MPRN obtém condenação de ex-secretário adjunto de Parnamirim por desvio de recursos públicos

Foto: Reprodução

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) obteve na Justiça a condenação de um ex-secretário municipal adjunto de Serviços Urbanos do município de Parnamirim, Gaspar de Lemos Alcântara, por improbidade administrativa. O homem teria desviado em favor da sua própria empresa quase R$ 2 milhões de reais em um período de nove meses no ano de 2012. A sentença determina o ressarcimento ao erário com atualização monetária, o pagamento de multa e a suspensão dos direitos políticos por 8 anos.

A ação civil pública demonstrou que o servidor desviou para a conta-corrente de sua empresa, uma agência lotérica, verbas que se destinariam ao pagamento das faturas de energia elétrica do Município de Parnamirim. O crime teria sido cometido a partir da juntada de recibos falsos no intuito de comprovar o pagamento das contas de energia referentes aos meses de março a novembro de 2012. Os recibos falsos somavam R$ 1.970.380,54.

O MP constatou que o ex-secretário recebia os cheques do Município de Parnamirim e desviava uma parte desse dinheiro para a conta-corrente da empresa dele. Ao verificar os valores pagos pelo Município e os valores recebidos pela Cosern, ficou evidente uma divergência significativa das quantias. Um dos exemplos apontados no curso da ação foi o referente a conta do mês de maio de 2012, que, de acordo com o informado pela concessionária de energia, seria de R$ 499.633,00. No entanto, a ordem de pagamento emitida pelo Município foi de R$ 535.058,00.

O MPRN demonstrou na ação que as planilhas referentes às contas de luz eram elaboradas no setor do servidor condenado. O ex-secretário ainda declarou que, durante um período do ano de 2012, ele próprio efetuava o pagamento das contas de energia do município.

A concessionária de energia constatou as divergências entre os valores das faturas e os apontados nos recibos falsos, não reconhecendo como verdadeiros os documentos apresentados à Prefeitura. No mesmo sentido, a Caixa Econômica Federal comprovou que expressivas quantias foram transferidas para a conta bancária da lotérica por meio do pagamento dos cheques emitidos pelo Município de Parnamirim.

Acatando o apontado pela promotoria, a sentença reforça que foram cometidos atos de improbidade previstos na Lei 8.429/92. Nos autos, fica claro que o então secretário “teria incorporado ao seu patrimônio valores que se destinavam ao pagamento de contas de energia do Município de Parnamirim de forma consciente e deliberada”.

A sentença determina multa no valor referente à soma das faturas de energia dos meses de março a novembro de 2012 no total de R$ 1.970.380,54, acrescido de atualização monetária e de juros de mora de 1% ao mês, contados a partir do dano ao erário. O ex-secretário deverá ainda ressarcir o valor desviado com atualização monetária e de juros de mora de 1% ao mês. Por fim, a Justiça suspendeu os direitos políticos do condenado por 8 anos dada a acentuada gravidade da conduta.

Justiça Potiguar

Trump diz que “haverá banho de sangue” se perder eleições nos EUA

Foto: Isac Nóbrega/PR

O ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, fez declarações polêmicas durante um evento político em Dayton, Ohio, neste sábado (16). Trump afirmou que, se não for eleito novamente, “haverá banho de sangue”. Além disso, ofendeu o atual presidente, Joe Biden, chamando-o de “burro” e “filho da p***”.

“Se eu não for eleito, será um banho de sangue para todos – isso será o mínimo. Será um banho de sangue para o país”, declarou Trump durante o evento, que reuniu seus apoiadores e simpatizantes políticos.

Durante o evento, Trump expressou sua visão sobre o cenário político e suas chances nas eleições, enfatizando o aumento de seu desempenho nas pesquisas de intenção de voto, apesar das acusações legais que enfrenta nos Estados Unidos.

Ele também criticou a diminuição de empregos na indústria automobilística do país e defendeu a imposição de tarifas sobre veículos fabricados em outras nações, como México e China.

Donald Trump e Joe Biden estão confirmados para participar do embate eleitoral, repetindo a disputa que ocorreu em 2020, quando Biden saiu vitorioso.

Donald Trump está apostando novamente em cortes de impostos e no liberalismo econômico para impulsionar o crescimento econômico do país. Ele defende uma política comercial protecionista, visando beneficiar os cidadãos americanos.

O ex-presidente dos EUA promete retomar a construção do muro na fronteira entre os EUA e o México para conter a entrada de imigrantes ilegais e fortalecer o controle fronteiriço, além de acelerar os processos de deportação.

Trump também pretende adotar uma postura mais assertiva na política externa, buscando colocar os Estados Unidos como protagonistas e enfrentando questões como a relação com a China.

IG

 

Putin vence eleição na Rússia e se manterá no poder até 2030

Foto: Reuters/Grigory Sysoyev

Os resultados oficiais preliminares, segundo a TV estatal, confirmaram a vitória de Putin com cerca de 88% dos votos, cenário que já havia sido indicado por resultados de pesquisas de boca de urna divulgados até por volta das 15h35 deste domingo (17), quando a votação já havia encerrado.

O favoritismo de Putin foi confirmado após três dias da votação que começou na sexta-feira (15) e terminou neste domingo por volta das 15h (horário de Brasília). Mais de 8 milhões de pessoas votaram online, segundo o órgão.

O atual presidente não tinha outros concorrentes com real chance de vitória. Isso porque os outros três candidatos, todos deputados, são considerados fantoches — eles votaram a favor da guerra na Ucrânia no Parlamento e já fizeram declarações públicas de apoio a Putin.

Maior país do mundo em área territorial e com uma população de 141 milhões de habitantes, a Rússia adotou a votação em três dias para dar conta de regiões com 11 fusos horários diferentes. São cerca de 114 milhões de eleitores, incluindo ucranianos convocados a votar nos territórios ocupados por tropas russas.

g1/Globo

Mãe deixa filhos sozinhos em casa e bebê morre enforcada por cordão de chupeta ao tentar sair do berço

Foto; Reprodução

Uma criança, de um ano e sete meses, morreu enforcada por um cordão preso a chupeta na tarde deste sábado (16), na Vila Pinho, na região do Barreiro, em Belo Horizonte. O acidente teria ocorrido quando a criança tentava sair sozinha do berço.

Conforme a Polícia Militar, A mãe da criança, de 33 anos, relatou que saiu para fazer uma faxina e deixou a filha mais velha, de 11 anos, olhando os irmãos trigêmeos, de um ano e sete meses, e outro irmão, de 7 anos. Ao retornar, a menina estava carregando a vítima, já sem os sinais vitais.

O acidente ocorreu quando a mais velha saiu para comprar um lanche. Ao retornar, ela encontrou a bebê enforcada.

A mãe contou aos militares que saiu por cerca de duas horas para realizar uma faxina e que o dinheiro seria usado para comprar fraldas para a menina, que havia apresentado reação alérgica às fraldas compradas em outra ocasião.

Ao chegar em casa, encontrou a filha mais velha segurando a criança, que não respirava. A bebê foi socorrida para o Upa do Barreiro, mas chegou à unidade já sem sinais vitais. O corpo foi removido para o IML.

O caso foi registrado como abandono de incapaz. A mulher foi levada para a delegacia da Polícia Civil (PCMG) para prestar esclarecimentos. As demais crianças ficaram sob os cuidados da avó. A perícia foi acionada.

O Tempo

 

Vídeo: Gleisi Hoffmann diz ter sofrido ataques em Natal e pede apuração à PF

Foto: Reprodução

A presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, disse que acionou a Polícia Federal para apurar ocorrência no Aeroporto Internacional de Natal na última sexta-feira (15). Na ocasião, o deputado federal Fernando Mineiro (PT) agrediu o influenciador ligado ao Movimento Brasil Livre (MBL), Matheus Faustino da Silva Souza.

De acordo com o deputado, a ação foi uma reação aos ataques misóginos sofridos pela presidente. Em pronunciamento nas redes sociais neste sábado (16), Hoffman também afirmou que foi agredida pelo influencer e que vai tomar as medidas judiciais cabíveis.

Segundo a presidente do PT, Matheus Faustino já é denunciado pelo Ministério Público por vários crimes cometidos nas redes sociais e por agredir outras pessoas, além de responder a inquéritos policiais. “Já acionamos a Polícia Federal e estamos tomando as medidas judiciais. Logo esse elemento terá de responder financeiramente a mim e criminalmente a sociedade, ocupando espaço na cadeia como seus iguais por seus atos violentos”, afirma.

Hoffman também aproveitou a declaração para agradecer ao deputado Mineiro que, de acordo com ela, agiu em sua defesa. Matheus Faustino da Silva Souza, por sua vez, prestou uma queixa crime numa Delegacia de Polícia Civil da Zona Sul de Natal, contra as agressões que sofreu do parlamentar, que ficará com investigação a cargo da Delegacia de Polícia em São Gonçalo do Amarante.

Entenda o caso

O deputado Fernando Mineiro (PT) agrediu um ativista do Movimento Brasil Livre (MBL), nesta sexta-feira (15), no Aeroporto Internacional de Natal. O episódio ocorreu quando o parlamentar acompanhava a presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, que cumpre agenda na capital potiguar. O homem agredido filmava outro integrante do MBL que fazia perguntas a Hoffmann. Mineiro se pronunciou e disse que a presidente do partido foi alvo de ataques misóginos.

No vídeo, o deputado Fernando Mineiro dá um tapa na mão de um homem que acompanhava o influenciador Matheus Faustino, tentando derrubar o celular dele. Na sequência, o político o derruba no chão e chega a apertar a cabeça do rapaz. Ainda na gravação, Mineiro diz que “fascista eu quebro no pau”.

Após o ocorrido, Matheus Faustino foi à delegacia e fez um Boletim de Ocorrência contra o deputado por agressão. O influencer é pré-candidato a vereador de Natal. Ele se declara como oposição ao PT no Nordeste. No aeroporto, ele abordou Gleisi Hoffmann sobre os índices de feminicídio no Governo Lula.

Tribuna do Norte

Padre Francisco de Assis Inácio, vigário paroquial em São José de Mipibu é nomeado pároco da Paróquia de Nossa Senhora Rainha da Paz, em Nova Parnamirim

O arcebispo metropolitano de Natal, Dom João Santos Cardoso, nomeou na quinta-feira (14), o padre Francisco de Assis Inácio, até então vigário paroquial da Paróquia de Sant’Ana e São Joaquim, em São José de Mipibu – RN, para a função de pároco da Paróquia de Nossa Senhora Rainha da Paz, em Nova Parnamirim, no município de Parnamirim – RN. A data da posse será comunicada posteriormente.

Padre Assis, como vigário paroquial em São José de Mipibu atua na capela do Sagrado Coração de Jesus, onde é responsável pelos trabalhos pastorais no setor paroquial de Laranjeiras do Abdias e comunidades adjacentes.

O Padre Francisco de Assis Inácio, natural de São José de Mipibu, assumiu o ministério sacerdotal no dia 01 de abril de 1989, em Araruna, na Paraíba.

Wilsinho Ribeiro, o prefeito carismático do Agreste

O prefeito do município de Canguaretama, Wilsinho Ribeiro, vem compartilhando o cotidiano do seu trabalho como gestor municipal, interagindo com a população de maneira virtual, postando vídeos quase que diariamente fiscalizando as ações do seu governo e conversando com a população e colaboradores, com o objetivo de aproximar cada vez mais a gestão do povo e ver de perto os resultados do seu trabalho em favor da população canguaretamense.

Nesta sexta-feira (15) Wilsinho Ribeiro visitou a Secretaria Municipal de saúde, onde estava sendo realizada a ação Pediatria Itinerante, voltada para atender centenas de crianças no município.

“Satisfação total em poder ver o êxito de todo um dia de trabalho pelo benefício à saúde de nossas crianças. Realizar essas ações reforçam o meu compromisso com a qualidade de vida da população, sempre com muito carinho e nosso olhar cuidadoso para as crianças, que representam um futuro promissor para todos”,  ressaltou o prefeito carismático do Agreste.

Governo já gastou R$ 818 mil só com Força Nacional na caçada aos dois foragidos do presídio federal de Mossoró

Foto: Jamile Ferraris/ MJSP

A manutenção de 111 agentes da Força Nacional no Rio Grande do Norte, nas buscas pelos dois fugitivos da Penitenciária Federal de Mossoró, custa para os cofres públicos ao menos R$ 37,2 mil por dia, o que já representa um total de R$ 818 mil até este sábado (16/3). Esse é o valor das diárias que são pagas para os policiais e bombeiros que participam da caçada aos dois foragidos.

Os homens da Força Nacional chegaram a Mossoró no dia 23 de fevereiro. Eles estão equipados com 22 viaturas e um ônibus. A previsão inicial é que a tropa fique no território por 30 dias – ou seja, vai sair dos cofres públicos um total de R$ 1,1 milhão para bancar a acomodação dos agentes.

As diárias correspondem ao principal gasto em operações da Força Nacional no país. Para se ter uma noção, 93% das despesas com a atuação mais recente da Força Nacional no Rio de Janeiro foram com diárias. Os 7% restantes englobam manutenção e combustível.

Além dos agentes da Força Nacional, atuam nas buscas integrantes da Polícia Federal (PF) e da Polícia Rodoviária Federal (PRF), bem como policiais militares e civis de estados do Nordeste. Também há registro da participação de guardas municipais. No total, são cerca de 500 profissionais no encalço dos criminosos.

No entanto, até o momento, o forte efetivo policial está frustrado nas buscas a Deibson Cabral e Rogério da Silva.

Metrópoles

Universidade federal põe alunos nus para receber calouros; veja vídeo

Foto: Reprodução

A Universidade Federal do Rio Grande (Furg) promoveu uma “apresentação artística”, com estudantes nus, dentro do prédio onde são ministrados os cursos de Artes Visuais. Chancelada pelo diretório acadêmico da faculdade, a exibição ocorreu na sexta-feira do último dia 8/3 e teve objetivo de recepcionar os novos alunos.

A iniciativa fez parte do que a universidade federal chama de programa “Acolhida Cidadã”. Segundo a Coordenação dos Cursos de Artes Visuais, a apresentação poderia ser vista até mesmo por crianças, uma vez que não houve “cenas erotizadas”.

A Furg diz que a intenção do programa é “acolher da melhor maneira possível” os calouros. A instituição argumenta que, “devido à mudança de paradigma”, é necessário “mostrar o contexto da universidade” aos novos alunos, com “uma boa recepção daqueles que já estão inseridos nela”. Ainda de acordo com a faculdade, o objetivo é pôr fim a trotes violentos.

A coluna apurou que a nudez provocou um debate entre professores da Furg, uma vez que integrantes do corpo docente reprovaram a iniciativa. Veja, abaixo, um vídeo que mostra estudantes confraternizando, sem roupa, no espaço público do Prédio das Artes, dentro da universidade, no Rio Grande do Sul.

“A Coordenação dos Cursos de Artes Visuais informa que na última sexta-feira (8/3) aconteceu uma performance artística, idealizada e executada por estudantes, que integrou a programação da Acolhida Cidadã, organizada pelo diretório acadêmico.

A performance ocorreu no Átrio, espaço expositivo do Prédio das Artes, e as cenas de nudez não tiveram qualquer conotação exoneração erótica e/ou sexual, simplesmente corpos nus.

No momento da performance não havia a presença de crianças no local; ainda que houvesse, conforme matéria publicada em 31/5/2022 pelo Ministério da Justiça acerca da legislação vigente para espetáculos e filmes no país, a classificação indicativa, nessa situação, seria livre.

Metrópoles

Pai de escoteiro desaparecido há quase 40 anos tenta descobrir novas pistas sobre filho: ‘Nunca vou desistir’

Escoteiro Marco Aurélio Simon desapareceu aos 15 anos em 1985 no Pico dos Marins em Piquete (SP) — Foto: Arquivo pessoal

Mesmo após quase 40 anos do desaparecimento do escoteiro Marco Aurélio Simon, o caso segue em aberto e sem respostas. Isso porque não ainda não há pistas concretas sobre o que aconteceu com o garoto – na época com 15 anos. Nenhuma hipótese é descartada pela Polícia Civil, que continua investigando o desaparecimento.

O caso aconteceu em junho de 1985, quando o adolescente desapareceu durante uma trilha no Pico dos Marins, em Piquete, a cerca de 200 quilômetros da capital paulista – leia mais detalhes abaixo.

Quem segue vivendo de perto a angústia dessa situação é o pai do escoteiro, Ivo Simon, que tem 85 anos e não desistiu de encontrar o filho. Justamente por isso, o jornalista e advogado decidiu organizar um evento para discutir o caso e tentar descobrir novas pistas sobre o paradeiro do filho.

Chamado ‘Eu procuro Marco Aurélio’, o evento acontecerá em Piquete, no dia 23 de março, a partir das 14h, e vai reunir diversas pessoas envolvidas na tentativa de desvendar o desaparecimento de Marco Aurélio.

Ivo Simon, pai do escoteiro Marco Aurélio — Foto: Reprodução/TV Vanguarda

De acordo com Ivo, entre os nomes confirmados no debate estão o de Sandra Vergal, delegada de Piquete quando o caso aconteceu e as investigações iniciaram, Marcelo Cavalcante, atual delegado da cidade, e Osvaldo Machado, escoteiro que também participava da trilha.

“Ainda estou buscando uma luz. Já são 38 anos, mas não me entrego nunca, só quando morrer”, afirma Ivo Simon.

“Eu não sei mais o que fazer, mas nunca vou desistir, então no momento só espero que as pessoas continuem ajudando a desvendar esse mistério. O objetivo do evento é esse. Relembrar o caso e discutir o que foi feito até aqui”, completa.

O encontro contará ainda com a participação de guias turísticos do Pico dos Marins na época em que o desaparecimento ocorreu, de um policial do Rio de Janeiro que ajuda Ivo Simon nas buscas, e de um ufólogo chamado Claudio Iatauro.

g1/Globo

 

Ministério da Agricultura e Pecuária manda recolher dez marcas de azeite extravirgem; veja quais

MAPA/Divulgação

O Ministério da Agricultura e Pecuária determinou na última sexta-feira (15) que dez marcas de azeite extravirgem sejam retiradas de circulação. São elas: Terra de Óbidos, Serra Morena, De Alcântara, Vincenzo, Az Azeite, Almazara, Escarpas das Oliveiras, Don Alejandro, Mezzano e Uberaba.

Segundo o ministério, a medida cautelar é desdobramento da operação Getsêmani, deflagrada ao longo deste mês. A ação identificou esquema ilícito de importação, adulteração e distribuição de azeite de oliva.

No dia 7, também no âmbito da operação, uma fábrica de azeite falsificado foi fechada pela polícia em Saquarema (RJ). No dia seguinte, foi apreendido um caminhão responsáveis por transportava os materiais irregulares.

Veja as marcas retiradas do mercado:

CNN Brasil

Idosa de 93 anos pula muro de abrigo para tentar reencontrar família: ‘Quero pelo menos um abraço’

Foto: Reprodução

Uma idosa de 93 anos fugiu do abrigo onde mora, em Anápolis, a 55 km de Goiânia, para poder reencontrar a família. Um vídeo mostra Nadir contando como escapou do local e afirmando que quer rever a família novamente.

“Eu quero pelo menos um abraço deles”, conta Nadir .

O vídeo, que foi gravado pelo delegado Manoel Vanderic, da Delegacia do Idoso de Anápolis e publicado nas redes sociais dele na segunda-feira (26), mostra a idosa pedindo ajuda para localizar os netos que moram em Uruaçu.

Um dia após a publicação do vídeo, na terça-feira (27), o delegado informou que os netos de Nadir foram encontrados, mas que, “infelizmente, eles não têm disponibilidade para irem visitá-la”.

Também disse que “a equipe do Abrigo Professor Nicephoro continuará se esforçando para que ela se sinta bem acolhida e querida”.

Segundo Vanderic, a idosa está no abrigo há dois anos. Nadir informou que morava em Ouro Verde e foi levada para o local, depois da morte do marido. Ela tem família na cidade, mas diz que eles não querem ficar com ela e vice-versa.

“Já que não querem a senhora, a senhora também se valoriza, né?” brinca o delegado no vídeo.

No vídeo, Nadir disse ainda que não se adaptou ao abrigo. “É por causa de todo mundo, porque lá uns gritam, outros choram, uns fazem barulho. Maria da Boneca canta a noite inteirinha, a boneca dela dorme e nós não. Ela tem 15 bonecas e o quarto dela é perto do meu”, conta a senhora.

A idosa contou que o filho e o marido morreram, e que gostaria de reencontrar os seis netos que moram em Uruaçu.

“Eu quero ver eles mais que tudo na vida, eu não quero morrer sem ver eles não”, desabafa Nadir.

O delegado informou que a senhora teve que retornar para o abrigo

Bolsonaro cita ‘mundo caindo na cabeça’, mas diz que ‘não tem medo de julgamento desde que os juízes sejam isentos’

Foto: Pablo Porciuncula / AFP

Um dia depois de o Supremo Tribunal Federal (STF) derrubar o sigilo dos depoimentos de militares na investigação sobre uma suposta tentativa de golpe de Estado depois da eleição de 2022, o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) evitou se debruçar sobre o teor das investigações. Alegou, no entanto, que é perseguido por ser um “paralelepípedo no sapato da esquerda” e disse não temer julgamentos.

— Eu poderia muito bem estar em outro país, mas decidi voltar para cá com todo o risco. Não tenho medo de qualquer julgamento, desde que os juízes sejam isentos — afirmou durante lançamento da pré-candidatura de Alexandre Ramagem (PL) à prefeitura do Rio.

— Ramagem trabalhou comigo, fez um excelente trabalho, deixou sua marca. E obviamente, quando se lança pré-candidato, o mundo cai na cabeça dele, como vem caindo na minha, porque sou um paralelepípedo no sapato da esquerda, completou Bolsonaro.

O ato de hoje se deu na quadra da Mocidade Independente de Padre Miguel, na Zona Oeste do Rio. Ontem, enquanto o ministro Alexandre de Moraes derrubava o sigilo dos depoimentos de militares sobre a suposta tentativa de golpe, Bolsonaro fazia uma espécie de “turnê” por cidades litorâneas na Região Metropolitana e na Região dos Lagos.

Segundo os depoimentos convergentes do ex-comandante do Exército Marco Antônio Freire Gomes e do ex-chefe da Aeronáutica Carlos de Almeida Baptista Junior, Bolsonaro teria apresentado três opções jurídicas para colocar o golpe em curso: Garantia da Lei e da Ordem (GLO), estado de sítio e estado de defesa. A única das Forças Armadas a topar a aventura golpista teria sido a Marinha, com o almirante Almir Garnier Santos.

Com informações de O Globo

Mulher é presa por espancar filho de 3 anos com cipó, filmar e mandar para professora

Foto: Reprodução

Uma mulher foi presa por agredir o filho de 3 anos, na cidade de Matureia, no Sertão da Paraíba, após ter recebido uma reclamação do comportamento da criança na escola.

A agressão foi gravada em vídeo a mando da agressora que chegou a enviar para a professora da criança como uma “satisfação” de que o menino havia sido “corrigido”.

A Polícia Civil detalhou à TV Paraíba que a vítima, um menino de 3 anos, teria mordido o pé de outra criança, colega de sala, e a professora avisou à mãe sobre o comportamento dele.

A mãe repreendeu o comportamento do filho espancando-o com uma espécie de cipó. A mulher ordenou que sua outra filha, uma menina de 8 anos, gravasse em vídeo a ação. Em seguida, enviou o vídeo para a professora e também para a mãe da criança que teria sido mordida pelo menino.

O Conselho Tutelar foi acionado e a mulher foi presa em flagrante. Ela foi encaminhada para a delegacia da cidade de Patos e deve responder pelo crime de lesão corporal em contexto de violência doméstica e familiar.

g1/PB

Inmet alerta para chuvas de até 100 milímetros em 106 cidades do RN; veja lista

Caicó – Foto: Alex Alexandre de Medeiros

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta de chuvas intensas, de até 100 milímetros por dia, para 106 cidades do Rio Grande do Norte. O alerta vale até 10h da segunda-feira (18).

O alerta é da cor laranja (perigo), o segundo nível no grau de severidade do órgão.

No alerta laranja, as chuvas variam entre 30 e 60 mm/h e podem chegar a aé 100 mm por dia, com ventos intensos entre 60 km/h e 100 km/h. Nesse tipo de alerta, há risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas.

  • Acari
  • Assú
  • Afonso Bezerra
  • Água Nova
  • Alexandria
  • Almino Afonso
  • Alto do Rodrigues
  • Angicos
  • Antônio Martins
  • Apodi
  • Areia Branca
  • Augusto Severo
  • Baraúna
  • Bento Fernandes
  • Bodó
  • Caiçara do Norte
  • Caiçara do Rio do Vento
  • Caicó
  • Caraúbas
  • Carnaubais
  • Cerro Corá
  • Coronel João Pessoa
  • Cruzeta
  • Currais Novos
  • Doutor Severiano
  • Encanto
  • Felipe Guerra
  • Fernando Pedroza
  • Florânia
  • Francisco Dantas
  • Frutuoso Gomes
  • Galinhos
  • Governador Dix-Sept Rosado
  • Grossos
  • Guamaré
  • Ipanguaçu
  • Ipueira
  • Itajá
  • Itaú
  • Jandaíra
  • Janduís
  • Jardim de Angicos
  • Jardim de Piranhas
  • Jardim do Seridó
  • João Câmara
  • João Dias
  • José da Penha
  • Jucurutu
  • Lagoa Nova
  • Lajes
  • Lucrécia
  • Luís Gomes
  • Macau
  • Major Sales
  • Marcelino Vieira
  • Martins
  • Messias Targino
  • Mossoró
  • Olho d’Água do Borges
  • Paraná
  • Paraú
  • Parazinho
  • Patu
  • Pau dos Ferros
  • Pedra Grande
  • Pedra Preta
  • Pedro Avelino
  • Pendências
  • Pilões
  • Poço Branco
  • Portalegre
  • Porto do Mangue
  • Pureza
  • Rafael Fernandes
  • Rafael Godeiro
  • Riacho da Cruz
  • Riacho de Santana
  • Riachuelo
  • Rodolfo Fernandes
  • Ruy Barbosa
  • Santana do Matos
  • São Bento do Norte
  • São Fernando
  • São Francisco do Oeste
  • São João do Sabugi
  • São José do Seridó
  • São Miguel
  • São Miguel do Gostoso
  • São Rafael
  • São Tomé
  • São Vicente
  • Serra do Mel
  • Serra Negra do Norte
  • Serrinha dos Pintos
  • Severiano Melo
  • Taboleiro Grande
  • Tenente Ananias
  • Tenente Laurentino Cruz
  • Tibau
  • Timbaúba dos Batistas
  • Touros
  • Triunfo Potiguar
  • Umarizal
  • Upanema
  • Venha-Ver
  • Viçosa

 

 

Topo