2016 a disputar o cargo de prefeito, sendo vitorioso nas urnas com 6.591 votos, 40.75% dos voto válidos.

Atualmente o sucesso da gestão Daniel Marinho resulta dos avanços alcançados pelo trabalho desempenhado por toda a equipe técnica do governo municipal, como também pela boa relação com o Poder Legislativo, onde o prefeito desfruta do apoio de nove dos onze membros da Casa, aliança que contribui de maneira significativa na promoção do bem coletivo, principalmente nas comunidades rurais.

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

PSL E GENERAL GIRÃO APROXIMAM MINISTROS DO RIO GRANDE DO NORTE

Estado recebeu a visita dos Ministros de Desenvolvimento Regional e da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

Agricultura, pecuária, fruticultura irrigada, carcinicultura, indústria salineira, pesca do atum, segurança hídrica e recuperação de barragens. Estas foram as principais pautas discutidas com o ministro de Desenvolvimento Regional Gustavo Canuto e com a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, que cumpriram agenda de compromissos no Rio Grande do Norte durante esta semana.

Em Mossoró, o deputado federal General Girão (PSL) acompanhou a ministra Tereza Cristina nas visitas à Agrícola Famosa – maior empresa brasileira exportadora de melão e melancia – e à Fazenda Potiporã,considerada a maior produtora de camarões do país. O parlamentar, que vêm buscando fazer um elo entre o Ministério da Agricultura e os produtores potiguares em audiências em Brasília, proporcionou o chamado ‘Momento PSL/RN’ entre a representante do Governo Federal e vários responsáveis pelo setor produtivo do Estado. Também participaram da agenda da Ministra em Mossoró, o presidente estadual do PSL/RN, Coronel Hélio Oliveira, o secretário geral General Araújo Lima, e o presidente da Comissão Provisória do PSL/Mossoró, Dr. Daniel Sampaio.

Durante o ‘Momento PSL/RN’, o General Girão entregou à Ministra Tereza Cristina um documento com o diagnóstico de diversos setores do mercado produtivo do Estado como, por exemplo, a produção de sal, cana-de-açúcar, camarão, pesca do atum, pecuária e, também, o caju. Neste caderno foram expostas as potencialidades e os óbices que a produção de cada setor citado enfrenta no RN.

DESENVOLVIMENTO REGIONAL

Cumprindo agenda em Natal na última quinta-feira (14), o ministro de Desenvolvimento Regional Gustavo Canuto esteve reunido com a governadora Fátima Bezerra e com parte da bancada federal do RN, ocasião na qual, o deputado federal General Girão foi representado pelo General Araújo Lima, secretário geral do PSL/RN. Na reunião, foram apresentados pleitos para recursos de obras de segurança hídrica: o Projeto do Sistema Adutor do Seridó, complexo de Oiticica e recuperação de barragens.

O secretário geral do PSL comemorou os resultados obtidos com a visita de ambos os ministros. “De acordo com a estratégia que vem sendo desenvolvida pelo PSL, onde as ações devem ser sincronizadas entre o partido e os seus mandatários, neste caso em particular, o General Girão, observamos que os ministros vêm atendendo as demandas solicitadas por nós quando proporcionamos para que eles visitem o RN e conheçam, de maneira mais aprofundada, os setores produtivos. Este trabalho sincronizado vem dando resultados e prova disso é que já recebemos, em uma mesma semana, a visita de dois ministros”, conclui General Araújo Lima. 

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

EM MOSSORÓ, FÁTIMA VISITA A FAZENDA NORFRUIT E A AGRÍCOLA FORMOSA

A governadora Fátima Bezerra visitou na tarde desta sexta-feira (15), a Fazenda Norfruit, a convite da diretoria da Coopy Frutas (Cooperativa dos Fruticultores da Bacia Potiguar), em Mossoró.

Os números da produção de melão e melancia das cinco empresas que compõem a cooperativa, apresentados pelo gerente comercial Adriano Thielke, impressionam: a safra anual extrapola 30 mil toneladas, escoada em sua maioria para países da Europa, incluindo Reino Unido, e também para estados do Sul, Sudeste e Centro Oeste do País.

A área produtiva das fazendas Norfruit, Dinamarca, Fruta Vida, Agrícola Bom Jesus e Agrícola Jardim, cujos proprietários são antigos funcionários da extinta Fazenda Maísa, totaliza 1.700 hectares e representa 10% da produção de melões e melancias de Mossoró. Tanto a produção quanto o beneficiamento seguem normas internacionais de certificação, e as frutas passam por rigorosa análise de resíduos tóxicos.

A cooperativa integra o Coex (Comitê Executivo da Fruticultura do RN), e gera 1.700 empregos formais, além de compor uma grande cadeia produtiva que gera vagas no mercado de trabalho, de forma indireta.

A fruticultura impulsiona toda uma cadeia de atividades no interior, gerando emprego e renda. No RN, 36% da pauta de exportação é de fruticultura e agricultura. “Acredito que para cada emprego direto, geramos dois ou três indiretos”, calcula Thielke, que em nome da cooperativa e dos produtores de maneira geral apresentou à chefe do Executivo a pauta de reivindicação da categoria.

Ele falou sobre a necessidade de conclusão da Estrada do Melão, uma rodovia estadual que teve sua construção iniciada há mais dez anos, porém ainda não foi denominada, e também o fortalecimento dos órgãos estaduais que apoiam a fruticultura, que são IDIARN, EMPARN, IGARN, IDEMA e EMATER.

Fátima também visitou a Agrícola Famosa, onde almoçou a convite do fruticultor Luiz Roberto Barcelos, diretor-presidente do Coex. “Nosso propósito é de integrá-la ao setor da fruticultura, segmento muito importante na pauta de exportações do RN, que gera milhares de emprego”, afirmou o empresário.

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

FÁTIMA E SECRETÁRIOS SE REÚNEM COM MINISTRA DA AGRICULTURA TERESA CRISTINA

Regularização fundiária, desburocratização para acesso às linhas de crédito e simplificação de licenciamento dos barcos pesqueiros foram os principais temas da reunião entre a governadora Fátima Bezerra e a ministra da Agricultura Teresa Cristina Corrêa, realizada na noite desta sexta-feira (15), em Mossoró.  Ambas estavam acompanhadas de auxiliares e a partir do diálogo chegaram à conclusão de que Governo do Estado e Ministério estão alinhados com relação ao fortalecimento da Agricultura Familiar e com a necessidade de desburocratizar o acesso ao crédito rural e aos programas governamentais.

A governadora solicitou audiência com a ministra, que se prontificou a recebê-la em Brasília, para apresentar todas as necessidades do Estado e enfatizou a importância da conclusão da transposição das águas do Rio São Francisco para o RN, destacando que sem água não tem desenvolvimento agrário. “Esta obra representa um importante passo em direção ao sonho de acabar com a falta d’água no interior do nosso Estado. Faremos uma integração da nossa rede de bacias, adutoras e barragens como Oiticica e Armando Ribeiro Gonçalves. Isso trará dignidade e progresso, desenvolvimento e qualidade de vida”, disse Fátima.

Participaram também da reunião os senadores Zenaide Maia e Jean Paul Prates, o secretário Jaime Calado (SEDEC) e representantes dos órgãos Idiarn, Emater, Emparn, Igarn e Idema.

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

REFORMA DA PREVIDÊNCIA NÃO VAI ATINGIR QUEM JÁ PODE SE APOSENTAR

Foto: Divulgação

Responsável pelo atendimento de 90 milhões de brasileiros e pelo pagamento de R$ 43 bilhões em benefícios por mês, o novo presidente do INSS, Renato Rodrigues Vieira, alerta que o cidadão que já reúne as condições para se aposentar não deve antecipar o pedido de forma impensada com medo da iminência da reforma da Previdência. “O cidadão não pode comprometer o planejamento de vida de forma impensada”, diz. “Aquele que já pode se aposentar não será atingido pela reforma da Previdência.”

Na primeira entrevista no cargo, Vieira afirma ao Estadão/Broadcast que é indiscutível a necessidade de revisar regras da Previdência para equilíbrio do sistema.

Segundo ele, o INSS será o condutor da informação sobre reforma da Previdência e o governo já está monitorando as fake news sobre tema. “O INSS não se comunica por meio de correntes em WhatsApp”, alerta.

Foto: Dida Sampaio/ Estadão –   o novo presidente do INSS, Renato Rodrigues Vieira,

Qual a importância da reforma da Previdência para o INSS?

Cabe ao INSS fornecer todos os subsídios técnicos necessários para que a reforma seja a mais efetiva e sustentável possível. É indiscutível a necessidade de uma ampla revisão paramétrica das regras previdenciárias para trazer de volta o equilíbrio do sistema. Para 2019, temos uma arrecadação projetada de R$ 421 bilhões e pagamentos de R$ 637 bilhões, o que gerará um déficit, apenas para o Regime Geral de Previdência Social, de R$ 216 bilhões. Isso nos impõe medidas urgentes que viabilizem a equalização do déficit.

Qual será o papel do INSS na discussão da reforma?

Cabe ao INSS, assim como na MP 871 (de combate à fraude), acompanhar todo o processo, internalizar as alterações da forma mais segura e célere possível para que os resultados esperados sejam entregues da forma mais efetiva.

O INSS terá de se preparar para explicar as mudanças?

Sem dúvida. O ponto de contato da Previdência com o cidadão é o INSS. Será ele o condutor da comunicação direta para que haja o menor impacto possível nas rotinas de atendimento.

Como vocês estão se preparando? Em momentos de mudança, o segurado fica inseguro em relação ao que fazer e tem muitas dúvidas.

Há uma premissa na reforma que é a impossibilidade de alcançar direitos adquiridos. É importante que todo o beneficiário da Previdência e todo o segurado tenha a exata noção desse ponto. Aquele cidadão que já recebe benefício de aposentadoria do INSS não poderá ser atingido. Assim como aquele que já reuniu requisitos para a concessão da sua aposentadoria e fez a opção de não se aposentar. Esse também é tratado como se já estivesse aposentado para fins de caracterização do direito adquirido. É importante que a população esteja consciente desse fato para que não antecipe a busca pela sua aposentadoria de forma impensada, com receio da aposentadoria. Aquele que já pode se aposentar não será atingido pela reforma da Previdência.

Ele pode continuar trabalhando para contribuir mais e ter uma aposentadoria maior?

O cidadão não pode comprometer o planejamento de vida de forma impensada por conta da iminência da aprovação da reforma. Se ele já tem condições de se aposentar, ele dever seguir o seu planejamento pessoal e familiar de migração para a inatividade.

Muitos segurados correm para se aposentar com medo da reforma e depois ficam com uma aposentadoria mais baixa.

Depois ele se arrepende. A decisão é muito séria e não pode mudar seu planejamento diante de uma informação que não é verdadeira.

Como o INSS vai trabalhar para combater “fake news”?

O governo monitora informações falsas diariamente. A população que é mais vulnerável recebe informações falsas, maldosas, de que determinada medida comprometerá seus direitos. E, em razão disso, de forma compreensível e legítima, esse segurado procura uma agência para buscar esclarecimentos. Essas fake news geram desserviço à população atendida pelo INSS.

Na tramitação da reforma, as “fake news” tendem a aumentar?

É importante que a população observe os canais oficiais de comunicação. O INSS não se comunica por meio de correntes em WhatsApp. O INSS se comunica pelo seu site oficial, pelas suas notas oficiais. O cidadão deve duvidar, questionar uma informação que tenha recebido fora dos canais oficiais. Se ainda assim persistir a dúvida, busque os canais de atendimento remoto, o 135, o e-mail do INSS e, em último caso, uma agência da Previdência para buscar informações. Mas evite o compartilhamento de informações falsas.

Por Idiana Tomazelli e Adriana Fernandes/Do Estadão

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

NATAL RECEBERÁ PALESTRAS GRATUITAS DA MICROSOFT

A Caravana Azure & Data desembarca em Natal no dia 24 de fevereiro, depois de passear por quatro capitais brasileiras. O evento é uma realização da Microsoft em parceria com a IntraDB Consultoria e Serviços – Gold Partner.

Destinada para os apaixonados por informática, a 5ª edição da Caravana Azure & Data acontece na Faculdade Maurício de Nassau, da Avenida Engenheiro Roberto Freire, zona Sul da capital potiguar. As inscrições são gratuitas e seguem abertas até 23 de fevereiro no site www.sympla.com.br.

Na programação, cinco palestras sobre ambientes digitais que serão proferidas por especialistas renomados em Tecnologia da Informação. Entre os objetivos estão a demonstração de algumas funcionalidades da plataforma de dados da Microsoft e maneiras de como elas podem ser implementadas utilizando serviços de armazenamento em nuvem na internet para revolucionar as empresas, além de construir soluções que fomentem a transformação digital.

Confira a programação
Manhã
8h30 às 9h – Recepção e Credenciamento
9h às 9h30 – Abertura do Evento
9h30 às 10h30 – Palestra: Como desenvolver projetos em computação em nuvem? Palestrante: Vinicius Perrot
10h30 às 12h – Palestra: Desenvolvendo aplicações nativamente para Azure Palestrante: Marcondes Alexandre

Tarde
12h às 13h – Intervalo
13h às 14h – Palestra: Migrando SQL Server On-premise para Azure SQL Database Palestrante: Maycon Alves
14h às 15h – Palestra: Serviços IoT no Azure
Palestrante: Fernando Oliveira
15h às 15h30 – Intervalo
15h30 às 16h30 – Palestra: Gerando Negócios com Backup do Azure e File Sync Palestrante: Francisco José
16h30 às 17h – Sorteio de Brindes e Encerramento

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

VALE  RECEBEU 11 MULTAS AMBIENTAIS EM OITO ANOS SÓ EM BRUMADINHO

Foto: Marcelo Camargo/ABr

A operação da Vale em Brumadinho (MG) recebeu 11 multas ambientais desde 2011 do governo do estado, em um valor total de R$ 430 mil. A Vale recorre dessas autuações e, até hoje, não pagou nenhuma.

Foi nesta cidade mineira que uma barreira se rompeu no dia 25 de janeiro deixando centenas de mortos e desaparecidos. Uma das multas à Vale refere-se a problemas em barragens no local.

De acordo com registros da Secretaria Estadual de Meio Ambiente de MG obtidos pelo UOL, a primeira dessas multas não pagas foi aplicada em 2011 e a última, em fevereiro de 2019 — quando a secretaria mandou paralisar a operação da Vale em Brumadinho e aplicou duas multas pelo acidente fatal, no valor de R$ 24.254,10 cada uma.

A Vale confirma que ainda recorre das multas e diz exercer o seu direito.

POLUIÇÃO DE CÓRREGOS E RISCO DE INCÊNDIO 

Nestes nove anos, a multa mais alta recebida pela mineradora em Brumadinho foi uma infração gravíssima de R$ 100.148,21, em 31 de outubro de 2018. O motivo foi o desrespeito ao prazo para apresentar relatórios ambientais das das operações em Brumadinho e não seguir recomendações dos órgãos de fiscalização ambiental.

Outras multas são por motivos variados e vão de risco e início de incêndio em área de proteção ambiental até a contaminação de córregos com produtos químicos dos laboratórios de testes da empresa. Poluição do ar acima dos limites aceitáveis, rebaixar o nível de lençóis freáticos sem autorização, atrasos na apresentação de relatórios ambientais e até degradar habitats e ecossistemas em cavernas renderam multas ambientais à Vale.

Em nota enviada ao UOL pela assessoria de imprensa, a Vale afirma que “apresentou todas as defesas, em tempo hábil, aos órgãos emissores e que esta documentação  permanece em análise”. Também diz que “sobre as multas, a Vale esclarece que exerce seu direito de defesa daquelas que considera indevidas por questões legais ou técnicas e aguardará julgamento dos processos”.

COBRANÇA PÚBLICA

Em audiência pública na Câmara dos Deputados na quinta-feira (14) o presidente da Vale, Fabio Schvartsman, foi cobrado por parlamentares e representantes do Ibama a pagar as multas que a empresa levou após o rompimento da Barragem 1 em Brumadinho. A prefeitura da cidade multou a Vale em R$ 100 milhões, e o Ibama em outros R$ 250 milhões depois da tragédia. Schvartsman respondeu que as regras internas da Vale obrigavam todas as multas a passar por uma “análise da área jurídica”, mas que a companhia arcaria com suas responsabilidades. Nesta sexta-feira (15), oito funcionários da mineradora foram presos.

PERFIS DAS MULTAS

Duas das autuações são por infrações leves, três gravíssimas e seis graves. Uma multa grave e uma gravíssima compõem uma mesma infração. Uma outra é referente a problemas em duas barragens no complexo da mineradora: Menezes 1 e Barragem IV.

Esta última está em uma lista divulgada pelo MP-MG (Ministério Público de Minas Gerais) de dez barragens que a companhia já sabia, pelo menos desde outubro do ano passado, que correm risco de romper. A mineração foi paralisada nestas áreas.

Fonte: UOL

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

VALE FIRMA ACORDO COM MPT PARA PAGAR DESPESAS DE VÍTIMAS E MANTER EMPREGOS EM BRUMADINHO

Foto: Roberio Fernandes/ Futura Press/ Estadão Conteúdo

A Vale se comprometeu a pagar as despesas e verbas rescisórias das vítimas do rompimento da barragem 1, da Mina Córrego do Feijão, em Brumadinho (MG). A mineradora também se comprometeu a manter os empregos de funcionários e de terceirizados, em acordo parcial firmado ontem com representantes do MPT (Ministério Público do Trabalho) e de sindicatos, durante audiência realizada na 5ª Vara do Trabalho de Betim.

Até o presente momento, foram confirmadas 166 mortes em decorrência do rompimento da barragem. Outras 144 pessoas estão desaparecidas, de acordo com informações do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais. Ainda ontem, oito funcionários da mineradora foram presos.

O MPT em Minas Gerais informou que a Vale se comprometeu a adotar as seguintes medidas:

Manter os empregos e não transferir funcionários da empresa e terceirizados que sobreviveram ao rompimento da barragem;

Depósito das verbas rescisórias dos empregados falecidos cujos corpos já tenham sido identificados, de empregados da Vale e de empresas terceirizadas;

Depósito dos salários dos empregados da mineradora e de empresas terceirizadas que estejam desaparecidos, pagamento das despesas com funeral e outros custos relacionados;

Liberação de seguro de vida;  Apresentar ao MPT a lista de dados de empregados diretos e terceirizados, avulsos, aprendizes, estagiários e pessoa jurídica e o Programa de Gerenciamento de Riscos, inclusive com dados da empresa ou responsáveis por sua elaboração e monitoramento.

Durante a audiência, o juiz Ordenisio Cedas dos Santos negou um pedido da Vale para revogar e reduzir o bloqueio de R$ 1,6 bilhão.   “As consequências do desastre ainda não são dimensionadas e os valores bloqueados visam resguardar/garantir a reparação dos danos, valendo ressaltar que do total de R$ 1,6 bilhão bloqueado, a quantia de R$ 800 milhões se destina à reparação de indenização por danos morais coletivos”, afirmou o juiz.

Em nota à imprensa, em que confirma o acordo parcial, a Vale diz que “atuará ainda para que o pagamento do seguro de vida seja realizado da maneira mais célere possível e apresentará à Justiça a relação de nomes e dados de empregados próprios e terceiros, além de documentos relacionados a saúde e segurança dos trabalhadores”. Uma nova audiência está marcada para a próxima sexta-feira (22), quando deve começar a discutir novamente os termos do acordo parcial e a proposta de indenização da Vale.

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

ATLETA INTERNADO APÓS INCÊNDIO NO FLAMENGO INICIA DIETA ORAL

As queimaduras do atleta Jhonata Ventura vem respondendo bem aos curativos e ele já iniciou dieta oral, segundo a Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro, que divulgou um boletim médico na manhã de hoje (16).

Jhonata está internado no Centro de Tratamento de Queimados do Hospital Pedro II, em Santa Cruz, na zona oeste do Rio de Janeiro.

O jovem é o último dos três feridos que permanece internado após o incêndio que destruiu o alojamento das categorias de base no Centro de Treinamento do Flamengo, no dia 8 de fevereiro. A tragédia deixou 10 mortos, e, entre os sobreviventes, Jhonata foi o que apresentou os ferimentos mais graves, com entre 30% e 35% do corpo com queimaduras de terceiro grau.

A secretaria informou também que as lesões na face do atleta já estão cicatrizadas e ele está hemodinamicamente estável. Jhonata está acordado e atende a comandos simples. Ele segue sendo tratado com antibióticos e, apesar da melhora, ainda precisa de máscara de oxigênio.

Fonte: Agência Brasil

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

SEGUNDA TURMA DO STF NEGA RECURSO QUE LIBERTA CONDENADOS EM 2ª INSTÂNCIA

Foto: José Cruz/ABr

Por unanimidade, a Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu manter uma decisão do ministro Gilmar Mendes e negou recurso para conceder habeas corpus coletivo a condenados em segunda instância. O julgamento, ocorrido no plenário virtual da Segunda Turma, foi concluído nesta sexta-feira, 15.

O habeas corpus coletivo, impetrado por um grupo de advogados do Ceará em março do ano passado, afirmava que a então ministra presidente do Supremo, Cármen Lúcia, estava sendo omissa ao não pautar para o plenário do tribunal o julgamento das ações que tratam da prisão antes do esgotamento de todos os recursos.

Os integrantes da Associação dos Advogados do Estado do Ceará (AACE) utilizavam como argumento uma decisão da Segunda Turma do STF que permitiu a possibilidade de grávidas e mães passarem para a prisão domiciliar.

À epoca, Gilmar Mendes entendeu que “seria temerária a concessão” do habeas corpus coletivo, “um vez que geraria uma potencial quebra de normalidade institucional”. Além disso, o ministro – que já se posicionou reiteradas vezes contra a possibilidade de prisão após condenação em segunda instância – apontou que o pedido era “genérico”, sendo necessário analisar a questão em cada caso concreto.

O julgamento do mérito das ações sobre a execução antecipada de pena foi marcado pelo presidente do STF, ministro Dias Toffoli, para o dia 10 de abril.

Fonte: Agência Estado

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

MENSAGEM SOBRE ALERTA DE ATAQUE DO PCC QUE CIRCULA NO WHATSAPP É FALSA

Circulam no WhatsApp mensagens de alerta sobre um suposto ataque do Primeiro Comando da Capital (PCC) em São Paulo, por retaliação contra a transferência de presídio do principal líder da facção, Marcos Willians Herbas Camacho, o Marcola. A Secretaria da Segurança Pública (SSP) e o governador João Doria negaram a autenticidade do “salve geral”.

O texto que está sendo compartilhado no aplicativo avisa de um “toque de recolher” às 21h deste sábado, 16, e faz ameaças de “guerra”. Também circulam pelo aplicativo áudios que citam integrantes da força policial.  A SSP emitiu nota afirmando que não há nenhum indício que comprove a iminência de ataques de organizações criminosas “contra o poder público ou seus agentes, em especial os integrantes das forças de segurança pública, como forma de retaliação a serem praticadas por indivíduos ligados aos presos recém transferidos.”

A pasta também garantiu que as medidas adotadas pelo Comando da Polícia Militar que orientam o efetivo sobre reforços ou ações de ordem operacional são preventivas e “objetivam potencializar a sensação de segurança na sociedade.”

Em coletiva nesta sexta-feira, 15, o governador Doria disse que as gravações de alerta já haviam sido identificadas pelo Estado e seriam de autoria de criminosos.“Quero deixar muito claro: fake news. Temos um monitoramento da Polícia Militar, da Polícia Civil. São notícias falsas. Ontem (quinta-feira, 14), no Conselho de Segurança Pública, esses áudios já tinham sido identificados por nós. São improcedentes. Não há nenhum movimento”, afirmou Doria.

Marcola e mais 21 integrantes da cúpula do PCC foram transferidos da penitenciária de Presidente Venceslau (SP) para presídios federais em Mossoró (RN), Brasília e Porto Velho (RO) nesta semana. Com a movimentação, os comandos da Polícia Militar e da Polícia Civil colocaram em alerta 100 mil agentes nesta quarta-feira, 13. Um decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro autorizou o reforço de segurança das Forças Armadas nas cidades para as quais os criminosos foram enviados.

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

LAUDO DO IML APONTA MORTE DE BOECHAT POR POLITRAUMATISMO

O jornalista Ricardo Boechat, de 66 anos, morreu em decorrência de politraumatismo provocado pela queda do helicóptero na Rodovia Anhanguera, em São Paulo, segundo laudo do Instituto Médico Legal (IML). O piloto Ronaldo Quattrucci, de 56, também morreu no acidente que aconteceu na segunda-feira, 11

O exame não apontou indícios de que Boechat inspirou fuligem ou fumaça antes de morrer, segundo o delegado Luiz Roberto Hellmeister, responsável pelo inquérito. “(Foi detectada) uma concentração abaixo de 10% de carboxihemoglobina (intoxicação por monóxido de carbono) no sangue, o que indica que a vítima já se encontrava em óbito antes da exposição ao gás”, afirma o laudo.

De acordo com o documento, o jornalista sofreu traumatismos torácico e abdominal, “caracterizando politraumatismo, com carbonização secundária”. O corpo do jornalista foi reconhecido pela arcada dentária.

Fonte: Estadão

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

CADE AUTORIZA VENDA DA DISTRIBUIDORA ELETROBRAS AMAZONAS

A Eletrobras informou ontem (15), por meio de comunicado ao mercado, que o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) deu anuência à venda da distribuidora Eletrobras  Amazonas Energia ao consórcio Oliveria/Atem. A venda havia sido questionada sob o argumento de que a aquisição da distribuidora poderia provocar concentração de mercado. O consórcio já havia adquirido a Boa Vista Energia, subsidiária da Eletrobras responsável pelo fornecimento de eletricidade em Roraima.

O questionamento foi apresentado por uma empresa concorrente do grupo Oliveira, a Gopower & Air. A Oliveiras Energia atua com fornecimento de energia com termelétricas no Amazonas e em Roraima, e a ATEM é uma distribuidora de petróleo.

A decisão favorável poderá ser questionada por meio de recurso, que poderá ser apresentado em um  prazo de até 15 dias. A Eletrobras disse que novo cronograma da transferência de controle acionário da Amazonas Energia será divulgado para finalizar processo de desestatização da distribuidora. ” A Eletrobras manterá o mercado informado acerca do assunto de que trata este Comunicado ao Mercado”, disse a empresa. “Com isso, a etapa de capitalização de dívida, por parte da Eletrobras, na supracitada Distribuidora está suspensa até que seja proferida a decisão definitiva pelo Cade”.

O leilão de privatização da Amazonas Energia foi feito no dia 10 de dezembro do ano passado, após sucessivos adiamentos. A Amazonas Energia atende a quase 900 mil consumidores em 62 municípios do estado.

 

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

TRT-RN REALIZA LEILÃO DE BENS AVALIADOS EM MAIS DE R$ 46 MILHÕES

Foto: Divulgação

O Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (TRT-RN) realiza no dia 27 deste mês, a partir das 14h, no Hotel Majestic, em Natal, o primeiro leilão de 2019. O valor arrecadado será utilizado para pagamento de dívidas trabalhistas.

O pregão terá uma fazenda de 120 hectares na praia de Sibaúma, no litoral Sul do estado. A propriedade, que está avaliada em R$ 36 milhões, foi penhorada pela 13ª Vara do Trabalho de Natal em vários processos de execução contra o Hotel Parque da Costeira.

Também serão leiloados pelo TRT-RN um terreno em Mossoró, outro em Parnamirim, uma loja e duas salas comerciais em Natal e mais duas garagens da empresa da Viação Nordeste, em João Pessoa e Campina Grande (PB), avaliados em R$ 10 milhões e 800 mil. A empresa acumula uma dívida de R$ 20 milhões referente a um processo piloto que reúne mais de duzentas ações trabalhistas de ex-empregados.

O leilão será presidido pelo juiz Michael Wegner Knabben e terá três pregões com intervalos de 15 minutos entre si. No primeiro, os bens serão vendidos por 100% do valor da avaliação, o segundo por 80% do valor e o terceiro por 70% da avaliação.

Os editais dos leilões já estão disponíveis para consulta: Acesse.

Serviço

1º Leilão do TRT-RN – Hotel Parque da Costeira e Viação Nordeste

Data: 27 de fevereiro – quarta-feira – 14h

Local: Hotel Majestic – Av. Engenheiro Roberto Freire, 3800 – Ponta Negra – Natal/RN

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

GOVERNO COBRA R$ 664 MILHÕES EM DÉBITOS FISCAIS; PROCESSOS ESTÃO NA JUSTIÇA

As 120 maiores dívidas inscritas na Dívida Ativa do Rio Grande do Norte somam R$ 664 milhões. Os valores dizem respeito a impostos e outros débitos que não foram pagos ao Estado. A lista com os nomes das empresas e os processos que já estão na Justiça foi repassada pela Procuradoria Geral do Estado (PGE) ao Tribunal de Justiça. Ao todo, os maiores devedores do estado devem cerca de R$ 4 bilhões inscritos na Dívida Ativa.

Em uma das frentes do governo para buscar recursos, colocar salários em dia e pagar fornecedores, o Poder Executivo pediu celeridade nos processos de execução fiscal e tributária. “São valores altos que, entrando na conta do Estado, serão usados para pagamento de salário de servidores”, considerou o procurador-geral adjunto, José Duarte Santana.

Após pedido do governo, a presidência do Tribunal de Justiça encaminhou a listagem dos processos prioritários para juízes de todo o Estado. De acordo com a Justiça Estadual, os processos correm em 17 comarcas potiguares, sendo a da capital e outras 16 no interior.

Empresas de diversos setores da economia como agroindústria, têxtil, alimentos, transportes, pesca, salineira, comércio e exportação figuram entre as que têm débitos a saldar. A maior dívida na lista soma quase R$ 38 milhões.

Os processos de execução fiscal tramitam em Natal, Areia Branca, Assu, Caicó, Ceará-Mirim, Cruzeta, Jardim de Piranhas, Macaíba, Macau, Mossoró, Parelhas, Parnamirim, Santa Cruz, Santo Antônio, São Gonçalo do Amarante, São Paulo do Potengi e Touros.

 

Fonte: G1 RN

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

BAZAR FORA DO PADRÃO ACONTECE NESTE SÁBADO EM NATAL COM VENDA DE ROUPAS PLUS SIZE

Foto: Divulgação

Incentivando o empreendedorismo feminino, o Bazar Fora do Padrão promove sua segunda edição neste sábado (16), na Natal Tattoo Tirol, em clima de carnaval. Durante o evento, serão vendidas peças de roupas a partir do tamanho 44.

Idealizado por Luciene Ferreira, Carla Nogueira, Cecília Oliveira e Alana Cascudo, o bazar mostra mais uma vez que beleza não tem limite de peso, além de promover o consumo consciente. Serão vendidas peças com preços que variam de R$1,00 a R$99,99 reais. Adereços carnavalescos também estarão à venda.

A programação conta ainda com debate sobre autoestima com o título ‘Sobre ser gorda na sociedade: empoderamento e desconstrução’, além de discotecagem, foodtrucks, sorteios, apresentação de dança do ventre com Michele Oliveira e workshop de maquiagem carnavalesca com Ynna Borges.

Fora do Padrão é promovido pelo blog Apartamento 702, e conta com apoio da Natal Tattoo, Massas Jucurutu, Bella Sempre Moda Grande, Amanditta Modas, Estúdio Carlota, Will Makeup, Que tal Lingerie, Bárbara Cosméticos, Pudim Artesanal, Barraca do Carioca e Doce Chocolates.

SERVIÇO

Bazar Fora do Padrão

16.02 às 15h
Entrada gratuita

Endereço: Natal Tattoo Tirol – Av. Afonso Pena, 805 (Ao lado do Box Tirol)

 

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

MEGA-SENA SORTEIA R$ 26 MILHÕES NESTE SÁBADO

Mega-Sena pode pagar neste sábado (16) um prêmio de R$ 26 milhões para quem acertar as seis dezenas do concurso 2.125.

O sorteio será realizado a partir das 20h (horário de Brasília), na cidade de São Paulo (SP).

As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília), em qualquer casa lotérica credenciada pela Caixa em todo o país. A aposta simples, com seis dezenas, custa R$ 3,50.

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

PROJETO DE LEI ANTICRIME SERÁ APRESENTADO NA TERÇA-FEIRA AO CONGRESSO

O presidente Jair Bolsonaro disse hoje (16), em sua conta no Twitter, que o governo apresentará o projeto de lei Anticrime ao Congresso Nacional na terça-feira (19). “Na próxima terça-feira apresentaremos projeto de lei Anticrime ao Congresso. Elaborado pelo ministro Sergio Moro, o mesmo visa endurecer as penas contra assassinos, líderes de gangues e corruptos”, escreveu na rede social.

Na quinta-feira (14), o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, defendeu mais rigor na punição do condenado por crime de homicídio ao participar, em Brasília, de evento organizado pela Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados (Enfam).

“A redução da taxa de homicídios passa por adoção de politicas públicas complexas. Muitas delas envolvem medidas puramente executivas, como melhorar as investigações [policiais] e restauração de áreas urbanísticas degradadas. Mas um fator fundamental é, sim, retirar o criminoso homicida de circulação”.

O projeto propõe mudanças em vários pontos da legislação a fim de endurecer o combate a crimes violentos, como o homicídio e o latrocínio, e também contra a corrupção e as organizações criminosas. “Para isso [implementação da lei], precisamos ter um tribunal mais efetivo. Um tribunal que não leve dez, 20 anos, para condenar alguém que cometa um homicídio, por exemplo”, afirmou Moro.

O ministro disse que um dos objetivos do projeto de lei é tirar das ruas os criminosos reincidentes ou comprovadamente membros de facções criminosas.

“Não estamos querendo que o autor de pequenos crimes, mesmo que reincidente, permaneça na prisão. Não se trata de endurecer as penas para os ladrões de maçã ou de chocolate, mesmo que reincidentes. Estamos falando de crimes violentos e de criminosos perigosos”, disse o ministro, pouco antes de reconhecer a baixa resolução de crimes.

Quanto ao crime organizado, Moro defendeu que as lideranças das facções, quando presos e condenados, cumpram a pena inicialmente em regime fechado, em isolamento. “A estratégia exitosa em relação à criminalidade organizada passa pelo isolamento de suas lideranças”, disse.

O ministro voltou a justificar a iniciativa do governo federal de endurecer a lei contra o crime argumentando que a corrupção, o crime organizado e o crime violento são os maiores problemas do país em termos se segurança pública, já que estão inter-relacionados.

Fonte: Agência Brasil

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

HORÁRIO DE VERÃO TERMINA NESTE DOMINGO

Motivo de alegria para uns e de tristeza para outros, o horário de verão termina à zero hora deste domingo (17). Com isso, os relógios terão que ser atrasados em uma hora (voltarão para 23h) nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste.

O horário de verão de 2018 começou no dia de 4 novembro para moradores de 10 estados e do Distrito Federal. Até 2017, o horário de verão tinha início no terceiro domingo de outubro, mas atendendo um pedido do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o então presidente Michel Temer alterou o início do horário para que não coincidisse com o primeiro e o segundo turno da eleição.

Viagens

Com o fim do horário de verão, é comum a confusão nos primeiros dias, por isso, a Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear) emitiu um comunicado alertando passageiros para que fiquem atentos aos horários nos bilhetes aéreos. Vale o que está escrito no bilhete, pois eles são emitidos conforme a hora local vigente na data da viagem.

Segundo a entidade, a informação da partida se refere ao horário na cidade de origem e a da chegada ao horário da cidade de destino. Dessa forma, os bilhetes emitidos sempre consideram, além das diferenças de fuso, as diferenças resultantes do início ou fim do horário de verão. Em caso de dúvida, os passageiros devem buscar informações no site da companhia aérea ou por meio dos canais de atendimento telefônico.

Horário de verão em 2019

Este ano, a adoção do horário de verão ainda é uma incógnita, e cabe ao presidente Jair Bolsonaro decidir.

No ano passado, estudos da Secretaria de Energia Elétrica (SEE), do Ministério de Minas e Energia (MME) em parceria com o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), apontaram que em termos de economia de energia, a medida não tem sido eficiente, já que os resultados alcançados foram próximos à “neutralidade”. O horário de verão foi criado no país com o intuito de economizar energia, a partir do aproveitamento de luz solar no período mais quente do ano.

“A aplicação da hora de verão, nos dias de hoje, não agrega benefícios para os consumidores de energia elétrica, nem tampouco em relação à demanda máxima do sistema elétrico brasileiro, muito em função da mudança evolutiva dos hábitos de consumo e também da atual configuração sistêmica do setor elétrico brasileiro”, destaca o documento enviado à Casa Civil.

Segundo a assessoria do MME, não há previsão de balanço sobre os resultados obtidos com o horário de verão de 2018. “Serão realizadas novas análises anuais técnicas dos resultados do ciclo 2018/2019 e, quando concluídas, serão encaminhadas à Presidência da República, a quem cabe a decisão de manter ou não o horário brasileiro de verão”, informou a assessoria do MME.

Fonte: Agência Brasil

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

MORRE GERALDO ETELVINO DE MEDEIROS , UM DOS FUNDADORES DO SUPERMERCADO NORDESTÃO

O Supermercado Nordestão comunicou por meio das redes sociais, o falecimento de Geraldo Etelvino de Medeiros, um dos seus fundadores. Geraldo Etelvino nasceu em 26 de setembro de 1937 e faleceu nesta-quinta-feira, 14 de fevereiro de 2019, 81 anos de memória.

O sepultamento aconteceu no final da tarde de hoje(15), no Cemitério Morada da Paz, em Emaús.

Geraldo Etelvino o mais velho dos irmãos fundadores da rede de supermercados Nordestão, era irmão de José Geraldo, Manoel Etelvino, Leôncio e Félix.  

Deixe o seu comentário (1)
Publicidade

JAIR BOLSONARO AVISA GUSTAVO BEBIANNO QUE ELE ESTÁ FORA DO GOVERNO

Após reunião com Gustavo Bebianno acompanhada por ministros e pelo vice, Hamilton Mourão, o presidente Jair Bolsonaro decidiu demitir o outrora aliado da Secretaria-Geral da Presidência, segundo integrantes do Palácio do Planalto.

A saída dele do governo deve ser formalizada na segunda-feira (18), com publicação no Diário Oficial. Bolsonaro teria, inclusive, deixado o ato de exoneração assinado no Planalto nesta sexta (15).

O presidente esteve com Bebianno no início desta noite. A conversa entre os dois teria sido ríspida. A gota d’água, segundo integrantes do Planalto, foi o vazamento de diálogos privados, exclusivos da Presidência, entre Bolsonaro e Bebianno ao site O Antagonista e à revista Veja.

Após a publicação de que o presidente havia sinalizado a aliados que demitiria seu secretário-geral, pessoas próximas ao ministro confirmaram que ele será exonerado e que não há volta na decisão de Bolsonaro.

Bebianno tornou-se personagem central da primeira grande crise do novo governo na quarta (13), quando o filho do presidente, Carlos Bolsonaro, disse nas redes sociais que ele havia mentido ao afirmar em entrevista ao O Globo que estava conversando normalmente com o titular do Planalto mesmo após a Folha revelar o esquema de candidaturas laranjas no PSL em ao menos dois estados.

O ministro comandou o partido durante a campanha de 2018 e, por isso, chancelou a liberação de verbas hoje sob suspeita.

Num sinal de que havia autorizado a ofensiva do filho sobre Bebianno, Bolsonaro concedeu entrevista à TV Record na noite da mesma quarta reafirmando que não havia falado com o auxiliar. Ele ainda anunciou que havia pedido para o ministro Sergio Moro (Justiça) pedir à Polícia Federal que investigasse o caso.

Desde então, a permanência de Bebianno no governo ficou em suspenso. Ele já foi braço direito do presidente e, durante a campanha presidencial, participou como poucos de decisões estratégicas para a disputa.

Do Painel/ Folha de São Paulo

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade