NÍSIA FLORESTA – PREFEITA EM EXERCÍCIO E PREFEITO EM FÉRIAS PRESTIGIAM O III CIRCUITO VERÃO

A prefeita em exercício do município de Nísia Floresta, Hallina Dantas, participou na manhã deste domingo(20), da programação do III Circuito Verão de Nísia Floresta, realizado na lagoa de Alcaçuz, região litorânea do município. Juntamente com a gestora municipal participaram do evento o prefeito em férias Daniel Marinho, secretários municipais e representantes do poder Legislativo.

Para o prefeito Daniel Marinho, que curte férias no litoral do seu município, o III Circuito Verão de Nísia Floresta leva às praias e lagoas de Nísia Floresta ações voltadas para a prática esportiva, cuidados com o meio ambiente, além de outros serviços voltados para o bem estar dos veranistas, turistas e cidadãos nísia-florestenses.

Sendo Nísia Floresta um município celeiro de artesãos, o III Circuito Verão torna-se uma vitrine para a comercialização de produtos artesanais. Os stands montados durante a realização do evento oportunizam o acesso aos produtos confeccionados nas comunidades rurais do município, com preços abaixo dos valores praticados no mercado desse segmento.

O futebol de areia reúne atletas amadores de todos os lugares do município, oportunidade propícia ao surgimento de novos talentos nessa modalidade esportiva que apaixona os brasileiros.

O Circuito Verão de Nísia Floresta, além de disponibilizar diferentes serviços à população promove a socialização entre as famílias que residem ou desfrutam das maravilhas do lugar. Com potencial na área do turismo, Nísia Floresta é um município detentor de praias contínuas e lagos e lagoas de fácil acesso, que descortinam um cenário de riquezas naturais de rara beleza, que encantam turistas de todas as regiões do Brasil e do mundo.

Neste ano o Circuito Verão de Nísia Floresta inovou com o projeto “Contação de Histórias” desenvolvido pela Secretaria Municipal de Educação, momento que proporcionou às crianças uma aproximação com o mundo dos livros, canal revelador de um universo de ideias literárias.

Outro momento que vem ganhando público a cada verão é a Zumba, exercício físico aeróbico que se utiliza de ritmos intensos incluindo a salsa, merengue, mambo, e danças da cultura brasileira como o samba, dentre outras.

O III Circuito Verão de Nísia Floresta conta com a participação das secretarias municipais e órgãos parceiros da gestão pública municipal.

Além da prefeita em exercício e do prefeito em férias, prestigiaram o acontecimento os vereadores Marcelo Mesquita, Nêgo de Batista, Luiz Henrique e Bilú, como também o secretário  e ex-vereador, Anadelson Gadelha.

Confira a programação das praias que também vão sediar o III Circuito Verão Nísia Floresta: Praia  de Búzios, dias 26 e 27 de Janeiro; e praia de Camurupim, dias 2 e 3 de fevereiro.

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

BANCADA FEDERAL ASSUME COMPROMISSO DE APOIAR GOVERNO NA BUSCA POR RECURSOS EXTRAS

Em reunião com deputados federais e senadores do Rio Grande do Norte, nesta segunda-feira, 21, a Governadora Fátima Bezerra obteve o compromisso para obtenção de recursos extras que dependem da autorização e liberação pelo Governo Federal.

Ao lado dos auxiliares que compõem o Comitê de Gestão e Eficiência da administração, Fátima explicou como recebeu o Estado e informou as medidas do Plano de Recuperação Fiscal – lançado no segundo dia da gestão e já em execução – e a necessidade de obtenção de recursos não previstos em orçamento.

Na ocasião, os secretários da área econômica apresentaram à bancada a situação financeira e fiscal do Estado que tem débitos de R$ 2,3 bilhões referentes aos pagamentos de servidores e fornecedores e previsão de déficit de R$ 1,8 bilhão no orçamento para 2019.

Participaram da reunião os deputados federais, João MaiaNatália BonavidesEliéser GirãoBeto Rosado, e Benes Leocádio, o senador Jean Paul Prates e a senadora Zenaide Maia.

Fátima Bezerra pediu a união e o apoio das bancadas para as medidas que precisarão ser adotadas junto ao Governo Federal, como a liberação dos recursos da antecipação dos royalties do petróleo, a aprovação da repartição com Estados e municípios da cessão onerosa pela exploração de gás e petróleo, conclusão de obras como a Reta Tabajara, o complexo da Avenida Maria Lacerda e de obras de habitação e de segurança hídrica como a conclusão da barragem de Oiticica, no município de Jucurutu.

A governadora disse que o Governo “é do diálogo, aberto a críticas e sugestões” e pediu “o acesso direto, respeitoso e permanente” aos parlamentares. “Este é o meu sentimento e deve ser o dos secretários e auxiliares. Esta mesma disposição estamos tendo em relação aos poderes Judiciário e Legislativo. Queremos a bancada sempre unida em defesa do nosso Estado”, afirmou.

Ao final da reunião Fátima Bezerra convidou a bancada federal a apresentar um nome para participar do Fórum de Diálogos com a Sociedade que o Governo está instituindo. “Será uma instância de debates permanentes com representantes de todos os setores da sociedade, empresários, trabalhadores e a classe política. Agradeço a presença de todos e estou muito confiante, motivada e esperançosa. Temos um secretariado de perfil técnico e muito competente e, com o apoio da bancada que agora os senhores se comprometem teremos as condições necessárias para superar a crise, retomar o crescimento econômico e fazer o Rio Grande do Norte um Estado forte e desenvolvido”.

Ainda ficou definido que deputados federais e senadores irão assinar junto com a Governadora pedido de audiência com o presidente da República, Jair Bolsonaro e com o ministro da Economia, Paulo Guedes.

Também participaram da reunião o vice-governador Antenor Roberto e integrantes do Comitê Gestor – secretários de Estado do Gabinete Civil, Raimundo Alves, da Administração, Virgínia Ferreira, da Tributação, Carlos Eduardo Xavier, controlador geral, Pedro Lopes, procurador geral, Luiz Antonio Marinho.

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

CARLOS EDUARDO PARTICIPA DA PROCISSÃO DE SÃO SEBASTIÃO NO ALECRIM

O ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo, participou, na tarde deste domingo (20), da tradicional procissão de encerramento da Festa de São Sebastião no Bairro Alecrim. A programação religiosa foi encerrada com uma missa solene presidida pelo arcebispo metropolitano de Natal, Dom Jaime Vieira Rocha, que marcou o encerramento da festa do Santo Católico, padroeiro do bairro.

Carlos Eduardo que todos  os anos participa  dos festejos, ressalta a importância do evento religioso. “A exemplo de todos os anos, caminho com as pessoas num ato de fé. Natal demonstra sua crença e seu reconhecimento”.

Neste ano, a festa que teve como tema “Com São Sebastião, nos 70 anos, batizados e enviados: A Igreja de Cristo em missão no mundo”,  se integrou nas comemorações dos 70 anos da criação da Paróquia de São Sebastião. Os festejos, que reuniu milhares de fiéis, de 08 a 20 deste mês, contou com celebração de novenas, todas as noites,  e atividades sócio-culturais.

De acordo com estimativa da paróquia local, mais de 50 mil pessoas prestigiaram a procissão, que contou com o apoio de Policiais Militares e do Corpo de Bombeiros.

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

GOVERNADORA CELEBRA DIA DE SÃO SEBASTIÃO NO ALECRIM

A governadora Fátima Bezerra participou, neste domingo (20), da missa de encerramento da Festa de São Sebastião, padroeiro do bairro do Alecrim, em Natal.

“Tenho grande alegria em participar dos festejos em homenagem a São Sebastião, santo que tem uma bela história de perseverança e coragem. Não poderia deixar de prestigiar o dia dele nesta celebração tão bonita que acontece em um dos bairros mais populosos e antigos da capital, reunindo milhares de pessoas em um mar de fé”, enfatizou Fátima.

Ela participou da procissão e em seguida da celebração eucarística. Presidida pelo arcebispo metropolitano de Natal, Dom Jaime Vieira Rocha, a celebração marcou o encerramento da festa do santo católico, padroeiro de diversos municípios do Rio Grande do Norte e protetor de soldados e infantaria.

Segundo estimativa da paróquia local, mais de 50 mil pessoas prestigiaram a procissão, que contou com o apoio de Policiais Militares e do Corpo de Bombeiros.

Além da população local, também prestigiaram o momento a senadora Zenaide Maia, o prefeito de Natal Álvaro Dias, e os deputados estaduais Márcia Maia, Hermano Morais, Souza Neto e Ubaldo Fernandes.

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

CANGUARETAMA – CAMINHONEIRO É MORTO A TIROS DURANTE ASSALTO A POSTO DE COMBUSTÍVEIS

Um caminhoneiro de 49 anos foi morto a tiros durante um assalto a um posto de combustíveis no município de Canguaretama, distante cerca de 80 quilômetros de Natal. O crime aconteceu na madrugada desta segunda-feira (21).

Segundo a Polícia Militar, uma equipe do Grupo Tático Operacional (GTO) estava em patrulhamento e se deparou com os criminosos ainda no posto, que fica na BR-101, na entrada da cidade. Suspeita-se que os bandidos iriam arrombar o cofre.

Após atirarem contra a viatura, parte da quadrilha fugiu em um carro em direção a Baía Formosa. Houve perseguição e o veículo acabou saindo da pista, mas os bandidos conseguiram fugir em meio a um matagal. Uma arma e material que seria usado no arrombamento foram apreendidos.

Ao retornarem para o posto, os policiais encontraram o caminhoneiro natalense Cosmo Fonseca de Medeiros morto. Acredita-se que outros dois assaltantes, que ficaram no posto quando houve o confronto, atiraram nele. Cosmo teria sido feito refém ainda durante a tentativa de arrombamento ao cofre.

Buscas foram feitas pela região, mas nenhum suspeito foi encontrado.

O caso está sendo investigado pela Polícia Civil de Canguaretama.

Do G1/RN

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

NATAL – JUSTIÇA DETERMINA REMOÇÃO DE TRAILERS INSTALADOS EM CANTEIRO CENTRAL DA AV. ROBERTO FREIRE

Foto: Divulgação

O juiz Bruno Montenegro Ribeiro Dantas, em processo da 3ª Vara da Fazenda Pública de Natal, determinou a remoção dos reboques instalados no canteiro central entre as Avenidas Praia de Ponta Negra e Engenheiro Roberto Freire por entender que existe irregularidade dos trailers na ocupação do espaço público.

A determinação do magistrado atendeu a um pedido realizado pelo Ministério Público Estadual em uma Ação Civil Pública movida contra o Município de Natal e contra os comerciantes: Acácia Sabino Salviano, Ricardo Magno Souza Santos, Josenaldo Salviano (“Top Burguer”), Nicanol Severo e Edvaldo Bezerra Cabral.

O MP alegou que instaurou inquérito civil com o fim de apurar reclamação acerca de ocupação irregular de espaço público pelo trailer Top Burger, instalado no canteiro central entre as Avenidas Praia de Ponta Negra e Engenheiro Roberto Freire, nas proximidades do estacionamento do Praia Shopping, em Natal.

O órgão informou que requisitou vistoria a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur), tendo esta informado por ofício que a equipe de fiscais do órgão esteve no local e identificou cinco comerciantes ocupando parte do canteiro central, todos em situação irregular, o que gerou a instauração de processo administrativo contra os comerciantes.

Disse que deixou de notificar o comerciante Edvaldo Bezerra Cabral pelo fato de este ter apresentado suposta autorização para fazer uso do local. Assegurou que, apesar de ter prestado tais informações, a Secretaria Municipal sequer enviou cópias dos processos administrativos instaurados, além de não ter adotado qualquer providência para solucionar a situação, permanecendo inerte em conter a degradação.

O comerciante Nicanor Severo defendeu que os Órgãos Públicos têm total conhecimento do labor diário dele naquele local, já que é detentor inclusive do “Termo de Comparecimento” que foi anexado aos autos, tendo sido orientado a permanecer naquele local até a segunda ordem pelos próprios órgãos públicos. O Município de Natal sustentou a falta de interesse de agir pela perda do objeto e alegou afronta ao princípio da separação de poderes.

Já o comerciante Ricardo Magno sustentou que a banca de jornal e revista de sua propriedade teve autorização concedida pelo Município de Natal em 1996 para o funcionamento, através da própria Semsur. E que tal autorização foi fundamentada pelo Decreto 5.660 de 1995, mesmo decreto que agora, sem fato superveniente e sem motivo que mude o status anterior, é fundamento da Ação Civil Pública ora contestada. Por fim, alegou a violação ao princípio da livre concorrência e da segurança jurídica.

Decisão

Ao analisar o caso, o juiz Bruno Montenegro considerou que não há que se falar em falta de interesse de agir pela perda do objeto, uma vez que não há nos autos qualquer comprovação da regularização dos estabelecimentos no que tange à ocupação do espaço público. Verificou que, ao longo dos anos, a municipalidade, que tem o dever de cuidar do bem público, deixou de fiscalizar a ocupação do espaço público.

O magistrado entendeu que o Município, através da Semsur, constatou que todos os equipamentos do local não possuíam autorização, constatando, ainda, que por se tratar de área caracterizada como canteiro central, nenhum deles poderia ser regularizado, independente do tempo de permanência no local, sendo imperiosa a remoção dos reboques.

“Ressoa evidente, portanto, pela legislação vincada em linhas pretéritas e pelas provas coligidas aos autos, a irregularidade dos trailers na ocupação do espaço público, instalados no canteiro central entre as Avenidas Praia de Ponta Negra e Engenheiro Roberto Freire, bem como a inércia do ente municipal no que diz respeito à fiscalização de tais canteiros, de forma que assiste razão o Ministério Público ao pretender remover os reboques instalados no canteiro central entre as referidas ruas”, concluiu o julgador.

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

PONTE NEWTON NAVARRO – ESTADO É CONDENADO A PAGAR R$ 17,6 MILHÕES PARA CONSTRUTORAS

Foto: divulgação

O Estado do Rio Grande do Norte foi condenado a pagar à Construbase Engenharia Ltda. e à Construtora Queiroz Galvão S.A. a quantia total de R$ 17.608.151,32 como adimplemento de parte das contraprestações pecuniárias impostas ao estado em relação ao Contrato de nº 072/2004-SIN, firmado entre as empresas e o Executivo, por intermédio da Secretaria de Infraestrutura, para a edificação das obras relativas à construção da ponte Forte-Redinha (Ponte Newton Navarro), em Natal.

O valor referente à execução de obras para a construção da nova ponte sobre o Rio Potengi, na cidade de Natal, mediante o regime de empreitada por preço unitário, é composto por: R$ 14.950.359,40, a título de valor principal dos serviços executados; R$ 2.103.515,57, referente a reajuste do valor das referidas prestações; e de R$ 554.276,35, de correção monetária do reajuste.

Segundo as empresas de construção civil, o cumprimento das obrigações cabíveis a elas, consistente na entrega das obras contratadas, foi ultimado e atestado pelo estado do Rio Grande do Norte. Porém, o estado não honrou o pagamento das quantias devidas. A sentença é do juiz Bruno Montenegro Ribeiro Dantas, da 3ª Vara da Fazenda Pública de Natal.

Alegações das empresas e do Estado

Na ação judicial, as construtoras alegaram que depois de sagrar-se vencedor dos processos licitatórios nº 92617/2004-SIN e 157526/2004-SIN, o Consórcio formado pelas autoras celebrou com o Estado, por intermédio da Secretaria de Infraestrutura, o Contrato de nº 072/2004-SIN, “cujo objeto era a execução de obras para a construção de uma ponte sobre o Rio Potengi, na cidade de Natal, mediante o regime de empreitada por preço unitário”.

Afirmam que tal acordo foi alvo de 15 Termos Aditivos. Neste, o Estado comprometia-se a pagar ao contratado, originariamente, o valor global de R$ 137.376.986,15, quantia que, após os referidos aditivos, veio a atingir, em valores históricos, o patamar de R$ 194.178.122,84. Ressaltaram que adimpliram todas as obrigações contratadas. Asseguraram que o Estado não honrou as contraprestações que lhe cabiam.

O estado afirmou que a cobrança das construtoras é inconsistente, uma vez que, nos cálculos anexados, não há demonstrativo detalhado de como foi obtido o montante final exigido; em face disto, disse que o direito ao crédito pode existir, porém o direito à quantia postulada não ficou comprovado, o que, consequentemente, afasta a pretensão encartada na ação judicial, diante do desatendimento do ônus probatório dos autores.

Argumentou que somente pode praticar os atos previstos em lei, de modo que recomendada a suspensão dos pagamentos e seus atos inerentes, pelo Tribunal de Contas da União – TCU, cujo entendimento é partilhado pelo órgão jurídico de representação judicial e extrajudicial estadual, não poderá o réu “afrontá-los, agindo ao arrepio das posições postas em contrário, exaradas por entes dotados de competência sobre a matéria”.

O Estado também sustentou que considera ausente o cálculo detalhado do montante pleiteado, defendeu a inconsistência do valor postulado e, desta forma, a inviabilidade jurídica da pretensão das construtoras. Por isso, pediu pela improcedência do pedido inicial.

Medições

Ao analisar notas fiscais anexadas ao processo, o magistrado constatou que as quantias relativas aos serviços executados pelas empresas atingem a soma de R$ 17.053.874,97, correspondente ao valor das prestações fornecidas, acrescido do reajuste contratualmente fixado, os quais se objetivam, respectivamente, das quantias de R$ 14.950.359,40 e de R$ 2.103.515,57, a qual é objeto da cobrança das construtoras para uma das medições feitas para se apurar tais valores.

Ele entendeu que o direito ao crédito das empresas e o seu respectivo valor realmente decorrem do contrato firmado com o estado, descabendo a este último, pois, alegar a ausência de comprovação daqueles. “Este entendimento salvaguarda os princípios constitucional-administrativos da moralidade, da legalidade e do equilíbrio econômico-financeiro. Portanto, parte do valor postulado, especificamente o relativo à Medição nº 27, deve ser pago aos requerentes”, ponderou.

Apesar do que foi decidido, o juiz realçou que não desconhece as dificuldades econômicas e o cenário de crise ora vivenciados pelo Estado do Rio Grande do Norte. E assinalou: “O assunto finda saindo da esfera de qualquer fulanização e os casos como este, em análise, passam a ser apenas um ponto de fundo e assume contornos de amplíssimo interesse da sociedade”.

Bruno Montenegro finalizou afirmando que “O certo é que não se pode ignorar a escassez de recursos públicos, o que não significa compactuar com exageros que, sem utilidade real, obstam o progresso, a circulação de bens e a própria remuneração daqueles que celebram negócios com o Poder Público, subvertendo a integridade do sistema”.

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

OLHO D’ÁGUA DO BORGES – JUSTIÇA DECRETA INDISPONIBILIDADE DE BENS DE EX-GESTORES

O juiz Edilson Chaves de Freitas, da Comarca de Umarizal, decretou a indisponibilidade de bens dos ex-gestores do Município de Olho D’Água do Borges, Antônio Wilson Gonzaga Dias, na quantia de R$ 154.050,17, e José Jackson Queiroga de Morais, na quantia de R$ 22.380,72 em uma Ação Civil Pública movida pelo Ministério Público onde acusa ambos por irregularidades na aplicação de verbas do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

O magistrado determinou a ordem de bloqueio via Bacenjud, até o limite de R$ 154.050,17 em relação a Antônio Wilson Gonzaga Dias e R$ 22.380,72 a José Jackson Queiroga de Morais e também determinou a expedição de ofícios ao Cartório de Registro de Imóveis da comarca para que averbe a indisponibilidade de bens existentes em nome dos acusados até o limite de R$ 154.050,17 em relação a Antônio Dias e R$ 22.380,72 a José Jackson. O Detran deverá lançar impedimento nos veículos registrados em nome dos acusados.

O Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte moveu Ação Civil Pública contra Antônio Wilson Gonzaga Dias e José Jackson Queiroga de Morais alegando que não foram obedecidos, pela administração municipal de Olho D’Água do Borges, no exercício financeiro de 2005, os limites estabelecidos com os gastos do Fundeb.

A não obediência aos limites estabelecidos com os gastos do Fundo ocorreu tanto nos recursos que devem ser destinados ao pagamento à remuneração dos profissionais do magistério da educação básica em efetivo exercício na rede pública, bem como nos que devem ser aplicados na manutenção e desenvolvimento do ensino.

O MP destacou que a conduta dos réus configurou ato de improbidade administrativa, além do dano ao erário, uma vez que não houve a correta aplicação do montante de R$ 1.010.448,07. Denunciou também que os gestores foram responsáveis pela utilização do recurso, quais sejam, Antônio Wilson Gonzaga Dias (no período de 23 de fevereiro de 2015 a 11 de maio de 2006) e José Jackson Queiroga de Morais (no período de 01 de janeiro de 2005 a 22 de maio de 2005; 12 de maio de 2006 a 26 de agosto de 2007).

Indisponibilidade

Com base no suposto ato de improbidade administrativa, o Ministério Público pleiteou, liminarmente, a indisponibilidade de bens de Antônio Wilson Gonzaga Dias, na importância de R$ 154.050,17, assim como de José Jackson Queiroga de Morais, na importância de R$ 22.380,72, referentes ao dano ao erário.

Ao receber a Ação Civil Pública, o juiz ressaltou que o perigo na demora é evidente, na medida em que os réus, uma vez tomando ciências da ação, poderão alienar ou por qualquer outro meio se desfazer dos bens que possuem, a fim de frustrar eventual execução.

Ele explicou que, pela característica própria da Lei de Improbidade Administrativa, a indisponibilidade de bens visa garantir que não se furte a indenizar aquele que, segundo indícios consistentes, ocupando cargo público, agiu ilegalmente em benefício próprio.

“Com efeito, a indisponibilidade de bens não faz sentido após o pleno ressarcimento ao erário, pelo que se deve entender que tal expressão nesse dispositivo constitucional é voltada à ideia de prevenção, admitida, portanto, antes da sentença transitada em julgado”, explicou, ao conceder o pedido do Ministério Público. Ação segue trâmite perante a Comarca de Umarizal.

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

NÍSIA FLORESTA – MAURILANDO PEGADO DECLARA APOIO POLÍTICO AO PREFEITO DANIEL MARINHO

O prefeito do município de Nísia Floresta, Daniel Marinho, reuniu nesta sexta-feira(18), na casa de veraneio na praia de Camurupim, amigos, familiares e apoiadores políticos, onde na oportunidade foi acolhido o assessor parlamentar Maurilando Pegado, mais novo integrante do grupo político liderado pelo presidente do PSDB municipal, Ricardo Marinho.

Em conversa com o Blog, por meio de rede social na manhã desta segunda-feira(21), Maurilando disse que já se sente em casa em razão de manter estreitos laços de amizade com o grupo governista, principalmente com o líder municipalista Ricardo Marinho.

O assessor parlamentar disse ainda que continua na base de sustentação política do vereador Eugênio Gondim. “Está tudo encaminhado, porém o meu voto e apoio para vereador continua sendo para Eugênio Gondim“, destacou!

Neste domingo(20), durante almoço na residência do vereador Marcelo Mesquita, em Alcaçuz, no litoral de Nísia floresta, o casal Ricardo e Cássia Marinho manifestou alegria com a chegada de Maurilando. “Maurilando é muito bem vindo ao nosso grupo político, assim como todas as demais lideranças que nos últimos dias declararam apoio político ao prefeito Daniel“, ressaltou Cássia.

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

ECLIPSE LUNAR TOTAL 2019

Eclipse lunar visto de São José de Mipibu/RN — Foto: Daltro Emerenciano

Na noite deste domingo, a Lua, Terra e o Sol se alinharam e criaram o eclipse, que foi visível nas Américas do Norte e do Sul, em locais em que o céu estava limpo. Não haverá outro evento como este até 2021. Foi também a primeira “Superlua” de 2019.

O eclipse durou, ao todo, mais de três horas. O eclipse total, quando a lua está completamente coberta pela sombra da Terra, durou uma hora. Durante o eclipse total, a Lua se tornou vermelha por conta dos raios solares que se espalharam da atmosfera terrestre.

Foto: Daltro Emerenciano

O eclipse lunar da madrugada desta segunda-feira (21) foi o 1º fenômeno astronômico do ano. O eclipse começou à 00h36 .

A fase da umbra — quando a sombra do Sol começa a ser observada na Lua — teve início à 01h3). Às 03h12, o satélite atingiu a fase total máxima.

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

BRASIL VOLTA A SER COMANDADO POR UM VICE-PRESIDENTE

Hamilton Mourão assumiu exercício da Presidência no momento em que Bolsonaro deixou espaço aéreo brasileiro

Foto: Alan Santos/  O presidente Jair Bolsonaro durante transmissão de cargo para o vice-presidente, Hamilton Mourão, na noite deste domingo (20)

Com a viagem do presidente Jair Bolsonaro na noite deste domingo para Davos (Suíça), a fim de participar do Fórum Econômico Mundial, o país passa a ser comandado a partir desta segunda-feira (21) pelo vice-presidente, Hamilton Mourão.

No momento em que o avião de Bolsonaro deixou o espaço aéreo brasileiro, Mourão passou a ser o presidente da República em exercício.

A última vez que um vice-presidente comandou o Brasil foi em 21 de abril de 2016, segundo o Palácio do Planalto. Já se passaram dois anos e nove meses desde então.

Na ocasião, o então vice-presidente Michel Temer assumiu a Presidência porque a então presidente Dilma Rousseff viajou para Nova Iorque (EUA) para assinar o Tratado de Paris sobre Mudanças do Clima.

Bolsonaro em Davos

Bolsonaro embarcou para a Suíça na noite deste domingo (20) e retornará na madrugada de quinta (24) para sexta (25).

Acompanham Bolsonaro nessa viagem os ministros Ernesto Araújo (Relações Exteriores), da Economia (Paulo Guedes), Sérgio Moro (Justiça e Segurança Pública), Gustavo Bebianno (Secretaria-Geral da Presidência) e Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional). O deputado federal Eduardo Bolsonaro, filho do presidente, também embarcou para Davos.

Do G1/Brasília

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

FÁBIO DANTAS VAI SER ENTREVISTADO NESTA SEGUNDA-FEIRA(21) NO PROGRAMA “JORNAL 96”

Foto ilustrativa: Aline Bezerra

O ex vice-governador do RN, Fábio Dantas, vai ser entrevistado na manhã desta segunda-feira(21), pelo jornalista Diógenes Dantas, a partir das 07:00 horas, na 96 FM. Fábio Dantas nos últimos dias tem discordado da política de gestão que está sendo implantada pelo atual governo, principalmente em relação as medidas anunciadas para sanar a crise financeira do Governo.

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

SANTO ANTONIO – PARA POLÍCIA CIVIL MORTE DE MARIA DA CONCEIÇÃO FOI ENCOMENDA

Maria da Conceição de Lima Barbosa, de 56 anos, foi assassinada em novembro de 2018, no interior do RN. Dois suspeitos foram presos em Alagoas e Sergipe e investigadores ainda procuram outros três.

Maria da Conceição de Lima Barbosa, de 56 anos — Foto: Arquivo da família

A Polícia Civil acredita que a morte da empresária Maria da Conceição de Lima Barbosa, de 56 anos, em novembro de 2018, no interior do estado, foi uma execução. A informação foi divulgada durante uma entrevista coletiva concedida pelos delegados responsáveis pela investigação, na tarde desta quinta-feira (17). Dois suspeitos foram presos nos estados de Sergipe e Alagoas, mas a polícia ainda procura outras três pessoas que possivelmente estão envolvidas no crime.

Dona de um posto de combustíveis, Maria da Conceição foi assassinada com um tiro na cabeça na madrugada de 8 de novembro do ano passado. O diretor da Divisão Especializada em Combate ao Crime Organizado (Deicor), delegado Erick Gomes, afirmou que a possibilidade de latrocínio, que é o roubo seguido de morte, foi descartada, porque a filha, que acompanhava a mulher, foi liberada pouco após elas terem sido abordadas e porque o carro e outros objetos pessoais foram deixados para trás na cidade paraibana de Mamanguape.

“Sem sombra de dúvidas, foi um crime encomendado”, afirmou o delegado, que disse que a razão da execução ainda é investigada.

Os homens presos em Alagoas e Sergipe foram identificados graças a um carro alugado em Pernambuco. O automóvel usado pelos criminosos foi encontrado carbonizado entre as cidades de Santo Antônio e Espírito Santo, no interior do Rio Grande do Norte. Os policiais conseguiram identificar que ele pertencia a uma locadora de Recife e, em contato com a empresa, conseguiram identificar que o contrato de locação aconteceu 11 dias antes do crime.

Os investigadores levantaram dados do cliente que alugou o carro, um jovem de 22 anos, que agiu de forma indireta. Segundo a polícia, a única função dele era alugar o carro. Ele foi preso em Aracaju, capital de Sergipe. Depois, os policiais prenderam um suspeito de 33 anos, na cidade alagoana de Arapiraca. Ele estava com dois revólveres e munições de espingarda.

O Crime

Maria da Conceição de Lima Barbosa, de 56 anos, era dona de um posto de combustíveis no município de Santo Antônio. O corpo dela foi encontrado com marca de tiro na cabeça, na zona rural de Pedro Velho, distante cerca de 90 quilômetros de Natal, na madrugada de 8 de outubro do ano passado.

A mulher e a filha dela foram vítimas de assaltantes ainda na tarde do dia 7 de outubro, quando estavam na estrada, saindo de Santo Antonio, a caminho de Natal. O carro em que elas estavam, um Ônix, foi trancado por outro veículo, modelo Gol, que tinha três criminosos. Dois deles assumiram o carro das mulheres e as levaram como reféns.

Em direção a Brejinho, os bandidos entraram em uma estrada de terra que dá acesso ao município de Espírito Santo, onde o Gol foi incendiado. O assaltante que estava no carro se juntou aos outros dois e o Ônix com as reféns seguiu viagem. Mais adiante, a filha foi libertada e a mãe continuou em poder dos criminosos.

Corpo da empresária foi encontrado em uma estrada de terra entre Espírito Santo e Pedro Velho — Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi

Parentes também revelaram ao G1, na época, que os bandidos queriam o dinheiro do posto, exigindo que a empresária entregasse uma certa quantia. Maria da Conceição teria entregue um envelope com cerca de R$ 3 mil em dinheiro, dizendo que era tudo o que tinha com ela

Já libertada, e com a ajuda de um morador da região, a filha conseguiu pedir socorro ao pai, que acionou a Polícia Militar, que fez buscas pelos criminosos. Já na madrugada, veio a notícia de que um corpo havia sido encontrado em uma estrada de terra entre Espírito Santo e Pedro Velho, próximo ao distrito de Coité. O corpo da empresária foi achado com uma marca de tiro na cabeça.

O carro e bens da empresária foram achados já na Paraíba.

Do G1/RN
Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

CEARÁ – CRIMINOSOS INCENDEIAM ÔNIBUS, CAMINHÃO E POSTO DE COMBUSTÍVEL NO 19º DIA SEGUIDO DE ATAQUES

Foto:  Whatsapp/ Tribuna do Ceará – Ônibus foi incendiado no Conjunto Palmeiras

Criminosos voltaram a cometer ataques entre a noite de sábado (19) e madrugada deste domingo (20) no Ceará.

Os bandidos incendiaram um ônibus em Fortaleza e um caminhão no município do Eusébio e atacaram um posto de combustível em Maracanaú, Região Metropolitana da capital. Não há registro de pessoas feridas nos ataques. A onda de violência chegou ao 19º dia seguido desde o dia 2 de janeiro.

Em Maracanaú,  no posto de combustíveis, de acordo testemunhas, criminosos chegaram ao estabelecimento e fizeram menção de sacar uma arma de fogo. Os frentistas, achando que se tratava de um assalto, se afastaram, e os homens atearam fogo em uma das bombas.

O fogo foi apagado pelos próprios funcionários do posto e não causou grandes danos.

Com informações do Tribuna do Ceará.

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

HOMEM É ATINGIDO POR AVIÃO DE PEQUENO PORTE NO INTERIOR DO RN

Na tarde deste sábado (19) ocorreu um acidente, entre um ultraleve  e um homem (ainda não identificado) na cidade de Parelhas-RN. O vídeo mostra na hora em que  o homem estava com um celular na mão gravando a aeronave decolando e ao passar por ele, uma das asas atinge o mesmo na costela.

A vítima foi socorrida pelo SAMU após receber forte pancada pela aeronave.

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

MULHER JOGA FEZES NO ROSTO DE MÉDICO DENTRO DE HOSPITAL NO INTERIOR DO RN

Corredor do Hospital Municipal de Areia Branca — Foto: Prefeitura de Areia Branca/Divulgação

Uma mulher jogou fezes no rosto de um médico no Hospital Municipal de Areia Branca, região Oeste potiguar, na noite da última quinta-feira (17). O ataque foi confirmado pelo secretário de Saúde do município, Alexandre Inácio, e foi denunciado à Polícia Civil.

O caso aconteceu por volta das 19h na área interna do Hospital Municipal Sara Kubitscheck, horário em que o médico se preparava para deixar o seu plantão. De acordo com o secretário, a mulher é uma técnica de enfermagem, servidora efetiva do município, que está afastada das funções há cerca de seis meses por problemas psiquiátricos.

Mulher jogou fezes em médico dentro do Hospital Municipal de Areia Branca — Foto: Prefeitura de Areia Branca/Divulgação

“Ela entrou no hospital procurando o médico e pediu para ir até ele, para entregar um presente de agradecimento. O pessoal deixou ela entrar no estar médico (local de descanso dos profissionais), mas ela fez isso”, contou o secretário. As fezes foram levadas pela agressora em uma sacola plástica. Ao encontrar o médico, ela passou a jogar os excrementos nele e foi embora, em seguida.

Segundo Alexandre Inácio, a agressora atribui ao médico culpa pela morte do pai dela, que aconteceu há algumas semanas. Segundo o secretário, o homem, que era atendido pelo profissional, estava internado em estado terminal de câncer e apresentou um sangramento que não tinha como estancar. Após três dias, o paciente faleceu.

“Não houve erro médico. Infelizmente era um caso terminal. O médico atua há 10 anos no município e é um bom profissional, bem avaliado pelo público”, comentou o secretário. “Isso nunca aconteceu em Areia Branca. Pegou todo mundo de surpresa. O médico já tomou algumas providências. Está muito chateado”, acrescentou.

Após o ataque, o médico foi à Delegacia de Polícia Civil para registrar um Boletim de Ocorrência e deverá processar a servidora afastada. Em contato com o G1 na noite da última sexta-feira (18), o médico disse que estava “profundamente chateado” com a situação e que vai abrir uma ação contra a mulher, já que considera que ela não tem problemas psiquiátricos de verdade.

O profissional ainda declarou que o estado de saúde do pai da mulher era irreversível e sua morte não foi causada pelo “pequeno sangramento” que apresentava. Ele também afirmou que iria se manifestar oficialmente por meio de uma nota enviada pelo seu advogado, porém ela não chegou até a publicação desta reportagem.

Ainda segundo o secretário de Saúde de Areia Branca, Alexandre Inácio, haverá reforço na segurança da unidade e as normas internas serão modificadas para impedir a entrada de pessoas às areas restritas aos profissionais.

Do G1/RN

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

BOLSONARO EMBARCA HOJE PARA DAVOS, EM SUA 1ª VIAGEM INTERNACIONAL

Presidente defenderá reformas e compromisso com a democracia

Foto:Wilson Dias/ABr

Com uma agenda voltada para a defesa da abertura econômica, do combate à corrupção e do compromisso com a democracia, o presidente Jair Bolsonaro embarca hoje (20) às 22h para Davos, na Suíça, onde participará do Fórum Econômico Mundial. Ele viajará acompanhado dos ministros da Economia, Paulo Guedes; das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, e da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro.

Em sua 39ª edição, o Fórum Econômico Mundial reúne a elite política e econômica global para discutir a conjuntura mundial e estimular a cooperação entre governos e o setor privado. Na estreia de Bolsonaro no exterior, o governo pretende vender a empresários e a políticos a imagem de que a economia brasileira está modernizando-se, com abertura comercial, segurança jurídica para os investidores externos e reformas estruturais.

O presidente pode discursar na terça-feira (22), num painel sobre a crise na Venezuela, e tem até 45 minutos reservados para falar na sessão plenária do fórum às 11h30 de quarta-feira (23), no horário local, 8h30 em Brasília. Bolsonaro também pode discursar no painel O Futuro do Brasil, marcado para logo após a sessão plenária.

Bolsonaro ficará em Davos até quinta-feira (24), quando retornará ao Brasil.  om informações do EBC.

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

DETRAN PRIORIZA FISCALIZAÇÃO DA OPERAÇÃO LEI SECA NO LITORAL

O Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) está com equipes de fiscalização da Operação Lei Seca distribuídas no litoral potiguar. As ações que fazem parte da Operação Verão 2019, deflagrada pelo Governo do Estado no início deste mês, têm a missão de proporcionar segurança no trânsito combatendo a mistura álcool e direção, como também inibindo possíveis delitos relacionados a roubo de veículos e tráfego irregular sem a devida documentação legal do condutor e do automóvel.

Neste domingo (20), as barreiras fiscalizatórias serão montadas em áreas dos litorais Sul e Norte da região metropolitana de Natal. Os policiais da Lei Seca estão utilizando o bafômetro para identificar motoristas que insistem em beber e dirigir. Também estão sendo averiguadas a situação documental dos veículos e condutores, além de itens de segurança dos automóveis e a utilização de cinto de segurança por parte de todos os ocupantes do veículo.

A fiscalização no sábado (19) focou as abordagens no litoral Sul. A medida resultou na fiscalização de 207 veículos, sendo 175 automóveis de passeio, 27 motocicletas e cinco ônibus. Outro ponto importante realizado nas abordagens é que os policiais orientam os condutores de veículos 4X4 a não trafegarem na faixa de areia de praia para não colocar em risco a integridade física dos banhistas. O tráfegos nessas áreas é proibido por portaria específica do Detran e aquele condutor flagrado desobedecendo a norma será autuado, podendo até mesmo ter o veículo retido.

De acordo com o coordenador da Operação Lei Seca do Detran, tenente-coronel Flávio Santos, o trabalho de fiscalização vai continua durante todo o período do veraneio.

 

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

A ÉPOCA EM QUE O BRASIL BARROU MILHARES DE JUDEUS QUE FUGIAM DO NAZISMO

Documentos diplomáticos mostram que consulados brasileiros recusaram ao menos 16 mil pedidos de visto de judeus que fugiam do Holocausto ou tentavam reconstruir suas vidas após a Segunda Guerra Mundial.

Foto: Yad Vashem / Moradores do bairro judeu em Chelmza, Polônia, país invadido por tropas nazistas em 1939

Por BBC NEWS

Em julho de 1938, o cônsul do Brasil em Budapeste (Hungria), Mário Moreira da Silva, enviou ao ministro das Relações Exteriores, Oswaldo Aranha, uma circular secreta em que informava ter recusado a concessão de vistos a 47 pessoas “declaradamente de origem semita” (judeus) que buscavam migrar para o Brasil.

Eles tentavam fugir enquanto o governo húngaro, aliado da Alemanha nazista, punha em marcha uma série de políticas antissemitas – que, seis anos depois, culminariam com o envio de meio milhão de judeus húngaros para campos de extermínio.

O cônsul em Budapeste já havia se posicionado contra a entrada de judeus no Brasil. Em ofício enviado ao ministro meses antes, ele os chamara de “assaz (muito) perniciosos” e “inassimiláveis, que só sabem trabalhar – sem o menor escrúpulo e só visando o lucro – como intermediários de negócios, nada produzindo de útil”.

Não era uma posição isolada no governo. Documentos diplomáticos compilados por Maria Luiza Tucci Carneiro, professora do Departamento de História da USP, mostram que o Brasil rejeitou ao menos 16 mil pedidos de visto feitos por judeus que fugiam do Holocausto ou tentavam reconstruir suas vidas após a Segunda Guerra.

Os documentos – que estão sendo incorporados ao Arquivo Virtual Sobre Holocausto e Antissemitismo (Arqshoah) – jogam luz sobre um lado pouco conhecido da história da imigração no Brasil num momento em que o governo Jair Bolsonaro se aproxima de Israel ao mesmo tempo em que sinaliza uma postura mais restritiva diante de refugiados e imigrantes.

No último dia 9, Bolsonaro anunciou que o país havia deixado o Pacto de Migração da ONU, acordo com diretrizes para a recepção de migrantes assinado por 164 nações em dezembro.

Adolf Hitler discursa para soldados em Dortmund, em 1933; nos anos seguintes, Alemanha pôs em marcha plano para exterminar judeus. — Foto: Yad Vasehm

Formação étnica do Brasil

Segundo Tucci, as recusas de visto a judeus seguiam ordens do alto escalão do governo. A partir de 1937, o Ministério das Relações Exteriores emitiu ao menos 26 circulares secretas impondo barreiras à entrada do grupo, considerado indesejável para a formação étnica do povo brasileiro numa época em que o Brasil estimulava a migração de europeus brancos e cristãos. Restrições semelhantes foram impostas a estrangeiros negros e asiáticos.

No caso dos judeus, porém, as barreiras afetavam um grupo que se via cada vez mais acuado por medidas discriminatórias em boa parte da Europa. Calcula-se que cerca de 6 milhões de judeus tenham sido mortos pela máquina de guerra nazista, o maior genocídio do século 20.

As regras que barravam judeus vigoraram mesmo após o Brasil declarar guerra à Alemanha e enviar soldados para a Itália, só perdendo validade no fim do governo de Eurico Gaspar Dutra, em 1950, quando os horrores do Holocausto já haviam sido amplamente difundidos.

“Os documentos derrubam o mito de que o Brasil sempre recebeu imigrantes de portas abertas e reforçam a postura colaboracionista do governo Vargas com a política antissemita da Alemanha”, afirma Tucci à BBC News Brasil.

Segundo ela, o governo impunha restrições a judeus e outras minorias por meio de documentos secretos enquanto, no exterior, buscava apresentar o Brasil como um país “com projetos humanitários e salvacionistas”. Uma circular que tratava do tema ordenava que a recusa de vistos a judeus deveria “ser justificada sem qualquer referência à questão étnica”.

Autora de vários livros sobre o antissemitismo no Brasil, Tucci estuda os documentos desde 1995, quando o Itamaraty abriu seu acervo sobre o tema. Ela diz acreditar que os números de vistos recusados a judeus tenham sido muito superiores aos que já contabilizou.

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

ECLIPSE TOTAL DA LUA NESTA NOITE SERÁ O ÚLTIMO ATÉ 2021

Foto: Getty Images / Eclipse lunar de 2014 deixou a lua ‘laranja’

Os céus do Brasil terão nesta noite uma oportunidade para quem curte fenômenos astronômicos. Nesta madrugada de domingo (20) para segunda (21), ocorrerá um eclipse lunar total que poderá ser visível em todo o país. O evento ainda ocorrerá durante a fase de aproximação da Lua com a Terra, conhecida como Superlua.

O fenômeno será o último total até o ano de 2021, o que faz esse evento atrair ainda mais interesse. A lua cheia estará na sombra da Terra entre 01h34 e 04h51 no horário de Brasília da madrugada do dia 21 (de domingo para segunda).

Durante o espetáculo, a lua costuma ficar avermelhada. Isso ocorre porque os raios do sol não a alcançarão diretamente e, em vez disso, uma pequena parte dos raios vermelhos se filtrará através da atmosfera da Terra e se refratará sobre a Lua.

O eclipse lunar ocorre quando a Lua é encoberta pela sombra da Terra passando em frente ao Sol. Na primeira hora do fenômeno, nosso satélite natural será “comido” pelo lado esquerdo.

O eclipse será total a partir das 2h41 do horário de Brasília, segundo os horários fornecidos pela Nasa. Até o ano de 2021 ocorrerão outros eclipses lunares, mas apenas parciais – ou seja, só parte da Lua ficará coberta.

Para ver o eclipse, não é necessário nenhum aparelho especial. Basta que você esteja em algum espaço ao ar livre e que o céu não esteja nublado.

Com informações da AFP.

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

NÍSIA FLORESTA – III CIRCUITO VERÃO VAI MOVIMENTAR AS PRAIAS A PARTIR DESTE DOMINGO (20)

Posted by Prefeitura Municipal de Nísia Floresta on Thursday, August 23, 2018

 

A Prefeitura Municipal de Nísia Floresta, por meio da Secretaria Municipal de Esporte, Lazer, Cultura e Turismo, vai  promover a terceira edição do Circuito Verão Nísia Floresta a partir deste domingo, 20 de janeiro. A abertura do  evento que leva esporte, cidadania, música e dança ao litoral nísia-florestense, vai acontecer na Lagoa de Alcaçuz a partir das 8:00 horas.

III Circuito Verão de Nísia Floresta vem para agitar a estação mais quente do ano do verão potiguar, com atividades esportivas, recreativas, culturais e educativas. Através da iniciativa são disponibilizadas além do atendimento das secretarias, diversas atividades como gincana de pesca, futebol de areia, vôlei de praia, futevôlei, aulas de dança, e treinamentos funcionais.

O III Circuito Verão  começa  no mês de janeiro e se estende até o primeiro fim de semana de fevereiro: Lagoa de Alcaçuz , dia 20 de janeiro; praia de Búzios, dias 26 e 27 de janeiro; e praia de Camurupim nos dias 2 e 3 de fevereiro.

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

VÁRZEA -VICE-PREFEITO JANIEL HERCÍLIO PARTICIPA DA REUNIÃO DA EXECUTIVA ESTADUAL DO PARTIDO SOLIDARIEDADE

Na sexta-feira(18), foi realizado a reunião da Executiva Estadual do Partido Solidariedade, com o objetivo de discutir os resultados do partido nas eleições de 2018 e traçar as novas metas a serem alcançadas pelo partido no ano de 2019/2020.

Participaram da reunião o ex-candidato a governador Brenno Queiroga, os deputados estaduais eleitos,Kelps Lima, Allyson Bezerra, e a deputada Cristiane Dantas, juntamente com o ex-vice-governador Fábio Dantas, que estão se filiando ao partido.

O vice-prefeito do município de Várzea, Janiel Hercílio, que é coordenador do Solidariedade na região Agreste, apresentou os resultados do partido na eleição de 2018.

Janiel ressaltou que é motivador participar do Solidariedade. “Nosso partido é o que mais cresce no RN. Tudo isso é fruto de muita organização e seriedade dos seus filiados. Vai ser desafiador realizar a organização do Solidariedade para as eleições de 2020.”

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

FIQUE DE OLHO – OMS LISTA AS 10 PRINCIPAIS AMEAÇAS PARA A SAÚDE EM 2019

Foto: Divulgação

Surtos de doenças preveníveis por vacinação, altas taxas de obesidade infantil e sedentarismo, além de impactos à saúde causados pela poluição, pelas mudanças climáticas e pelas crises humanitárias. Estes são alguns dos itens que integram a lista das 10 principais ameaças à saúde global em 2019, divulgada nesta semana pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

A entidade pretende colocar em prática um novo plano estratégico, com duração de cinco anos, com o objetivo de garantir que 1 bilhão de pessoas a mais se beneficiem do acesso à saúde e da cobertura universal de saúde; estejam protegidas de emergências de saúde; 1 bilhão desfrutem de melhor saúde e bem-estar.

De acordo com a OMS, são as seguintes as questões que vão demandar mais atenção da organização e de seus parceiros neste ano:

Poluição do ar e mudanças climáticas

A estimativa da Organização Mundial da Saúde é que nove em cada 10 pessoas respiram ar poluído todos os dias. Poluentes microscópicos podem penetrar nos sistemas respiratório e circulatório, danificando pulmões, coração e cérebro, o que resulta na morte prematura de 7 milhões de pessoas todos os anos por enfermidades como câncer, acidente vascular cerebral e doenças cardiovasculares e pulmonares.

Doenças crônicas não transmissíveis

Dados da entidade mostram que doenças crônicas não transmissíveis, como diabetes, câncer e doenças cardiovasculares, são responsáveis por mais de 70% de todas as mortes no mundo – o equivalente a 41 milhões de pessoas. Isso inclui 15 milhões de pessoas que morrem prematuramente (entre 30 e 69 anos), sendo que mais de 85% dessas mortes prematuras ocorrem em países de baixa e média renda.

Pandemia de influenza

O mundo enfrentará outra pandemia de influenza – a única coisa que ainda não se sabe é quando chegará e o quão grave será. O alerta é da própria OMS, que diz monitorar constantemente a circulação dos vírus para detectar possíveis cepas pandêmicas.

Cenários de fragilidade e vulnerabilidade

A entidade destacou que mais de 1,6 bilhão de pessoas – 22% da população mundial – vivem em locais com crises prolongadas (uma combinação de fatores como seca, fome, conflitos e deslocamento populacional) e serviços de saúde mais frágeis. Nesses cenários, metade das principais metas de desenvolvimento sustentável, incluindo saúde infantil e materna, permanece não atendida.

Resistência antimicrobiana

A resistência antimicrobiana – capacidade de bactérias, parasitos, vírus e fungos resistirem a medicamentos como antibióticos e antivirais – ameaça, segundo a OMS, mandar a humanidade de volta a uma época em que não conseguia tratar facilmente infecções como pneumonia, tuberculose, gonorreia e salmonelose. “A incapacidade de prevenir infecções pode comprometer seriamente cirurgias e procedimentos como a quimioterapia”, alertou.

Ebola

No ano passado, a República Democrática do Congo passou por dois surtos de ebola, que se espalharam para cidades com mais de 1 milhão de pessoas. Uma das províncias afetadas também está em zona de conflito ativo. Em dezembro, representantes dos setores de saúde pública, saúde animal, transporte e turismo pediram à OMS e seus parceiros que considerem 2019 um “ano de ação sobre a preparação para emergências de saúde”.

Atenção primária

Sistemas de saúde com atenção primária forte são classificados pela entidade como necessários para se alcançar a cobertura universal de saúde. No entanto, muitos países não têm instalações de atenção primária de saúde adequadas. Em outubro de 2018, todos os países-membro se comprometeram a renovar seu compromisso com a atenção primária de saúde, oficializado na declaração de Alma-Ata em 1978.

Vacinação

Segundo a OMS, a relutância ou a recusa para vacinar, apesar da disponibilidade da dose, ameaça reverter o progresso feito no combate a doenças evitáveis por imunização. O sarampo, por exemplo, teve aumento de 30% nos casos em todo o mundo. “[A vacina] é uma das formas mais custo-efetivas para evitar doenças – atualmente, previnem-se cerca de 2 milhões a 3 milhões de mortes por ano”, diz a OMS. Além disso, 1,5 milhão de mortes poderiam ser evitadas se a cobertura global de vacinação tivesse maior alcance.

Dengue

Um grande número de casos de dengue é comumente registrado durante estações chuvosas de países como Bangladesh e Índia. Dados da OMS mostram que, atualmente, os casos vêm aumentando significativamente e que a doença já se espalha para países menos tropicais e mais temperados, como o Nepal. A estimativa é que 40% de todo o mundo esteja em risco de contrair o vírus – cerca de 390 milhões de infecções por ano.

HIV

De acordo com a entidade, apesar dos progressos, a epidemia de Aids continua a se alastrar pelo mundo, com quase 1 milhão de pessoas morrendo por HIV/aids a cada ano. Desde o início, mais de 70 milhões de pessoas adquiriram a infecção e cerca de 35 milhões morreram. Atualmente, cerca de 37 milhões vivem com HIV no mundo. Um grupo cada vez mais afetado são as adolescentes e as mulheres jovens (entre 15 e 24 anos), que representam uma em cada quatro infecções por HIV na África Subsaariana.

Por Paula Laboissière / Da Agência Brasil

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

NOVO COMANDANTE DA POLÍCIA MILITAR EM GOIANINHA É RECEBIDO POR REPRESENTANTES DOS PODERES EXECUTIVO E LEGISLATIVO

Na manhã desta quarta-feira (16), o capitão da Polícia Militar Rodrigo Couceiro, novo comandante da 3ª Companhia do 8° Batalhão, com sede em Goianinha, foi recebido na Prefeitura pelo Prefeito Berg Lisboa, Secretários Municipais e Vereadores. O encontro teve como objetivo dar as boas-vindas e apresentar o capitão aos presentes. O Capitão Couceiro, como é mais conhecido, assumiu o comando no dia 11 de janeiro, em substituição ao Capitão Sobrinho.

Na oportunidade, o Prefeito Berg Lisboa desejou sucesso ao novo comandante e assegurou a manutenção do apoio dispensado a Polícia Militar no município de Goianinha. O Capitão Couceiro, por sua vez, falou brevemente sobre o desafio que será comandar o policiamento de Goianinha e de mais oito cidades ligadas à 3ª Companhia, tendo em vista, sobretudo, o reduzido efetivo policial. O comandante também apresentou diversos projetos de cidadania, que podem ser implantados no município, através de convênios com os poderes Executivo e Legislativo.

Com ampla formação Militar e Civil, Rodrigo Wanderley Couceiro Costa, natural do Rio de Janeiro e atualmente com 45 anos, possui vasta experiência na Policia Militar e coleciona várias medalhas de reconhecimento pelos seus serviços prestados, não só no Rio Grande do Norte, mas em outros estados do Brasil. O Capitão Couceiro já passou pelo Batalhão de Operações Especiais, Força Nacional, comandou o efetivo policial de Extremoz, Gabinete de Gestão Integrada Estadual e coordenou os Programas de Cidadania da Secretaria de Segurança Pública do RN.

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade

MOTORISTAS DE PALOCCI CONFIRMAM ENTREGA DE DINHEIRO A LULA

Carlos Alberto Pocento e Claudio de Souza Gouveia, ex-motoristas do ex-ministro Antonio Palocci, corroboraram, em depoimento, com as declarações do delator sobre supostas entregas de dinheiro ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Eles narraram à Polícia Federal ‘entregas de valores’ e de caixas de whisky ao petista, chamado por Palocci de ‘barba’, no aeroporto de Brasília e na sede do Instituto Lula.

Eles falaram à Polícia Federal do Paraná no dia 30 de agosto de 2018, para prestar esclarecimentos sobre fatos investigados na Operação Lava Jato. O depoimento se deu um mês depois de o relator no Tribunal Regional Federal da 4ª Região, João Pedro Gebran Neto, homologar a colaboração premiada do ex-ministro da Fazenda e da Casa Civil dos governos petistas.

Em depoimento prestado ano passado, Palocci afirmou ter repassado ‘em oportunidades diversas’ cerca de R$ 30 mil, R$ 40 mil, R$ 50 mil e R$ 80 mil em espécie para o próprio Lula’. Palocci detalhou duas entregas de dinheiro a Lula, uma no Terminal da Aeronáutica, em Brasília, no valor de R$ 50 mil ‘escondidos dentro de uma caixa de celular’. A outra entrega teria ocorrido em Congonhas. Ele contou que recorda-se que a caminho do aeroporto ‘recebeu constantes chamadas telefônicas de Lula cobrando a entrega’.

Segundo Palocci, os repasses a Lula teriam ocorrido em 2010. O ex-ministro relatou uma conversa que teria tido com Marcelo Odebrecht na qual o empresário acertou o repasse de R$ 15 milhões para o ex-presidente depois que a empreiteira entrou no negócio de Belo Monte.

Um dos motoristas de Palocci, Claudio de Souza Gouveia, que trabalhou para o ex-ministro desde 2002, ‘na época de transição do governo Fernando Henrique Cardoso’, respondeu à PF ‘que foram muitos os episódios em que o depoente conduziu Antonio Palocci Filho até a base aérea de Brasília/DF para levar objetos, presentes, mimos a Lula’.

Ele afirma que ‘havia pressa nos deslocamentos’ e disse se ‘recordar de caixas de Whisky, de celulares, de canetas, por exemplo’, mas que, ‘no entanto, nunca soube se as caixas continham efetivamente celulares e garrafas de Whisky ou outros conteúdos’.

Segundo Gouveia, ‘muitos desses episódios, Palocci deixava apenas os objetos com Lula no terminal ou no avião e, após alguns minutos, voltava ao carro’.

O motorista ainda detalha que Palocci carregava dinheiro em seu veículo e que ‘recebia, quando necessário, recursos para combustível, por exemplo’

Gouveia relata ‘que Palocci também carregava recursos para gastos com comitê da campanha, por exemplo e que em algumas poucas oportunidades também constatou Palocci carregando quantidades elevadas de recursos’.

Segundo o motorista, ‘em algumas oportunidades, Palocci informava que estava carregando documentos, ao mesmo tempo que sinalizava, quando pronunciava a palavra “documentos”, gesto que sinalizava dinheiro, feito com o dedão e o indicador da mesma mão’.

Carlos Alberto Pocente diz que ‘em oportunidades diferentes em que o depoente levou Antonio Palocci Filho e Branislav Kontic à sede do Instituto Lula, ouviu afirmações proferidas por Palocci para Branislav relacionadas a valores para o “barba”‘.

Indagado pelos investigadores sobre quem seria o personagem identificado por “barba”, ele ‘respondeu que, pelo contexto em que os assuntos eram tratados, referia-se ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva’.

Lula tem negado as acusações de Palocci e afirma que o ex-ministro mente em delação premiada.

Exame.com

Deixe o seu comentário (0)
Publicidade